Capelania como órgão de assistência religiosa dentro da PM/SE

0

O Deputado Mardoqueu Bodano (PRB) apresentou na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei nº. 266/2009, instituindo a Capelania na organização da Polícia Militar do Estado de Sergipe, em virtude da existência dos capelães e dos seus serviços prestados à instituição e à sociedade sergipana e a inexistência da Capelania como órgão de assistência religiosa dentro da PM/SE.

O serviço de capelania na PM/SE é realizado por capelães um padre e um pastor que prestaram concurso público para as vagas e desenvolvem os trabalhos pastorais, dando assistência religiosa e espiritual a todos os militares e civis, engajados na Corporação, celebrando as Liturgias (Santas Missas e Cultos), específicos e ecumênicos, atendendo ainda, nos hospitais, prisões e residências.

Em conversa com o deputado, ele informou que há necessidade de mais capelães que assistam com maior eficiência aos 12 Batalhões, Hospital da Polícia Militar – HPM, Presídio Militar, Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças – CFAP, Quartel do Comando e Núcleo de Assistência Psicossocial e ainda são solicitados pela Capitania dos Portos, Infraero, Corpo de Bombeiro, 28 Batalhão de Caçadores e o 19º CSM – Circunscrição do Serviço Militar (EB). É de fato uma grande demanda de pessoas a serem atendidas apenas por dois capelães.

Em depoimento, o policial Cavalcante falou da importância desse projeto. Pois, o mesmo, passou um mês internado e o capelão cuidou dele. Daí, passou a entender que a aprovação desse projeto é retratar a Palavra de Deus nos quartéis, de todas as Forças do Brasil, trazendo paz e segurança ao povo brasileiro.

Vale ressaltar que outras polícias como Maranhão, Rio de Janeiro, Pará e São Paulo possuem suas capelanias estruturadas, portanto, a proposta do deputado vem contribuir para que o homem de polícia em meio às rotinas diárias e suas demandas tenham a oportunidade de encontrar na fé o refrigério para o melhor desempenho de suas atividades policiais.

# NOTAS #

Humorista do CQC causa polêmica ao afirmar no Twitter que a Crucificação não existiu e que Jesus era masoquista

O humorista Oscar Filho, do programa de humor CQC, da TV Band, causou grande polêmica no Twitter ao publicar a mensagem “Essa história de crucificação é bobagem. Pra mim Jesus era masoquista”. Oscar Filho é um dos brasileiros com maior número de seguidores, até o fechamento desta matéria eram mais de 259 mil pessoas acompanhando suas mensagens.

Após a publicação, Oscar Filho foi alvejado por respostas mal humoradas de centenas de Cristãos que se sentiram ofendidos com o que o humorista disse: “desejo com todas minhas forças que Ele faça de sua vida uma piada tão ruim quanto essas que vc está fazendo agora!”, disse indignada Dayane Leite em seu perfil no Twitter. “Perdeu um seguidor, fazer piada com Jesus é muito desrespeito com os Cristãos! Tenha sua opinião, mas guarde para vc! Lamentável”, disse Rômulo Dias que ainda completou: “Ñ sigam o @OscarFilho ele faz piadas com Jesus. E ainda quer respeito! Lamentável atitudes como essa, se ñ acredita, respeite quem acredita!”.

Oscar Filho não chegou a pedir desculpas abertamente, pelo contrário nas mensagens seguintes ironizou as pessoas que não apoiaram o que ele publicou: “Opa, desculpem pelo último post. Ao invés de dizer “história” eu quis dizer “estória”!”, “Ah, eram outras desculpas? Então lá vai: desculpa fazer piada com um cara que eu não acredito que existiu. Pra mim é folclore”,  ”Galera, desculpem mesmo eu ter dito que não acredito em Jesus. Agora eu acredito. Acabei de receber um power point que ele mesmo enviou.” e finalizou dizendo: “Dizem que Jesus ensinou o amor, não é o que eu estou recebendo agora. Aprenderam direitinho, né? O problema são os seguidores dele.”

Folha assume erro em reportagem contra a Record

A Folha de S.Paulo admitiu nesta quarta-feira (18) que errou na notícia que publicou ontem contra a Rede Record. O jornal e o portal UOL afirmaram na terça-feira (17) que “contas da Universal movimentaram R$ 1,4 bi” no exterior, dinheiro que teria sido desviado de doações religiosas para, entre outras finalidades, comprar a emissora de televisão.

No mesmo dia, reportagem do R7 revelou que o Grupo Folha manipulou a informação. O título induziu o leitor a acreditar que todo o valor foi movimentado por representantes da Universal. Na verdade, o próprio texto da reportagem afirmava que “nem todo o dinheiro está relacionado à Universal. Há indícios de que se tratava de ‘contas-ônibus’, que abrigam recursos de diferentes empresas e pessoas brasileiras”.

Ou seja, as contas não são “da Universal”, segundo a própria matéria publicada por Folha e UOL. Nem mesmo há provas de que a Igreja Universal enviou dinheiro ilegalmente ao exterior, conforme denúncia apurada e arquivada pelo Supremo Tribunal Federal.

Pastor na Globo

O pastor Israel Belo de Azevedo, autor de vários livros da MK Editora – entre eles “Dia a dia com Deus” e “No Princípio, Deus” -, participou da série O Sagrado, do programa Mais Você, da TV Globo . Na primeira parte da matéria, o pastor foi entrevistado pelo ator Oscar Magrini, no templo da Igreja Batista Iracuruça (RJ). O pastor Israel Belo exemplificou os valores básicos do protestantismo, falou sobre a liturgia do culto, as diferenças entre as denominações e o batismo.

O especial continuou com uma entrevista ao vivo, diretamente do estúdio do Mais Você, com a apresentadora Ana Maria Braga. O pastor Israel respondeu a várias perguntas de telespectadores, como ‘por que os evangélicos não cultuam Maria’, ‘qual a diferença de protestante para evangélico’ e ‘o evangélico tem que casar virgem’. “O protestantismos para mim é muito igual ao cristianismo em geral. Como o senhor falou, as diferenças são muito poucas e se existem estão no topo da pirâmide”, declarou à apresentadora.

Oficina G3 e Marina de Oliveira em destaque na Revista Caras

A revista Caras desse mês, que chegou às bancas de todo o Brasil nesta quarta-feira  (11), traz uma matéria especial sobre os brasileiros na grande festa da música, o Grammy Latino 2009. Entre os destaques da matéria estão a banda Oficina G3, ganhadora da categoria “Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa”, e a cantora Marina de Oliveira, que também concorreu na mesma categoria. A Caras traz a foto dos cantores da MK Music no tapete verde durante a cerimônia de premiação realizada em Las Vegas (EUA) na quinta-feira (5).

Joana Prado, agora evangélica, chora na TV ao falar do seu passado

Joana Prado, conhecida antes como a  feiticeira, se converteu e atualmente frequenta a Igreja Bola de Neve. Na última semana, a  moça chorou em um programa de TV ao falar de seu passado. A loira, casada com o lutador Vitor Belfort, não resistiu e foi às lagrimas no programa “João Inácio Show”, da TV Diário de Fortaleza. Joana ameaçou deixar o programa caso o apresentador insistisse em chamá-la de Feiticeira. A loira também ficou incomodada coma exposição de suas fotos na revista Playboy.
A edição cortou a parte em que Joana ameaçou abandonar o programa, mas deixou imagens da bela chorando. A loira argumentou dizendo que tem outras coisas bonitas para contar e ainda revelou que um de seus filhos perguntou se ela dançava de biquíni.
Mas Joana não é a única que quer passar uma borracha no passado. Susana Alves, a Tiazinha, agora convertida, não gosta de falar da época em que usava a famosa máscara.

Voz da Verdade grava com Banda Calypso         

A Banda Calypso realizou na noite desta última sexta-feira (6), em Recife, a gravação de um DVD em comemoração aos seus 10 anos de carreira. A apresentação aconteceu dentro um festival, chamado “Encontro Sertanejo”. O estacionamento do Chevrolet Hall, que abrigou o festival, não tinha mais vagas disponíveis antes mesmo da banda subir ao palco. Eram aguardadas 30 mil pessoas, de acordo com os jornais da cidade. Números oficiais após o show, no entanto, ainda não foram divulgados. Mas a surpresa foi a grupo gospel Voz da Verdade que fez participação especial no DVD. O grupo além de cantar ao lado de Joelma, animou a platéia em uma apresentação solo, enquanto os dançarinos trocavam o figurino.

Aline Barros em Carmópolis

No próximo sábado, 28, Carmópolis vai parar ao som de Aline Barros. Será na praça de evento do município às 18h e a entrada é free. Aproveite! Divulgue e vamos louvar ao Senhor. Esse show tem a organização da prefeitura municipal de Carmopolis.

gleicequeiroz@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários