Café Pequeno-Popozudas em ação

0

 

 

E finalmente depois de muita expectativa sai a tão esperada edição da Playboy.

 

Desta vez o Renan não segurou e pediu licenciamento, ensaio de renúncia, que por certo virá. Quiçá perda de mandato, se tudo ficar provado.

 

É, a mulherada continua detonando na política. Tudo começou com a Nicéa Pitta que deu o empurrão final no caso Maluf e por pouco não virou heroína.

 

Ano retrasado tivemos a socialite Maria Cristina Mendes Caldeira que desfrutou no Conselho de Ética contra o ex-marido Valdemar Costa Neto e suas malas de dinheiro vivo. O deputado já escapou até de desastre de avião mas ira de ex- mulher é mais complicado.

 

É certo que ainda existem as Remildas que, sem perder a pose, acobertam com elegância maridos malfeitores. Essas, no entanto, são cada dia mais raras nesta época de vale-tudo por alguns minutos de fama. Mesmo que má fama.

 

É gente cuidado com as mulheres, especialmente as popozudas. Parece que  elas estão migrando de área, deixando os jogadores de futebol de escanteio, e partindo pro ataque dos políticos, principalmente aqueles amigos de empreiteiro.

 

A desfaçatez da Mônica Veloso é um espanto. A que ponto chegamos em termos de cara, digo, bumbum de pau.

 

Outro dia numa entrevista ao  vivo na Record ela ficou chocada e se disse constrangida pelo jornalista que perguntava sobre a origem do dinheiro do Renan. Segundo ela, agora, só fala da sua vida e carreira, e que carreira!

 

P.S.- De quebra a Playboy traz, ainda, uma entrevista com Diogo Mainardi o sarcástico cronista que atazana a vida dos políticos e de quem mais dá na telha, até, do Chico Buarque. Bom para o Chico que escapa da maldição de Nelson Rodrigues para quem “toda unanimidade é burra!”  

 

Encontro de Judas-Mosqueiro-FotoAnaLiborio

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais