Educação reprovada

0

Não é justo culpar apenas os professores pela continuidade da greve, que mantém fora das salas de aula cerca de 170 mil estudantes. A insistência do governo em não atender, ao menos, parte da pauta reivindicatória da categoria só fortalece o movimento paredista. Aos que se apressam em incriminar os educadores pela paralisação, vale lembrar que estes não são responsáveis pela situação caótica da educação pública. O Executivo não diz, mas a sociedade sabe como é periculoso o ambiente escolar. O professor convive diariamente com altos índices de violência e até assédio moral, além de sofrer pela impotência de não conseguir melhorar o nível da educação. Portanto, além dos 13% de reajuste reivindicados pela categoria, a greve também objetiva chamar a atenção do governo para a urgência em, ao menos, diminuir a grave crise instalada nas escolas públicas de Sergipe. Sem isso e mesmo com toda a dedicação dos professores, é praticamente impossível melhorar o vergonhoso Índice de Desenvolvimento da Educação Básica.

Servidor protesta

O Sintrase está convidando os servidores estaduais para uma manifestação hoje à tarde, em frente da Assembleia. O ato visa marcar a passagem dos 11 meses da aprovação pelo Legislativo do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV). Os servidores se queixam pelo fato de, durante todo esse tempo, não terem sido contemplados com um reajuste salarial. Para nega o aumento, o governo argumenta simplesmente que as despesas com a folha estão no limite da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Dou-lhe uma…

Com lance inicial de R$ 10,5 milhões, o Hotel Fazenda Boa Luz vai a leilão no próximo dia 11. Os recursos apurados no pregão visam pagar parte da enorme dívida das empresas de transporte Bomfim, que ultrapassa R$ 80 milhões. Segundo o coordenador de leilões, juiz do trabalho Antônio Francisco de Andrade, já passa de mil o número de processos judiciais contra o grupo empresarial.

Namoro acaba

Acabou o namoro entre DEM e PTB. Na última hora, os dois partidos desistiram da anunciada fusão. Segundo os petebistas, a culpa pelo rompimento foi dos demistas, que exigiram 60% dos cargos do diretório nacional da nova sigla. O DEM nega a exigência e revela que o impasse foi em relação à quantidade de votos necessários para tomar as decisões dentro da executiva do partido que seria criado com a fusão.

De volta

O deputado estadual Venâncio Fonseca (PP) deve reassumir o seu mandato amanhã. Ele já retirou o colete e está pronto para os debates no Legislativo sergipano. Fonseca capotou o carro em fevereiro deste ano, quando se dirigia para o município de São Domingos, no interior de Sergipe. Por conta deste acidente ficou três meses afastado das atividades parlamentares. A informação é do blog Primeira Mão.

Grana fácil

O Fundo Partidário de maio último rendeu para os 32 partidos políticos mais de R$ 73 milhões. A legenda que recebeu o maior valor foi o PT: quase R$ 10 milhões. Em seguida aparece o PSDB com cerca de R$ 8 milhões, enquanto o PMDB papou a bagatela de R$ 7,8 milhões. Segundo a Lei, as verbas do Fundo Partidário devem ser aplicadas na manutenção das sedes e serviços do partido.

Causa ganha

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação deve devolver aos plantadores de cana de Sergipe 99% dos valores arrecadados indevidamente a título de contribuição para o salário-educação. A decisão é do Superior Tribuna de Justiça. Nesta ação movida pela Associação dos Plantadores de Cana de Sergipe, o governo federal foi condenado a arcar sozinho com a restituição dos valores arrecadados indevidamente. Bem feito!

Crime da merenda

São muito graves as denúncias de fraudes nas licitações para compra de merenda escolar pelas Prefeituras de São Cristóvão e Socorro. Com base em informações e documentos apresentados pelo empresário Célio França, o repórter do SBT, Roberto Carbini, apurou que o esquema criminoso chega a superfaturar o preço da merenda em até 200%. Para participar e perder a licitação, alguns empresários embolsam de 5% a 10% do valor total da concorrência. Um absurdo!

Imposto zero

Os preservativos femininos deixarão de pagar imposto para entrar no Brasil. Os equipamentos para parques temáticos também tiveram a tarifa zerada e deixarão de pagar 20% na importação. A redução do imposto sobre as camisinhas femininas foi motivada pela política de prevenção a doenças sexualmente transmissíveis. Em relação aos parques temáticos, o objetivo é aumentar os investimentos no setor e gerar mais empregos.

Sem festa

A Prefeitura de Lagarto suspendeu os festejos juninos marcados para sexta e sábado desta semana. Para tanto, foi pressionada pelo Ministério Público, que exigiu a realização de licitação para a contratação das bandas. A festa junina iria acontecer no Parque de Exposição Zezé Rocha e seria animada por Danielzinho, Banda Master, Lourival Mendes, Samyra Show, Gil Duarte e Los Guaranis.

Recorte do jornal

Publicado no jornal aracajuano O Republicano em 1º de julho de 1890.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários