Candidatura de Rogério depende de Lula

0

A anunciada candidatura do senador Rogério Carvalho (PT) ao governo de Sergipe pode não passar de uma miragem política. A concretização ou não desse projeto petista depende do futuro político de Lula da Silva, mais do que nunca pré-candidato à Presidência da República, em 2022. O jornal O Globo publicou que, de olho nas coligações partidárias, o “Barba” orientou os dirigentes do PT para não lançarem candidaturas a governador antes que as coisas fiquem mais claras. A ideia é apenas entrar em pleitos que os petistas tenham chances reais de vitória o que, admitamos, não é o caso de Sergipe. Conhecedor da política sergipana, Lula vai querer conversar com todos os aliados em Sergipe sobre a sucessão estadual. Caso seja produtivo para o seu projeto nacional, convencerá o PT a brigar pela cadeira de vice, numa chapa governista, pois é melhor um passarinho na mão do que dois voando. Marminino!

Agora vai!

Prepare-se para ver os preços dos combustíveis baixarem nos postos e os lucros da Petrobras chegarem à estratosfera. É que o general Luna e Silva está assumindo hoje o comando da petrolífera que, dia sim outro também, reajusta os preços do diesel, da gasolina e do gás. Resta torcer para o militar não repetir as barbeiragens do também general Eduardo Pazuello no Ministério da Saúde. Caso isso ocorra, é melhor trocar o calhambeque por uma carroça de tração animal, pois os preços dos combustíveis vão continuar subindo. Misericórdia!

Legítima defesa

Diferente do que o radialista Alex Carvalho divulgou, ele não foi agredido a socos por um diácono da Igreja Evangélica Quadrangular. Imagens feitas do interior de um veículo mostram o comunicador dando uma cotovelada no estômago do evangélico que, em revide, lhe aplica uma bofetada no rosto. Uma evidente reação de legítima defesa. Como novo presidente do Sindicato dos Radialistas de Sergipe, Alex Carvalho precisa ter sempre em mente que na cobertura de qualquer evento o mais importante é a notícia, nunca o comunicador. Simples assim!

Pise no freio

As alterações promovidas no Código de Trânsito Brasileiro entraram em vigor nesta segunda-feira. A partir de agora, os motoristas devem ficar atentos aos novos prazos de renovação da carteira de habilitação, ao número de pontos que podem gerar a suspensão de dirigir e à punição de quem causar uma morte ao conduzir o veículo após ter ingerido bebida alcoólica ou usado drogas. Portanto, todo cuidado é pouco, pois na próxima esquina pode ter um guarda de trânsito pronto para punir quem afronta a lei. Crendeuspai!

Comigo não, violão!

Queimar ou rasgar dinheiro não é coisa de quem está no juízo perfeito. Tomara que este não seja o caso de Denisson Freitas, que resolveu tocar fogo numa cédula novinha de R$ 100, enquanto se divertia com amigos. A despropositada atitude do dito cujo pode ter lhe rendido o emprego. Tão logo soube que estavam divulgando ser Denisson seu assessor parlamentar, o deputado estadual Ibrain de Valmir (PSC) divulgou uma nota dizendo que nem o conhece. Aqui pra nós: como aqueles R$ 100 devorados pelo fogo vão fazer falta. Danôsse!

Piada de mau gosto

Recém-filiado ao Psol, o advogado Henri Clay Andrade discorda de algumas medidas restritivas visando conter a covid-19 em Aracaju: “O povo está proibido de ir à praia nos finais de semana e obrigado a se recolher à noite. Mas, todos os dias, os trabalhadores mais carentes são obrigados a se locomoverem apinhados para o trabalho em ônibus superlotados. Será que o coronavirus só circula nas cidades à noite e aos finais de semana na praia? Seria uma boa piada se não fosse uma grande tragédia social. Pimenta nos olhos dos mais pobres é refresco”. Home vôte!

Saudade da Câmara

Veja o que a colega Thaís Bezerra publicou no Jornal da Cidade: “A deputada estadual Kitty Lima (Cidadania) tem se revelado saudosa do tempo em que foi vereadora de Aracaju. Outro dia, ela lamentou que em quase 100 dias da nova gestão do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), “temos muito pouco o que comemorar”. E, como se ainda estivesse na tribuna do Legislativo municipal, disparou um recado para os aracajuanos: “É necessário fiscalizar e questionar para que cada centavo pago em impostos tome o destino previsto por lei”. Será que a deputada teme não se reeleger em 2022 e já está ensaiando a volta para a Câmara da capital?”, indaga TB. Aff Maria!

Por aqui com Bolsonaro

E o senador Alessandro Vieira (Cidadania) ficou invocado com a informação de que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) teria lhe cobrado incluir estados e municípios na CPI da covid-19: “Bolsonaro não tem moral para cobrar nada e nunca falei com ele sobre CPI. Ele trabalhou contra os pedidos de impeachment de ministros e a CPI da Toga. Em mais de dois anos, nem ele nem sua base, inclusive seu filho, tiveram essa coragem. A bravura deles só existe nas redes sociais”, esbravejou Vieira. Desconjuro!

Em campanha

Embora critique quem está fazendo política em plena pandemia da covid-19, o ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL), não faz outra coisa na vida. O homem botou os pés na estrada e não recusa convites para entrevistas. Outro dia, o itabaianense deu com os costados em Porto da Folha visando falar aos sertanejos através da rádio Sertão/FM. Após a velha cantilena de que não trata sobre política durante a pandemia, Valmir aproveitou para dizer que só será candidato a qualquer coisa se tiver o apoio do povo. Ah, bom!

Há vagas

Tá interessado num bom emprego federal? Pois fique sabendo que o governo Jair Bolsonaro continua nomeando gente para dirigir órgãos federais em Sergipe. Segundo as línguas ferinas, a bancada sergipana aliada do capitão de pijama tem disputado as “boquinhas” quase aos tapas. Vixe! Para ser indicado a um desses bem pagos empregos, basta ter votado em Bolsonaro, ser ficha limpa e protegido de um deputado federal ou senador da terrinha. E então, você tá nessa?

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã, em 17 de janeiro de 1919

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais