Bandidos em festa

0

Somente os marginais, e são muitos, vibraram com a declaração desesperada do governador Marcelo Déda (PT) de que para combater a violência só lhe falta colocar uma pistola 45 na cintura, pegar uma viatura e sair por aí perseguindo bandidos. Ao dizer isso, o petista praticamente jogou a toalha, ou seja, atestou que a Polícia sergipana é incompetente para conter a crescente criminalidade. Ora, se até o governador reconhece que os marginais deram um ‘zignal’ na Segurança Pública, o que pode fazer o coitado do cidadão comum? Pelo visto, apenas rezar para não ser a próxima vítima. Uma lástima!

Boicote

O deputado estadual Gilmar Carvalho (PR) entende que só uma posição dura do governador Marcelo Déda pode evitar o caos na Segurança Pública. "Ou há boicote de policiais ou o problema é de má gestão”, afirmou o parlamentar ontem em seu programa na rádio Ilha/FM. Segundo ele, a sucessão de assaltos mostra que a população não pode continuar pagando a conta calada. Quem não quer trabalhar que saia. Seja comandante ou comandados, secretário ou auxiliares”. Gilmar está certo!

Tucano interino

O ex-deputado estadual Roberto Góes é o presidente interino do PSDB sergipano. A informação é do jornalista Habacuque Villacorte. Em matéria veiculada hoje no Correio de Sergipe, o jornalista informa que a indicação de Góes foi oficializada pelo presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra. Roberto comandará o tucanato sergipano até a realização da convenção que escolherá o novo diretório estadual.

Shopping

O ex-prefeito de Lagarto, Zezé Rocha, vai construir um shopping com 130 lojas naquele município. Para que o investimento de R$ 85 milhões seja viabilizado, o Governo deve mudar o local de um viaduto que será construído naquela cidade. Em companhia do vice-governador Jackson Barreto (PMDB), Zezé Rocha vai hoje pedir a mudança do projeto do viaduto ao secretário da Infraestrutura, Valmor Chagas. O shopping deverá gerar mais de mil empregos diretos. Legal!

Susto

Segundo o Portal G1, um piloto do voo JJ3892 da TAM tentou decolar duas vezes na tarde de ontem, no Aeroporto de Aracaju, e não conseguiu. A aeronave seguiria viagem para Recife. Alguns passageiros, assustados, acabaram cancelando a viagem. Não houve feridos. Em nota, a TAM informou que o voo, previsto para partir às 16h30, apresentou problemas técnicos antes da decolagem. A aeronave passou por manutenção e decolou às 18h39.

Virou moda

O delegado de Capela, Rodrigo Nunes Espinheira, arbitrou fiança de R$ 54 milhões para colocar em liberdade João Bosco Santos e José Augusto Santos. Os dois foram presos ontem e confessaram que pretendiam assassinar Ademar de Jesus Santos. O delegado se fundamentou em recente decisão do juiz de Direito Marcelon Gurgel. Ele arbitrou fiança idêntica para o mineiro Hélio Marcio Pereira, preso em Itabaiana antes de perpetrar um crime contra uma mulher grávida.

Contribuição

O vice-governador Jackson Barreto (PMDB) postou no twitter duas sugestões de discursos para os deputados oposicionistas Venâncio Fonseca (PP) e Augusto Bezerra (DEM). “O primeiro pode ser sobre a Operação Navalha, afinal o Ministério Público denunciou o ex-governador João Alves Filho como um dos envolvidos no escândalo. O segundo discurso deve tratar da contratação da Fubras Consultoria, que também levou o Ministério Público a denunciar João Alves por improbidade administrativa”. Resta saber se a oposição vai aceitar o conselho.

Tecnologia

O Walmart negociou mais de 200 mil notebooks para a segunda edição do ano da Feira de Tecnologia, que acontece até o dia quatro de setembro, nas lojas da rede. A previsão é elevar as vendas da categoria em 30% durante o período, com base no mesmo evento do ano passado. Um dos destaques da campanha é o notebook Acer com tecnologia AMD, que pode ser encontrado nas lojas Hiper Bompreço por R$ 798,00.

Roubo de urnas

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concedeu ontem habeas corpus a José Milton Galindo Ramos, acusado de roubo de urnas referentes à eleição de 1996 em Canindé do São Francisco. Os efeitos da decisão atingem também os envolvidos Genilson Galindo Chaves, Carlos Alberto Damasceno e Marcos Fernando Nunes. Todos estão livres da prisão preventiva e vão aguardar em liberdade o fim do processo. A decisão do TSE não atinge o ex-prefeito de Canindé, Genivaldo Galindo, porque não há qualquer informação sobre interposição de recurso a seu favor.

Do baú político

A exemplo do resto do Brasil, Aracaju ficou de pernas para o ar no dia 24 de agosto de 1954, quando o presidente Getúlio Vargas tirou a própria vida com um tiro no peito. Ao ouvir a carta testamento deixada pelo suicida, o povo foi às ruas protestar, de forma violenta, contra aqueles que faziam oposição ao chamado ‘presidente dos pobres’. Um dos alvos foi a rádio Liberdade, pertencente ao udenista Albino Silva da Fonseca. Ele, juntamente com os filhos e empregados se trancaram lá dentro. Desesperado, o radialista Silva Lima pedia socorro pelo microfone: “Clemência governador, clemência”, gritava o homem do ‘Informativo Cinzano’ na esperança de ser atendido pelo governador Arnaldo Garcez (PSD). A ajuda não chegou. Antes que a porta da rádio fosse arrombada pela turba enfurecida, o policial civil Alemão, que era compadre de Albino e também estava trancado na emissora, resolveu a parada ao seu modo: sacou a metralhadora e começou a atirar contra a porta, ferindo algumas pessoas e afugentando as demais. O ato tresloucado de Alemão evitou um provável linchamento.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais