Em 10 anos, “quebraram” o Estado de Sergipe

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

A declaração bombástica do governador de fato (não no papel) Jackson Barreto a Ricardo Marques na TV Sergipe viralizou no período natalino nas 

redes sociais.

Um texto pertinente e questionador foi postado pelo ex-deputado federal João Fontes:  “Em 2007, o secretário da fazenda de Deda, o competente e sério Auditor Fiscal Nilson Lima, declarou na ALESE que o Estado tinha 1.300.000,000,00 (hum bilhão e trezentos milhões em caixa ). A afirmação de Nilson foi cumprindo o preceito da constituição estadual que determina ao Secretário de Estado da Fazenda fornecer os dados oficiais das finanças do governo aos deputados estaduais. A pergunta pertinente é: como em 10 anos conseguiram quebrar o Estado, conforme essa declaração bombástica do governador JB?”

Em 2006, no governo de João Alves Filho cada secretaria e entidade da administração estadual se tornara um feudo, onde cada titular da pasta ditava suas "regras da desordem" da desordem administrativa. Déda assumiu  enxugou e colocou ordem. O que se vê em 2017 é o retrato fiel de 2006 com uma diferença: em 2006, João Alves, como governador mandava. Hoje, Jackson é governador de direito, mas de fato o secretariado recebe ordem de outro colega: Almeida Lima.

Para 2018, ainda que os sonhos de novos tempos animem os corações dos brasileiros, em Sergipe há controvérsias, pois no governo do estado cada um impõe a sua própria regra que leva à desordem e confunde os servidores, os usuários dos serviços prestados e todos os sergipanos.

“A quebradeira” dita por Jackson soou como um atestado de incapacidade administrativa. Será que ele terá mesmo coragem de disputar o Senado Federal?

Em Sergipe, a luz no fim do túnel pode ser um carro em marcha a ré.

A oposição vai fazer o mesmo em Sergipe? O PSDB protocolou uma ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) junto ao STF (Supremo Tribunal Federal) contra o governo de Minas Gerais. A ação se dá diante de atrasos no repasse do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) aos municípios mineiros. O Estado é governado pelo petista Fernando Pimentel. Em: https://www.poder360.com.br/justica/psdb-aciona-stf-por-retencao-do-icms-devido-a-municipios-mineiros/

Edvaldo encontrou dívida de R$ 530 milhões? E não denunciou João Alves ao TC e ao MP? Então prevaricou Se o advogado que conduz as finanças da capital sergipana, com qualificações de tantas profissões notáveis, realmente encontrou Aracaju com mais de R$ 530 milhões de dívidas, supostamente deixadas por João Alves Filho sem a correspondente disponibilidade de caixa, há um fato grave que merece ser apurado pelo MP e pelo Tribunal de Contas.

Edvaldo encontrou dívida de R$ 530 milhões? E não denunciou João Alves ao TC e ao MP? Então prevaricou II Se verdadeiras as informações do secretário de finanças de Aracaju, das duas, uma: João Alves Filho teria cometido crime contra as finanças públicas, previsto no art. 42 da LRF, ou o prefeito Edvaldo Nogueira teria prevaricado ao deixar de denunciá-lo ao TC e ao MP.

Edvaldo encontrou dívida de R$ 530 milhões? E não denunciou João Alves ao TC e ao MP? Então prevaricou III A essa altura do tempo, parece que as declarações do advogado versado em finanças públicas soam como tardias ou como uma declaração de que alguém cometeu crime, mas o delito ficou debaixo do tapete da jogatina política, do "é escondendo-se que nóis se protege"?

Esporte e Lazer: aliados reclamam de direcionamento da pasta e exclusão de pedidos Nos bastidores, alguns parlamentares aliados estão chateados porque, a indicação política para uma pasta é normal, mas sempre respeitando os aliados e seus pedidos. Na pasta do esporte e lazer está ocorrendo o contrário. É tudo engavetado e as reclamações são muitas. Chegou a Hora de colocar a secretaria em ordem.

Saulo vieira e Milton Andrade, do Livres de Sergipe também foram selecionados para o RenovaBR Além de Alexandre Vieira e coronel Rocha que o blog já divulgou na semana passada que foram selecionados para o RenovaBR, de Sergipe também estão incluídos Saulo Vieira e Milton Andrade, do Livres, ex-PSL.

O que é O RenovaBR nasceu da vontade de dar voz e espaço político aos cidadãos que nunca tiveram envolvimento partidário, mas querem participar ativamente das decisões que norteiam o país. Para isso, eles estão apostando em nós para trazer mudança, sem focar no político de carreira, mas sim no cidadão comum, facilitando o acesso de todas as pessoas à participação política no Congresso Nacional.

Horas extras irregularmente O blog foi informado que numa empresa estatal tem alguns funcionários que já foram aposentados, mas continuam na ativa. Nada demais se um deles, no interior ( o blog recebeu a ficha financeira) trabalhasse no horário normal das 7h às 13h, mas a empresa paga horas extras indevida. Sem contar que faltam materiais, mão de obra e transporte. No interior tem lugares que passa 15 dias sem água. Em 6 meses recebeu R$ 9.129,09. Não é um caso isolado.

Capela: ex-prefeito denuncia Natal amargo sem 13º O ex-prefeito de Capela, Ezequiel Leite (PR), lamenta que, em pleno Natal, os servidores públicos do município não tenham o direito de celebrar a ceia junto aos seus familiares, com a dignidade que sempre imaginavam.  Segundo Ezequiel a gestão da prefeita Silvany Sukita (PODEMOS) não pagou e nem deu qualquer previsão para o pagamento do 13º salário do funcionalismo.

Desespero Ezequiel disse que muitos servidores de Capela estão lhe procurando, já em tom de desespero, com os salários atrasados e sem perspectivas. “Em Capela adotaram a lei do silêncio. Tem contratado trabalhando três meses para receber. E se falar algo, perde o emprego! A prefeita trata os servidores como seus empregados e estabeleceu o trabalho voluntário, onde eles trabalham e não recebem”. Ezequiel voltou a cobrar uma intervenção dos órgãos fiscalizadores na administração municipal.

Denunciar ao MPE e o TCE Ele entende que os servidores precisam denunciar os descasos que acontecem em Capela. “O Ministério Público e o Tribunal de Contas precisam agir no município. Gastaram uma dinheirama, sem qualquer planejamento, com festas e ostentação e hoje o desemprego reina na cidade, os servidores não recebem, o dinheiro não circula e o comércio capenga. Esse foi um ano muito triste para a nossa cidade. Infelizmente o servidor de Capela terá um Natal amargo sem o 13º salário”.

Fiscalização da vigilância sanitária nos bares da Orla A defensora pública e vereadora, Emília Corrêa (PEN), cobra fiscalização da Vigilância Sanitária de Aracaju. A parlamentar destacou a necessidade de se dar mais atenção aos bares e restaurantes da Orla de Atalaia.

Atenção redobrada Segundo Emília, com a chegada das férias e o verão, a capital sergipana fica mais movimentada, o que exige atenção redobrada na forma de manipulação e conservação dos alimentos e refeições servidos nos restaurantes da Orla, que negociam muitos mariscos.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018                                                                                                                                             

Os dados divulgados pelo Cinform

Gestão de Edvaldo Nogueira é reprovada por 69% dos aracajuanos O Dataform divulgou pesquisa realizada de 11 a 15 de dezembro mostrando 11% dos entrevistados avaliam positivamente a administração Edvaldo Nogueira. A partir dos dados constatados pela pesquisa Dataform, o prefeito da capital sergipana é reprovado de maneira veemente por nada menos que 69% dos entrevistados – o que representa a soma das repostas “Péssimo” e “Ruim”. Como outros 20% dos consultados avaliam o
desempenho de Edvaldo como sendo apenas “Regular”, é possível depreender que atual administração não contempla as expectativas de 89% do eleitorado consultado, restando ao gestor a efetiva aprovação de 11% dos consultados que,somados, avaliam o gestor como “Bom” (9%) e “Ótimo” (2%).

PELO E-MAIL E FACEBOOK                                                                                                                                                                                         

A enquete divulgada pelo site 

                      

Administração de Propriá com míseros 2 votos em enquete O portal Baixo São Francisco Notícias fez uma enquete com os leitores sobre qual o melhor gestor administração de 2017, entre os três prefeitos das cidades ribeirinhas: Porto Real do Colégio (AL), Propriá e Telha, ambas de Sergipe. O resultado foi o seguinte: 1° – Flávio Dias, Telha : 53.8 % (128 votos);2° – Aldo Popular, Proto Real do Colégio: 45.4 % (108 votos) e 3° – Iokanaan Santana, Propriá : 0.8% (2 votos). Chamou a atenção que de mais de 200 votos o prefeito de Propriá teve apenas dois. Algo está errado na administração dele.

PELO TWITTER

www.twitter.com/Frednavarro O Brasil não vai se acabar em 2017. Mas que tentaram, tentaram.

www.twitter.com/igor_bayma Muito se fala do oportunismo, mas o sectarismo é uma desgraça que a nada serve.

www.twitter.com/_rodrigomattos_ Simbólico: Marin vai preso na mesma semana de Maluf. Os dois eram governador e vice de SP juntos na ditadura. Mas, como sabemos, não tem corrupção em governo militar né?

www.twitter.com/Jrobertotgomes Cama quente em manhã fria/acordo cedo para ir à academia/mas fico deitado guardando energia/para, quem sabe, ir lá noutro dia…

www.twitter.com/MichelArbache Pessoal, bloqueiem nas redes (Twitter, Facebook, Google, Youtube etc), sem dar trégua, os seguidores do candidato fascista. Mesmo se derem um "comentário inocente" a favor do fascista. Com ajuda de robôs, eles combinam ataques em manada. Bloqueá-los atrapalha os ataques.

www.twitter.com/Depfmitidieri Temer: “Está mais barato viver no Brasil”.
                                                    Sério isso, presidente?
                                                    Gasolina batendo quase R$5,00, botijão de gás chegando aos R$100,00, energia elétrica sobe toda semana…
                                                    Papai Noel, por favor, leve essa cara p/ morar na Argentina!

Cláudio Nunes no Face e no twitter:

https://www.facebook.com/blogclaudionunes/

 FIM DO NATAL         Luiz Eduardo Oliva

Pois que o NATAL
Vai chegando ao final
Da noite que finda
Promessas feitas
Votos de paz
São ditos ainda.

Afinal
Nasceu Jesus
Para crescer
E morrer na cruz

Mas é só um menino
Tão pequenino
Tão adorado
Na festa cristã

Que é puro contraste
De um Papai Noel
Da festa pagã

E depois a vida
Segue sofrida
Da paz que não vem
Da dor que não acaba

E o poeta sofrido
Acredita na vida
E na sua poesia..

Pois que o natal
Festeja a criança
Que vem de Belém

Que renasce ano a ano
Renovando a esperança
Do ano que vem.

Frase do Dia
“Os direitos do homem já há algum tempo se transformaram numa ideologia que mascara a ausência de um projeto político.” Cornelius Castoriadis, economista e filósofo grego, morreu em 26 de Dezembro de 1997 (n. 1922).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários