Em busca da verdade

0

A Comissão Estadual da Verdade (CEV), instalada ontem em Sergipe, tentará reescrever a história, debruçando-se sobre os fatos lamentáveis ocorridos durante a sangrenta ditadura militar. Os integrantes da CEV terão cumprido seu papel se conseguirem, sem ódio ou revanchismo, esmiuçar os vários incidentes de abuso de poder quando, usualmente, agentes da repressão promoveram prisões, torturas e mortes, num flagrante desrespeito aos direitos humanos. No entender do preso, perseguido político e hoje governador Jackson Barreto (PMDB), a Comissão é um ato em favor da democracia e servirá de alerta para que os crimes praticados pela ditadura nunca mais se repitam, nem em Sergipe nem em qualquer parte do Brasil. Que assim seja!

Deu bode

A Secretaria Estadual da Saúde e a Fundação Hospitalar de Saúde terão que explicar, tintim por tintim, como gastaram os bilhões recebidos do governo federal no período de 2010 a 2014. A determinação é da Justiça Federal, que deseja receber todas as informações dentro de 15 dias. Pelo que determinou o magistrado Edmilson Pimenta, se deixarem de cumprir sua decisão, a Secretaria e a Fundação serão multadas em R$ 10 mil ao dia. Haja correria para juntar tantas cifras em tão pouco tempo.

Recesso afronta

Entre as regalias da classe política a mais exagerada é o recesso parlamentar. Diferente do trabalhador, que labuta de sol a sol e o ano inteiro, os parlamentares registram presenças quatro dias por semana e tiram férias a cada seis meses. Pior é que muitos desses ‘come e dorme’ ainda dizem trabalhar demais. Coitados!

Salvos por um triz

Os adolescentes infratores escaparam por um triz: faltaram apenas cinco votos para a Câmara Federal aprovar ontem a PEC reduzindo a maioridade penal de 18 para 16 anos. Foram 303 votos a favor, quando o mínimo necessário eram 308. Outros 184 deputados votaram contra a Proposta de Emenda Constitucional. Foram registradas três abstenções. Nem precisa dizer que os defensores deste absurdo jurídico estão por aqui com os deputados que votaram contra.

Recado duro

Sem identificar destinatários, o deputado estadual Venâncio Fonseca (PP) mandou ontem um duro recado pelo Twitter: “Pleitear espaço político é legítimo, ético e transparente. O que não é correto é barganhar contratos”. Vixe Maria!

É cedo

Eliane Aquino, ex-primeira dama de Sergipe e atual assessoria do governador Jackson Barreto (PMDB), garante que “eu nunca disse para ninguém que quero ou desejo ser candidata à Prefeitura de Aracaju ou qualquer outro cargo. Mas entendo que o que tiver de ser será”. Segundo ela, “esse é um assunto (eleições municipais) que não tem me interessado muito. Ainda é muito, mas insistem em falar sobre isso”. A informação é do blog Primeira Mão.

Como e dorme

E o presidente da Assembleia, Luciano Bispo (PMDB), se diz satisfeito com “o trabalho” dos deputados estaduais no último semestre. E para provar o que disse, apresentou um pífio relatório de atividades: aprovação de 17 proposições, sendo que outras sete estão tramitando. Realização de seis audiências públicas e concessão de quatro títulos de cidadania, de uma medalha honrosa e a devolução simbólica de mandatos parlamentares cassados em 1864. E foi só!

Ilegalidade

A Câmara Municipal de Aracaju faz uma bobagem atrás da outra. Quer um exemplo: Em 2014, aprovou projeto dando nome a uma avenida que já havia sido batizada em 2004. Localizada no bairro Jardins, a avenida Gentil Barbosa de Jesus virou avenida Hélio de Souza Leão. O vereador Emmanuel Nascimento (PT), autor do projeto aprovado em 2004 homenageando Gentil Barbosa, afirma que, além de errar, a Câmara induziu o prefeito João Alves Filho (DEM) ao erro, pois este sancionou a lei trocando o nome da avenida. Que absurdo!

Trem da alegria

Êta São Cristóvão sem sorte. Pois não é que o novo prefeito Jorge Eduardo conseguiu aprovar na Câmara de Vereadores um projeto lhe autorizando a contratar, sem concurso público, 200 novos servidores. Contrário à imoralidade, o vereador Paulo Júnior garante que o projeto aprovado “é um tapa na cara dos sancristovenses, que não devem concordar com este vergonhoso trem da alegria”. Tá certíssimo!

Mais caro

Desde a meia noite de hoje as passagens de ônibus interestaduais e internacionais estão 7,708% mais caras. Segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres, o reajuste não se aplica ao transporte rodoviário semiurbano, ou seja, que não é de longa distância.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Tribuna em 2 de dezembro de 1931

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais