Até que enfim

0

O governador Jackson Barreto (PMDB) decidiu instalar a Comissão Estadual da Verdade. A boa notícia foi dada pelo próprio peemedebista à deputada Ana Lúcia (PT). Ela foi responsável pela indicação propondo a criação deste instrumento visando apurar a violação dos direitos humanos durante o golpe militar de 1964. Assim como já ocorreu em vários outros estados, Sergipe também vai, finalmente, ouvir as vítimas dos torturadores. Ao final das investigações, a sociedade sergipana poderá conhecer os detalhes do regime que violou e oprimiu durante décadas. Embora demorada, a decisão de Jackson em instalar a nossa Comissão da Verdade merece aplausos, pois este instrumento democrático permitirá esclarecer e reconhecer abusos do passado, restaurar a dignidade e facilitar o direito das vítimas à verdade. Portanto, que a instalação ocorra o quanto antes.

Não desiste

E o ex-prefeito de Capela, Manoel Messias Sukita (PMDB), não desiste mesmo de recuperar o mandato de deputado estadual. Após ter sido derrotado por unanimidade no Tribunal Superior Eleitoral, ele tentará a última cartada no Supremo. Quer fazer valer o argumento de que foi coagido pelo PSB, seu antigo partido, para renunciar a candidatura. Pois tá!

Acesso à grana

O Supremo Tribunal Federal decidiu que o repasse de recursos públicos para organizações sociais é constitucional. Os ministros entenderam que entidades da área de saúde e educação, por exemplo, podem receber dinheiro do governo para auxiliar na implementação de políticas nas áreas em que atuam. A decisão também confirma o poder do Ministério Público e do Tribunal de Contas da União para fiscalizar a aplicação correta dos recursos recebidos pelas entidades.

Conversa fiada

Cada dia surgem verdadeiras histórias da Carochinha nos depoimentos de testemunhas no processo que apura o rumoroso caso das verbas de subvenção da Assembléia. Ontem, Ana Paula Alencar, ex-tesoureira da Associação dos Amigos do Conjunto Siri, disse ao juiz Fernando Escrivani desconhecer os valores movimentados pela entidade, pois assinava os cheques em branco. Também confessou que fazia isso por amor à causa social da associação. Que lorota!

Pernas pro ar

O prefeito João Alves Filho (DEM) decretou que segunda-feira será ponto facultativo na Prefeitura de Aracaju. Bom para os servidores, que vão aproveitar a véspera do feriado de 21 de abril para curtir uma boa praia. Embora o expediente nas repartições estaduais seja normal, muitos servidores devem imprensar a segunda-feira. Alguém duvida?

Fumo falso

Fiscais da Secretaria Estadual da Fazenda apreenderam em Propriá duas carretas transportando cigarros falsificados e couro salmorado. A apreensão ocorreu porque os produtos tinham documentos fiscais irregulares. No caso dos cigarros, a nota fiscal era de um carregamento de milho. Além do mais, o produto é falsificado, tendo sido produzido no Paraguai.

Profissão perigo

Não será fácil para o PT encontrar um substituto à altura para o ex-tesoureiro do partido, João Vaccari Neto, preso anteontem pela Polícia Federal. Quem vai colocar a cabeça à prêmio assumindo profissão tão arriscada? Lembrem-se que antes de Vaccari, o também tesoureiro do PT, Delúbio Soares, foi engaiolado como integrante do famigerado esquema do Mensalão? E aí, mesmo assim, tá a fim deste emprego?

Basta!

Com o título acima, o jornalista Osmário Santos publica hoje no Jornal da Cidade a seguinte nota: “Somente carros de tucanos e janelas de apartamentos do bairro 13 de Julho têm a marca do ‘Basta!’ da manifestação contra o governo da presidente Dilma Rousseff (PT), realizada domingo passado em Aracaju. Por isso que o ato tinha tão pouca gente”. Homem, vôte!

Inaugurações

O governador Jackson Barreto (PMDB) tirou esta sexta-feira para inaugurar obras em Boquim, Santa Luzia do Itanhy e Indiaroba. Nas três cidades o peemedebista inaugura a reforma de um colégio, o prédio novo da delegacia de Polícia, reforma de um ginásio esportivo, uma creche comunitária e um sistema de abastecimento de água.

Associados

Todo o acervo dos Diários Associados, organização jornalística fundada por Assis Chateaubriand, será disponibilizado gratuitamente na internet, tornando possível a consulta a exemplares históricos do Jornal do Commércio, Correio Braziliense, O Jornal, Diário da Noite e da revista O Cruzeiro, entre outros títulos. O jornal de Chateaubriand em Sergipe era o Diário de Aracaju, que funcionava na rua da Frente, próximo à praça Fausto Cardoso.

Recorte de jornal

Publicado na Folha de Sergipe em 29 de março de 1908

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários