Cautela nunca fez mal

0

Os representantes do governo nas mesas de negociações salariais precisam ser muito hábeis para evitar o recrudescimento. Espera-se também das lideranças dos servidores muita cautela para evitar impasses desnecessários. O pessoal da Polícia Militar, por exemplo, não age correto quando acena com um aquartelamento antes mesmo de esgotadas todas as possibilidades de negociação, mas a Secretaria da Segurança Pública não pode ficar de braços cruzados como se a insatisfação dos policiais não fosse um problema seu. O que se espera é maturidade das partes envolvidas nas negociações para que a população, que banca o Estado através do pagamento de impostos, não seja a grande penalizada. É sempre bom lembrar que cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém.  

 

Soou como deboche

 

O reajuste salarial de 1% anunciado ontem pelo prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PC do B), soou como de um deboche nos ouvidos dos servidores. Primeiro, a Prefeitura informou que não havia como reajustar os salários dos “barnabés” e, em seguida, anunciou o ridículo percentual de 1%. O anúncio, portanto, só serviu para agravar as relações da Prefeitura com os médicos, em greve há vários dias, e estimular as demais categorias a também cruzarem os braços. A coluna prefere acreditar que a intenção do prefeito não foi debochar dos servidores, mas entende que faltou habilidade.

 

Casa nova

 

Uma boa notícia para quem está pensando em comprar uma casa nova: o Conselho Monetário Nacional aprova mudança nas regras do Sistema Financeiro de Habitação, desta vez de olho no apoio da classe média. A partir de agora, as incorporadoras e instituições financeiras estão autorizadas a vender imóveis financiados mediante o pagamento de apenas 10% da entrada. A regra antiga estabelecia o limite em 30% e exigia mais dos mutuários. O governo articula ainda a extensão da regra aos empréstimos do FGTS, em que as taxas de juros são 32,5% mais baixas. Legal!

 

Laqueadura garantida

 

Projeto aprovado pelo Senado obriga os planos de saúde a pagar as despesas com procedimentos para o planejamento familiar, como cirurgias de vasectomia e laqueadura. A lista de procedimentos aprovados inclui ainda o uso do DIU.  O projeto garante às mulheres seguradas o acesso a métodos contraceptivos eficazes e seguros que nem sempre são ofertados pelos serviços públicos. A Agência Nacional de Saúde Suplementar já havia ampliado a relação de procedimentos médicos que deveriam ser cobertos pelos planos há quase um ano, mas os pacientes nem sempre conseguiam autorização.

 

 

Apague essa idéia

 

Uma liminar suspendeu a publicação de novas imagens nos maços de cigarro. Por determinação da Anvisa, a partir de maio, as novas imagens, mais chocantes do que as atualmente utilizadas, deveriam começar a ser utilizadas pela indústria. Agora, segundo informações do jornal “O Estado de S. Paulo”, o prazo fica suspenso até o julgamento do mérito da questão ou até que o governo consiga anular a decisão em uma instância superior. Pela resolução da Anvisa, os maços teriam de receber imagens mais fortes, como a de um tórax aberto e a de um feto abortado.

 

O bom da Barra

 

Pesquisa feita pelo Instituto Padrão na Barra dos Coqueiros mostrou que o radialista Gilmar Carvalho, da Ilha FM, é o dono da audiência matinal naquele município. Ele é ouvido por 40,7% da população. Em segundo lugar, aparece o pastor Daniel Fortes, da rádio Atalaia AM, como 7,7%. Augusto Júnior, da rádio Jornal AM tem 5,9% da audiência e Messias Carvalho, da Aperipê é ouvido por 5% dos moradores da Barra. Jairo Alves, da rádio Cultura, tem 3,2% e George Magalhães, da Liberdade FM só é ouvido por 1,8%. André Barros, da 103 FMm, ficou com 0,9%. A pesquisa constatou com 28,1% não houve nenhum dos programas matinais e 6,8% não souberam responder.

 

Devo, não nego…

 

Dados do Banco Central revelam que a inadimplência das pessoas físicas subiu pelo quinto mês seguido e passou de 8,2% em janeiro para 8,3% em fevereiro – a taxa mais alta desde junho de 2002, quando estava em 8,34%. A inadimplência do cheque especial ficou estável no mês, em 10,2%, assim como a do crédito pessoal, que se manteve em 5,7%. Já na linha para aquisição de veículos, houve avanço, de 4,6% em janeiro para 4,8% em fevereiro – a maior taxa da série histórica do Banco Central, iniciada em 1991.

 

Cobrança proibida

 

Essa também é boa para nós consumidores: o Conselho Monetário Nacional decidiu ontem proibir que bancos e financeiras cobrem pela emissão do boleto bancário. A proibição vale para operações de crédito e de leasing (arrendamento mercantil), mas não para outras modalidades, como para cobranças de condomínio, por exemplo. Os bancos ou financeiras que não cumprirem a regra determinada pelo CMN estarão sujeitos às penalidades previstas em lei, que vão desde multa até a prisão dos responsáveis.

 

Vendas em alta

 

As vendas reais do setor supermercadista em fevereiro de 2009 cresceram 4,16%, em relação ao mesmo mês de 2008, de acordo com o Índice Nacional de Vendas. Em comparação a janeiro de 2009, houve queda de 5,37%. No acumulado do ano houve uma alta de 5,37%. Esses índices já foram deflacionados pelo IPCA do IBGE. Em valores nominais, o Índice de Vendas apresentou crescimento de 10,30% em relação ao mesmo mês do ano anterior e queda de 4,85% sobre o mês anterior. Já o acumulado até fevereiro ficou em 11,55%.

 

Novos vôos

 

A Trip Linhas Aéreas inaugura novos vôos em Aracaju a partir do próximo dia 13. A rota será Salvador-Aracaju-Recife/Recife-Aracaju-Salvador. A expectativa da empresa aponta para uma taxa de 70 a 80% de ocupação nessas operações. Segundo o diretor de Operações da Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur), Diego Costa, esses vôos regionais abrem novas possibilidades para o mercado, devido à oferta de deslocamentos mais rápidos e baratos.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários