Chuvas:q lavam alma sertanejo e revelam face dos almofadinhas urbanos

0
Duas situações caóticas das chuvas nos últimos dias: Avenida Simeão Sobral (Foto/ Bruno Noz) na Zona Norte e Bairro Jardins, na Zona Sul (Foto: redes sociais).

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Se tem uma coisa que enche Edvaldo Nogueira de vaidade é, pelos desígnios das circunstâncias, ser o prefeito que mais ocupou o cargo em toda a história de Aracaju.

Se por um lado é motivo de orgulho sentar na cadeira do palácio Inácio Barbosa por tanto tempo, os anos no poder podem revelar algumas questões que passam despercebidas no cotidiano do aracajuano médio.

Neste período todo, quando herdou uma Prefeitura saneada deixada por Marcelo Déda, e excetuando-se o hiato que foram os quatro anos de João Alves, Nogueira não deixa como legado nenhum grande projeto de modernização de Aracaju.

Tapar buraco e pagar em dia, com toda sapiência, não é nada revolucionário.

Em editorial no programa diário na segunda-feira, na FAN FM, o radialista Narcizo Machado abordou algumas coisas interessantes a respeito de Edvaldo: paga o salário em dia, conseguiu recursos para obras (muito elogiada pelo comunicador, principalmente as que ele adjetivou de Plano de Mobilidade, que seria o recapeamento de algumas avenidas) e ressalvou de que, quanto às chuvas, são fenômenos da natureza. Está correto, Narcizo. Mas isto são questões diárias que todo, todo prefeito, tem a obrigação de fazer. Se comparar Edvaldo e Belivaldo no tratamento com o servidor? Edvaldo leva vantagens, ora bolas. Comparar as gestões de Edvaldo e João Alves? Quem com honestidade intelectual, bom senso e critério faria?

O certo mesmo é que estas chuvas só mostraram a face mais óbvia do que o aracajuano vive: Aracaju não tem projetos. E o gestor que há quase 10 anos dirige seu povo não foi um bom timoneiro; faz o bê-á-bá, mas foi incapaz de qualquer implementação de políticas inovadoras, duradouras e eficazes

“Ah, mas vimos o pessoal da Prefeitura na chuva trabalhando o tempo todo”. Mas óbvio. E o que queriam? Que se portassem como avestruzes? Enquanto a “peãozada” estava mesmo recolhendo lixo, limpando água de esgoto, os burocratas tomavam cafés em seus gabinetes e idealizavam alguma tese capaz de evitar o desgaste do alcaide e ainda jogar, sutilmente, a culpa na população que joga lixo na rua.

Os vídeos e fotos dos alagamentos de hoje são os mesmos dos últimos 10 anos.

As chuvas voltarão. Se não hoje, semana que vem, antes do verão, e no limite, ano que vem.

Mas elas sempre voltam para lavaram a alma do sertanejo e revelar a face mais enganosa dos “”almofadinhas” urbanos.

Vídeo do programa Balanço Geral Sergipe com as fortes chuvas do último dia em Aracaju e alguns locais do interior:

 

 

Pobre Sergipe que não preserva a sua memória! A foto ao lado é de Renato Mazze Lucas, médico psiquiatra,

Renato Mazze Lucas

comunista, autor de “Anum Branco e outros contos”, prefaciado por Astrogildo Pereira, que completou 100 anos de nascimento em abril de 2019. O seu centenário não tem qualquer comemoração. Pobre Sergipe que não preserva a sua memória! Mais uma de Sergipe Del Rey,,,

E pode “Arnaldo?” Morador de Capela, Carlos da Silva, conhecido como Carlinhos de Regi, afirma que almoçou domingo com Sukita no presídio. Foi através de áudio pelas redes sociais. Esse é um privilégio de todos os parentes ou amigos de presidiários de Sergipe? Com a palavra a Secretaria da Justiça.

Quando o crime compensa  Uma ex-prefeita em Sergipe, que responde a processos por desvios de dinheiro da merenda escolar, recebeu do ex-marido 600 mil reais para entregar à filha dele o apartamento em que ela morava. Mais uma batalha que perdem os que lutam para fazer justiça no Brasil. É Sergipe Del Rey…

Diretor da Cohidro preso na Operação Xeque Mate no Sertão. Vai continuar no governo? E ontem, 11, o Gaeco e a Deotap realizaram mais uma operação em Sergipe a “Xeque em Mate” sobre acusações de fraudes em licitações na prefeitura de Carira. A matéria toda da Infonet aqui. Entre os presos o ex-prefeito Bosco Machado e o filho dele, Diogo Machado, também ex-prefeito e hoje faz parte da cúpula do governo estadual, como diretor administrativo e financeiro da Cohidro. A pergunta que não quer calar: vai continuar?

Novas prisões E o blog foi informado que novas prisões em outras operações do Gaeco e da Deotap podem ocorrer em breve.

Poço Redondo: servidores desesperados E viralizou ontem, 11, nos grupos de WhatsApp da região do Sertão um áudio de uma servidora pública desesperada com o não pagamento dos salários por parte da Prefeitura de Poço Redondo. Além de não pagar por três meses, o servidor tem que abrir mão de algum dos salários ou então receber dividido. Um absurdo! A quem recorrer?

Turismo: ABIH-SE apresenta ao governador medidas para tirar o setor da crise Diretores da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Sergipe (ABIH-SE) estiveram reunidos na manhã de ontem, 11, com o governador Belivaldo Chagas para tratar de questões relacionadas ao turismo em Sergipe. A audiência foi intermediada pelo deputado estadual Luciano Pimentel, e participaram o presidente da ABIH-SE, Antônio Carlos Franco, Daniela Mesquita, Emanuel Teles Oliveira, Alessandro Dantas e Francisco Barreto Junior.

Pautas A associação apresentou, por meio de ofício recebido pelo próprio governador, algumas pautas consideradas mais urgentes e que podem tirar o setor da grave crise em curto prazo, que são: redução imediata do imposto sobre o querosene (ICMS) passando de 18% para 12% para os voos atuais e zerar esse imposto para novos voos; implantação de Parceria Público-privada (PPP), para a conclusão das obras do Centro de Convenções e para sua futura administração; profissionalização da Secretaria de Estado do Turismo (Setur) em todas as suas áreas de atuação e maior controle e melhor aplicação dos recursos do Prodetur.

Aproximação O governador discutiu ponto a ponto os itens da pauta, se colocou à disposição dos hoteleiros para encaminhar as demandas e reforçou a importância do segmento para a economia, afirmando que as ações que estiverem ao seu alcance serão viabilizadas. E disse que haverá maior aproximação da Secretaria do Turismo com o trade.

Retorno voo Azul Ele informou que ainda essa semana participará de uma reunião com a companhia Azul e tratará do retorno do voo diário Aracaju-Salvador, além de confirmar que a Setur marcará uma reunião com todo o trade para discutir, com a empresa vencedora da licitação, as ações na divulgação do “Destino Sergipe” através das redes sociais, cujo investimento será de 600 mil reais.

Sobre turismo: Novo centro de convenções de Salvador promete gerar R$ 430 mi/ano Jornal A Tarde: Donos de bar, restaurante, hotel, pousada, agência de viagens, toda sorte de comerciante, além de quem procura por emprego – em Salvador, Praia do Forte e região –, não veem a hora de serem inaugurados, aqui e acolá, os novos centros de convenções construídos pelas prefeituras da capital e do município de Mata de São João, respectivamente.

Um centro gigante em Salvador e outro na Praia do Forte O primeiro deve ficar pronto até dezembro, segundo o secretário de Cultura e Turismo de Salvador, Claudio Tinoco, e movimentar cerca de R$ 430 milhões em negócios por ano. De acordo com ele, ao menos seis grandes convenções já foram “pactuadas” até 2020. Já o de Praia do Forte está “praticamente pronto”, faltando apenas o sistema de ar-condicionado e a iluminação, diz o prefeito de Mata de São João, Marcelo Oliveira (PSDB).

R$ 2 milhões para o terminal pesqueiro O deputado federal Laércio Oliveira anunciou ontem, 11, que conseguiu liberar R$ 2 milhões para a finalização do terminal pesqueiro de Aracaju. Ainda faltam R$ 6 milhões. “Vou solicitar aos parlamentares da bancada para todos contribuírem com emendas e a gente poder contar com essa importante obra. Em conversa ontem com o secretário de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Júnior, defendi que o terminal pesqueiro de Aracaju é o mais adiantado entre os 18 que estão inacabados e por isso tem que ser tratado como prioridade. Devido à falta de mais recursos da pasta, ele concordou que a concentração de forças da bancada é uma boa estratégia”, disse.

Redução imediata do IPTU volta à pauta de votação do TJ Hoje, 12, está marcado o julgamento dos Embargos de Declaração do IPTU de Aracaju. O Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ/SE) marcou o julgamento para às 8h e o desembargador Diógenes Barreto é o relator da matéria.

Inconstitucionalidade Os Embargos de Declaração, interposto pelo vereador Elber Batalha (PSB), pede a redução imediata do pagamento do IPTU de Aracaju. “É bom lembrar que o TJ já declarou o IPTU inconstitucional e agora esse julgamento vai, de uma vez por todas, dar o direito ao cidadão pagar um IPTU justo de imediato. Não cabe mais para o contribuinte pagar uma conta tão cara e que os prefeitos de nossa cidade insistiam prejudicar os aracajuanos com isso”, declarou Elber.                                                                 

Mobilização: Policiais civis realizam café da manhã de alerta ao Governo de Sergipe Policiais civis de Sergipe realizaram na manhã desta terça-feira, 11, a primeira mobilização da categoria deste ano para chamar a atenção do Governo de Sergipe sobre as principais reivindicações dos profissionais que integram a base da Polícia Civil, composta por agentes, agentes auxiliares e escrivães.

 Novas atividades Na quinta-feira, 13, às 18h, haverá mobilização da categoria em frente à Delegacia Plantonista Norte. Na quarta-feira, 19, às 7h, está previsto um novo café da manhã com a categoria em frente ao Palácio dos Despachos. Toda matéria aqui.

Armando Batalha Júnior esclarece posicionamento político em São Cristóvão O vereador interino de Aracaju, Armando Batalha Júnior (Cidadania), utilizou a tribuna da Câmara Municipal de Aracaju para rebater críticas após uma entrevista concedida a um veículo de comunicação da cidade de São Cristóvão. Na reportagem, o parlamentar afirmou que a oposição daquele município é fraca e ultrapassada, citando inclusive alguns nomes. A declaração gerou polêmica em São Cristóvão e também na capital.

Repercussão Armando Batalha Júnior não entendeu o porquê de seu comentário ter gerado tamanha repercussão. “Fiquei chateado porque as pessoas querem misturar as coisas. Portanto, quero deixar claro que esta casa legislativa jamais será utilizada para qualquer tipo de manifestação sobre a política de São Cristóvão. Minha intenção sempre foi e continuará sendo, durante esses quatro meses, fazer um mandado propositivo com projetos e ideias para beneficiar a população aracajuana”, esclareceu.

Equívoco Ainda sobre a declaração publicada no site “SE Notícias” de São Cristóvão, o jornalista Claudio Nunes especulou em seu blog que Armando Batalha Júnior quis atingir líderes do próprio partido em São Cristóvão. “Sou leitor assíduo do Cláudio Nunes, mas dessa vez ele cometeu um equívoco em seu comentário. Em momento algum dei indireta para alguém, inclusive liguei para o líder do Cidadania, coronel Rocha, e conversamos sobre o assunto, todavia repito: a oposição de São Cristóvão é fraca e ultrapassada. E vou além: Lauro Rocha, Isaias e Carlos Vilão não sabem o que gestão pública”, afirmou.

Sem esconder O vereador disse ainda que não esconde a opinião de ninguém sobre a política de São Cristóvão. “Eu sou maior, sou vacinado, e sou responsável pelas minhas palavras. Portanto, quando quiserem falar, citem o meu nome, não tentem trazer a tona outros fatos e pessoas não. Isso não engrandece a nossa democracia!“, disparou.

Medalha Amigo da Marinha O engenheiro químico e ambientalista Kaká Andrade, recebeu ontem, 11, durante cerimônia na Capitania dos Portos de Sergipe, a medalha ‘Amigo da Marinha’. A honraria é concedida a personalidades civis que contribuem para a divulgação da mentalidade marítima e da importância do mar para o país. Kaká tem em sua trajetória profissional experiências como secretário de Meio Ambiente de Canindé de São Francisco, diretor técnico da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) e senador suplente por Sergipe, período em que apresentou projetos voltados à preservação dos recursos hídricos e, em particular, do Rio São Francisco.

ITPS Atualmente, Kaká está à frente do Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS) e ocupa também a vice-presidência pela região Nordeste da Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica e Inovação.

Festa do Catete, dois dias de cultura e forró com tranquilidade Grupos folclóricos, cavalgada e forró movimentaram Rosário nesse último final de semana. A programação marcou o resgate de um dos tradicionais eventos da abertura dos festejos juninos de Sergipe, a Festa do Catete, promovida pela Secretaria da Comunicação Social da Prefeitura de Rosário.

 Cortejo cultural A abertura foi com o cortejo cultural pelas principais ruas da cidade com os grupos Batalhão São José, de Rosário, Batalhão São Pedro, de Santo Amaro, puxado pelo ‘Mestre Firmino, e o Grupo Folclórico Batalhão de Bacamarteiros de Carmópolis. Na praça de eventos antes das apresentações de Kaelzinho Ferraz, Gil Mendes e Samyra Show, os grupos culturais e Quadrilha Junina Xote Baião, do Povoado Siririzinho de Rosário, animaram o público.

 Cavalgada No domingo, 9, à tarde, milhares de pessoas em cavalos e veículos, puxados pela cantora Lorrana Medrade participaram da Cavalgada do Catete. À noite, Galã do Brega e Rojão Diferente encerraram a programação. A organização e a segurança dos dias da Festa do Catete atraíram a atenção dos moradores e dos visitantes que parabenizaram o prefeito Vino Barreto pelo evento.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018                                                                                 

 

I Encontro Cidadania para Mulheres A coordenação da Mulher, do Cidadania 23 no município de São Cristóvão realizará em conjunto com a presidência da Ala da Mulher do Diretório Estadual do partido, uma reunião no próximo dia 06 de julho, às 15h, no Grande Rosa Elze, o I Encontro Cidadania Para Mulheres, onde serão abordados temas como violência, papel da mulher na política e cidadania. Maiores informações pelo whatsApp: 99663 – 0351.

 

Zé Colmeia a passos largos para o brejo das sanguessugas De Geninho Santana (Jornalista – DRT – 0002362/SE): “Zé Colmeia, urso fanfarrão que rouba cestas de piqueniques para sobreviver, está a passos largos afastando-se dos parques e indo direto para o brejo, terreno alagado onde residem as sanguessugas. Como tempos ruins antecedem a vida arruinada, percebendo a derrocada do agora separável amigo, Catatau tratou de arrumar as malas e ir pescar no Pantanal. Para trás, Zé Colmeia e Catatau estão deixando as cestas dos piqueniques, inclusive, as que continham a bebida de Baco, os vinhos de aromas divinos. “Oh vinho de divino aroma, tuas fragrâncias se assemelham a um mergulho em águas profundas de um mar de sensações e prazeres mudos e indescritíveis”! Destarte, chutados pelo “Resolvedor Mor” da província, abalroados pelo santo protetor dos meninos lindos e menosprezados pelo alcaide zabumbeiro, nada mais restou para a dupla, a não ser Zé Colmeia para o brejo e Catatau para o Pantanal.”                                                                                                                                                                                                                                                     

Quem procura acha… Por Antônio Samarone (texto e foto): “Essa é a quitanda raiz de Dona Catarina (a de blusa branca na foto). Tudo das comidas típicas da tradição sergipana. Sopas, caldinhos, mingau de puba, munguzá, arroz doce, tudo diet. Noronha e Paulão encheram a pança. Eu estou de dieta.Ah! Ia esquecendo, fica na Rua Dom Quirino esquina com Rosário, no Bairro Santo Antônio.”

 

 

 

PELO E-MAIL E FACEBOOK

ARTIGO

Gente Sergipana – Anísio Dário Rabelo Lucas (Piti) (69 anos). Por Antônio Samarone

Piti nasceu em 23/07/1950, na Rua das Flores, em Itabaiana. Filho de Dona Helena Rabelo e do D. Renato Mazze Lucas. A mãe é do Carira, filha do primeiro Prefeito da cidade, gente de educação refinada; o pai, um médico comunista, contista, pescador, psiquiatra e clínico.

Anísio Dário recebeu esse nome em homenagem a um negro operário, comunista, assassinado pelo Governo de Sergipe, na Rua João Pessoa, em 1947. Piti teve três irmãos: Vladimir (falecido), Tania e Raimundo.

Em tempos sombrios, Anísio Dário passou a ser chamado de Piti, para não despertar a atenção. Piti viveu em Itabaiana até os cinco anos, quando o pai se mudou para Aracaju.

Piti estudou em escola pública. Iniciou no Colégio Tobias Barreto e concluiu no Atheneu Sergipense. Formou-se em odontologia pela UFS, em 1982.

Foi dentista do IPES e pelo estado, trabalhou no Parque dos Faróis, Sobrado, Lavandeira e na Mussuca. Nunca deixou de atender quem estava na fila. Passava do horário, e Piti, sempre com um sorriso no rosto, atendia quem precisasse. Um dentista de alma fraterna.

Foi apaixonado pelo Clube Sportivo Sergipe, daqueles que acompanha a charanga, quando o time ganha.

Piti foi casado com Maria Auxiliadora, e deixou dois filhos: Wladimir e Ludmila.

O irmão, Mundinho, resumiu com precisão quem foi Piti (Anísio Dário):

“O irreverente. O brincalhão. O de bem com a vida. Nos deixou. Deus levou-o para animar os momentos de felicidades do Céu.”

“Torcedor do Clube Sportivo Sergipe. Torcedor do Vasco da Gama. Dentista sem horário para atender a todos, principalmente os mais humildes. Fica a saudade, dos irmãos, de sua mãe e dos muitos amigos que ele soube fazer.”

“Descanse em paz e que o bom Deus o tenha em um bom lugar.”

ARTIGO

O caso do possível atirador da UNIT e a realidade da fase de pré-confrontação das forças de segurança. Por Irlan Calaça

No dia de ontem, 10/06, em Aracaju-SE, houve grande alvoroço nas redes sociais ao serem veiculadas imagens de um possível aluno de universidade particular da capital que estaria ameaçando varias pessoas de morte. Todas as atividades da instituição foram canceladas e os órgãos de segurança pública foram acionados. O suspeito foi encontrado e encaminhado pela família para um hospital psiquiátrico, onde foi internado.

É, enquanto não acontece parece sempre um absurdo ou algo fantasioso. Muitos ficam com vontade de rir ou com olhar claro de descrença. Aí que está o problema. Essa postura nos impede de tomar as melhores providências: aquelas que devem ser tomadas ANTES do incidente ocorrer.

Na doutrina de gerenciamento de crises costumamos dividir o evento crítico em fases, iniciando com a pré-confrontação, passando pela confrontação e finalizando com a pós-confrontação. Na pré-confrontação estão incluídas todas as medidas de preparação para um evento crítico, tais como : cursos, treinamentos, compra de equipamentos, definição de protocolos, simulações. Nenhuma dessas medidas podem ser feitas enquanto uma crise já está ocorrendo. Na última década tivemos uma mudança muito intensa na doutrina de atuação em casos de atirador ativo. A dinâmica desse tipo de crise exige uma resposta muito diferente das ocorrências típicas com refém. Exige uma resposta tática rápida, que deve ser realizada pelo primeiro interventor no menor prazo possível. Sim, a primeira equipe a chegar no local, quando constatar que se trata de caso de atirador ativo (quando o indivíduo não planeja fazer reféns e simplesmente sai atirando no maior número possível de vítimas) deverá intervir taticamente achando e neutralizando o causador ou causadores do evento. Isso implica em uma mudança da mentalidade tática dos operadores de segurança pública, além da necessidade de incremento do treinamento tático desses profissionais, que deverão conhecer o mínimo de combate em ambiente confinado além do manuseio de equipamentos mais específicos de proteção e atuação em ambientes críticos dinâmicos.

O caso da ameaça de ontem serve para lembrar as forças de segurança e sociedade que estamos em fase de pré-confrontação mas não sabemos quando passaremos para a confrontação em si. Se faz necessário definir agora sobre tudo que precisamos saber para atuar nesses eventos de maneira eficaz!

DO BLOG ESPAÇO MILITAR

PRESIDENTE DA ASPRA/SE REIVINDICA INTERVENÇÃO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PRAÇAS SOBRE A RETIRADA DE DIREITO DOS MILITARES REFORMADOS E PENSIONISTAS DE SERGIPE, DURANTE SEMINÁRIO OCORRIDO EM SALVADOR

Na manhã da segunda feira (10/06), na capital baiana, ocorreu o Seminário de discussão sobre a reforma da previdência e seus reflexos nas categorias dos policiais, bombeiros militares e seus pensionistas.

O evento promovido pela ASPRA BAHIA, teve como oradores:

* O Deputado Estadual Baiano Soldado Prisco – Presidente da ASPRA Bahia:
* O Deputado Federal Mineiro Subtenente Gonzaga;
* O Sgt PMSC Lotin – Presidente da ANASPRA;
* O Subten Héder, Presidente da ASPRA Minas Gerais;
* O Sgt Reginauro, diretor da ANASPRA e vereador de Fortaleza;
* O Sgt Isidório, Deputado Federal Baiano;
* O Deputado Federal Baiano João Roma.

O evento contou com a presença de diversas entidades de representação da categoria de diversos estados, inclusive Sergipe que contou com a representação de membros da ÚNICA e por membros da ASPRA (Cabo Isaías e o advogado Dr Álef Conrado).

A discussão se prolongou pela manhã da segunda feira, onde foram expostas todas as falhas da reforma da previdência, e a emenda sugerida pelo ST Gonzaga para diluir a problemática que atinge os militares estaduais e suas pensionistas.

Na oportunidade, o Presidente da ASPRA Sergipe, Cabo Isaías, pronunciou-se para expor o problema da retirada de direitos dos militares reformados e suas pensionistas, em andamento no Estado de Sergipe. Isaías provocou a ANASPRA, no sentido de intervir em Sergipe, na condição de representante nacional dos praças sergipanos, pois a ASPRA Sergipe é entidade filiada a ANASPRA.

Os membros da ANASPRA se comprometeram em visitar Sergipe e muito em breve teremos a entidade nacional se somando a luta pela restauração do direito adquirido dos nossos militares estaduais e suas pensionistas. (Fonte: foto e vídeo: Ascom ASPRA/SE).

PELO TWITTER

www.twitter.com/dosefilosofia Não tenhamos pressa, mas não percamos tempo. José Saramago.

www.twitter.com/frednavarro “Um homem com quem não se pode conversar é um homem a ser temido.” Após a citação, @J_P_Coutinho arremata: “Muitas democracias atuais converteram-se nesse inferno de Camus: espaços onde ninguém fala com ninguém.” Hj na @folha

www.twitter.com/jrobertotgomes Entendo-se legítimo que o advogado busque o juiz para despachar,explicar melhor suas petições e pedir orientações em favor de seu cleinte,como vejo desde sempre, não seria de se esperar que o MP fizesse o mesmo?Só vale para um lado?Qual o limite para tal prática para ambos?

www.twitter.com/AndradeRNegro No jornalismo americano, um padrão se estabelece. Com fatos escandalosos nas mãos, o profissional de imprensa divulga inicialmente pontos menos polêmicos. Depois que todos se esguelham, aos poucos vão soltando as verdadeiras bombas. Glenn Greenwald é americano.

www.twitter.com/marcoslmsantana A Vida sempre nos coloca pela frente um desafio que põe à prova nossa coragem e nossa vontade de mudança.

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“Amigo fiel não tem preço; não há medida para o seu valor.” Eclo 6,15.

Comentários