CC é uma praga

0

Recentemente, o Tribunal de Contas (TCE) alardeou que dos 775 servidores da Câmara Municipal de Aracaju, 621 são cargos comissionados. Absurdo? Pois ontem, o procurador de contas do próprio TCE, Eduardo Cortês, denunciou a existência naquele Tribunal de 305 comissionados, número superior aos 240 servidores efetivos. É o sujo falando do mal lavado. Na mesma toada, o Sindicato dos Professores cobrou a redução dos cargos em comissão no governo do Estado. Pelo levantamento da entidade, o Executivo sergipano banca 4.256 cargos em comissão e funções gratificadas. Juntos, eles consumiram em um ano R$ 134 milhões. A Prefeitura de Aracaju não tira por menos. Segundo a vereadora Lucimara Passos (PCdoB), a administração do prefeito João Alves Filho (DEM) gastou em 2014, ano eleitoral, R$ 68 milhões só com CC’s. A distribuição cancerígena destes cargos nas fileiras estatais atesta a existência do famigerado clientelismo institucional custeado, à duras pena, pelos contribuintes. Como bem diz a professora Cláudia Santa Rosa, “o cargo em comissão parece ser mesmo uma praga, jogada pelos deuses do atraso e da submissão sobre a gestão da coisa pública no Brasil”. Uma lástima!

Mãos ao alto

Assustados com o grande número de assaltos, motoristas e cobradores ameaçam parar os ônibus da Grande Aracaju. Levantamento do sindicato da categoria revela que, de janeiro até agora, ocorreram 835 assaltos no interior dos coletivos, representando mais de 80 ao mês. Há casos de o mesmo ônibus ter sido atacado pelos bandidos duas vezes na mesma noite. Cruz-credo!

Sangria

A classe empresarial está tiririca com o governo de Sergipe por conta do pacote fiscal enviado para a Assembleia. Além de aumentar o valor do IPVA e reinserir motocicletas de 125 cilindradas, o Executivo resolveu reajustar em 2% o ICMS da gasolina. Também terão o tributo estadual majorado produtos como xampus, fumo e derivados, lubrificantes, jogos eletrônicos em vídeo, cartas de baralho, bolas e raquetes de tênis, produtos eróticos, entre outros. Nem precisa dizer que o Legislativo vai aprovar os aumentos num piscar de olhos.

MPE ouve X-9

E quem voltou a ser ouvido pelo Ministério Público Estadual foi Patrick Vasconcelos, presidente da Associação Alajovem, de Lagarto. No interrogatório de ontem, ele disse aos promotores que não está sofrendo ameaças. Há cerca de dois meses, Patrick fez delação premiada, confirmando que as verbas de subvenção repassadas pela Assembleia retornaram para as contas pessoais de alguns deputados.

Jurando inocência

O deputado federal Adelson Barreto (PTB) e o ex-deputado estadual Arnaldo Bispo (DEM) serão ouvidos hoje pelo juiz eleitoral Fernando Escrivani Stefaniu. Vão negar qualquer envolvimento com a farra das verbas de subvenção do Legislativo. Adelson foi acusado pelo delator Antônio Arimatéia de ficar com parte das verbas destinadas a uma banda de música. Arnaldo vai explicar porque liberou recursos para uma associação comunitária desativada em Moita Bonita.

Paga em dia

O governo deve informar até segunda-feira próxima se tem recursos suficientes para pagar em dia a folha de pessoal deste mês. A Secretaria da Fazenda está ultimando os cálculos. Caso a grana não seja suficiente para pagar todos os salários até quarta-feira, o parcelamento será por menor tempo. Ultimamente, parte da folha só tem sido paga no dia 11 do mês seguinte, quando entra o FPE na conta do Estado. Portanto, cruzem os dedos!

Festa política

Quem estará hoje em Aracaju é o ministro das Cidades, Gilberto Kassab. Vem prestigiar a convenção estadual do PSD, marcada para às 15h, no Hotel Mercure. Além dele, também já confirmou presença no evento político o presidente nacional do PSD, deputado federal Guilherme Campos. A direção do partido trabalha com a hipótese de, em 2016, apresentar candidatos a prefeito e a vice na maioria dos municípios sergipanos.

Abra o olho

Um bandido está aplicando o golpe do falso médico em Aracaju. A denúncia é do vereador Dr. Gonzaga. Segundo ele, o malandro telefona para familiares de doentes e pede dinheiro visando pagar determinado exame ou comprar medicamentos. O parlamentar contou que a esposa de um seu paciente quase caiu no golpe do falso médico. Este crime ocorre em todo o país e já foi denunciado pela Rede Globo.

Praga verde

Como prefeito biônico de Aracaju, na década de 70, João Alves Filho (DEM) desenvolveu um desastroso projeto de arborização. Autorizou o plantio de milhares de mudas da espécie Pithecellobium Dulce, popularmente conhecida como mata-fome, cassiamimosa e espinheiro. Nativa do México, portanto exótica, esta espécie cheia de espinhos virou uma praga até hoje na capital. As raízes rasas facilitam a queda da árvore, muitas vezes sobre carros.

Terreiros em debate

A preservação dos espaços naturais afrorreligiosos é um dos grandes desafios para a aplicação dos direitos humanos na sociedade. Para discutir sobre isso, acontece hoje a Conferência de Desterritorialização dos Terreiros. Marcado para as 18h, o evento será realizado na sede da OAB, em Aracaju, e terá como palestrante a pesquisadora Jussara Cristina Vasconcelos Rêgo. A conferência é promovida pelo Centro de Umbanda Caboclo Tupy.

PCO preservado

A Justiça Eleitoral não acolheu representação do Ministério Público Eleitoral pedindo o cancelamento do registro civil e do estatuto do Partido da Causa Operária (PCO). O Ministério Público sustentou na ação que a legenda não apresentou a prestação de contas do exercício de 2008. Também ontem, o TSE negou o registro do Partido Nacional Corinthiano (PNC). A Corte entendeu que os organizadores da nova sigla não cumpriram os requisitos legais para a sua criação. Ainda bem, né?

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Tarde, em 20 de novembro de 1937

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários