Barbas de molho

0

Comenta-se nas esquinas de Sergipe que a folha corrida de muitos pré-candidatos a prefeito não suporta um rápido olhar jurídico. É só os processos destes camaradas começarem a ser esmiuçados pelo Tribunal Regional Eleitoral para cair a máscara de muita gente. Tem sujeito com ficha sugíssima acreditando que, na hora H, consegue uma providencial liminar garantindo o registro da candidatura. Ledo engano! No momento certo, muitas cabeças vão rolar. E não pode ser diferente. É preciso expurgar da política aqueles que entraram na vida pública unicamente para meter a mão grande no dinheiro do povo. A estes, aconselha-se colocar as barbas de molho enquanto esperam a hora de a onça beber água. Danôsse!

Seca braba

Moradores da periferia de Aracaju estão enfrentando seca tão inclemente quanto à vivida pelos irmãos sertanejos. Enquanto a Deso explica, mas não justifica, as sucessivas faltas d’água, quem reside na periferia da capital sofre sérios dissabores. E o pior é que neste verão a grave situação deve piorar ainda mais. Pelo visto, só resta implorar chuva com abundância ao divino São José. Ó Céus!

Negócio bom

A expansão da fé no Brasil acontece em ritmo intenso: uma nova organização religiosa surge por hora no país. Segundo o jornal O Globo, a facilidade para a abertura de novas igrejas, o fortalecimento do movimento neopentecostal e a crise econômica são apontados como motivos que podem explicar o fenômeno. Enquanto tiver ingênuos vai ter pastor ficando rico. Misericórdia!

Reis da mordomia

Além de receberem o teto salarial – R$ 39 mil – deputados federais e senadores têm direito a uma generosa “ajuda” para pagar despesas como passagens aéreas, telefone, correspondências, assessoria, etcétera e tal. Eles ainda recebem 15 salários por ano, moradia em Brasília, gabinete com funcionários e veículo oficial. Com tanta mordomia para usufruir, deve sobrar muito pouco tempo para os congressistas defenderem quem ganha menos de um salário mínimo, passa fome e mora num insalubre quartinho de vila. Só Jesus na causa!

Boca de siri

Com o título acima, a colega Thais Bezerra publicou no Jornal da Cidade a seguinte nota: “E quem anda de boca fechadíssima é o deputado estadual Francisco Gualberto (PT). Passado mais de uma semana do anúncio da pré-candidatura de Márcio Macedo (PT) a prefeito de Aracaju, o falastrão Chiquinho ainda não gesticulou um simples aí. Há quem garanta que, desgostoso com essa ideia de candidatura própria, Gualberto anda pensando em sair do PT, porém só ele pode negar ou confirmar tal hipótese”. Homem, será? Marminino!

Briga paroquial

E os deputados federais lagartenses Fábio Reis (MDB) e Gustinho Ribeiro (SD) aproveitam o recesso parlamentar para trocarem farpas. Agora mesmo, o emedebista promete ir à Polícia denunciar o adversário de disseminar notícias falsas contra ele. No fundo, no fundo, os dois deputados disputam espaços na mídia para desgastar um ao outro, de olho nas eleições desde ano, quando o irmão de Fábio e a esposa de Gustinho devem disputar a prefeitura de Lagarto. Então, tá!

Falando só

O presidente estadual do PSDB, ex-senador Eduardo Amorim, ainda não conseguiu ser ouvido em sua pretensão de disputar a Prefeitura de Itabaiana. Mesmo o homem tendo declarado querer o apoio eleitoral do prefeito Valmir de Francisquinho (PR), este não balbuciou qualquer sinal positivo. Aliás, o gestor itabaianense anda muito ocupado, construindo a candidatura a prefeito de seu secretário Adailton Sousa (PT). E os Mendonça, aliados de Amorim no município, também deram calado por resposta à propagada vontade do tucano. Homem, vôte!

Benção de Lula

E o prefeiturável Márcio Macedo (PT) está feliz da vida por ter tido seu projeto político “abençoado” no encontro que definiu a direção nacional do Partido dos Trabalhadores. Ele permaneceu como vice-presidente da legenda. Satisfeito, Macedo postou nas redes sociais uma foto dele com o manda chuva do PT, Lula da Silva. Com o apoio em nível nacional, Márcio vai definir uma data para a visita do “Barba” a Aracaju. Ah, bom!

Comércio em debate

Empresários de bares e restaurantes da Orla de Atalaia, em Aracaju, se reuniram para discutir as demandas do setor. Tratou-se também do fato de a Prefeitura ter assumido a administração da orla, desde a Coroa do Meio até o Viral. O presidente da Fecomércio, deputado federal Laércio Oliveira (Progressista), participou da reunião e falou sobre os projetos em tramitação no Congresso que possam ajudar aos empreendedores. A reunião foi organizada pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

Direita, volver!

Três grupamentos políticos de direita decidiram se unir em defesa dos valores conservadores tipo “Tradição, Família e Propriedade”. Lembram da TFP? Também pretendem lançar candidatos às câmaras municipais e prefeituras. O sucesso eleitoral dos Movimento Brasil200, Instituto Liberal e grupo Direita Sergipana depende da performance do governo Jair Bolsonaro (PSL). Vixe!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Cruzada, em 25 de maio de 1924

Comentários