Clínicas de Saúde, ambulantropia e Itabaiana

0

 

 

  O governador Marcelo Déda (PT) aproveitou a inauguração de duas clínicas de saúde ontem, 23, no município de São Miguel do Aleixo, para questionar a prefeita Selma se ela gostou das unidades de saúde. Com a resposta afirmativa, Déda lamentou que o prefeito de Itabaiana, Luciano Bispo não colocou em funcionamento as clínicas naquele município. “Parece que ele não quer que eu vá lá, mas nos próximos dias vou a Itabaiana assinar a ordem de serviço de reforma do estádio Medici”, avisou.

 

  O episódio das clínicas de saúde em Itabaiana, que estão prontas, mas não foram inauguradas pelo prefeito, com a desculpa que falta alguma coisa, remete a política coronelista do passado, onde boa parte da classe política preferia que a população deixasse de ganhar algum benefício concreto a ter quer receber uma ação de um adversário político que esteja no poder.

 

As clínicas de saúde estão deixando muitos políticos com dor de cabeça no interior do Estado. Dotadas de equipamentos modernos elas devem reduzir drasticamente a necessidade de pacientes se dirigirem para a capital para resolver pequenos problemas de saúde. Ou seja, aqueles políticos que vivem da “ambulantropia”, estão sendo prejudicados. O governo já entregou 10 clinicas e a previsão é que até o próximo ano sejam concluídas 101. É um avanço significativo para um estado como Sergipe. Só em São Miguel do Aleixo, o governo investiu quase R$ 1 milhão nas duas clinicas.

 

Políticos com visão tacanha como o prefeito Luciano Bispo precisam rever seus conceitos e lembrar que a sociedade hoje sabe discernir ações corretas da demagogia. Clínicas de saúde significam não apenas qualidade de vida, mas levam cidadania e dignidade para um povo sofrido, que muitas vezes, quando tem algum problema de saúde tem que bater à porta de um político para pedir socorro.

 

 A “ambulantropia”, nada mais é do que um voto de cabresto dos tempos atuais. E acabando com ela, quem fica doente não é mais o eleitor, mas o político de visão tacanha que só olha para o próprio umbigo.

 

Votação será aberta

Alguns advogados, inclusive que assessoram deputados, informaram a este jornalista que a votação da nulidade de Flávio deve ser aberta. Segundo eles, a título de contribuição, acerca de votações secretas no Poder Legislativo, à luz da Resolução 33/2005 – Regimento Interno da Assembléia Legislativa –  só acontecem votações secretas nos casos de: Perda de mandato parlamentar e eleição dos membros da Mesa Diretora ou, se requerida por 1/3 no mínimo dos membros da Casa (8 deputados).

 

Comprometimento político

Nos bastidores da AL não se fala em outra coisa: o comprometimento político e pessoal da maioria com o conselheiro Flávio Conceição. É algo que merece uma tese comparativa com grandes clássicos como “O príncipe” de Maquiavel. Depois da votação da proposta de nulidade da nomeação de Flávio Conceição a AL não será a mesma.

 

Sergipano na disputa para ministro do TST I

O Tribunal Superior do Trabalho definiu hoje (22), em sessão extraordinária do Pleno (órgão colegiado com todos os 27 ministros), a lista tríplice destinada ao preenchimento da vaga reservada à magistratura de carreira, decorrente da aposentadoria do ministro Rider Nogueira de Brito. A escolha, mediante voto secreto a partir de uma lista com 52 representantes de Tribunais Regionais do Trabalho, resultou na indicação dos seguintes juízes: Augusto César Leite de Carvalho – 20ª Região (SE); José Roberto Freire Pimenta – 3ª Região (MG) e Lorival Ferreira dos Santos – 15ª Região (Campinas-SP).

 

Sergipano na disputa para ministro do TST II

Cada um deles recebeu 15 votos, sendo que o critério prevê aprovação dos nomes a partir de 14 votos, que constitui a maioria absoluta (metade mais um) dos ministros presentes.A lista tríplice será encaminhada pelo presidente do TST, ministro Milton de Moura França, ao presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, a quem caberá a escolha final do novo ministro. (Fonte: ascom/TST).

 

Mais uma indústria I

O governador Marcelo Déda anuncia às 16 horas nesta quinta-feira, 24, – no auditório do Palácio de Despachos –  a chegada de mais uma relevante indústria a Sergipe. Desta vez, o Distrito Industrial de Nossa Senhora do Socorro deverá contar com uma indústria especializada na produção de artigos de cama, banho e decoração.

 

Mais uma indústria II

Em Sergipe, a planta industrial deverá se concentrar na produção e comercialização de mantas, edredons, colchas, travesseiros, protetores de travesseiros e de colchão, roupa de cama e artigos para cama, banho e decoração, bem como artigos têxteis, num investimento de quase R$ 30 milhões para gerar 190 empregos diretos. O resultado foi obtido graças ao esforço que o Governo do Estado vem fazendo para atrair novos empreendimentos a Sergipe, priorizando a geração de empregos, a inclusão pela renda e o desenvolvimento econômico.

 

A quem interessar possa…I

É incrível como alguns pensam que são detentores da sabedoria em Sergipe. Agora, no episódio Flávio Conceição, quando este jornalista escreve algum texto, a ordem dos amigos do conselheiro é dizer “que não foi escrito por este jornalista” e sim por alguém interessado no processo. Para entender de direito, não precisa ser advogado. Aliás, modéstia a parte, este jornalista tem a certeza que entende muito mais de direito do que alguns que são formados por aí…

 

A quem interessar possa…II

Talvez porque essas pessoas percam seu tempo em conversas de mesas de bar ou similares, fazendo picuinhas. Se guardassem uma parte do tempo para uma boa leitura seriam mais inteligentes. Este jornalista tem orgulho da formação recebida de José Nunes (avô, gráfico e sindicalista), Dona Júlia (avó e professora) e Célio Nunes (pai, jornalista e escritor). Sem citar o período que militou no movimento estudantil, no velho PCB e teve contato com diversos autores de todos os gêneros.  

 

A quem interessar possa…III

Tem alguns poucos advogados que saem das universidades da vida, pegam a carteira da OAB, entram num escritório de renome e por conta das influências começam a se achar suplente de Deus, torcendo pela morte do titular. Ao invés de ficarem batendo papo diariamente e criando picuinhas deveriam ler um bom livro. Que tal Schopenhauer, Montesquieu, Kafka, Rosseau ou o incomparável Baudelaire. Se achar muito “complicado”, comece por Fernando Pessoa, padre Antônio Vieira ou Gregório de Matos. Deixe de lado revistas como Veja e IstoÉ. Compre Piauí ou Caros Amigos. Certamente vai melhorar seus conhecimentos.

 

Veículos da SSP: parece outro governo

É brincadeira. O uso irregular de veículos da SSP aumentou assustadoramente nos últimos dias por conta da falta de firmeza da atual cúpula para coibir estes abusos. Muitos veículos, que tinham identificação não têm mais. Parece que acabou um governo e entrou outro.

 

Veículos em cursinho

Quem desejar vê in loco um abuso diário é só ir ao cursinho do Colégio Águia à noite, onde veículos da SSP ficam estacionados nas ruas Joventina Alves e Ananias Azevedo.  Até quando?

 

Posse dos conselheiros da saúde

O blog recebeu a informação que está marcado para hoje um almoço no restaurante Depan, onde será realizada a posse dos novos conselheiros de saúde. O problema é que tramita um processo na Justiça, onde algumas entidades questionam a eleição dos conselheiros.

 

Licenciamento é parcelado em alguns estados

Bem que o governador Marcelo Déda, poderia sugerir a direção do Detran adotar uma medida que está em prática em alguns estados, de parcelamento do licenciamento de veículos para reduzir o índice de inadimplência. A vista tem o desconto e parcelado não teria, como é o IPTU. O parcelamento não vai quebrar o Detran.

 

Saco da Camisa e a inclusão digital

No povoado Saco do Camisa, município de Poço Verde, a prefeitura construiu um centro de inclusão digital, colocou computadores e depois de quase um ano o local não foi entregue à população. Os estudantes que seriam os maiores beneficiados não entendem a demora e cobram da prefeitura uma posição, pois eles precisam dessa ferramenta importante e fundamental para os dias atuais.

 

É preciso apurar

Ontem, 23, no programa de Gilmar Carvalho, pais de alunos do Colégio Valadares, no 18 do Forte, denunciaram que seus filhos menores, foram chamados pelas lideranças do grêmio estudantil da escola para irem a AL, dizendo que teria a aprovação de um projeto para que menores pudessem ser contratados no serviço público. Um crime! Gilmar vai pedir a Mesa Diretora da AL uma investigação. ”Se a AL não investigar seriamente eu abro mão de ficar no Legislativo”, disse Gilmar que é suplente e deve ficar na AL até abril.

 

Assessor de vereador

Um dos dirigentes do grêmio do colégio Valadares, de nome Everton – ao ser entrevistado no programa de Gilmar – disse que recebeu o convite de Kleber Alves,  que trabalha para o vereador Fábio Mitidieri e para o deputado Augusto Bezerra, para assistir a sessão, porque seria aprovado um projeto para o governo contratar menores. Segundo o dirigente, dois ônibus foram colocados à disposição por Kleber Alves como também os panfletos apócrifos, através de outro amigo.  Em entrevista, Kleber disse que Everton sabia que o projeto que seria votado era o das contratações temporárias e também iria apoiar Augusto Bezerra.

 

Manipulação dos estudantes

É grave essa denúncia. Toda manifestação deve ser respeitada, mas neste caso os estudantes foram manipulados e enganados. Sem falar no panfleto apócrifo. É algo grave e envolve dois parlamentares, um municipal e um estadual. Em um país sério, os dois perderiam os mandatos. Os depoimentos são graves.

 

Plano Estratégico do turismo

 O encontro marcou a retomada das atividades do fórum, que deverá ganhar um reforço maior com o lançamento oficial, no próximo dia 2 de outubro, do Plano Estratégico do Turismo. Construído em um processo participativo, com oficinas de trabalho na capital e no interior, o documento deverá ser usado como um guia de diretrizes na formulação de políticas públicas para a área do turismo em Sergipe. O Plano foi amplamente discutido com os segmentos do setor.

 

Turismo sem base no “achismo”

De acordo com o secretário do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e tecnologia e do Turismo (Sedetec), Jorge Santana, o plano é um documento mestre, orientador da política estadual de turismo e não apenas para ser impresso e ocupar lugar nas gavetas. “Ele precisa ser tratado como um documento vivo e sempre estar aberto para consultas e revisões. Inclusive vamos revisá-lo anualmente, a fim de promover uma atualização constante de seu conteúdo”, disse. Para ele é importante que o documento seja tratado como um referencial para que a política não seja construída na base do “achismo”. “Precisamos fazer desse plano a referência de planejamento a ser seguida, que nos guie nas ações e debates e que seja a grande diretriz desse fórum”, enfatizou.

 

Procurador destaca trabalho de Carlos Britto I

E-mail do Procurador Regional Eleitoral, Paulo Fontes: Cumprimentando-o, refiro-me à sua coluna da Infonet publicada em 17/09, a respeito do ministro Carlos Britto, e o faço com o respeito que tenho pelo seu trabalho de jornalista competente e independente. Estive recentemente com Carlos Britto, no Supremo Tribunal Federal, e ele me explicou a razão de sua surpresa com a decisão de Eros Grau. Este último ministro, no TSE, chegara a votar contra a tese que, agora, endossou na liminar, suspendendo os processos contra os governadores.Então, apesar de Grau ter comentado informalmente que daria a liminar,era razoável não acreditar que ele o fizesse, pelo menos na extensão que conferiu à tal liminar.

 

Procurador destaca trabalho de Carlos Britto II

Continua Paulo Guedes: De qualquer forma, não se pode acreditar que o ministro Carlos Britto tenha a menor participação na desastrada decisão. Ao contrário, o sergipano no TSE só fez reforçar os instrumentos de controle das eleições, inclusive esse instrumento específico, que é o recurso contra a expedição de diploma, permitindo que sejam produzidas novas provas no seu processamento. O ministro tem manifestado de público a sua preocupação com a liminar de Eros Grau e a sua disposição em revertê-la, o que também é a posição do procurador-geral da República”.

 

Procurador destaca trabalho de Carlos Britto III

Finaliza Paulo Guedes: “Por fim, quanto à exigência do diploma de jornalista, não podemos esquecer que o direito comporta interpretações divergentes. Respeito os votos de Britto porque o considero ético, mesmo quando não concordo com ele. Ainda no tema imprensa, lembre-se que, em fevereiro desse ano, ele adotou uma decisão histórica, relativa à lei de imprensa, exaltando a liberdade de informação e afastando o que considerou um entulho da época autoritária. Orgulho-me, sim, de ter Carlos Britto no Supremo. Atenciosamente, Paulo Gustavo Guedes Fontes – Procurador Regional Eleitoral”.

 

Cleomar lança livro hoje, 24

O jornalista Cleomar Brandi, lança hoje, 24, às 18h na Sociedade Semear e o livro “Os Segredos da Loba”, com o apoio cultural do Governo do Estado de Sergipe e da Fundação Aperipê. “Os Segredos da Loba” tem duas apresentações de dois amigos do jornalista: os amigos e colegas de profissão Marcos Cardoso e Gilson Sousa. A revisão é de outra jornalista, Lara Aguiar e a editoração ficou por conta de Adilma Menezes. A obra é uma coletânea de crônicas, algumas inéditas, pinçadas entre centenas de textos escritos por Cleomar Brandi.

 

Mudanças em fundo

As mudanças nas regras do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior – FIES, votadas na Câmara nos últimos dias foram destacadas pelo deputado federal Valadares Filho (PSB). Lembrando que uma das prioridades do seu mandato é a melhoria educacional, o parlamentar disse que as mudanças vêm ajudar ainda mais os estudantes brasileiros.

 

Estudantes serão beneficiados

No discurso, Valadares Filho apresentou números sobre a aceitação do fundo em todo país, mas lembrou que eram necessárias mudanças para corrigir alguns pontos. “Desta forma vamos atender a demanda da população”, disse, dando como exemplo, a mudança que permite uma nova forma de abatimento do financiamento, ou seja, desconto de 1% do saldo devedor aos beneficiários do FIES que trabalharem como professor graduado em licenciatura na rede pública de educação básica ou como médico integrante de equipe de saúde da família em regiões com carência de profissionais.

 

Juros menores

Segundo o parlamentar socialista, com essas alterações, a previsão é de que o estudante passe a pagar juros de em torno de 3,5% ao ano para os novos contratos e, também, para os saldos devedores. Atualmente, os juros são de 9% ao ano. “O projeto também alonga o prazo de financiamento, que era de uma vez e meia o tempo do curso, para três vezes. Dessa forma, o estudante terá as prestações mais baixas e maior tempo para pagar o financiamento”, explicou.

 

Merenda: Governo penaliza empresa

Ontem, 23, o blog publicou nota demonstrando a preocupação com dezenas de 4 mil quilos de feijão estragados na merenda escolar da Seed. Através de release, a Seed, informou que solicitou à Procuradoria Geral do Estado (PGE) que ingresse com uma ação judicial contra a HS&J Comércio Serviços e Refeições LTDA, pelo fato de a empresa ter fornecido feijão impróprio para o consumo humano para utilização na merenda escolar. Na ação, o Governo de Sergipe pede o ressarcimento dos prejuízos causados pela empresa.

 

Substituição da merenda

No mês de outubro de 2008, o Departamento de Alimentação Escolar (DAE) da Secretaria de Estado da Educação (Seed), constatou que um lote do feijão fornecido pela empresa HS&J, estava impróprio para o consumo humano, haja vista as evidências de gorgulhos e mofos.Em face do compromisso do Governo de Sergipe com a qualidade da merenda escolar fornecida aos alunos da rede estadual de ensino, a secretaria determinou que a empresa HS&J fizesse a imediata substituição de aproximadamente 4 mil quilos do feijão carioquinha marca Nota 10.

  

Greve dos agentes

Ontem, 23, começou em todo o Estado a paralisação dos agentes penitenciários de Sergipe. “Reivindicamos aumento do efetivo de agentes nas unidades prisionais através de concurso público; a correção de distorções salariais; equipamentos de segurança e reformas nos presídios”, disse Antônio Cláudio Viana, presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Sergipe (Sindpen), confirmado que a greve acontece por tempo indeterminado.

 

Pautas atendidas

Segundo o presidente, ainda não tiveram início as negociações entre a categoria e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça (Sejuc). “Só encerramos a greve quando nossas pautas forem atendidas. Estaremos de braços cruzados até lá. Sem segurança ninguém trabalha”, garantiu Viana.

 

STJ impõe multa aos responsáveis pelo sistema carcerário

Na última terça-feira, o STJ tomou uma decisão que abre um precedente para outros estados. Leia a integra da matéria disponibilizada no site do STJ: O Superior Tribunal de Justiça (STJ) permitiu a aplicação de multa aos agentes públicos responsáveis pela precariedade do sistema prisional no Rio Grande do Norte. A Segunda Turma considerou que a multa imposta pelo juiz pode ser direcionada não apenas ao ente estatal, mas também às autoridades ou agentes responsáveis pelo cumprimento de determinações judiciais.

 

Multa diária de R$ 5 mil

A multa diária foi imposta no valor de R$ 5 mil ao ente estatal e direcionada ao secretário de Justiça e Cidadania, Segurança Pública e Defesa Social, ao coordenador da Administração Penitenciária e ao delegado-chefe de Polícia, todos servidores do estado. Eles foram condenados, cada um deles nesse valor, por preso que seja mantido em delegacias. A condenação ocorreu no curso de uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público. O órgão alegou que a segurança pública estadual está comprometida quanto às funções investigatórias, em decorrência da manutenção de presos na delegacia. Os servidores argumentaram que a multa seria ilegal, porque, além de não integrarem a lide processual, são meros agentes públicos.

 

Gestores busquem soluções

O STJ, no entanto, considerou que, apesar de divergências doutrinárias, a multa é pertinente e tem o objetivo de fazer com que os gestores busquem soluções junto aos órgãos responsáveis para o problema carcerário. O relator da matéria, ministro Castro Meira, ressaltou que a multa unicamente direcionada ao ente estatal acaba surtindo poucos efeitos práticos. O artigo 11 da Lei n. 7.347/85 (que disciplina a ação civil pública) autoriza o direcionamento da multa não apenas ao ente estatal, mas também aos responsáveis pela efetivação das determinações judiciais, segundo o ministro, “superando-se, assim, a deletéria ineficiência que adviria da imposição desta medida exclusivamente à pessoa de direito público”.

 

Nome de JB tem que ser retirado de praça I

O ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE) vai acompanhar junto à prefeitura de Pinhão, sertão sergipano, a execução da mudança no nome da Praça de Eventos Deputado Federal Jackson Barreto de Lima, construída com recursos federais. A prefeitura terá até 30 dias para atender à determinação do Tribunal de Contas da União (TCU/SE).A legislação brasileira proíbe a atribuição de nome de pessoa viva a bem público ou às pessoas jurídicas da Administração indireta.

 

Nome de JB tem que ser retirado de praça II

De acordo com o procurador da República Silvio Amorim Junior, que acompanha o caso, a prática demonstra uma afronta não apenas à proibição expressa em lei, mas também aos princípios da moralidade e impessoalidade.Entretanto, o procurador entendeu que não ficou comprovada se a ordem para a denominação da praça de eventos partiu do prefeito de Pinhão, Erivaldo Oliveira do Nascimento, não acolhendo a proposta de multa sugerida pelo relatório técnico produzido pela Secretaria de Controle Externo do TCU/SE.

 

Por falar em nome de pessoas vivas…

E como fica a decisão de retirar dos prédios públicos de Sergipe o nome de pessoas vivas ligadas a política e a administração pública? O governo não vai cumprir a decisão? O Legislativo também? O judiciário nem se fala. Até quando?

 

Eletricitários realizam café contra terceirização

Barracas com alimentos, minitrio, trabalhadores, representantes de entidades e parlamentares em meio à rua. Não se trata de uma feira, mas a manifestação que os eletricitários de Sergipe irão promover hoje, 24, a partir das 7h, em frente à sede da Energisa. O café da manhã marcará o início das negociações para o acordo coletivo 2009/2010. Além da reposição salarial, imprescindível para os eletricitários, a categoria pretende reverter o quadro de terceirização, fato que vem comprometendo a qualidade nos serviços oferecidos a população e ainda, imputando em riscos aos trabalhadores despreparados. A proposta é prevenir acidentes.

 

Precariedade dos serviços

Depois de 40 anos de existência e 11 de privatizada, a diretoria da Energisa está terceirizando os serviços nas atividades de novas ligações, fiscalização, manutenção, plantão, corte de inadimplentes e religações de energia. Há vários anos, o número de eletricitários contratados da empresa permanece o mesmo, ou seja, 950. Ao invés de contratar profissionais habilitados, a Energisa prefere contratar empreiteiros que precarizam o trabalho e por isso tem o custo baixo. “Os trabalhadores terceirizados não têm a mesma especificação. É uma rotatividade muito grande”, afirmou o presidente do Sindicato dos Eletricitários de Sergipe (Sinergia), Sérgio Alves.

 

Apoio a luta

Alves explicou que as empreiteiras não têm compromisso com a população e, tampouco, com os seus funcionários. “Os trabalhadores terceirizados não têm acompanhamento médico diante de um acidente e não têm seus direitos assegurados”, esclareceu, acrescentando que esses e vários outros fatores influenciam na qualidade da prestação de serviços. O combate a terceirização dos serviços da Energisa está contando com o apoio da OAB/SE, do deputado Francisco Gualberto, CUT, Dieese e diversos sindicatos.

 

Preparados para a luta

Além do combate a terceirização, os eletricitários estão reivindicando piso salarial de R$ 750,00, considerando que o atual é de R$ 465,00 (salário-mínimo); ganho real acima do Índice do Custo de Vida (ICV) do Dieese, na ordem de 5%; aumento da Participação de Lucros e Resultados (PLR), que hoje está abaixo dos Estados de Alagoas, Bahia e Rio Grande do Norte.Este ano, os Sindicatos de Sergipe e Paraíba estão negociando conjuntamente, considerando que a Energisa fornece energia para os dois Estados. “A gente aguarda uma negociação satisfatória. Para tanto, a categoria este ano está fortalecida, contando com o apoio de entidades e parlamentares”, confirmou Alves, lembrando que os trabalhadores estão preparados para a luta.

 

Revista Sesc em Cena – Retrospectiva 2008 I

O Sesc realiza nessa sexta-feira, 25/09, no Hotel Aquários, o almoço de lançamento da Revista Sesc em Cena – Retrospectiva 2008. Nessa primeira edição comemorativa a instituição divulga as ações realizadas nas áreas de cultura, saúde, educação, lazer e assistência, as inaugurações, os projetos do regional e do nacional, convênios e parcerias formuladas no último ano.

 

Revista Sesc em Cena – Retrospectiva 2008 II

A publicação também apresenta a atuação e o alcance social do Sesc através do expressivo número de matriculas e de atendimentos gerados em beneficio dos comerciários, seus dependentes e comunidade em geral. Em suas 82 páginas a revista consagra o resultado do trabalho continuo e dedicado dos colaboradores, dirigentes e Conselheiros da instituição, além da participação efetiva das crianças, adultos, idosos e comerciários de diversos segmentos, freqüentadores dos centros de atividades e programações oferecidas pelo Sesc em Sergipe.

 

Estréia mundial de obra marca o próximo concerto da ORSSE

Hoje, 24, a Orquestra Sinfônica de Sergipe, sob a regência do Maestro Guilherme Mannis, faz um concerto especial. Além da apresentação de peça brasileira do Século XX, o “Concerto para Violino e Orquestra de Cordas” de César Guerra-Peixe, o grupo realizará a estréia mundial do Concerto nº1 para piano e Orquestra, do compositor carioca Edson Zampronha. Completam o programa desafios do repertório para orquestra de cordas, como a “Serenata para Cordas” do compositor inglês Edvard Elgar e o “Adagio”, do compositor americano Samuel Barber. Os solistas serão a pianista Karin Fernandes, de São Paulo, e o violinista Ronedilk Dantas, da Paraíba. Os ingressos, a preços populares, já estão disponíveis no Teatro Tobias Barreto.

 

Studium Danças recebe Prêmio Educar-SE 2009

O Studium Danças e os seus 38 anos dedicados ao ensino da Dança em Sergipe foram contemplados, no último dia 16, com o Prêmio Educar-SE 2009, criado em 2000 para homenagear os Destaques da Educação em Sergipe, nos mais diversos segmentos. Escolhido como Melhor Curso de Dança, o Studium agradece o reconhecimento ao trabalho que vem desempenhando há tantos anos com seriedade, afinco e amor. Para Lú Spinelli, sua fundadora e diretora, “receber esse prêmio gratifica a equipe Studium Danças e aumenta ainda mais a responsabilidade que temos perante os nossos alunos e a sociedade sergipana”.

 

Participando do Congresso

Estão em São Paulo Participando do 12º Congresso Brasileiro de Paisagismo os arquitetos Anarlene e Everaldo Ribeiro vão em busca de aperfeiçoamento em sua área absorvendo novas tecnologia na área de sustentabilidade e sua nova dimensão no Paisagismo. Participarão também da Feira Internacional de Paisagismo, Jardinagem, e Floricultura e, também visitarão a maior exposição de plantas e flores da América Latina a Expoflora. Retornarão com grandes novidades em suas bagagens.

 

DO LEITOR

 

Movimento Acorda Pacatuba

Da leitora Edmara Melo: “No último sábado (19/09/2009), MAP – “Movimento Acorda Pacatuba” realizou sua “1ª Mobilização” junto à população pacatubense. O evento contou com a participação dos integrantes do MAP que, juntos, fizeram uma ampla divulgação na feira livre do município, distribuindo panfletos informativos, explicando e tirando as dúvidas das pessoas quanto ao movimento. Durante o ato, foi perceptível a vontade dos munícipes em tirar a cidade do estado de letargia em que se encontra e de acabar de uma vez por todas com a “ciranda do desgoverno”.

No desenrolar desses meses, o MAP vem atuando com muita cautela, colhendo junto aos meios de comunicação notícias que digam respeito ao que se passa no município. Assim, inicialmente, o MAP começou com um blog que, devido ao grande número de acessos e à demanda por informações ser crescente (principalmente por parte dos estudantes), transformou-se em um site (http://movimentoacordapacatuba.webs.com). Lá divulgamos as notícias que saem na imprensa sergipana sobre o município, informações sobre a cidade, fotos, vídeos, dentre outras coisas. O MAP está informando, fomentando debates e, acima de tudo, tentando modificar as atuais condições do município de Pacatuba”. Edmara da S. Melo em nome do MAP – Movimento Acorda Pacatuba”.

 

Aruana ou Buracoana?

Do leitor Carlos Bastos: “Os moradores do Loteamento Aruana estão elaborando um Guia de Trânsito para que as pessoas visitantes possam dirigir no bairro – é isso mesmo?, em face da buraqueira na malha viária e que transforma as suas ruas em OFF-ROAD. Para saber como diminuir as chances de acidentes e prejuízos nos veículos, nada melhor do que a orientação de um piloto profissional de rali. Nós moradores já cansamos de “fazer a leitura dos buracos”, medindo com régua a distância de um para outro, e enquanto a chuva não pára, os buracos de BURACOANA se multiplicam e o asfalto “desaba” e a recomendação que ofertamos aos turistas que trafegam pela Rodovia José Sarney apreciando as nossas belas praias é que nunca olhem à direita, principalmente ousar em visita um dos mais antigos condomínios de Aracaju, a cidade cantada em prosa em versos como a mais bela e conservada do Nordeste. As nossas autoridade só sabem que Aruana existe porque transitam pela praia e estão constantemente mandando derrubar bares de trabalhadores para construir um  novo cartão postal da “Orla da Aruana”. Será que nós seremos uma favela incrustada num ponto turístico? Será que não somos cidadãos e eleitores? Não pagamos impostos? ou a Aruana pertence a São Cristóvão? Nós existimos e cansados exigimos respeito. Por fim, fazemos um convite especial ao Prefeito de Aracaju e ao seu grande parceiro, o Governador do Estado, para, se realmente conseguir, percorrer as ruas de Buracoana, e que Deus possa protegê-los nesse rali.”

 

 

Bancos em Campo do Brito deverão cumprir Lei dos 15 minutos

Deu no site FiqueSabendo.net: O vereador Raimundo José de Souza (Raimundinho) apresentou o Projeto de Lei nº. 01 de 09 de setembro 2009 que visa regulamentar o atendimento bancário no município. O usuário dos serviços sempre tem reclamado do tempo perdido nas filas e caso o projeto seja aprovado pela Câmara de Vereadores os bancos terão 180 dias para se adequarem. Veja parte do texto do projeto: Fica estabelecido o prazo de atendimento em agências bancárias, do município de no máximo 15 minutos em dias normais e, de 30 minutos, somente às vésperas e após feriados prolongados, nos dias de pagamento, dos funcionários públicos municipais, estaduais e federais, para atendimento ao consumidor de seus serviços. O atendimento deverá ser feito através de senhas que deverão conter, obrigatoriamente, a data e horário de retirada da senha. Em Campo do Brito, apenas o Banco do Brasil e o Banese possuem agências. No caso do Banco do Brasil a agência não dispõe do uso de senha, já o Banese conta com o uso de senhas e possui cadeiras para que o cliente possa esperar a hora do seu atendimento.Caso o projeto seja aprovado, o Ministério Público deverá ser, mais uma vez, um importante aliado da população para o cumprimento da Lei.

 

 

Contratos temporários: falta responsabilidade da Oposição

Do leitor Messias Gonçalves: “Mesmo tendo a constituição de 1998 instituído o ingresso no serviço público através de concurso, ela também abre precedente para a contratação de servidores em cargos e funções de confiança, assim com para os chamados temporários.  Artigo 37 inciso IX da constituição federal diz: – “a lei estabelecerá os casos de contratação por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público”.  O Plenário do Supremo Tribunal Federal –  STF, considerou constitucional, em 25 de agosto deste ano, por seis votos a cinco, a Lei 10.843/04, que autorizou contratações temporárias no Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE. A decisão foi tomada no julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 3068) ajuizada pelo Partido da Frente Liberal (PFL), hoje DEM em novembro de 2003. Alem do amparo legal, temos que levar em consideração de que nos moldes atuais em que são geridas as administrações públicas, é impossível trabalhar somente com concursados. As leis atuais, os orçamentos, os limites não permitem que encham mais ao bel prazer. Essa discussão deveria ser levantada pelos sindicatos e entidades representativas dos servidores públicos. É um contra censo ver sindicalistas e líderes de classes, exigindo melhores salários, redução na jornada de trabalho e ainda por cima, concurso público. Isso ocorre por falta de formação, de conhecimento mesmo das nossas leis. Quanto a oposição , essa infelizmente joga para a platéia. Conhecem as leis, já foi governo, e mesmo assim, mostram que não tem compromisso para com a verdade. Cabe ao eleitor julgá-los em 2010”

 

Participe ou indique este blog para um amigo: 

claudionunes@infonet.com.br

 

 Frase do Dia

“Preferia perder meu melhor amigo ao pior inimigo. Para ter amigos, só é preciso boa índole; mas quando um homem não tem mais inimigos, certamente há algo de desprezível nele”. Oscar Wild

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários