Bom jornalismo fascina e vende

0

Para reflexão dos leitores e dos profissionais de comunicação um texto publicado no jornal o Estado de São Paulo do professor e doutor em comunicação, Carlos Alberto Di Franco:

As virtudes e as fraquezas dos jornais não são recatadas. Registram-nas fielmente os sensíveis radares dos leitores. Precisamos, por isso, derrubar inúmeros desvios que conspiram contra a credibilidade dos jornais.

Um deles, talvez o mais resistente, é o dogma da objetividade absoluta. Transmite, num pomposo tom de verdade, a falsa certeza da neutralidade jornalística. Só que essa separação radical entre fatos e interpretações simplesmente não existe. É uma bobagem.
Jornalismo não é ciência exata e jornalistas não são autômatos. Além disso, não se faz bom jornalismo sem emoção. A frieza é anti-humana e, portanto, antijornalística. A neutralidade é uma mentira, mas a isenção é uma meta a ser perseguida. Todos os dias. A imprensa honesta e desengajada tem um compromisso com a verdade. E é isso que conta.

Mas a busca da isenção enfrenta a sabotagem da manipulação deliberada, a falta de rigor e o excesso de declarações entre aspas.

O jornalista engajado é sempre um mau repórter. Militância e jornalismo não combinam. Trata-se de uma mescla, talvez compreensível e legítima nos anos sombrios da ditadura, mas que, agora, tem a marca do atraso e o vestígio do sectarismo. O militante não sabe que o importante é saber escutar. Esquece, ofuscado pela arrogância ideológica ou pela névoa do partidarismo, que as respostas são sempre mais importantes que as perguntas.

A grande surpresa no jornalismo é descobrir que quase nunca uma história corresponde àquilo que imaginávamos. O bom repórter é um curioso essencial, um profissional que é pago para se surpreender. Pode haver algo mais fascinante? O jornalista ético esquadrinha a realidade, o profissional preconceituoso constrói a história.

Todos os manuais de redação consagram a necessidade de ouvir os dois lados de um mesmo assunto. Trata-se de um esforço de isenção mínimo e incontornável. Alguns desvios, porém, transformam um princípio irretocável num jogo de cena.

Matérias previamente decididas em guetos engajados buscam a cumplicidade da imparcialidade aparente. A decisão de ouvir o outro lado não é sincera, não se fundamenta na busca da verdade. É uma estratégia.

O assalto à verdade culmina com uma tática exemplar: a repercussão seletiva. O pluralismo de fachada convoca, então, pretensos especialistas para declararem o que o repórter quer ouvir. Personalidades entrevistadas avalizam a "seriedade" da reportagem. Mata-se o jornalismo. Cria-se a ideologia.

É preciso cobrir os fatos com uma perspectiva mais profunda. Convém fugir das armadilhas do politicamente correto e do contrabando opinativo semeado pelos arautos das ideologias.

A precipitação e a falta de rigor são outros vírus que ameaçam a qualidade da informação. A manchete de impacto, oposta ao fato ou fora do contexto da matéria, transmite ao leitor a sensação de uma fraude.

Autor do mais famoso livro sobre a história do The New York Times, Gay Talese vê importantes problemas que castigam a imprensa de qualidade: "Não fazemos matéria direito porque a reportagem se tornou muito tática, confiando em e-mails, telefones, gravações. Não é cara a cara. Quando eu era repórter, nunca usava o telefone. Queria ver o rosto das pessoas".

"Não se anda na rua, não se pega o metrô ou um ônibus, um avião, não se vê, cara a cara, a pessoa com quem se está conversando", conclui Talese. E o leitor, não duvidemos, capta tudo isso.

Boa parte do noticiário de política, por exemplo, não tem informação. Está dominado pela fofoca e pelo declaratório. Não tem o menor interesse para os leitores. O uso de grampos como material jornalístico virou ferramenta de trabalho. A velha e boa reportagem foi sendo substituída por dossiês. De uns tempos para cá, o leitor passou a receber dossiês que muitas vezes não se sustentam em pé por mais de três dias. Curiosamente, quem os publica não se sente obrigado a dar nenhuma satisfação ao leitor. Entramos na era do jornalismo sem jornalistas, nos tempos da reportagem sem repórteres. Ficamos, todos, fechados no ambiente rarefeito das redações. Enquanto esperamos o próximo dossiê, tratamos de reproduzir declarações entre aspas, de repercutir frases vazias de políticos experientes na arte de manipular a imprensa.

Mesmo assim, os jornais têm prestado um magnífico serviço no combate à corrupção. Alguém imagina que a cascata de demissões no governo teria ocorrido sem uma imprensa independente? Jornais de credibilidade oxigenam a democracia. As tentativas de controle da mídia, abertas ou disfarçadas, são sempre uma tentativa de asfixiar a liberdade.

O leitor que precisamos conquistar não quer o que pode conseguir na TV ou na internet. Ele quer algo mais. Quer o texto elegante, a matéria aprofundada, a análise que o ajude, efetivamente, a tomar decisões. Conquistar leitores é um desafio formidável. Reclama realismo, ética e qualidade.

A autocrítica, justa e necessária, deve ser acompanhada por um firme propósito de transparência e de retificação dos nossos equívocos. Uma imprensa ética sabe reconhecer os seus erros. As palavras podem informar corretamente, denunciar situações injustas, cobrar soluções. Mas podem também esquartejar reputações, desinformar.

Confessar um erro de português ou uma troca de legendas é fácil. Mas admitir a prática de atitudes de prejulgamento, preconceitos informativos ou leviandade noticiosa exige coragem ética. Reconhecer o erro, limpa e abertamente, é o pré-requisito da qualidade.

O jornalismo tropeça em armadilhas. Nossa profissão enfrenta desafios, dificuldades e riscos sem fim.

E é aí que mora o desafio.

Processo licitatório da Secom estadual
Quem acompanha este espaço desde o início, em 2006, sabe que uma das cobranças, que foi vitoriosa, foi a forma como o governo estadual tratava a destinação das verbas publicitárias e a contratação das referidas agências. Este foi um ponto realmente que o governo Déda mudou. Já no primeiro governo, sob o comando da então secretária Eloisa Galdino realizou uma licitação para contratação de agências para cuidar da publicidade e propaganda governamental. Tudo com total transparência e que deu novo ritmo não apenas a propaganda governamental, mas ao relacionamento com os diversos meios de comunicação.

O novo processo
Agora foi concluído outro processo para contratação com a escolha de quatro agências. Novamente o processo foi realizado de forma transparência, sob o comando do secretário Carlos Cauê. Sem problema algum. Ontem, o jornalista e radialista André Barros anunciou que fará uma análise sobre a licitação. Como é experiente e ex-secretário da Secom no governo Albano Franco, espera-se que André Barros apresente provas concretas de irregularidades e não apenas meras especulações.

Consultoria “Mago”
O blog não quer acreditar no que alguns jornalistas informaram ontem. De que André Barros está contrariado porque foi o “consultor” de uma agência baiana, de nome Mago, que foi desclassificada. E que ele participou de todas as reuniões e inclusive chegou a levar a proposta da agência para a Secom. Se tiver provas de irregularidades certamente ele apresentará. Não fará especulações e muito menos levantar suspeita em nomes de pessoas sérias que participaram de todo processo. Inclusive numa comissão formada por sorteio.

Caso da TV Laranja
O blog pede também a alguns colegas de imprensa que não queiram reviver o episódio de André Barros à frente da Secom no governo Albano Franco, quando foi acusado de montar uma TV Laranja, onde 25 funcionários ficaram sem receber dinheiro com diversos processos judiciais. Por conta disso ele passou 3 anos fora do Estado. O blog pede a estes colegas que esqueçam este episódio, afinal todo mundo deve ter uma chance nova na vida.

Processo de acordo com normas do TCE
Com a experiência que tem André Barros só fará uma denúncia desta natureza se tiver provas concretas. Até porque ele sabe que todo processo licitatório foi realizado de acordo com as normas do Tribunal de Contas do Estado. E agora para alguns colegas: pelo amor de Deus parem de tentar ridicularizar André Barros comentando nos bastidores  que ele está chantageando o governo estadual. Afinal, quem não deve não teme. E em Sergipe, como diz o velho Albano, todo mundo se conhece.

Justiça quis prender funcionário por não cumprir ordem contra ABSMES
O blog teve acesso ontem, 08, a um documento da Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão enviado a uma magistrada que queria prender um funcionário publico por não cumprimento de ordem judicial contra a ABSMES. A secretaria informou a magistrada o motivo do não cumprimento da referida ordem judicial, como também apresentou a situação da Associação Beneficente dos Servidores da PMSE e CBMES junto a outras varas de justiça do Estado de Sergipe. A associação foi esvaziada, com a saída de vários sócios e com isso o repasse reduziu drasticamente.

Condenações
Pergunta-se onde foi parar o dinheiro da ABSMES, pois estas condenações é fruto da administração de oficiais e soldados (que hoje bradam pela imprensa como se nada tivesse ocorrido) que não pagaram os direitos dos sócios e, segundo a auditoria, ainda forjaram um estatuto para facilitar os desvios. O Conselho interventor em 2011 apontou que na gestão dos militares referidos foi arrecadado quase 11 milhões de reais e não declarado nas contas, um rombo de aproximadamente R1.500.000,00 (Hum Milhão e quinhentos mil reais) e apontou os responsáveis pelos desvios.

O comando geral da PM não vária apurar?
Será que o Comando Geral não deve apurar esse imbróglio e responsabilizar administrativamente e penalmente os responsáveis? Dizem que essa turma do blog Capitão Mano também participou da falência da maior instituição dos militares do Estado de Sergipe e participou até de campanha eleitoral. Que a justiça seja acionada para punir esses que afanaram nossa Caixa Beneficente.

Machado: “É Déda que está chegando ao nosso palanque”
Uma verdade dita pelo ex-deputado José Carlos Machado quando questionado pelo radialista Gilmar Carvalho, na rede Ilha, sobre a aliança do prefeito Luciano Bispo com Déda e como ficará o palanque em Itabaiana. “É Déda que está chegando ao palanque de Luciano e Machado”, disse afirmando que é preciso ter cuidado para que não tentem “estadualizar” a eleição municipal deste ano.

Água para todos em Sergipe
O governador Marcelo Déda definiu com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, em reunião ontem, 8, em Brasília, a implantação do programa Água para Todos em Sergipe. "A proposta do ministro é oferecer soluções que disponibilizem água tratada à população das regiões remotas do semiárido nordestino", resumiu o governador.

Detalhes
Numa prolongada reunião de trabalho, assessorados por suas equipes, ambos definiram que, já na próxima semana, desta vez em Aracaju, um novo encontro detalhará o programa. De acordo com o ministro, Sergipe será o primeiro estado onde o programa será implementado. A iniciativa prevê contrapartidas do Governo de Sergipe.

Diário Oficial há dois dias sem exonerações
Os diários oficiais do Estado da quarta e da quinta-feira não publicaram nenhuma exoneração de cargos comissionados. Parece que o governador anda realmente refletindo neste período. Muita gente espera a exoneração do secretário de Estado do Trabalho, Marcelo Freitas, indicação da deputada Susana Azevedo. Pelo que se sabe as conversas dela com o governador não surtiram muito efeito e o cargo foi colocado à disposição.

Nomeações dos neo-aliados
A turma de plantão também está ansiosa esperando as nomeações dos novos aliados do governo estadual. A expectativa é grande porque alguns disseram que foram para o governo por conta “de obras para a população”. É esperar! Como o vocabulário brasileiro é bastante diversificado tem gente que acha que “obra” é sinônimo de cargos comissionados.

Surpreende
O presidente da CNDL (Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas), Roque Pellizaro Jr., telefonou para o presidente da FCDL/SE, Gilson Figueiredo, dizendo-se impressionado com a decisão da prefeitura de Aracaju em congelar o preço das passagens de ônibus por um ano. Ontem, quinta, Gilson Figueiredo, Juliano César e Flávio Andrade, líderes empresariais, foram agradece ao prefeito da cidade.

Bandeira
Roque Pellizaro elogiou a atitude, especialmente diante da medida de Edvaldo Nogueira em não onerar o custo das empresas, ante o pagamento de Vale Transporte, e também pela redução do ISS. Hoje uma das grandes bandeira da CNDL é a redução da carga tributária e unificação de impostos. A decisão da PMA repercute nacionalmente.

Aniversário
A Secom organiza entrevista coletiva de Edvaldo Nogueira, hoje, sexta, 09, para anunciar a programação das comemorações do aniversário de Aracaju, celebrado no dia 17 de março. O ato acontece no auditório do Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos, às 9h, quando serão anunciados os eventos festivos e culturais.

Campus de Engenharia em Capela
Na manhã de  ontem, 08, técnicos da Vale e da Universidade Federal de Sergipe estiveram em Capela para iniciar as discussões do que pode ser uma parceria entre a UFS e a empresa de mineração, voltada à construção do Campus de Engenharia no município. O encontro foi pleiteado pelo prefeito Manoel Messias Sukita Santos (PSB), que enxergou a possibilidade dessa parceria, uma vez que em conversa com a direção da Vale, a empresa mostrou sua planta para a construção de um alojamento para 3.500 trabalhadores. Os operários irão atuar no projeto Carnalita, que prevê um investimento de 4 bilhões de dólares na região.

Campanha educativa para os ciclistas  
A vereadora Simone Gois alertou sobre as imprudências no trânsito que causam acidentes com ciclistas. Na ocasião, a parlamentar destacou a manifestação por parte dos ciclistas para pedir respeito aos praticantes do ciclismo. “Já faz 7 anos que eles fazem este ato. Percorrem vários quilômetros, levam um bicicleta branca, entoam cânticos que remetem ao respeito e recordam aqueles que foram vítimas da imprudência dos motoristas. Apesar de todo alerta, os acidentes continuam. Somente no ano passado foram registrados seis óbitos de ciclistas”, disse.

Saúde e bem-estar
Diante do exposto, a parlamentar afirmou que irá solicitar através de Indicação, que a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) promova campanha educativa. “Pedalar é uma prática esportiva que proporcionar saúde e bem-estar, além de contribuir com o meio ambiente. Nada mais justo que conscientizar os motoristas, ciclistas e sociedade para evitar o aumento de acidentes”, falou.

Formalizações crescem mais de 30% no primeiro bimestre I
Cada vez mais sergipanos conquistam o sonho de ter o próprio negócio regularizado. Somente no primeiro bimestre deste ano, 1278 pessoas aderiram à economia formal, garantindo assim uma série de benefícios sociais e fiscais. O número é 30,4% maior que o registrado no mesmo período de 2011.

Formalizações crescem mais de 30% no primeiro bimestre II
A informação foi obtida pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Sergipe (Sebrae/SE), com base no dados da Receita Federal.  Os cidadãos estão cadastrados como Empreendedores Individuais (EI), uma modalidade jurídica destinada às pessoas que trabalham por conta própria,faturam até R$ 60 mil ao ano, não possuem participação em outras empresas e empregam no máximo um funcionário recebendo o salário mínimo ou o piso da categoria.

Exibição de gols sergipanos na rede Globo Nacional
Graças a copa do Brasil finalmente a rede Globo mostrou gols sergipanos em rede nacional.  Foram os gols do River de Carmópolis contra o Grêmio que a Globo foi obrigada a mostrar.

Má vontade ou afiliada não tem prestígio
Segundo Jorge Araujo, jornalista e ex-deputado, ou a globo tem má vontade com o estado, por não apresentar os gols do campeonato sergipano como faz com os demais estados ou então seria a sua afiliada TV Sergipe que não está tendo prestígio na área de esportes da Globo.

Emissora de rádio
O jogo do São Domingos contra o Vitória ontem à noite, 08, pela Copa Brasil, que acabou em 0 a O no estádio presidente Médici, mostrou que Sergipe precisa impor respeito. Uma emissora de rádio da Bahia instalou todos os equipamentos em cerca de algumas cadeiras do estádio. O torcedor pagou R$ 30,00. Fica a pergunta: se fosse em Salvador, uma rádio de Sergipe poderia fazer o mesmo? Claro que não!

Crônica esportiva e atrações
O jogo da última quarta-feira em Sergipe, entre o Grêmio  e o River Plate serviu para mostrar que quando tem atrações não tem problema que os jogos sejam em horários de outros. Na quarta-feira a noite vários jogos foram televisionados no mesmo horário de Grêmio X River Plate e mesmo assim a torcida compareceu. A crônica  esportiva de Sergipe tem que fazer a sua parte também e estimular a torcida ir aos estádios e não ficar pedindo que mude o horário dos jogos por conta de outros campeonatos.

Centralização do SAMU
Em pronunciamento na Câmara Aracaju ONTEM, 08 o vereador Dr. Emerson Ferreira (PT) utilizou o grande expediente para destacar a descentralização do atendimento do Samu e centralização da regulação.  "A descentralização do atendimento do Samu é imprescindível para o bom funcionamento desse serviço e a sua implementação tem sido uma luta desde o início do nosso mandato", disse.

Notícias Aperipê
Parabéns a toda direção de jornalismo da TV Aperipê. Ontem, 08, enquanto os outros telejornais mostraram a mesmice das homenagens pelo Dia Internacional da Mulher o Notícias Aperipê (à noite) mostrou o dia a dia das presidiárias em Sergipe.

Homenagem as mulheres
A bancada masculina da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) prestou homenagens as vereadoras que compõem a bancada feminina: Miriam Ribeiro (PSD), Simone Gois (PT), Karla Trindade (PCdoB) e Rosangela Santana (PT), além das funcionárias do Legislativo. A sessão foi considerada um momento para reflexão a respeito à luta das mulheres por direitos iguais e reconhecimento na sociedade.

Bertulino homenageia as mulheres
As mulheres receberam várias homenagens no plenário da Câmara Municipal de Aracaju, na tarde de ontem, 08, Dia Internacional da Mulher. Dentre elas, foi destacada a homenagem do vereador Bertulino Menezes, que produziu um vídeo com depoimentos de colegas parlamentares e de outros representantes de vários segmentos da sociedade, ressaltando a importância do papel da mulher.

Mulheres do Legislativo
Em alusão as comemorações do Dia Internacional da Mulher, a Câmara Municipal de Aracaju (CMA) promoveu um coquetel entre os servidores da Casa em reconhecimento ao desempenho das funcionárias. A reunião ocorreu na sede do legislativo  ontem e contou com o discurso de enaltecimento do presidente, Emmanuel Nascimento (PT) e da vereadora Simone Gois (PT). Ambos os parlamentares compartilham a ideia de que todo dia é dia da mulher, pois, elas buscam diariamente o reconhecimento em suas atividades. Sejam enquanto mães, esposas, amigas ou na esfera profissional.

Reunião técnica
Nesta sexta-feira, o presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Sergipe – FACESE – Alexandre Porto estará reunido com os presidentes das Associações Comerciais do Interior do Estado. A abertura oficial da reunião acontece às 14h30, após o Almoço com Negócios, no Mercure Hotel Aracaju, e contará com a presença do Secretário Interino da SEDETEC Oliveira Júnior, de parceiros que representam as instituições financeiras em Sergipe e dos conselheiros da entidade.

Expansão
Esta será a primeira reunião técnica promovida pela FACESE que vem realizando um trabalho de expansão do associativismo no interior, levando para os empresários, inovações e os mesmos serviços disponibilizados para os associados da ACESE.

OAB/SE manifesta apoio à projeto de Ficha Limpa em Simão Dias
Na última quarta-feira,  07, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Sergipe, Carlos Augusto Monteiro, recebeu em seu gabinete a visita de Lenivaldo Nunes, vereador de Simão Dias pelo Partido Popular Socialista (PPS), que encaminhou para tramitação na Câmara Municipal de sua cidade, um Projeto de Lei que dispõe sobre a implementação da Ficha Limpa no âmbito da administração municipal.

Importância
Carlos Augusto ressaltou a importância da visita. “Atribuímos uma extrema relevância a vinda do vereador Lenivaldo de Simão Dias para a OAB, sobretudo para buscar apoio à iniciativa da propositura perante a Câmara de vereadores de Simão Dias. Esse apoio da Ordem já foi apresentado aqui no âmbito do município de Aracaju, onde fizemos uma sustentação no plenário da Câmara de Vereadores. Além disso, com a validação do STF da Lei de Ficha Limpa, a OAB vem adotando como procedimento o encaminhamento de ofício como assim já foi feito para o Governador do Estado, a presidente da Assembleia Legislativa, prefeitos e presidentes de Câmaras Municipais em todo estado de Sergipe”, contou.

9º Aracaju de Tototó
Já estão sendo vendidas as  camisas para o 9º Aracaju de Tototó na canoa Sergipe Star. É o barco mais animado, com banda de frevo, muita alegria a bordo, petiscos de boa qualidade, cerveja, refrigerante e água mineral a vontade. Interessados procurar o comandante Barriga. fones: 9974-1811 e 8811-8055.

Entre Amigos – Entretenimento
No próximo domingo dia 11/03 a partir do meio-dia uma grande e boa turma sob a batuta de Ludwig estarão celebrando o dia Internacional da Mulher, é o "Sarau Musical" encontro com pessoas de qualidade e com música também de qualidade, garanta sua presença reservando seu lugar, (serão apenas 40 lugares), Medeiros(Sax), Djalma(Voz e Violão), Cléber Alberto(Voz e Teclados), Fernando Barbosa(Voz),  alem daquelas cantoras notáveis que já garantiram presença: Cissy Freitas, Gilza Star, Lene Hall, Suzana Valois, e outras… Se você canta/toca leve seu instrumento e dê uma canja. Contato (79) 9977-3304.

Banese Card inaugura loja no Shopping Prêmio
O Banese Card inaugura nesta sexta-feira, às 17 horas, uma loja no Shopping Prêmio, no município de Nossa Senhora do Socorro. A loja terá oito terminais de autoatendimento. A inauguração contará com a presença da superintendente do Banese Card, Olga Carvalhaes, e da Diretoria Executiva do Banese.

Sollo Sunset, neste domingo, 11
Uma excelente opção para este Domingo, 11, é o Sollo Sunset, que promete agradar ao público por proporcionar um fim de tarde bastante agradável, com música de qualidade num aconchegante ambiente à beira-mar.

Fábio Allman, do Monobloco e DJ Cafu
Para a primeira edição do projeto, que acontecerá no Sollo/Aruanã Eco Praia Hotel, o convidado é o cantor Fabio Allman, do Monobloco, que fará um show acústico, mostrando toda sua versatilidade com um repertório que inclui sucessos de nomes como Ben Harper, Tim Maia, Marvin Gaye, Jorge Benjor, entre outros. O evento contará também com o DJ Cafu e os melhores sets de lounge music. Um programa imperdível, a partir das 16h. Reservas e informações pelo telefone 2105.5200.

PM realiza Torneio de Futebol de Salão Masculino na sexta-feira, 09
Dando sequência à programação alusiva aos 177 anos da Polícia Militar de Sergipe, a Corporação promoverá, nesta sexta-feira, dia 09 de março, um Torneio de Futebol de Salão Masculino, com o intuito de integrar os policiais militares e demais componentes das Forças Armadas e instituições de segurança pública atuantes em Sergipe. O evento esportivo tem início a partir das 8h, na quadra poliesportiva do Colégio Brasília, em Aracaju, local onde também ocorrerá a cerimônia de abertura.

Promoção no ‘Feirão da Casa Própria’
O fim de semana chega com uma excelente oportunidade de adquirir um imóvel com qualidade, pontualidade na entrega e condições de compra especiais. A Stanza – marca do segmento econômico da Celi – está com uma promoção especial no Feirão da Casa Própria, que acontece até domingo, dia 11, no estacionamento do Supermercado Extra. Clientes que adquirirem uma unidade do Residencial Caminho dos Ventos receberão o apartamento com um kit de cozinha Brastemp com geladeira, fogão, microondas e forninho elétrico – uma economia de quase R$ 4 mil. Localizado no Bairro Aruana, o Caminho dos Ventos conta com apartamentos de dois ou três quartos, com ou sem suíte, e área de lazer com itens voltados para toda a família. No feirão, a Stanza também tem unidades à venda do Residencial Vivendas do Atlântico. A promoção é exclusiva para o Feirão da Casa Própria.

PELO TWITTER

www.twitter.com/FalaSergipe A distância entre o sonho e a conquista chama-se atitude. Bom dia!

www.twitter.com/Gilbertotv O mar não é perigoso. O mar tem limites, precisa ser respeitado. Aprendendo essa regra, a convivência é das melhores.

www.twitter.com/Genildo_Farias Hoje a choradeira no radio começou cedo buá buá buá buá… kkk

www.twitter.com/sergioalves1 Volto a frisar: um projeto político real, a luta com ideologia, a verdadeira construção, entre outros, deve ir para o além do eu!

www.twitter.com/SergipeMax "Política" é a arte do inferno e aqui em Sergipe temos os melhores Professores Doutores no comando desta disciplina.

www.twitter.com/MayuMatsunae Dormi e acordei… Então, março já acabou?

www.twitter.com/alberto_pp Já pensou se casar com alguém que comprou o par de alianças no Groupon… Deve ser tudo. Só que ao contrário.

www.twitter.com/machellogomes Deveríamos instituir o dia dos Baba Ovo, nada haver com o dia das Mulheres, o twitter anda cheio deles. Será que os babados iriam lembrar?

DO LEITOR

Parabéns Wanderley, parabéns Policia Militar
Do leitor Antônio Gonçalves: “No jogo River Plate x Grêmio na última quarta-feira no Batistão, por pouco Sergipe não vira mais um caso de chacota nacional por conta da prepotência e pouca informação de alguns, inclusive da imprensa, quando foi exigida a carteira do Conselho de Educação Física – CREFI a Wanderley Luxemburgo. O problema não está em não apresentar a carteira, mas na legislação que não exige. Conforme Lei Federal nº 8.650, de 22.04.1993, que regulamentou a profissão de técnico de futebol. Portanto, aqui em Sergipe  querem aplicar uma resolução de conselho sobre uma legislação federal. Parabéns a polícia que não entrou nessa. LEI Nº 8.650, DE 20 DE ABRIL DE 1993: Art. 1º A associação desportiva ou clube de futebol é considerado empregador quando, mediante qualquer modalidade de remuneração, utiliza os serviços de Treinador Profissional de Futebol, na forma definida nesta Lei.
Art. 2º O Treinador Profissional de Futebol é considerado empregado quando especificamente contratado por clube de futebol ou associação desportiva, com a finalidade de treinar atletas de futebol profissional ou amador, ministrando-lhes técnicas e regras de futebol, com o objetivo de assegurar-lhes conhecimentos táticos e técnicos suficientes para a prática desse esporte.
Art. 3º O exercício da profissão de Treinador Profissional de Futebol ficará assegurado preferencialmente:
I – aos portadores de diploma expedido por Escolas de Educação Física ou entidades análogas, reconhecidas na forma da Lei;
II – aos profissionais que, até a data do início da vigência desta Lei, hajam, comprovadamente, exercido cargos ou funções de treinador de futebol por prazo não inferior a seis meses, como empregado ou autônomo, em clubes ou associações filiadas às Ligas ou Federações, em todo o território nacional”.

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frases do Dia
“Atiramos o passado ao abismo, mas não nos inclinamos para ver se está bem morto. William Shakespeare.

Homenagem aos 157 anos de Aracaju | Bate Coração
A ficha técnica:
Cliente: Governo de Sergipe
Agência: Base Propaganda
Direção: Marcelo Pinheiro
Fotografia: Nado Brasil
Platô: Ademar
Montagem/Grading/Gfx: Álvaro Brasil
Coord. de Produção: Alice Acosta
Produção: Bela Raposo
Maquiagem: Vânia
Ass. Fotografia: Lyd
Maquinistas: Paulo / Estives
Produção musical: Dudu Prudente
Concepção harmônica: Thiago Ribeiro
Concepção ritmica: Pedrinho Mendonça e Dudu Prudente
Orquestração: Maestro Ion Bressan
Edição, mixagem e masterização: Dudu Prudente e André Franzon
Arranjos: Lau, Julico, Elvis Boamorte, Dona Nadi, Agapito, Dudu Prudente, Pedrinho Mendonça, Thiago Ribeiro, Ronise Ramos, Zé Américo, Seu Rindu, Samba de Côco da Barra, Tupã da Viola, Nêgo Batera, Ion Bressan e Ganso Hot Black e Grupo Cassimi Coco.
Música: Bate Coração

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários