Contra a divisão

0

Moradores da zona de expansão de Aracaju, que por força judicial agora pertence a São Cristóvão, promovem uma série de debates visando encontrar alternativas ao impasse gerado com a decisão do Tribunal Regional Federal. Eles não aceitam a mudança obrigatória de endereço, até porque sabem que São Cristóvão não tem como administrar aquela extensa área urbana, que engloba os povoados Robalo, Areia Branca, Gameleira, São José e Mosqueiro. O primeiro debate, marcado para quinta-feira, deve contar com as participações de deputados, do prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), engenheiros e advogados. Os moradores vão pedir que se agilize o processo do plebiscito para definir com qual município ficará o território em litígio.

Debaixo d´água

Aracaju amanheceu debaixo d´água, resultado da forte trovoada da noite passada.  Choveu a cântaros! Como a maré estava cheia, os canais não suportaram  a enxorrada e transbordaram, inundando vários bairros, como o Treze de Julho. A inundação só cessou quando a maré começou a baixar e receber  dos vários canais da cidade o grande volume d´água. E ainda querem aterrar parte do rio Sergipe. É pra matar afogado!

Salvem o Rio

O Ministério Público Federal (MPF) deverá mesmo pedir à Justiça que proíba a Prefeitura de aterrar grande área do rio Sergipe, ali no bairro Treze de Julho. Para agir, o MPF aguarda apenas a conclusão de uma perícia que deve ficar pronta nos próximos dias. O objetivo do estudo é atestar o óbvio, ou seja, que o aterro causará consequências insanáveis àquele corpo d’água, assim como ocorreu com a Coroa do Meio. Lembram?

Empatados

Pesquisa do Instituto Padrão mostra um empate técnico entre os pré-candidatos ao governo de Sergipe Jackson Barreto (19%) e Eduardo Amorim (19,5%). O prefeito de Aracaju, João Alves Filho, lidera com 38,2%. Foram ouvidas 1000 pessoas no período de 19 a 23 de outubro em 33 municípios. Para o Senado, Maria do Carmo está na frente com 39,9%, seguida de Marcelo Déda, com 31,4%. O deputado André Moura é terceiro com 13,3% das intenções de votos.

Qual o certo?

Quantos médicos compõem o corpo funcional da Prefeitura de Aracaju? O vereador Agamenon Sobral (PP) garante que são 701. Em ofício ao parlamentar pepista, a secretária municipal da Saúde, Goretti Reis (DEM), informa que são apenas 463 profissionais. Já o Sindicato dos Médicos jura de pés juntos que existem mais de 500 médicos na folha da Prefeitura. Afinal, qual o número certo?

Mudança

Veja o que publicou no Jornal da Cidade o coleguinha Ivan Valença: “Sabe o que mais se discute em Estância? Mudar ou não os nomes tradicionais de ruas da cidade. É que um vereador pretende trocar por denominações, digamos assim, cristãs, os nomes das ruas do Xixi, do Gato Preto, do Coqueiro, da Merda, do Sangue, da Chapada, do ABC, da Usina e do Penteio Falhado”.

E o aumento?

Alguém aí no governo de Sergipe sabe quando será anunciado o reajuste salarial dos servidores? Com as calças na mão, pois já vendeu o cinto para suprir necessidades básicas, a galera está fazendo promessa até para Santo Expedito. Enquanto isso, o governo segue com a ladainha de que está quebrado e coisa e tal. Vem cá, o que o coitado do servidor tem com isso? Respeite o povo, gente!

Leite do bom

Com matéria-prima de qualidade e emprego de tecnologia de ponta, a Sabe Alimentos se consolida como importante indústria de processamento de leite. Ampla reportagem publicada ontem no Caderno Mercado, do Jornal da Cidade, revela a força econômica da sergipana Sabe Alimentos, que processa 145 mil litros de leite/dia para produzir 15 produtos diferentes. A indústria pertence ao ex-governador Albano Franco e os filhos.

Programa de índio

A rádio Aperipê/AM tem agora um programa de índio. É sério! O ex-cacique Apolônio, da Tribo Xocó, comanda um programa todas as quartas, das 7h45 às 9h. Ele fala sobre as últimas iniciativas da Funai, manda abraços para os conterrâneos e comenta sobre os principais problemas vividos pelos Xocó. Vale a pena ouvir!

Votando vetos

A Assembléia deve apreciar esta semana 12 vetos do governo de Sergipe a projetos aprovados pelos deputados. Eles alcançam proposituras como a que garante gratuidade no transporte coletivo intermunicipais a portadores de deficiências; institui o Programa Meio Primeiro Emprego como política pública permanente; trata do sistema de remuneração dos servidores militares; e altera e acrescenta dispositivos do Estatuto dos Policiais Militares.

Censo de juízes

O Conselho Nacional de Justiça lança hoje o Censo Nacional dos Magistrados. A pesquisa foi criada para definir o perfil dos 17 mil magistrados brasileiros. Um questionário será colocado no site no Conselho na internet e ficará à disposição dos juízes. Eles terão 40 dias para responder as 60 questões relacionadas a assuntos funcionais e pessoais.

Últimos dias

Os candidatos a presidente do PT sergipano só têm esta semana para conquistar novos eleitores. Marcada para domingo próximo, a eleição será disputada pelos deputados federais Rogério Carvalho e Márcio Macedo, além da deputada estadual Ana Lúcia. O candidato independente Denílson Silva desistiu da disputa no último sábado e anunciou apoio a Rogério. Ainda não está confirmada a vinda a Sergipe para votar em Márcio, do governador licenciado Marcelo Déda.

Do baú político

As relações entre o governador Jackson Barreto e o secretário estadual de Justiça, Benedito Figueiredo, nem sempre foram das mais cordiais. Em 2001, os dois travaram uma briga dos diabos na convenção estadual do PMDB, com direito a xingamentos, empurrões e tapas entre os liderados de ambos. Teve até polícia. Contrário ao apoio da legenda ao candidato a prefeito de Aracaju, Marcelo Déda (PT), Benedito venceu a refrega, sendo eleito presidente da executiva sergipana. Jackson, porém, conseguiu que a direção nacional interviesse no partido, nomeando uma comissão provisória. Seis meses depois, ocorreu uma nova convenção, que elegeu Figueiredo presidente, contudo seu desafeto se desligou do diretório estadual. Os dois só voltaram a reatar a velha amizade em dezembro de 2005, quando Benedito e os demais peemedebistas decidiram apoiar a candidatura de Déda para o governo de Sergipe.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários