Baixaria em carros de som

0

Dois carros de som dos candidatos a prefeito de Aracaju Almeida Lima (PMDB) e Edvaldo Nogueira (PC do B) patrocinaram um show de baixaria. Foi no início da noite de ontem (15), na avenida Ivo do Prado. De microfones em punho, dois rapazes disseram cobras e lagartos contra os prefeituráveis. Enquanto o aliado do peemedebista acusava Edvaldo de preguiçoso, o contratado pela coligação comunista chamava Almeida de “Darlene” e “Rolando Lero”. Mesmo que tenha sido um caso isolado, compete às coordenações das duas campanhas exigir calma ao pessoal que trabalha para elas, pois o aracajuano não aceita esse tipo de baixaria. Ademais, o ouvido de eleitor não é penico.

 

Tapas e pontapés

 

O ex-prefeito de Lagarto, José Raymundo Ribeiro, o “Cabo Zé” saiu no tapa com o desempregado Ibraulino Silveira Costa Neto. A escaramuça aconteceu ontem no meio da feira e os brigões ficaram levemente feridos. O político diz que partiu para a briga porque foi agredido verbalmente por Ibraulino, enquanto este afirma ter sido atacado por “Cabo Zé” que se irritou ao vê-lo com uma “praguinha” do candidato Lilá Fraga na camisa. A confusão foi a gota d´água para que o deputado federal Jerônimo Reis (DEM) decidisse pedir tropas federais para garantir a tranqüilidade na eleição do município.

 

Tropas federais

 

Os juízes de direito Geilton Costa da Silva e Marcial Maia Montalvão solicitaram tropas federais para garantir a tranqüilidade nas eleições de Aquidabã, Canhoba, Graccho Cardoso e Ilha das Flores. Os pedidos vão ser avaliados amanhã (17) pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral. Caso sejam aprovados, serão encaminhados ao TSE para a devida deliberação. Ontem, o TRE reuniu juízes de direito e oficiais da Polícia Militar para discutir o esquema de segurança para as eleições. Ficou acertado que, em alguns municípios, a força policial será reforçada e contará com o apoio da Polícia Federal. 

 

Atacadão pronto

É grande a expectativa dos sergipanos em torno da abertura do Atacadão, marcada para as 8 horas da próxima quinta-feira. Desde ontem que a rede, pertencente ao Grupo Carrefour, anuncia a sua chegada em Aracaju. A loja está localizada na avenida Chanceler Osvaldo Aranha (BR-235), na entrada da capital. O empreendimento chega para abastecer o público em geral e em especial micro, pequenos e médios empresários que mantêm bares, restaurantes, hotéis, pousadas, padarias, lanchonetes, pizzarias, mini-mercados e supermercados.

 

Jorge fará palestra


O secretário Jorge Santana, do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia
(Sedetec), será um dos palestrantes da Feira Rio Oil & Gás, que prossegue até a próxima sexta-feira (19), no Rio de Janeiro. Ele vai mostrar as potencialidades do Estado visando atrair novas empresas. “Como temos feito em outras feiras realizadas no país, vamos mostrar a oportunidade oferecida pelo Estado às empresas que desejem se instalar em Sergipe”, explicou Jorge Santana.

Continuam deputados

Os suplentes de deputados estadual Gilmar Carvalho (PSB) e Tânia Soares (PC do B) vão continuar exercendo os mandatos de Rogério Carvalho e Ana Lúcia – ambos do PT – que se licenciaram para ocupar secretariais estaduais. A decisão é do TRE, que julgou improcedente o Mandado de Segurança impetrado pelo suplente de deputado estadual Gilton Freire (PT). Ele alegou que os mandatos são do partido, não podendo, portando, ser ocupados por Gilmar e Tânia. A relatora do processo,
juíza Yolanda Santos Guimarães, não acatou o argumento de Freire, que é vereador em Riachão do Dantas.

Braços cruzados

Professores estaduais da educação básica de Sergipe cruzam os braços nesta terça-feira (16). Eles participam da mobilização nacional em defesa da implementação urgente do piso nacional da categoria, estipulado em R$ 950. Por orientação do Sintese,
as aulas serão suspensas em toda a rede pública. Os educadores vão se concentrar no calçadão da rua João Pessoa, no centro de Aracaju.

Lei seca

Uma notícia nada agradável para a turma da birita: o Detran está aguardando para os próximos dias a chegada de quatro novos bafômetros para flagrar quem insiste em dirigir após tomar um “gorós”. Desde que a chamada “Lei Seca” entrou em vigor, 54 motoristas foram autuados em Aracaju. Destes, 22 foram flagrados dirigindo com o limite de álcool por litro de sangue igual ou superior a seis decigramas, aferido pelo bafômetro, e estão respondendo judicialmente sobre o crime. Cuidado galera, se beber não dirija.

Dinheiro na mão

Desde ontem (15), contribuintes estão sacando o quarto lote de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física. O ressarcimento tem correção de 5,93% na comparação com o valor calculado na declaração do Imposto de Renda. Desse total, 4,93% refere-se à taxa Selic acumulada entre maio e agosto. O 1% restante diz respeito à taxa nos primeiros dias de setembro. Quem não informou o número da conta para o depósito deve procurar uma agência do Banco do Brasil e pedir a transferência para qualquer banco em que tenha conta corrente ou poupança.

Alerta da Anvisa

Fabricantes de detergentes, desinfetantes e alvejantes que contenham formaldeído em sua fórmula estarão isentos do pagamento da taxa de fiscalização de vigilância sanitária quando entrarem com pedido de adequação para substituição do formaldeído nos registros de Produtos Saneantes de Risco 2. A proibição do formaldeído, popularmente conhecido como formol, foi determinada por meio da Resolução RDC 35/2008. A medida vale para a fabricação de saneantes (produtos usados na limpeza e na conservação de ambientes). O formol foi classificado como carcinogênico.

Projetos culturais

 

Em parceria com o Sebrae, a Prefeitura de São Cristóvão promove, às 18 horas de hoje (16), amanhã (17) e depois (18), uma oficina gratuita para a elaboração de projetos culturais. O objetivo é fazer com que os artistas, grupos e pessoas ligadas à cultura possam se credenciar para apresentação de projetos que façam captação de recursos junto a Lei Rouanet. O ator Antonio Leite, secretário de Cultura do Município, está convocando todos os artistas sancristovenses para participar da capacitação.

Comentários