Cosil e Norcon, a parceria do ano

0

Cosil e Norcon, a parceria do ano

A Cosil e a Norcon anunciaram ontem (23) uma parceria de peso visando a construção de um empreendimento de alto padrão no futuro bairro Jardim Europa, um braço do bairro Jardins, em Aracaju. O Condomínio Clube será edificado em um terreno com 9.101,96 metros quadrados, terá quatro torres com 104 apartamentos de 155,67 metros quadrados e 187,40 metros quadrados. A área total construída será de 31.087,99 metros quadrados e a área privativa de 17.839,43 metros quadrados. Estamos falando de um investimento de R$ 72 milhões. Quem sonha em morar no Condomínio Clube é bom ficar sabendo que os apartamentos terão preço inicial de aproximadamente R$ 650 mil, chegando ao patamar de R$ 1,2 milhão. Trata-se de um empreendimento direcionado para a classe média alta.

Jesus julgado

Os alunos do segundo período de Direito diurno da Universidade Federal de Sergipe resolveram “desarquivar” o processo que condenou Jesus Cristo à morte, há mais de dois mil anos, na Judéia e fazer um novo julgamento do fundador da religião cristã. Distribuíram-se em três equipes: uma de acusadores, outra de defensores e mais outra de juiz e jurados. A idéia é usar argumentos baseados no positivismo jurídico e no direito natural para acusar, defender e decidir. Para o professor Afonso Nascimento, não se trata de julgar o Jesus bíblico, mas o Jesus histórico. O julgamento ocorrerá no dia 29 de outubro, na Didática III, sala 15. Vôte!

Reforma 1

A coluna Periscópio, do Jornal da Cidade, publica hoje (24) a seguinte nota: “A reforma que o governador Marcelo Déda (PT) pretende fazer na sua equipe de governo vai atingir três ou quatro secretarias (ele está em dúvida em relação à quarta, onde há falta de criatividade e mau gosto em quase tudo que faz) e 22 dirigentes de empresas. Déda terá dificuldades para viabilizar as substituições nas estatais e secretarias”.

Reforma 2

Ainda sobre as mudanças que acontecerão no governo, a coluna do JC revela que “o fato de o governador estar pensando em fazer poucas substituições no secretariado não quer dizer que ele esteja satisfeito com muita gente. Na verdade, Déda gostaria de tirar oito secretários, mas a dificuldade para achar substitutos o impede, ao menos por enquanto. Mas, aguarde, novas exonerações virão no decorrer do próximo ano. É só vacilar que o cachimbo cai”. Danou-se!

Efeitos da crise

O principal efeito do agravamento da crise financeira sobre o setor produtivo foi o adiamento dos investimentos, especialmente aqueles ainda não iniciados. Outros problemas como dificuldade de pagamento a fornecedores, demissões, cancelamento de encomendas ou falta de capital de giro para sustentar a produção aparecem em casos isolados. Os indicadores de atividade econômica de outubro já vão registrar os efeitos da crise financeira no dia-a-dia das empresas, mas o impacto será muito menor do que no mercado de crédito. As empresas têm encontrado alternativas, como transferir recursos de investimentos para o capital de giro.

Transposição em livro

O ex-governador João Alves Filho (DEM) está convidando para o lançamento do livro “Toda a verdade sobre a transposição do rio São Francisco”. Será a partir das 19 horas de terça-feira próxima, na Livraria Escariz do Shopping Jardins, em Aracaju. Com prefácio de Ives Gandra da Silva Martins, o livro é assinado por João Alves, Antônio Thomaz Gonzaga da Mata Machado, Apolo Noringer Lisboa, Eduardo Lima de Matos, João Abner Guimarães Jr., João Suassuna, Jorge Khoury, Luiz Carlos da Silveira Fontes, e Manoel Bomfim Ribeiro.

Saúde comprada

O crescimento dos gastos da população com a  saúde, principalmente com os planos de atendimento privados, indicam que o acesso à saúde é para quem pode pagar. Quem pensa assim é o senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE). Dados do IBGE indicam que o número de usuários de planos de assistência médica cresceu 11% de 2000 a 2005. Já a receita das operadoras privadas de planos de saúde passou de R$ 21,8 bilhões para R$ 36,4 bilhões no mesmo período. Com bens e serviços de saúde as famílias brasileiras gastaram R$ 103,2 bilhões, enquanto que a administração pública só gastou R$ 66,6 bilhões.

Feriado antecipado

Não haverá expediente segunda-feira (27) nas repartições públicas do Estado e da Prefeitura de Aracaju. É que o governador Marcelo Déda (PT) e o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) anteciparam o feriado em homenagem ao Servidor Público de terça (28) para segunda. Portanto, se você tem alguma coisa para resolver nas repartições públicas estaduais e municipais, tente fazer isso hoje (24).

Prazo final

Atenção estudante que anda de ônibus: termina no próximo dia 31 o prazo para solicitar a primeira via do Cartão Mais Aracaju Escolar. O serviço de cadastramento, que é feito na SMTT, será retomado em janeiro de 2009. Em caso de perdas, a solicitação de segundas vias continuará sendo realizada. Para se cadastrar, o aluno deve procurar a coordenação da escola em que estuda e preencher o formulário distribuído pela SMTT escolhendo a opção cadastramento.

Rompa o silêncio

O Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef) lançou a campanha Rompa o Silêncio para mobilizar pessoas interessadas em ajudar no combate à exploração sexual de crianças e adolescentes. A proposta é montar um abaixo-assinado via internet e romper o silêncio e a impunidade que cercam o problema. O abaixo-assinado on-line pode ser acessado no site www.unicef.org.br. No portal, as pessoas vão encontrar o link da campanha contra o silêncio. Participe!

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários