É proibido proibir

0

Sob o título acima, o jornalista José Sales Neto faz um comentário em que mostra o comportamento de Partido dos Trabalhadores, quando sempre pregou a ditadura, mas utilizou um ato de força ao expulsar quatro dos seus membros, inclusive parlamentares, porque discordaram de atos do Governo. Diz ele: A geração que hoje está no comando do Partido dos Trabalhadores e do governo do país viveu – e em alguns casos até sofreu – nos anos de chumbo da ditadura militar. São pessoas que conheceram como ninguém o valor da democracia e da liberdade de expressão. E mesmo assim eles mantiveram a atitude inquisitória e intolerante de expulsar alguns de seus membros, que não acompanharam o partido no seu novo jeito de encarar o mundo. O chamado núcleo duro do partido, que tem como figuras exponenciais José Genoino e José Dirceu, dois dos que mais sofreram com a ditadura, hoje pregam sistematicamente que o partido tenha uma linha de unidade de ações. Ou seja, que adote um absolutismo incoerente com a democracia que prevê toda uma convivência entre os contraditórios. O ex-governador Leonel Brizola que levou seu partido, o PDT, a romper com o Governo Lula, ironizou o comportamento deste núcleo duro, ao afirmar que este pessoal nada aprendeu com o líder revolucionário Che Guevara, quando ensinava que mesmo ao endurecer, é preciso não perder a ternura. O PT de hoje, que expulsa e não tolera, demonstra seu lado Carcará, o pássaro malvado que “pega, mata e come” e que virou símbolo, através da música de João de Barros, contra um regime perverso. Foi cantada pela doce figura de Nara Leão, que estreou a canção num show chamado Opinião, no Rio de Janeiro, em 1964, juntamente com um grande grupo que misturava sambão, jazz, baladas nordestinas, comentários políticos e bossa nova. No final do show, o grupo fechava declamando a seguinte estrofe: “Podem me bater/ Podem me prender/ Podem até deixar-me sem comer/ Que eu não mudo de opinião”. O que mais incomoda setores da sociedade é que em nenhum momento de sua história o PT demonstrou esta sua tendência ditatorial. Ao contrário, construiu seu discurso sempre pregando a ampla discussão, a multiplicidade de pensamentos e a conquista pela democracia, regime que permitiu que, através das urnas, um partido fundado pelo proletariado chegasse ao poder central num curto espaço de tempo. Pouco mais de 20 anos. Esta e mais outras incoerências e paradoxos são características que marcam, de maneira profunda, a relação do Governo Lula com a população, que há um ano o elegeu para presidente e não está conseguindo raspar a barba com tanta rapidez e nem entendendo direito muita coisa que está sendo feita, e que, pela lógica, deveria estar sendo evitada. Méritos também há. A estabilidade da economia, a condução das políticas monetárias e cambiais e o controle da inflação têm dado a tranqüilidade necessária, para que o país comece a sonhar com o tão esperado e necessário crescimento. Mas outras escorregadas dão a sensação que ainda reina um certo despreparo do PT ao assumir o governo, inflacionando com insensatez uma administração que deveria romper com estruturas viciadas e sinalizar para o novo, onde caibam as aspirações do povo brasileiro e não a continuidade sistêmica daquilo que ninguém agüentava mais. Com a expulsão dos chamados “radicais”, o Partido dos Trabalhadores deu uma lição antidemocrática para a história, igualando seu governo com algumas republiquetas de bananas da América Latina, ao invés de criar fatos que elevem a posição política do país em níveis onde pudesse se posicionar como uma liderança do processo de transformação, que os países em desenvolvimento precisam. Não vai ser com mesquinharia que se vai ao longe. TURISMO O governador João Alves Filho (PMDB) mostrou plena convicção de que Sergipe será uma referência para o turismo nestes próximos anos. Foi no jantar a jornalistas, quinta-feira passada. João desenhou um quadro otimista para o Estado em várias áreas, mas destacou o turismo como um fator determinante para o crescimento de Sergipe. CRÍTICAS O governador João Alves Filho não quis responder a críticas do deputado federal Jackson Barreto (PTB) pela sua viagem a Brasília, quando o ministro do Turismo, Walfrido Mares Guia, visitou Aracaju. Disse apenas que teve de viajar para participar de um encontro com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva: “não poderia faltar”. VIAGEM João Alves Filho viaja para a Europa dia 27 e descansa em alguns paises. Começa por Praga e se desloca para outras cidades. Dia 5 de janeiro o governador estará na Itália para um encontro no Fida, ao lado do secretário do Planejamento, Antônio Carlos Borges. VALERIANO Quinta-feira à noite, antes do jantar com os jornalistas, o governador João Alves Filho recebeu o ainda prefeito de Tobias Barreto, Esdras Valeriano (PFL) e sete vereadores que o apóiam. Foi explicar a situação em sua cidade e que havia ganhado na Câmara, com o empate na votação (7 a 7). E o governador lamentou o que estava ocorrendo. RESTITUIÇÃO A Câmara de Tobias Barreto determinou que o prefeito devolvesse o dinheiro, porque considerou que não houve apropriação, mas desvio de finalidades. Ontem pela manhã, a juíza da comarca acatou a denuncia do promotor e sentenciou o afastamento do prefeito. PEDRINHO Uma empresa de consultoria em marketing político foi contratada para avaliar qual o melhor nome dos aliados do Governo para disputar a Prefeitura de Aracaju. Nenhum era conhecido dos técnicos da empresa… Ainda não havia pré-candidatos, mas um perfil de cada um que fora indicado como tendo chance para disputa. O resultado foi que Pedrinho Valadares (PFL) tinha as melhores condições. ENTREVISTA O núcleo contratado pelo Governo para avaliação política, fez entrevistas com Gilmar Carvalho, Pedrinho Valadares e Susana Azevedo, possíveis candidatos à Prefeitura. Segundo uma boa fonte, o núcleo teria considerado que Pedrinho era um risco e reconheceu que Susana Azevedo tem “muito tesão por eleição”. ORLINHA O prefeito Marcelo Deda (PT) está muito animado com a inauguração da orlinha do bairro Industrial, realizada ontem à noite. Mas é só a primeira etapa. Mesmo assim a oposição critica: “é uma meia-orlinha, porque só chega até o terminal das balsas”. O pessoal acha que deveria ter sido prolongada alguns metros à frente. LAGARTO O prefeito de Lagarto, Zezé Rocha (PTB) está recusando a disputar a reeleição. Está disposto a retomar a sua vida empresarial. O grupo político que o apóia vai esperar mais um pouco e insistir na reeleição. Caso isso seja impossível, um outro nome será indicado. REVEILLON Prefeitura e Governo estão procurando se entender para fazer o reveillon na praia de Atalaia, que pode ser um dos melhores do Nordeste. A Prefeitura já contratou a sambista Beth Carvalho para um show e o Governo colocará cinco trios elétricos e mais 30 minutos de show pirotécnico. CELULAR Um membro do Governo, que trabalha no setor de Segurança, acha que o Governo deve rever a questão dos telefones celulares. Denunciou que existem dezenas de aparelhos celulares, distribuídos com familiares, amigos íntimos, e várias outras pessoas, que usam e abusam das ligações, as quais são pagas pelo Governo. CACHO O secretário da Justiça, Emanuel Cacho, teve uma audiência, ontem, com o ministro da Justiça, Marcio Thomaz Bastos, em Brasília. Foi recebido como presidente do Conselho de Secretários. Cacho entregou uma minuta com reivindicação dos secretários de todo o país, que será repassada ao presidente Luis Inácio Lula da Silva. GLÓRIA Depois de Estância e Propriá, o governador João Alves Filho resolveu transferir o Governo para o Município de Nossa Senhora da Glória, nesta segunda-feira. Não estava nos projetos do Governo essa transferência agora, mas o sucesso de Propriá animou João Alves Filho a ir para o sertão. Notas TURISMO O secretário de Turismo, Pedrinho Valadares (PFL), disse ontem que, pela estrutura que vem sendo montada, não há sinalização de que a Pasta possa ser extinta. Pedrinho acha que ela será até fortalecida, já que o Governo vem trabalhando com muita intensidade para colocar Sergipe como atração turística do Nordeste. Mesmo saindo para disputar o mandato de prefeito da Capital, Pedrinho admite que a Secretaria será mantida, para que o projeto do Governo para o setor turístico seja realizado com a eficiência necessária. ANIMADO O governador João Alves Filho (PFL) ficou animado com o resultado da reforma Tributária, porque conseguiu que o Governo Federal cedesse em muita coisa que o Nordeste reivindicava. Os municípios terão aumento do FPM e o Fundo de Desenvolvimento Regional beneficiará os Estados. A estratégia utilizada pelos senadores que fazem oposição ao Governo foi ameaçar obstruir as sessões plenárias. Como o Planalto precisava aprovar o DRU e o CPMF ainda este ano, terminou cedendo na reforma. CAMPANHA A campanha para a Prefeitura de Aracaju praticamente teve início entre candidatos de partidos vinculados ao Governo do Estado. O deputado estadual Gilmar Carvalho (PV), tem feito duras críticas ao secretário Pedrinho Valadares, que começa a aparecer como um nome certo do PFL para tentar a Prefeitura. Pedrinho ainda está em silêncio, mas é candidato e o seu nome já começa a aparecer nas pesquisas. A deputada Susana Azevedo também está com toda a garra e trabalha como se já estivesse às vésperas do pleito. É fogo A ministra Benedita da Silva desembarca em Aracaju, segunda-feira, para encontro com a área social do Estado. Coincidentemente o governador João Alves Filho estará em Gloria, com o governo itinerante. A senadora Maria do Carmo Alves deve recebe-la… O governador João Alves Filho deixa claro que não dará nenhuma resposta ao deputado federal Jackson Barreto (PTB). O candidato a vereador José Ribeiro (Rola) encontra-se internado no Hospital Santa Isabel, com problemas de diabetes. O secretário da Saúde, Eduardo Amorim, vai oferecer almoço a jornalistas, quinta-feira, no restaurante do Hospital João Alves Filho. Eduardo Amorim, que é filiado ao PFL, disse que não pretende ser candidato a prefeito de Itabaiana, mas preferiu ficar em silêncio quanto a isso ser uma exigência do partido. O prefeito de Pirambu e presidente da Associação dos Municípios dos Vales do Japaratuba e do Cotinguiba, André Moura (PFL) promoveu um almoço de confraternização com os seus colegas. O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Antônio Passos, recebeu ontem a comenda da Ordem Sergipana do Mérito Trabalhista”. O deputado federal Mendonça Prado (PFL) colocou carros de som nas ruas de Aracaju, desejando Feliz Natal a todos. A deputada estadual Celinha Franco (PPS) reuniu mais de 550 idosos para comemorar o Natal. Aconteceu no Clube de Engenharia. O Natal dos Idosos promovido por Celinha Franco foi prestigiado por suas colegas Lila Moura e Susana Azevedo. Os bancários estão promovendo paralizações relâmpagos em razão das demissões em massa que estão ocorrendo no setor. O índice de inadimplência de consumidores e empresas acumula alta de 5,6% em todo o país, segundo dados do Serasa. Por Diógenes Brayner brayner@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais