Espalha-brasas intempestivo

0

É assim que o secretário-geral do PPS em Sergipe, Wellington Mangueira, chama o advogado João Fontes, que sonha em tomar o comando do partido no Estado. Revoltado com as insinuações do “aliado”, Mangueira partiu para o ataque: “Desde que ingressou no PPS, em 2007, ele fez apenas uma filiação. Mesmo assim, lançou-se candidato a prefeito de Aracaju para desistir em seguida. Depois, disse que queria disputar uma vaga na Câmara, teve o apoio do partido, mas novamente recuou para apoiar Vovô Monteiro, que nem do PPS é”, contou Wellington à repórter Kátia Santana, do Jornal da Cidade. Questionado se Fontes poderá assumir a direção do PPS no Estado, Mangueira fustiga: “Ele pode ser um soldado do nosso partido, mas nunca um sargento, que dirá o nosso comandante”. É, as coisas estão mesmo quentes pras bandas do velho PPS. Cruz credo!

Preconceito é crime

Quase metade dos brasileiros (45%) assume que tem preconceito médio ou alto contra gays, lésbicas, travestis ou transexuais. É o que mostra pesquisa feita pela Fundação Perseu Abramo. Os dados também indicam que 25% das pessoas se classificam como homofóbicos, aqueles que têm ódio ou não toleram homossexuais. Desses, 19% admitem uma homofobia média e 6% assumem uma homofobia forte. Que atraso sô!

Abrindo o verbo

E por falar em homofobia, o governo federal pretende que as escolas adotem livros com temática de famílias compostas por homossexuais. A proposta esta no plano de cidadania e direitos humanos de gays, lésbicas e transexuais. As medidas incluem prevenção de homofobia nas escolas, acesso a técnicas de reprodução assistida e transferência de presos travestis para presídios femininos.

Renda informal

A crise vem irrigando as contas da chamada economia subterrânea, que abrange a venda clandestina e ilegal de bens, produtos ou serviços que violam as regras oficiais. O setor viu crescer 13,6% sua participação no Produto Interno Bruto entre setembro e dezembro do ano passado, período em que o Brasil começou a sentir os efeitos da ambulância internacional. Uma das razões desse crescimento é que o setor independe de credito, mais escasso nos meses detectados pela pesquisa. A informação é da Fundação Getúlio Vargas e está publicada hoje no Jornal do Brasil.

Está de volta

O radialista Gilmar Carvalho (PSB) reassumiu ontem uma cadeira na Assembléia Legislativa em substituição à deputada Conceição Vieira (PT), que se licenciou para comandar a Secretaria estadual de Inclusão Social. Carvalho ficou alguns dias fora do Parlamento por conta do retorno de Ana Lúcia (PT), que decidiu entregar a Secretaria, agora dirigida por Conceição. A posse de Gilmar aconteceu ontem em ato simples presidido pela deputada Angélica Guimarães (PSC). 

Dinheiro de plástico 

O número de cartões ativos do Banese Card, o cartão de crédito do Banco do Estado de Sergipe, atingiu no primeiro trimestre de 2009 o total de 292,8 mil unidades de plástico. Isso representa um crescimento de 18,5% em comparação com o primeiro trimestre de 2008 e um índice superior à evolução registrada pelo mercado de cartões de crédito no país no mesmo período, que ficou em 15,4%. Os dados são da Associação Brasileira das Empresas de Cartões. De acordo com a superintendente do Banese Card, Maria Avilete Ramalho, a expectativa do banco é fechar 2009 com 330 mil cartões do Banese Card ativos. 

Seja solidário 

A Secretaria de Assistência Social e Cidadania de Aracaju está realizando uma Campanha de Solidariedade às Vítimas das Chuvas. Dezenas de famílias perderam suas casas e seus bens e estão precisando de ajuda. Os interessados em dar sua colaboração podem doar material de higiene pessoal (sabonetes, papel higiênico, fraldas, escova de dente, creme dental), roupas, calçados, toalhas e lençóis. As doações estão sendo recebidas das 8 às 17h30, na sede da Secretaria, localizada no Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos, na rua Frei Luiz Canolo de Noronha, nº 42, conjunto Costa e Silva.

Enem público 

O Ministério da Educação definiu que o novo Enem passará a ser obrigatório para todos os alunos que concluírem o ensino público a partir de 2010. A prova terá de ser feita para que o estudante receba o certificado de conclusão escolar. Caberá aos Estados estabelecer as regras de uso do novo Enem. 

Fim do prazo

Estudantes do ensino superior interessados em participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) devem se inscrever no programa até hoje (15), pela internet. O programa é destinado a alunos de instituições particulares que não têm condições de arcar integralmente com os custos de sua formação. Para tanto, é preciso que a instituição tenha aderido ao Fies 2009. O financiamento estudantil é operacionalizado pela Caixa Econômica Federal, que financia de 50% a 75% das mensalidades.

Não adianta recusar

Os homens que se recusarem a fazer o exame de DNA para efeito de prova científica de paternidade poderão estar, em breve, admitindo perante a lei ser o pai da criança. Projeto de lei neste sentido foi aprovado ontem hoje pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Como já foi apreciado pela Câmara, para tornar-se lei basta apenas a aprovação dos senadores, em plenário, e a sanção presidencial. A legislação em vigor é omissa no que diz respeito ao procedimento dos juízes na análise de processos de reconhecimento de paternidade quando há recusa do homem em fazer o exame de DNA para efeito de prova.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários