Aumento será MUITO MAIOR que 10%

0

Poderia aqui voltar a falar sobre a política nacional, a qual está vivendo um momento de conturbação impar após a redemocratização do país. São denúncias e mais denúncias de corrupção e compra de votos no Congresso Nacional, e, por ai vai. É o assunto da moda. Mas, não. Não me prenderei a essa “rotina”. Sairei dela para analisar um anuncio meio tímido saído nas edições dos jornais de ontem de nossa terrinha linda, Aracaju. Trata-se do anúncio do anúncio (é isso mesmo, alguém anunciou que o governador irá anunciar) na próxima terça-feira, dia 14, “um reajuste salarial considerável para os servidores”.

 

O anúncio do anúncio, feito pelo secretário de Comunicação, jornalista César Gomes Gama, à primeira vista soa interessante nos ouvidos dos milhares de servidores públicos e ainda no mundo político do Estado. Primeiro visou desarmar os ânimos do funcionalismo que reclama há anos um reajuste salarial digno. Segundo, porque coloca de sobreaviso os aliados insatisfeitos que estão querendo deixar o barco governista e ainda os adversários, que podem ser afetados (positiva ou negativamente) pelo anúncio, que será feito pelo governador João Alves Filho.

 

O curioso é que o anunciante do “anúncio” antecipa que o “aumento será consideravelmente superior ao concedido pelo governo Lula (PT) aos servidores federais e MUITO MAIOR do que foi dado aos servidores municipais de Aracaju”. Êpa, isso é significativo. Traduzindo: o governo do Estado concederá um aumento “consideravelmente superior aos 0,1%” dado aos servidores da União e “MUITO MAIOR” que o dado ao funcionalismo municipal de Aracaju que foi de 10%. Creio que dá para entender que o funcionário ativo e inativo do Estado não receberá reajuste inferior a 30%!!!  Isso acontecendo, o salário base de um servidor inicial poderá atingir a casa dos R$ 340,00, sem as vantagens legais.

 

Estamos buscando dar a interpretação do “MUITO MAIOR” que 10%!!! Assim sendo, se o reajuste inicial ultrapassar a casa dos 30% e se for feita ainda a correção dos salários do pessoal de nível superior, realmente o governador estará marcando um grande tento. No entanto, se for inferior a 30% e não corrigir as distorções existentes no sistema de remuneração do funcionalismo, sei não, viu! Para se ter uma idéia, um médico estatutário do Estado, com todas as gratificações tem uma remuneração menor que um motorista do Tribunal de Justiça. Não que o motorista do TJ ganhe bem demais. O médico é que ganha muito mal. E a polícia e os inativos!!! Esses, coitados…

 

Diante da situação, é bom que o anúncio corresponda às expectativas. Enquanto isso aguardemos terça-feira chegar.    

 

josearaujo@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários