Botequim de quinta

0

A tentativa de salvar a pele do senador José Sarney (PMDB) está transformando o antes todo pomposo Senado da República num botequim de quinta categoria, onde vale até xingar a mãe dos outros. Dúvida? Então leia o tipo de “diálogo” travado entre os senadores Tasso Jereissati (PSDB) e Renan Calheiros (PMDB):

Tasso – Senador Renan, não aponte esse dedo sujo para cima de mim!
Renan – Esse dedo sujo é o de Vossa Excelência! São os dedos dos jatinhos que o Senado pagou.
Tasso – Era com meu dinheiro. O jato é meu, não é dos seus empreiteiros!
Renan – O dinheiro é seu?
Tasso – É, meu!
Renan – (Fora do microfone, chama Tasso de coronel.)
Tasso – Eu, coronel? Cangaceiro de terceira categoria!
Renan – O senhor é coronel! (Fora do microfone, xinga Tasso:”Seu merda”.)
Tasso – Repita o que você disse!
Renan – Você é minoria com complexo de maioria.

Só faltou um dizer para o outro: “Sua mãe é tão feia que quando o seu pai acordou da bebedeira achou que estava no inferno”. Que vergonha!

Visita contestada

Ao se referir à visita feita por alguns deputados ao bairro Coqueiral, em Aracaju, o deputado estadual Francisco Gualberto (PT) afirmou que a oposição foi verificar de perto “a bagaceira que tinha construído no passado”. O petista lembrou que o deputado Augusto Bezerra, por exemplo, foi aliado de primeira linha nos governos de Albano Franco (PSDB) e João Alves (DEM) e nada fez pelo bairro. “Eles são governo desde criancinha e nunca se preocuparam com obras. Agora querem vir aqui cobrar do nosso!”, reclamou.

Novo crime

A lei que considera crime a presença sem autorização judicial de celulares em presídios, punindo quem possibilitar que os presos tenham acesso ao aparelho de telecomunicação, foi sancionada ontem pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A lei criminaliza também a intermediação e a facilitação do ingresso de aparelhos telefônicos ou de comunicação nas unidades prisionais. Quem for flagrado infringindo a lei, que entra em vigor hoje, poderá ser punido com três meses a um ano de detenção. É pouco.

Devedores aliviados

O governo regulamentou o parcelamento de débitos dos municípios com a Receita Federal e com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. A medida inclui autarquias e fundações. O parcelamento será feito de 120 a 240 prestações mensais e consecutivas, com redução de 100% das multas moratórias e 50% dos juros de mora, ou 60 prestações mensais e consecutivas, dependendo da dívida e da natureza da contribuição. Caso a prestação não seja paga na data do vencimento, serão retidos os recursos do Fundo de Participação dos Municípios suficientes para a quitação do débito.

Malha fina liberada

A Receita Federal libera segunda-feira próxima a consulta ao terceiro lote de restituição do Imposto de Renda de 2009. O contribuinte que caiu na malha fina por causa da declaração de 2008 também terá à disposição um lote para consultar e saber se a restituição foi liberada. O dinheiro da restituição será creditado na conta do contribuinte no dia 17. Para saber se terá a restituição liberada nesse lote, o contribuinte poderá acessar a página da Receita na internet (www.receita.fazenda.gov.br) ou ligar para o número 146 informando o número do CPF.

Incentivo à produção

O governador Marcelo Déda (PT) vai assinar hoje à tarde uma série de documentos que fortalecerão as ações do Estado em benefícios da agricultura familiar. Dentre as principais medidas está o projeto de lei criando o programa de renda mínima “Mão Amiga” para atender os trabalhadores rurais desempregados nas entressafras das produções de cana-de-açúcar e laranja. Cerca de 10 mil pessoas são esperadas para o evento, incluindo milhares de pequenos produtores rurais beneficiados pelos programas do Governo do Estado.

Golpe no desmanche

A Polícia Civil realizou ontem uma operação contra o comércio de peças de veículos roubados e furtados. Dois homens foram presos e seus estabelecimentos fechados. Também foram apreendidas dezenas de peças de automóveis semi-novos cujas identificações estavam adulteradas ou eliminadas. As abordagens aconteceram no ‘Lojão das Peças’ e no ‘Ferro Velho do Baiacú’, ambos em Aracaju. Taí uma operação que precisa continuar e ser estendida para todo o Estado.

Posse marcada

Será na próxima segunda-feira a posse do jornalista Marcos Cardoso na Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Aracaju. Ele vai substituir o publicitário Rafael Galvão, que deverá ir trabalhar na Secretaria de Comunicação do Governo. O anúncio da posse foi feito ontem pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) em solenidade para anunciar a escolha de Marcos.

Dívida gigante

O Sindicato dos Auditores Tributários de Sergipe (Sindat) defende a divulgação dos nomes dos maiores devedores de ICMS. Segundo o sindicalista Gilson Avelino, a dívida dos 100 maiores chega a R$ 1,5 bilhão, de um total de R$ 2,6 bilhões da dívida ativa. A idéia dos auditores é encaminhar ao Ministério Público os nomes dos que cometem crimes contra a ordem tributária. Segundo Gilson, apenas um grande devedor de ICMS possui uma pendência com o Estado no valor de R$ 84 milhões. Danou-se!

Nomeação recomendada

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) orientou os Tribunais Regionais Eleitorais a diplomar, em sessão solene, até o terceiro suplente de cargo legislativo. O TSE definiu também que os candidatos nas colocações subsequentes poderão requerer à Justiça Eleitoral o diploma de suplente se assim o desejarem. O TSE ressalvou, no entanto, que da lista de suplência, somente o primeiro suplente tem interesse legítimo para propor ação de perda de mandato do titular do cargo legislativo por infidelid

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários