Comando DEM/SE: não passa por Brasília. A disputa é caseira

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Do legado político do ex-governador Albano Franco tem uma frase que ficará na história para sempre: “Em Sergipe todo mundo se conhece.” Pura

Os transmissores  não aguentarão a audiência. Será preciso comprar novos transmissores…

verdade. E, às vezes, “um pensa que é mais esperto” do que o outro e tenta desvirtuar a verdadeira intenção pensando que todos usam cabresto sob controle do que é ditado por setores com interesses escusos.

Pois bem! A disputa pelo comando do DEM em Sergipe não passa por Brasília, como alguns querem passar. Não passa por Agripino Maia, nem pelo desejo de Laércio Oliveira e tudo mais. Aliás, Laércio que pode assumir o comando se passarem a perna em Mendonça Prado, é uma espécie de “boi de piranha” e não sabe do acordo que estão tentando fechar nos bastidores.

A briga é caseira. E passa por uma decisão da senadora Maria do Carmo, que fez um apelo emotivo a Mendonça Prado, em nome da filha, Ana Alves, mas agora enfrenta uma resistência enorme de outro familiar. Diga-se da passagem a intenção de Ana Alves é apenas partidária. O convite foi feito pela família Alves que não contava com a pressão dentro da própria cozinha.

A outra intenção passa por interesses empresariais e a passagem do DEM só com bilhete de ida para apoiar a situação.

Em breve esses outros interesses, se o “contrato” for firmado serão denunciados pelo próprio Mendonça Prado.  Justiça seja feita, neste episódio Mendonça só tem o interesse de assumir o DEM para ser candidato ao governo. Não quer beneses de ninguém.

É aguardar! E como em Sergipe tudo que se fala é notícia pelas ondas dos programas de rádio, é se preparar e sintonizar porque os transmissores  não aguentarão a audiência. Será preciso comprar novos transmissores…

Governo do Estado anuncia medidas que tomou em 2014. Não surtiram efeitos? Veja o autoatestado da incompetência administrativa e do desprezo pelos servidores públicos que, além de não receberem seus 13° salário, vão ficar sem o emprego. (a nota está publicada nessa edição).

Constrangimento e humilhação em pleno Natal Das duas uma: Ou os cargos em comissão não eram necessários ou são desprezíveis, na ótica do governo, pois impõe aos seus atuais ocupantes o constrangimento e a humilhação, em pleno Natal, que terão que se esmolar para se manterem no "emprego.”

Descalabro Pelo visto, as medidas do governo de Sergipe não surtirão os efeitos financeiros e administrativos, pois adotadas em 2014, mas não tiveram a capacidade de impedir o descalabro administrativo a que o Estado está submetido. Só tem dinheiro para Almeida Lima esbanjar no Taj Mahal. Com a palavra o MPE e o TCE, antes que os requisitos da intervenção federal no Estado se apresentem…

1.200 cargos somente este ano: levantamento dos sindicalistas Este ano, segundo denuncia e levantamento dos sindicalistas, de janeiro a novembro, Jackson e Belivaldo nomearam mais de 1200 cargos comissionados. Pelo levantamento dos sindicalistas, somente em julho, durante o período de férias do governador, o vice Belivaldo nomeou 300 pessoas.  Falta ainda dos anos anteriores. A lista já divulgada em setembro e acrescida dos meses de outubro e  novembro:/wp-infonet/img/colunistas/194649/CCs%20do%20estado%20de%20Janeiro%20a%20Novembro.pdf

Caça fantasma  x acordo Ontem, 20, nos corredores do Palácio de Despacho, a informação é que as exonerações dos comissionados, na verdade não é por economia, mas para se antecipar a operação caça fantasma, já que muitos deles são indicações de lideranças políticas do interior e não trabalham. Ontem, 21, os telefones fixos não pararam de tocar no Palácio. Já pelos celulares o assunto foi evitado, toda vez que um ligava para tratar do assunto a ordem era…venha pessoalmente…Um assessor mais afoito dizia que não tem problema não o acordo foi para exonerar todos e só voltarão os que quiserem trabalhar…tudo numa espécie de acordo, para não penalizar até a data de ontem. Arrepare Osmário, se o MPE descobrir…

FPE em alta De acordo com o Teosuro Nacional, a arrecadação de novembro 2017 subiu quase 8%, cujo resultado poderia ter contribuído para melhorar o FPE de Sergipe. Aliás, por falar em FPE, nunca mais o governo do estado se queixou de redução dos repasses do FPE. Então, onde

As fotos são de ontem, 20, à tarde., no centro de Aracaju

 está o dinheiro?

Retrato de um ano de administração em Aracaju: nem os calçadões do centro são limpos para as compras natalinas As fotos ao lado foram tiradas ontem, 20, próximo das 15h, no centro da cidade. Não precisam de legenda. Centenas de pessoas transitando para realizarem suas compras natalinas num centro comercial sujo. Não podem colocar equipes de limpeza no local? É uma babel do lixo…

TCE/SE: Justa homenagens hoje a José Rosa de Oliveira e  Emanuel Dantas Serão inauguradas hoje, 21, às 11h, a Sala de Imprensa Jornalista José Rosa de Oliveira Neto, e a Rádio Web Jornalista Emanuel Dantas. As ações são fruto da administração de Clóvis Barbosa. Para quem não sabe, José Rosa de Oliveira Neto, advogado e jornalista, foi um dos cidadãos mais integros de Sergipe.

Laranjeiras: Prefeitura recebe prêmio no Palácio Itamaraty (RJ) A Prefeitura de Laranjeiras, através da secretária Municipal de Pesca e Igualdade Racial de Laranjeiras e também Coordenadora Estadual e Nacional do Movimento

Laranjeiras destacando-se nacionalmente pelo combate ao racismo e a intolerância religiosa

que trabalha com os ODS/ Objetivos do Desenvolvimento Sustentável/PNUD/ONU, Sandra Sena recebeu o prêmio Parceiros dos ODS/Objetivos do Desenvolvimento Sustentável em solenidade realizada  no Palácio Itamaraty, no Rio de Janeiro (RJ).

Combate ao racismo e a intolerância O evento teve como objetivo de homenagear Instituições, Órgãos Governamentais e Pessoas que trabalham para um mundo melhor. A secretária Sandra Sena e a prefeitura foram premiados pelas ações que vem sendo desenvolvidas no combate ao racismo e a intolerância religiosa no município de Laranjeiras.

Compromisso O Secretário Nacional da Presidência da República, Henrique Villa Costa Ferreira, falou da importância de reconhecer trabalhos em Comunidades Tradicionais. "Esse prêmio para Laranjeiras é reflexo do compromisso que temos com a população Laranjeirense", destaca Sandra Sena A apresentação do prêmio ficou sob a batuta da atriz global Mariana Xavier.

Embrapa recebe moção de aplauso de vereadores por apoiar acessibilidade A Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE), recebeu dos vereadores aracajuanos uma moção de aplauso por sua participação na Semana Aracaju Acessível, realizada em setembro. Iniciativa do vereador Lucas Aribé, a Semana Aracaju Acessível acontece como uma das ações alusivas ao Dia Nacional e Municipal da Pessoa com Deficiência – 21 de setembro.

Organização No documento, a Moção nº 127/2017, endereçada ao chefe-geral da Unidade da Embrapa, Manoel Moacir Macedo, os parlamentares municipais enaltecem a participação da organização nessa ação que visa estimular a reflexão dos aracajuanos sobre as questões de acessibilidade de todos aos espaços públicos.A data oficializada em Aracaju é resultado da Lei 4.444/2013, de autoria de Aribé, que é cego e há anos milita em favor da causa da inclusão das pessoas com deficiência.

Parcerias Com o tema ‘A Vez do Pedestre’, a programação agregou dezenas de parceiros públicos, privados e do terceiro setor, e incluiu solenidades oficiais, atividades nos espaços públicos e vivências, rodas de leitura e oficinas sobre inclusão das pessoas com deficiência. Este ano, a Embrapa levou para a vivência, no Mirante da Treze de Julho, os cheiros, texturas e sabores do Nordeste e do Brasil. Os visitantes do Jardim Sensorial tiveram a oportunidade de ler a publicação em braile intitulada ‘Livro para pescaria com linha de horizonte’, de Paulo Vieira, da Embrapa

Dezenas de crianças foram beneficiadas com o projeto da Macedos Dojo de Karatê

Amazônia Oriental (Belém, PA).

Projeto da Macedos Dojo de Karatê leva alegria para crianças do Almirante Tamandaré no Bairro Santos Dumont Se cada um fizer a sua parte o Natal é transformado em momento de alegria, principalmente para as crianças carentes. Com essa intenção o projeto Jadson Macedo realiza todo ano, desde 1997, com o apoio da equipe e voluntários, o Natal Solidário – diga-se de passagem sem apoio de nenhum órgão público, empresarial e nem políticos –  para crianças da comunidade do conjunto Almirante Tamandaré no Bairro Santos Dumont. “Um projeto voltado para crianças carentes da comunidade e natal solidário são para crianças da própria comunidade e infelizmente não temos apoio político e nem de nenhum órgão seja público ou privado”, explica o professor Jadson Macedo.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018                                                                                                                                   

Paulo Lobo, Chico Lebre e Ludwig Oliveira, preparam o "Blocomeu?" para o Carnaval 2018

            

Carnaval 2018 Aracaju: vem aí o “Blocomeu?” E o professor e multimídia Ludwig Oliveira ao lado do cantor e compositor Paulo Lobo e de Chico Lebre estão ultimando as ideias para a novidade do Carnaval 2018 em Aracaju. O “Blocomeu?” Será mais uma opção com muita criatividade e animação.

Horário especial do Shopping Prêmio Visando proporcionar tranquilidade aos clientes que ainda não fizeram as compras de fim de ano o Shopping Prêmio, localizado em Nossa Senhora do Socorro, está funcionando em horário diferenciado no mês de dezembro. Até a próxima sexta-feira ,22,  o funcionamento será das 09h às 22h30. No dia 23 o funcionamento será das 9h às 23h. No dia 24, véspera de Natal, o horário de funcionamento será das 09h às 18h. Já no dia 25, feriado nacional, o shopping estará fechado. Do dia 26 até o dia 30 o funcionamento será das 10h às 22h. No dia 31 o centro comercial funcionará das 10h às 18h e o no dia 01 de janeiro todas as lojas estarão fechadas.

Aparecida: servidores da limpeza pública sem 13º salário Pelo  zap: “Pessoas que pediam para não serem identificadas mas que denunciavam a falta de pagamento de 13° salário. São pessoas que trabalham como garis, margaridas e agentes de serviços gerais que alegam que foram informados por um emissário da empresa contratada pela Prefeitura de Aparecida que este ano não haveria o pagamneto do 13°, garantido por lei e que deve ser pago até o vigésimo dia do mês de dezembro. A notícia já circula nos grupos de WhatApp. O problema é que não se sabe o nome desta "empresa", quem são seus sócios, há quanto tempo mantém contrato com a Prefeitura. Cadê a prefeita para fazer valer os direitos destes trabalhadores. Será que mais uma vez os vereadores vão se calar?”

PELO E-MAIL E FACEBOOK

Detran/SE divulga calendário do Licenciamento Anual de veículos 2018 O Governo do Estado de Sergipe, através do Departamento Estadual

de Trânsito (Detran/SE), divulgou o calendário de pagamento do Licenciamento Anual e do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para o Exercício 2018. Para o próximo ano, não ocorrerão mudanças em relação a 2017 quanto a prazos para quitação por final de placa. A medida passa a valer em 1º de janeiro de 2018.

Desconto e parcelamento No Licenciamento/IPVA 2018, o desconto de 10% (dez por cento) no valor do IPVA para veículo com qualquer terminação de placa se dará para o pagamento efetuado integralmente até 28 de fevereiro de 2018, desde que o contribuinte não possua débito do imposto relativo a exercícios anteriores. Quem optar pelo parcelamento ou cota única sem desconto no IPVA deve se atentar ao mês de referência do final de placa de seu veículo – janeiro a novembro –, conforme tabela divulgada e publicada no Diário Oficial do Estado. 

Como solicitar Para solicitar o Licenciamento Anual ao Departamento Estadual de Trânsito de Sergipe (Detran/SE), o cidadão poderá acessar o site www.detran.se.gov.br , totens de autoatendimento da autarquia, caixas eletrônicos do Banese e aplicativo “Detran/SE Digital”.

Ações sociais marcaram mandato, diz Dr. Gonzaga Ao fazer o balanço do mandato em 2017, o vereador Dr. Gonzaga (PMDB), destacou que foi marcado pelo forte trabalho social realizado junto às comunidades carentes de Aracaju e a apresentação de diversos projetos e indicações, na Câmara Municipal, usando a tribuna para fazer alertas e cobrar ações do Poder Público em favor da população. O vereador comemora as conquistas alcançadas e termina o ano com a aprovação de um importante projeto de lei, que versa sobre a instalação do “botão de pânico” nos ônibus urbanos.

Exemplos Dr. Gonzaga cita o Programa Vereador em Ação como um destaque do ano. Segundo ele, foi graças ao envolvimento de órgãos públicos estaduais e municipais, empresas privadas e profissionais liberais voluntários que o projeto ganhou força. “A edição realizada em julho, no Lamarão, foi um sucesso e recebeu centenas de pessoas que receberam, gratuitamente, uma variedade de serviços gratuitos e exames médicos”, relembrou o vereador.O programa fez tanto sucesso que ganhou uma segunda edição no segundo semestre de 2017 e foi uma ação voltada para as mulheres, como parte do movimento global Outubro Rosa.

Carreata O parlamentar se orgulha de ter conseguido trazer a carreta do Hospital do Câncer de Barretos para Aracaju, numa ação inédita, fruto da parceria com Senador Eduardo Amorim (PSC). “Foram 40 mulheres cadastradas para realizar o exame de mamografia, seguindo os critérios do HCB. Mas, mesmo aquelas que não puderam fazer o cadastro antes e compareceram ao local com a documentação solicitada, foram bem recebidas e atendidas na Unidade Móvel”, explicou.

“Botão de pânico” Outro ponto destacado por ele foi a aprovação, na Câmara, do projeto de lei de sua autoria que obriga instalação de 'botão de pânico' nos ônibus do sistema de transporte público de Aracaju. “Foi um importante passo para trazer mais segurança aos profissionais e usuários do transporte público da capital”, comemorou o vereador que ainda disse estar agradecido pelo ano que termina.

PELO TWITTER

www.twitter.com/WalterCosta_aju Trabalho com política desde 2004. Sofri, comecei de baixo, cheguei em um nível profissional reconhecido após 13 anos de luta, viagens, e agora tem gente querendo chegar e sentar na janela? Me bata um abacate e vá aprender um pouco do meio!

www.twitter.com/Sargentoedgard  Não consigo entender essa imbecilidade chamada, racismo.

www.twitter.com/Fabio_Turci Agora, PMDB sem o P… Essas mudanças de nomes dos partidos são uma confissão ao eleitor de que nada mudou. Só querem pintar a fachada.

www.twitter.com/Anterogreco Meu pai tinha quitanda, nos antigamentes dos anos 50, 60, antes dos supermercados aparecerem. Fregueses de todos os níveis sociais e condição financeira. Muitos compravam "na confiança". Um doce para adivinhar qual tipo de cliente dava calote.

www.twitter.com/Rafael_Salomao É muita pouca terra pra tanta muita gente. Aracaju é assim…Aracaju não é um interior.. mas, sim um povoado. É um tal de fulando. Q vc sabia que conhecia sicrano que disse q parecia beltrano. Que é filha de lavatrano.

NOTA PÚBLICA

Governo do Estado reúne secretariado e anuncia medidas de economia

O governo de Sergipe informa que, em reunião de secretariado realizada nesta terça-feira, 19, no Palácio de Despachos, foram decididas medidas de contenção de despesas e economia para serem aplicadas de forma imediata, buscando enfrentar as dificuldades financeiras causadas pela crise profunda que tem afetado o País e, em consequência, o estado.

As medidas são necessárias devido às restrições impostas pela falta de recursos, o que tem causado grandes dificuldades para que o governo possa honrar despesas administrativas e com pessoal.

As medidas decididas nesta reunião são:

1) Suspensão para reavaliação de remunerações de gratificações, comissões de trabalho, adicionais de prorrogação de expediente, horas extras (com exceções pontuais), grupos de trabalho;

2) Diminuição do uso de veículos, telefones e imóveis alugados. As secretarias e órgãos devem encaminhar a relação para apreciação do governo que irá realizar os cortes;

3) Como foi feito em 2014, o governo irá exonerar, até 31 de dezembro de 2017, todos os cargos de comissão, com vínculos e sem vínculos, salvo os cargos privativos para as carreiras, renomeando conforme necessidade da administração, objetivando a redução de gastos com pessoal;

4) Ficou decidido que o Governador, o Vice-Governador, Secretários de Estado, Presidentes de Órgãos e cargos comissionados só irão receber seus salários após o recebimento dos salários de aposentados e pensionistas.

BANESE INFORMA: NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE O RATEIO DE ICMS 

O Banco do Estado de Sergipe S.A., em respeito aos seus clientes, acionistas e público em geral, vem prestar os esclarecimentos sobre notícias veiculadas citando o BANESE quanto aos valores de ICMS repassados para os municípios sergipanos.

O BANESE ASSEGURA E REAFIRMA que cumpre rigorosamente com a sua função de agente repassador dos recursos de ICMS informados aplicando fielmente os índices.

Destacamos que o BANESE não tem qualquer responsabilidade na definição dos valores e dos índices que são utilizados, respectivamente, para o rateio do referido tributo.

A REGULARIDADE dos procedimentos adotados pelo BANESE foi atestada pelo Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (Certidão 2272/2017/DITEC) e pela Secretaria de Estado da Fazenda – Sergipe (Ofício 350/2017).

O BANESE lamenta a atitude equivocada, que expõe negativamente a imagem de uma instituição que representa importante patrimônio do povo de Sergipe.

Atenciosamente,

Diretoria Executiva Banese

MESTRES DA MEDICINA EM SERGIPE – Gilson Feitosa Por Antônio Samarone.

GILSON SOARES FEITOSA – Nascido em Aracaju, em 21 de janeiro de 1947, filho do contabilista Manoel Feitosa e da professora Gisela Soares 

Feitosa. A família é de Porto da Folha. Gilson tem um irmão, o engenheiro Gilvan Soares Feitosa. O curso primário foi realizado na Escola Menino Jesus, deixando excelentes recordações, sobretudo as aulas de “descrição”; o ginásio foi dividido, os dois primeiros anos no Jackson de Figueiredo, e os dois últimos no Salesiano. A mudança teve um bom motivo: Gilson Feitosa adorava futebol, e no Salesiano este esporte era estimulado. Ele foi meio-campista do Estrela, destacado time de pelada, quase imbatível em suas hostes. Gilson é torcedor do Sergipe. Até os 14 anos, viveu e brincou livremente nas ruas do Aracaju. Gilson não se destacava nos estudos, fazia as tarefas, mas sem a dedicação posterior, que só começaria no glorioso Atheneu Sergipense, onde fez o científico.

A partir do Atheneu Sergipense, Gilson Feitosa recebeu a influência de grandes professores: Marcos Pinheiro, na química; Fedro Portugal, na biologia e Leão Magno Brasil, na matemática. Tomou gosto pelos estudos, e passou a ler, ler muito, devorar os livros. Isso lhe abriu a mente. Logo cedo despertou para a beleza da biologia, e decidiu que seria médico. Durante o 2º ano científico, frequentou o pré-vestibular beta, dos professores Fedro Portugal, Eduardo Garcia e Caetano Quaranta. Mesmo na época já existindo Faculdade de Medicina em Sergipe, a fama da primeira faculdade de medicina do Brasil, lhe empurrou para a Bahia. No segundo semestre do 3º ano científico, transferiu-se para o famoso Ginásio Central da Bahia. Para sua surpresa, notou que a bagagem levada de Sergipe era suficiente. No vestibular da Federal da Bahia de 1965, três sergipanos saídos do Atheneu, passaram em primeiro lugar: Gilson Feitosa na medicina, Carlos Henrique na engenharia e George Felizzola em geologia. Na mesma turma de medicina estudaram os sergipanos Rinaldo Prado e Leila Andrade. Alguma dúvida sobre a qualidade o ensino público em Sergipe, na época?

Durante o curso de medicina Gilson Feitosa aproximou-se do destacado professor Heonir Rocha, piauiense, catedrático de terapêutica clínica, Reitor da Universidade Federal da Bahia. Essa amizade durou para sempre. Gilson Feitosa concluiu com brilhantismo o curso de medicina em 15 de dezembro de 1970. Após a formatura, dois fatos importantes: casou-se com a baiana Ana Lúcia Freitas Feitosa, amor de sua vida, e vai fazer residência médica nos Estados Unidos. Cursa a residência em medicina interna no Medical College da Pennsylvania de 1972 a 1973; e a residência em cardiologia no Medical College da Pennsylvania de 1973 a 1975, nos EUA. Nesse período, a cardiologia está passando por grandes transformações. Antes, só o estetoscópio a radiografia de tórax e o eletrocardiograma. Em 1970, O cirurgião argentino René Favaloro, criou a cirurgia de ponte de safena; e em 1977, Andreas Gruentzig realizou a primeira angioplastia com balão. A cardiologia dispara. Gilson Feitosa conclui os estudos nos EUA cheio de conhecimentos e novidades.

Depois de muitas dúvidas, Gilson Feitosa decidiu retornar ao Brasil, a sua esposa estava grávida e ele queria que o seu filho fosse brasileiro. Em 1975 ele voltou, e voltou para a Bahia. Começou a trabalhar na clínica privada, e já em setembro, Gilson foi aprovado em concurso público para professor de medicina na Federal da Bahia. Em 1978, quando terminou o estágio probatória, o seu contrato não foi renovado, mesmo ele concursado. Atribuiu-se as disputas internas na UFBA, e ao fato dele pertencer no grupo de Heonir Rocha. Esse fato levou a uma demorada greve estudantil.

Gilson Feitosa cansou-se com o aborrecimento e, em 1979, aceitou o convite para ser professor titular da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, onde permanece até hoje. Assumiu o cargo de coordenador da residência em cardiologia do Hospital Santa Izabel, da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, em 1982, permanecendo até o momento. Assumiu a direção de ensino e pesquisa do mesmo hospital, desde 2005, permanecendo até o momento. Foi presidente da comissão científica da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) de 1989 a 1991 e de 1993 a 1995; presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) 1999-2001; e presidente da Sociedade Sul-Americana e Cardiologia (SSC) de 2004-2006. É membro da Academia de Medicina da Bahia, desde 2004.

Gilson Feitosa tem três filhos, Gilson Soares Feitosa Filho, Luciana Feitosa Seabra e Gustavo Freitas Soares, todos médicos cardiologista, e tem quatro netos. Como professor de medicina e conceituado mestre de várias gerações, Gilson Feitosa tem uma preocupação: os atuais médicos estão se formando com um elevado acervo de conhecimento e baixo discernimento. Perderam a reflexão e a capacidade de análise. A boa conduta, a atitude ética não se aprende pela internet, precisa-se do exemplo do professor. Exemplos cada vez mais raros. “Precisamos de uma reordenação do ensino médico no Brasil, a exemplo do realizado por Abraham Flexner no inicio do século XX, nos Estados Unidos”, disse o mestre.

Mais textos:https://blogdesamarone.blogspot.com.br/

Frase do Dia
“Convém não facilitar com os bons, convém não provocar os puros. Há no ser humano, e ainda nos melhores, uma série de ferocidades adormecidas. O importante é não acordá-las.” Nelson Rodrigues, dramaturgo e escritor brasileiro, morreu em 21 de Dezembro de 1980 (n. 1912).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários