Dois anos sem nada

0

A administração do prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), completou dois anos sem nada relevante para comemorar. A saúde pública permaneceu precária; embora tenha ficado bem mais caro, o transporte coletivo não melhorou em nada; a educação repete o péssimo exemplo de má gestão de governos passados; e o trânsito da capital piorou por falta de ações para reduzir os congestionamentos. As mirabolantes propostas de campanha, como o moderno sistema de transporte BRT, foram esquecidas pelo prefeito. Em manchete de primeira página, o Jornal da Cidade deste domingo publica que até agora “João cumpriu apenas seis das 25 promessas feitas em campanha”. Sem nada de bom para mostrar aos aracajuanos, o demista insiste em alegar que as dívidas deixadas pelo antecessor o impediram de fazer algo de bom nos últimos 24 meses. Engana-se ele se pensa que vai convencer os aracajuanos com esse surrado e demagógico discurso.

Sem economia

Alegando redução de despesas, o governo de Sergipe extinguiu os cargos de secretários adjuntos, que pagavam líquido aos seus titulares algo em torno de R$ 6 mil. No mesmo projeto, criou as funções de secretários executivos, com salário líquido superior a R$ 8 mil. Onde está a economia?

Fique de olho

Válida desde quinta-feira passada, a nova regra determinando discriminação na nota fiscal ou em local visível dos impostos incidentes sobre os produtos já é cumprida por estabelecimentos comerciais. O consumidor final deve ter a informação dos tributos em termos percentuais ou em valores aproximados. As empresas que não discriminarem os tributos ficarão sujeitas a multas e até interdição do estabelecimento. Fique atento!

Bom de atraso

De um antigo servidor da Prefeitura de Aracaju: “É bom o funcionalismo estadual ir se acostumando com os atrasos de salários. Quando administrou a capital, Jackson Barreto era useiro e vezeiro em atrasar a folha de pessoal”. E o cidadão parece ter razão, pois após as eleições que o reelegeram, o peemedebista já atrasou duas vezes o pagamento dos servidores. Muitos, inclusive, só vão receber a grana referente a dezembro no próximo dia 10.

Mudança no face

A partir do próximo dia 30, o Facebook adotará novas regras relacionadas à privacidade dos usuários e à oferta de anúncios publicitários. A empresa poderá obter mais informações sobre quem a acessa, a partir de dados coletados por produtos que também são do Facebook, como Instagram e WhatsApp. As mudanças, que tornarão a oferta de produtos e serviços mais personalizada, visam melhorar a experiência dos usuários com a rede e garantir maior controle por parte deles.

Na espera

Muita gente ainda aguarda um convite do governador Jackson Barreto para compor o secretariado ou o 2º escalão do governo. Alguns estão de olho nas secretarias do Meio Ambiente, Cultura, e Inclusão Social, que seguem sem titulares. Outros sonham com as direções das fundações, companhias e empresas públicas. Há, inclusive, quem se contente em compor um dos muitos e bem pagos conselhos das estatais. Estão certos em esperar o convite, pois a esperança é a última que morre!

Acertando a posse

Visando definir sua posse como conselheira, a ainda deputada estadual Angélica Guimarães (PSC) se reúne esta semana com Carlos Pina, presidente do Tribunal de Contas do Estado. Ela pode ser empossada nos próximos dias ou deixar para ocupar o cargo após o fim do mandato parlamentar. Esta última hipótese não agrada em nada a suplente Tânia Soares (PC do B).

Novo hotel

Três grupos empresariais de Sergipe, Alagoas e Bahia estudam a viabilidade de construir em Estância um hotel com cerca de 100 apartamentos. Segundo o secretário de Turismo, Sérgio Araújo, a ideia é suprir uma necessidade do município, que deverá inaugurar cerca de 18 novas indústrias nos próximos 20 meses. “Com elas, estão chegando empresários, gerentes, e técnicos de alto nível, que vão preferir se instalar em Estância a ter que se deslocar diariamente para dormir em Aracaju”, explica Sérgio.

Bem na fita

Os policiais receberam bem a indicação do ainda deputado federal Mendonça Prado (DEM) para a Secretaria da Segurança Pública. Segundo Paulo Márcio, presidente da Associação dos Delegados da Polícia Civil, se Mendoncinha tiver independência para escolher a equipe, fará um grande trabalho. O presidente do Sindicato dos Policiais Civis, Antônio Moraesm acha que Mendonça “tem força e prestígio político para enfrentar os corporativismos egocêntricos de setores da SSP”.

Dragão vence

O Confiança começou com o pé direito a Copa São Paulo de Futebol Júnior, derrotando o América por três a zero. O Itabaiana não teve a mesma sorte da equipe proletária e foi surrado pelo São Carlos por três a um. Na próxima quarta-feira, o Confiança enfrenta o Grêmio, enquanto o time serrano vai encarar o Botafogo. Boa sorte aos dois times sergipanos!

Recorte de jornal

Publicado no aracajuano Diário da Manhã em 29 de março de 1912

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais