Blumenau (SC) – 27ª Oktoberfest

0

Inspirada na Oktoberfest de Munique, na Alemanha, a versão blumenauense nasceu da vontade do

Mais de 800 mil pessoas nos 18 dias de evento
povo em expressar seu amor pela vida e pelas tradições germânicas. Sua primeira edição foi realizada em 1984, consagrando-se tão logo como a segunda maior festa alemã do mundo.

 

São 18 dias de festa, em que os blumenauenses integram-se com visitantes de todo o Brasil e do exterior, numa uníssona emoção entre desfiles, competições, festivais de chopes, clubes de caça e tiro, apresentação dos grupos folclóricos e os tradicionais chope de metro e campeonato da rainha da Oktober.

 

Quarenta e nove bandas agitarão os setores do parque Vila Germânica e o Biergarten ao som da

Música alemã contagia o público
música alemã. Das contratadas, 45 bandas são nacionais, três vem diretamente da Alemanha e uma é austríaca. Serão 471 apresentações musicais: 250 nos pavilhões da Oktoberfest, 113 retretas (que animarão a praça da prefeitura; praça Dr. Blumenau; palanque na rua XV de Novembro, em frente ao Banco do Brasil; Vila Itoupava e Vila Germânica) e 108 apresentações durante os desfiles oficiais da festa, que ocorrem ao longo da rua XV.

 

À noite, é no Parque Vila Germânica que todos se encontram e fazem da Oktoberfest um acontecimento incomparável. Por isso outubro é um mês especial para a região de Santa Catarina. Mas, para quem não sabe, a Oktoberfest não é só cerveja. As tradições alemãs afloram na sua

Realeza 2010 percorre os principais feiras de turismo
máxima expressão, através da música, da dança, dos belos trajes, da refinada culinária típica e do saboroso chope. A cordialidade do povo, a paz e a beleza da cidade também tornam a festa inesquecível. A preservação dos costumes dos antepassados vindos da Alemanha faz do evento o mais tradicional dessa cultura e um dos mais visitados do país.

 

Não é por menos que a Oktoberfest ostenta um número admirável: em suas 26 edições mais de 17 milhões de pessoas passaram pelo Parque Vila Germânica. Isto significa que um público superior a 700 mil pessoas, em média, por ano, participou da festa desde a sua criação. O segredo para este sucesso é simples: a Oktoberfest de Blumenau é um produto que se mantém autêntico, preservando as tradições alemãs trazidas pelos colonizadores há 160 anos. E são as belezas desses traços que conquistaram o país inteiro, transformando a Oktobefest na principal festa alemã bem brasileira.

 

Registros

Concurso nacional de tomadores de chope

Biergarten é o espaço que reúne gente bonita 

Desfile oficial acontece ao longo da rua XV

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos: Marcelo Martins

 

Dicas de viagem

 

ü       Agências de viagem oferecem pacotes com aéreo, hospedagem e ingressos dos shows com city tour em Blumenau. Consulte uma operadora de turismo e veja qual dos pacotes cabe no seu bolso;

 

ü       O Concurso Nacional de Tomadores de Chope em Metro vai animar o Setor 3 do Parque Vila Germânica. A disputa ocorre todas as noites, sempre às 22h. As inscrições podem ser realizadas, gratuitamente, ao lado do palco, com a organização, até o horário do início do concurso. Blumenauenses e turistas com mais de 18 anos podem participar. A regra do concurso é bem clara: o concorrente que beber um metro de chope (600 ml), em menos tempo, sem babar ou tirar a tulipa da boca, vence a competição. Cada noite haverá um vencedor;

 

ü       O chope é bom e tradicional na região, mas todo excesso faz com que não aproveite a festa e se beber, não dirija;

 

ü       Para quem pretende fazer bonito na 27ª Oktoberfest e ainda por cima entrar de graça na festa, as lojas localizadas no Parque Vila Germânica possuem serviços como venda e aluguel de trajes. Ao lado do Parque está a Odete Trajes Típicos (47 3326-5935), loja responsável pela fabricação e manutenção dos trajes da Realeza da Oktober. Além destas, o Clube de Mães Andorinhas (47 3340-6179), Almira Trajes (47 3035-1652) e Prenda Mari (47 3323-4445) também dispõem destes serviços. Os preços para a aquisição da vestimenta variam de R$ 95,00 a R$ 250,00, dependendo do acabamento e acessórios;

 

ü       A expressão Ein Prosit é o mesmo que o nosso tim-tim. Os músicos cantam: Ein prosit, Ein Prosit, der gemütlichkeit e depois erguem o copo e tomam “cerveja”. Tradução: Um brinde, um brinde ao bem estar – e levantam o copo de chope, ou de água mesmo;

 

ü       Blumenau é conhecida em todo o Brasil como uma das cidades com maior influência germânica em sua cultura e história. A cidade é um excelente centro de compras, oferecendo produtos como cristais e artigos têxteis, reconhecidos nacionalmente e internacionalmente.

 

 

Na Bagagem

 

Por onde anda a reforma do Aeroporto de Aracaju? Segundo a Infraero, o início das obras deveria acontecer em 2009 com investimentos de aproximados R$ 270 milhões.

 

Dia 27 de setembro é o Dia Mundial do Turismo e em Sergipe acontece a Semana do Turismo com realização da 16ª Reunião Estadual ocorrida no Palácio-museu Olímpio Campos. A semana prossegue até sexta-feira e um dos temas discutido é a praça São Francisco como patrimônio mundial.

 

II Fórum Panrotas Pernambuco acontece dia 5 de outubro, no Recife, e leva nomes de peso do turismo, tais como: Janine Pires (ex-Embratur, diretora da Agência de Promoção Olímpica Ri0 2016), Guilherme Paulus (CVC), Pedro Costa Ferreira (ex-CEO da operadora portuguesa Mundo Vip) e Juan Carlos Chervatin (presidente da Consult House Travel de Buenos Aires), Renato Pascowitch (Avianca), Danielle Cavalcante (Gol Linhas Aéreas, Bismarck Maia (CTI Nordeste). Acontecerão debates, seminários e o almoço do Clube da Charque Amiga

 

O instituto Data Popular realizou levantamento com 5 mil consumidores de todo o país e constatou que seis a cada dez brasileiros que planejam viajar de avião pela primeira vez nos próximos 12 meses são da classe C, ou seja, têm renda de três a dez salários mínimos. Nos próximos 12 meses, 10,7 milhões de pessoas devem fazer sua primeira viagem de avião, do total, 7 milhões são da classe C e 1,7 milhão da classe D.

 

Um estudo do banco suíço UBS apresentou nesta semana o ranking das cidades mais caras do mundo. O primeiro lugar ficou com Oslo, a capital da Noruega, seguida das cidades suíças de Zurique e Genebra, da capital japonesa Tóquio, e de Copenhague, capital da Dinamarca. Nova York, Estocolmo, Toronto e Montreal, Londres e Paris também estão entre as 15 mais caras. São Paulo ficou na 22ª posição da lista internacional.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais