Doce ilusão

0

A Copa do Mundo de 2014 está cada vez mais distante de Sergipe, embora o governo acalentasse a idéia de transformar o estado numa sub-sede da competição. Primeiro, se anunciou aos quatro cantos que o Batistão seria transformado numa arena multiuso. Por falta de recursos, o projeto foi engavetado. Depois, o governo alardeou uma parceria para equipar o Dioro Santa Luzia Resort & Convention, na Barra dos Coqueiros, visando usá-lo como Centro de Treinamento de Seleções (CTS), o que não aconteceu. Pois bem, o anúncio feito ontem do primeiro catálogo dos CTS sepultou de vez o sonho de Sergipe receber alguma seleção de futebol em 2014. Do Nordeste, foram contemplados apenas a Bahia e Alagoas. Portanto, aos desiludidos sergipanos só resta comprar passagens para conhecer as sub-sedes da Copa do Mundo em outros estados.

Não abre mão

O presidente do diretório do PSB aracajuano, Elber Batalha, promete recorrer à Justiça para tirar o mandato do deputado estadual Adelson Barreto caso este continue alimentando a idéia de deixar o partido. O parlamentar anda triste com o PSB desde que foi preterido na escolha interna do candidato a prefeito de Aracaju. O dirigente da legenda garante ser um direito de Adelson querer deixar o partido, mas se o fizer perderá o mandato.

Matemática

A educadora paranaense Regina Carboni Alves de Assis estará em Aracaju sábado próximo para fazer palestra no II Encontro Pedagógico Regional Nordeste do Sistema Maxi, a ser realizado no Colégio Jardins. Ela vai falar sobre “Matemática através de jogos e histórias na Educação Infantil e Ensino Fundamental”.

Com lojistas

O candidato a prefeito de Aracaju, Almeida Lima (PPS), é o convidado desta quinta-feira do projeto “Conversando com Lojistas”, organizado pela CDL. O prefeiturável vai apresentar propostas que interessam aos comerciantes e responder perguntas. Depois de Almeida, será a vez de Valadares Filho (PSB), que irá à Câmara de Dirigentes Lojistas no próximo dia 9.

Outra greve

Os policiais federais podem entrar em greve na próxima terça-feira. Os agentes reivindicam do governo a reestruturação da carreira, a discussão de novas políticas salariais e a troca do atual diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra. Até amanhã, os sindicatos estaduais devem definir como irão operar.

Cobrança

O reajuste do piso salarial dos professores foi o principal assunto ontem na primeira sessão da Assembleia. A deputada Ana Lúcia (PT) cobrou informações sobre a audiência que o Legislativo ficou de agendar com o governador Marcelo Déda (PT) para tratar sobre o assunto. Ouviu da presidente da Casa, deputada Angélica Guimarães (PSC), que o pedido de audiência foi protocolado dia 13 passado na Casa Civil, que até agora deu calado por resposta. Que horror!

Condenado

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região confirmou a condenação do ex-prefeito de Propriá, Renato Brandão (PMDB), por prática de improbidade administrativa. Também determinou que a decisão seja comunicada à Justiça Eleitoral, a quem cabe aplicar a Lei da Ficha Limpa. Renatinho teve os direitos políticos suspensos por oito anos.

Tapa na macaca

Cerca de 7% dos brasileiros adultos já usaram maconha pelo menos uma vez na vida. Além disso, mais da metade dos usuários “faz a cabeça” todos os dias. É o que mostra o Levantamento Nacional de Álcool e Drogas, divulgado ontem pela Universidade Federal de São Paulo. A pesquisa indica ainda que a experimentação da maconha ocorre antes dos 18 anos para 62%, da população que já consumiu (ou ainda consome) a droga. Cerca de 37% dos usuários são considerados dependentes da substância.

Bico calado

A Justiça Eleitoral decidiu liminarmente proibir o ex-prefeito de Laranjeiras, Paulinho das Varzinhas, de participar da campanha eleitoral. Ele não pode ter sua imagem ou depoimentos veiculados em peças publicitárias, nem participar de comícios e carreatas. Acusado de improbidade administrativa, Paulinho foi cassado e teve os direitos políticos suspensos. A Justiça também determinou a busca e apreensão de todo o material de propaganda contendo imagens ou referências ao ex-prefeito.

Do baú político

Quando era deputado federal, na década de 60, o ex-governador Lourival Baptista controlava o policiamento de São Cristóvão, sua principal base eleitoral. O tenente que comandava o destacamento prendia e soltava as pessoas seguindo a orientação do parlamentar que, na maioria das vezes, procurava o militar para libertar os eleitores. Certo dia, contrariado com um chefe político do município, Lourival mandou prendê-lo. Foi um Deus nos acuda na cidade. A família do preso se mobilizou e, como votava fechado com o deputado, foi em romaria à casa dele pedir providências. Ao ver tanta gente em sua porta, Lourival mandou chamar o chefe do destacamento, que andava contrariado porque a prometida promoção nunca saia. “Tenente, quem mandou prender meu compadre?”, indagou o parlamentar com cara de inocente. “Foi o senhor, e agora só solto amanhã”, respondeu o sisudo militar, enquanto dava meia volta em direção à delegacia.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais