Augustus: MP vai desnudar acordo

0

  Ontem pela manhã, 5, ao conceder entrevista na Ilha FM, o secretário de Estado do Turismo, João Augusto Gama, anunciou que o Ministério Público começa a investigar o acordo firmado no final do governo passado com o Augustus, onde acabou uma pendência judicial cujo leilão da casa de espetáculos chegou a ser divulgada em edital público. A iniciativa da abertura do procedimento no MP, é do promotor Sandro Luiz, responsável pela Curadoria do Meio Ambiente, mas que também tem a responsabilidade de apurar problemas relacionados às áreas de cultura e do turismo, esta última que abrange o Augustus.

 O leitor que acompanha esta coluna desde o ano passado lembra que este espaço foi o único que noticiou o acordo realizado no início de novembro entre o Governo, através da Emsetur, passando pelo encontro de contas com o Banese e o fim do processo judicial. Em 10 de julho de 2006,  com base em informações de uma “fonte”, a coluna escreveu “Leilão do Augustus”, onde ironizava os “boatos” de setores da oposição dizendo que o então governador João Alves, estava procurando uma saída para a divida da casa de Espetáculos Augustus com o banco estadual. Naquele dia, seria o julgamento da ação cautelar do Banese, na 1ª Câmara Cível do TJ, para derrubar uma liminar que impedia o leilão do Augustus. A liminar foi mantida. O mais interessante é que nas colunas dos dias seguintes, 11 e 12, os empresários Lourival Oliveira e  Fabiano Oliveira negaram a possibilidade de qualquer acordo. Na nota Fabiano Oliveira ressaltou que “os créditos ou débitos que porventura existam em relação aos empreendimentos vinculados ao seu pai e aos meus irmãos nunca foram objetos de barganha política e exatamente por isso é que foram e continuam submetidos à apreciação do Poder Judiciário, muito antes, aliás, da época em que participou do Governo ou fui eleito Deputado”.

  Note o leitor que estes artigos escritos nesta coluna foram antes do pleito eleitoral de outubro e, certamente, fizeram com que o acordo fosse adiado para que não prejudicasse a candidatura à reeleição de João Alves Filho. Porém, no inicio de novembro, sobre a calada da noite e ao apagar das luzes do governo passado o acordo foi celebrado. Não se sabe muito, tudo ficou sob segredo e a imprensa não divulgou. Apenas este humilde espaço no dia 7 de novembro com base em dados repassados sigilosamente por uma “fonte”. Segundo as informações toda operação foi finalizada  com a quitação da dívida com o Banese que era em torno de R$ 5 milhões e tirando os juros e a correção monetária  caiu para R$ 2,7 milhões. Como a Emsetur se constituía em sócia do empreendimento em cerca de 25% o governo assumiu que devia a casa de espetáculos e fez um encontro de contas. Foi uma maravilha. Com isso, as partes fazendo o acordo, a Justiça não tinha o que fazer: acabou com o processo.

  O secretário João Gama disse ontem que a operação parece suspeita porque foi ao apagar das luzes do governo passado, com um aporte de capital do governo para liquidar uma dívida e cessar o processo judicial. Para Gama a Justiça não teve o que fazer já que a aparência do processo era séria.

  O promotor Sandro Luiz tem um grande trabalho pela frente. Espera-se que ao final de tudo a sociedade sergipana tenha a visão correta se o acordo foi benéfico para os cofres públicos. Os baneseanos também agradecem, já que a casa de Espetáculos devia R$ 5 milhões ao banco que, certamente, estão fazendo falta neste período de “vacas magras”.

 

Barbas de molho na merenda escolar

O Ministério Público Federal de Sergipe já tem 99% do processo que investiga a denúncia de desvio de carne da merenda escolar da rede estadual de ensino concluído. Só falta o resultado da auditoria da Controladoria Geral da União. Porém, tem gente sem dormir, com as barbas de molho…

 

 

 

Pleno afasta prefeito e processo de André empata

No final da tarde de ontem, 05, o pleno do TRE, decidiu afastar o prefeito de Laranjeiras, Paulinho da Varzinhas, por quatro votos a dois, por denuncia eleitoral apresentada pelo MPF. Também através de denúncia do MPF deu empate (3 a 3) o processo do deputado André Moura. Quem vai dar o chamado voto de Minerva é a presidenta do TRE, Madeleide Gouveia. As três mulheres do pleno votaram contra André. No local, quatro procuradores federais – Eunice Dantas, Eduardo Pelella, Paulo Fontes, e Ruy Melo – acompanharam a votação tendo a tiracolo cópias do JC de domingo com relatórios da Operação Navalha.

 

Xeque-Mate para Vavá

A suspeita de trafico de influencia por parte do irmão mais velho do presidente Lula, conhecido como Vavá, mostra que a PF não está para brincadeira. Ainda esta semana a coluna mostrará o que mudou na PF nos últimos anos. Lula chegou a elogiar a operação Xeque-Mate, da PF, mas disse que acredita no irmão. Da coluna Painel da Folha de hoje,06: “Quem priva da intimidade do presidente da República avalia que o indiciamento do irmão Vavá pela PF embute menos dano potencial do que a presença, entre os presos na Operação Xeque-Mate, de Dario Morelli Filho, faz-tudo de Lula desde meados da década de 90 até a eleição de 2002 e ainda hoje um auxiliar íntimo o bastante para lhe fazer companhia durante o Carnaval passado no Guarujá, litoral paulista.“O Dario é mais próximo do Lula do que o irmão”, afirma um petista graúdo sobre o ex-segurança, agora acusado de corrupção ativa e formação de quadrilha. Entrava e saía da casa do Lula sem pedir licença.”

 

 

Candidatura de Gama é pra valer?

O ex-prefeito João Gama disse ontem que foi convidado pelo prefeito de Socorro, José Franco para ser o candidato do grupo a prefeito daquele município. Detalhe: José Franco é oposição ao governo Deda e lá, Adelson Barreto “estoura” nas pesquisas. A verdade: o blefe tem tudo com a eleição em Aracaju. Aguardem…

 

Vias urbanas de Aracaju só podem ter limite de 60 quilômetros

O superintendente da SMTT, Antônio Samarone, explicou ontem que o órgão fez consulta ao Denatran e foi informado que é preciso cumprir o artigo 61 do Código de Trânsito. O artigo 61 estabelece que o limite de 80 quilômetros (trânsito rápido) só é válido para vias urbanas onde tiverem passarelas para a passagem de pedestres e não tiverem cruzamento de veículos. Ou seja, nenhuma via de Aracaju pode ter 80 quilômetros. Com isso vias como a Avenida Tancredo Neves e a Beira Mar que têm hoje o limite de 80 quilômetros cairão para 60 quilômetros. Se a SMTT não cumprir corre o risco de qualquer acidente nas vias, que não tiverem dentro da legislação, o acidentado acionar o órgão como principal responsável.

 

Conexão com o leitor: Sonho e realidade

De um leitor:Sobre sua coluna “Mudanças: sonho e realidade”, você  comenta um texto de Frei Betto em que ele questiona “o que impede a esquerda de, alçada ao poder em países capitalistas, ser coerente com os seus princípios?” Eis um assunto que volta e meia discuto com algumas pessoas próximas e concluo: A esquerda não existe na prática. Ao menos no Brasil. E podemos fazer um teste aqui mesmo em nossa capital com a gestão de esquerda Déda-Nogueira.  Fechando os olhos, será que daria para detectar, só pelas ações do ex e do atual administrador municipal, a sua tendência política? O que a distingue, na prática, de outras doutrinas? Que atitudes a caracterizam como gestão de esquerda? Em breve poderemos aplicar o mesmo teste com relação à administração estadual. Mas pelo andar da carruagem, a “personalidade” da esquerda no Estado continuará tão camuflada quanto se encontra na prefeitura de Aracaju”.

 

Agência Banese da Atalaia quase parando…

Este jornalista mora perto da agência do Banese Atalaia, mas quase não vai lá. Quando vai (ontem,05, por exemplo) sempre encontra poucos caixas e uma morosidade interminável. No horário das 10h45 ontem, apenas dois caixas atendendo a clientela. E o pior: toda vez procura o gerente geral, mas por coincidência o mesmo não se encontra no local…

 

Banco distribuiu mudas entre funcionários

O Banese distribuiu ontem, 5, mudas de plantas entre os seus funcionários, em comemoração pela passagem do Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia. A distribuição foi feita no Centro Administrativo do Banese (CAB), no Distrito Industrial. Os funcionários receberam mudas de craibeiras, flamboyant, cajueiros, acerola, pitanga, tamarindo e ipê, doadas pela Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), da Prefeitura de Aracaju. Também para marcar a passagem do Dia Mundial do Meio Ambiente, o Banese realizou  um debate sobre aquecimento global e gestão ambiental e promoveu a exibição do filme “Uma Verdade Inconveniente”, do ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore.O debate teve como palestrantes o presidente da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), Genival Nunes, e a economista Ismeralda Barreto, da secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

 

 

Celinha Franco quer manter cargos no novo governo

A deputada Celinha Franco usou ontem, 05, o nome de Deus em vão para defender as indicações que fez no governo anterior numa escola em Socorro. Só porque o novo governo mudou os cargos comissionados, Celinha só faltou chorar da tribuna da Assembléia porque tiraram uma protegida dela. E não foi só uma escola, a parlamentar achou pouco e criticou a saída de outras pessoas.  Esquece a deputada que ninguém é insubstituível e apelar usando o nome de Deus é abusar demais. A deputada fala da escola para crianças excepcionais como se fosse uma instituição particular: “Peço à comunidade que se ajunte a nós”. Exibiu um pequeno filme na AL, usando a imagem das crianças deficientes e de seus familiares apelando para que os cargos fossem mantidos. Uma pergunta: será que a escola só funciona com uma diretora? Se essa senhora, por acaso vier a falecer? O cemitério está cheio de insubstituíveis. A escola continua, as pessoas passam. A ex-diretora da escola, protegida dela, saiu de lá, mas pode ser nomeada na Prefeitura de Socorro onde à deputada manda e desmanda. Ao final a deputada saiu chorando da tribuna para o deleite dos populares que estavam na platéia. Ah, ia esquecendo. É incrível o corporativismo dentro da Assembléia Legislativa…

 

Senador pede que países ricos cumpram protocolo de Kyoto

O Senador Valadares (PSB), na data em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, 5, instou, na tribuna do Senado, os países ricos que mais poluem o planeta – EUA e China – a cumprirem as normas do Protocolo de Kyoto. “São as regras de defesa da natureza que defenderão a vida do ser humano”, lembrou o senador, que aproveitou para enaltecer todos os que estão trabalhando na preservação do meio ambiente.Também elogiou o Jornal do Senado, que tem divulgado sistematicamente matérias atinentes ao tema.  Valadares disse que por muito tempo o tema ecologia ficou restrito à área acadêmica, sem que as demais pessoas percebessem o perigo que constitui a não percepção das conseqüências das práticas que agridem ao meio ambiente. “O homem só começou a perceber isto quando, em 1967, um navio petroleiro jogou toneladas de petróleo na costa da Inglaterra, provocando todo tipo de agressão à natureza”, enfatizou.

 

Dicas para economizar a natureza e o bolso na semana do Meio Ambiente

Veja como coisas simples podem ajudá-lo a reduzir o consumo: Feche a torneira quando for escovar os dentes ou fazer a barba e economize até mil litros de água por mês; Tente tomar banhos de 5 minutos e, se possível, feche a torneira enquanto se ensaboa; A cada minuto, mais 20 litros de água vão embora pelo ralo; Reduza o seu tempo de banho em 1 ou 2 minutos e você economizará até 540 litros de água por mês; se o seu chuveiro enche um vasilhame de 5 litros em menos de 15 segundos, troque o seu aparelho por um mais eficiente; Deixe os talheres e pratos de molho dentro da pia antes de lavar; E não deixe a torneira aberta enquanto os ensaboa. Você estará economizando 100 litros de água! Coloque a funcionar sua máquina de lavar louças ou roupas quando estiverem cheias; Você pode economizar 3.600 litros de água  por mês. Use balde em vez de mangueira para lavar o carro; Jamais use água para varrer a calçada! Saber utilizá-la com moderação é uma questão de educação ;Não regue as plantas nas horas quentes do dia. A água evapora antes mesmo de atingir as raízes. Esteja atento a vazamentos! Uma torneira pingando consome 46 litros de água por dia e, num mês, 1.380 litros! Canos furados e vazamentos em vasos sanitários também são grandes prejuízos.

 

Frase do Dia

“A independência é o privilégio dos fortes, da reduzida minoria que tem o calor de auto-afirmar-se. E aquele que trata de ser independente, sem estar obrigado a isso, mostra que não apenas é forte mas também possuidor de uma audácia imensa. Aventura-se num labirinto, multiplica os mil perigos que implica a vida; se isola e se deixa arrastar por algum minotauro oculto na caverna de sua consciência. Se tal homem se extinguisse estaria tão longe da compreensão dos homens que estes nem o sentiriam nem se comoveriam em absoluto. Seu caminho está traçado, não pode voltar atrás, nem sequer lograr a compaixão dos seres humanos”. Friedrich Nietzsche.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários