Estamos próximos:“Brasil ame-o ou deixe-o.”Vive-se governo do absurdo

0

 

“A minha surpresa com a direita no poder não é somente com as ideias bizarras, como essa de acabar com o ensino de filosofia e sociologia nas universidades. A surpresa maior é com o despreparo intelectual: tem deles que não abre um livro há décadas. Ou nunca abriram…” Antônio Samarone.

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

O titular deste espaço esperou quatro meses para escrever sobre o governo Bolsonaro, se é que ele existe de fato. Esperou para alguns leitores não pensarem que o blog é radical e é do time do “quanto pior, melhor.” Não, o blog torce para que o Brasil saia do atual marasmo econômico e volte a crescer.

O que se vê hoje não pode nem mesmo se comparar com trapalhadas. Todo respeito ao quarteto Didi, Dedé, Mussum e Zacarias, os trapalhões que deram alegria a milhares de brasileiros. Atualmente outro quarteto, a família Bolsonaro ( Jair, Carlos, Eduardo e Flávio), protagonizam o maior vexame da história do país. Um deles, o Jair,  ainda pensa que é deputado, o cargo é maior do que ele. Suas ações, ao lado dos embates patrocinados pelos filhos com os próprios aliados, mostra que os quatro não têm a dimensão do que fazem.

Geram conflitos como se o Brasil fosse a sala de lazer deles. Não precisa nem de oposição para o quarteto Bolsonaro. Eles próprios geram seus conflitos e esfacelam os aliados.

Ninguém se surpreenda que o próximo slogan do quarteto “Desastrado” seja “Brasil, ame-o ou deixe-o”, inclusive para os próprios aliados.

A frase que foi um slogan da ditadura militar é o retrato do quarteto “Desastrado” que só pensa em seus interesses pessoais. E como Jair não gosta de filosofia e sociologia jamais saberá e colocará em prática a arte de governar de um verdadeiro estadista.

 

 Em respeito aos leitores: o titular deste espaço registra que no 2º turno da eleição 2018 este jornalista não votou em nenhum dos dois projetos. Um que está comprovando na prática que é reacionário e outro que não cabe mais no Brasil de hoje. Sem arrependimento, mas não feliz.

Renovação no diretório estadual do MDB de Sergipe Pela primeira vez em sua história em Sergipe o diretório estadual do MDB terá uma renovação que deve oxigenar, modernizar e trazer novos filiados para o partido. Na sexta-feira, o deputado federal Fábio Reis é o novo presidente e pretende implantar uma gestão de governança moderna ouvindo todos os filiados.

 Foco na saúde E no fim de semana o jornal Correio de Sergipe publicou uma entrevista do deputado estadual Talysson de Valmir, feita pelo jornalista Anderson Christian que mostrou a preocupação do parlamentar com base na Região Agreste com os problemas na área da saúde.

 Foco na saúde II Talysson explicou que é oposição, mas não é do tipo “quanto pior, melhor” e votará “no que for bom para o povo”. Já apresentou um projeto de lei importante garantindo a preferência no atendimento aos pacientes oncológicos em bancos, instituições públicas entre outros. Ele garantiu que já está estudando outras matérias nesta área. “A luta pelo conforto dos pacientes oncológicos é uma das minhas bandeiras.  Facilitar a vida de quem já sofre com uma doença é uma maneira de garantir cidadania plena.

Festa do Caminhoneiro E ao anunciar a programação da 54ª Festa do Caminhoneiro de Itabaiana, o prefeito Valmir de Francisquinho fez questão de destacar que nestes seis anos pagou os salários dos servidores dentro do mês e valorizou as categorias, sobretudo, os professores. Este mês o magistério recebeu o salário dia 22 e agora a Prefeitura está estudando o impacto da regência de classe na folha para melhorar mais ainda os salários.

Sanção da lei que beneficia autistas Nesta segunda-feira (29), o governador Belivaldo Chagas sanciona a Lei n° 32/2019, aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe, que obriga os órgãos públicos e privados a dar preferência no atendimento à pessoa com Transtorno do Espectro Autista – TEA.

 Atendimento preferencial O Projeto de Lei 32/2019 é de autoria do deputado estadual Luciano Pimentel, em conformidade com a Lei Federal nº 12.764/2012, que considera o autismo como deficiência para todos os efeitos legais. A propositura apresentada pelo parlamentar estabelece que os locais em questão fixem uma imagem do laço quebra-cabeça, símbolo mundial da conscientização do Transtorno de Espectro Autista (TEA), nas placas de atendimento preferencial.

 Benefícios Ainda de acordo com o PL, terão preferência de tramitação, que não poderá ser superior a 60 dias, nas instituições estaduais as solicitações de benefícios instituídos por lei para àqueles que nasceram com o TEA.

Canindé: servidores recebem salários atrasados Servidores públicos municipais de Canindé de São Francisco comemoram uma importante vitória da luta sindical: o pagamento dos salários de março de 239 trabalhadores e trabalhadoras, que estavam em atraso há quase um mês. A vitória é fruto da paralisação realizada no último dia  24 pelo Sindiserv Canindé, filiado à Federação dos Servidores Públicos municipais (FETAM Sergipe) e à Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE).

Pagamento começa amanhã, 30 O governo do Estado inicia o pagamento referente ao mês de abril nesta terça-feira (30). Recebem nessa data servidores com vínculo efetivo ativos, aposentados e pensionistas com vencimentos até R$ 3.000. Servidores efetivos do Sergipeprevidência, Ipesaúde, Segrase, Agrese e Secretaria de Educação lotados em escolas recebem integralmente também na terça.

Demais servidores No dia 13, recebem os demais servidores ativos, aposentados e pensionistas cujos vencimentos estão acima de R$ 3.000. Já a quarta parcela do saldo remanescente do décimo terceiro de 2018, será paga no dia 15.

 Pesquisadora lançará biografia do político Euvaldo Diniz Hoje, 29, no Museu da Gente Sergipana Governador Marcelo Déda, às 18h, acontecerá o lançamento do livro biográfico “Euvaldo Diniz: o arrojado”. Trata-se de mais uma produção da historiadora, professora e pesquisadora Josevanda Mendonça Franco.

 Pesquisa A obra conta com uma linguagem clara, direta e  facilmente compreensível. Para a autora, escrever a biografia foi uma tarefa desafiadora e inquietante.   “Quando fui convidada para escrever a biografia de Euvaldo Diniz Gonçalves, confesso que pouco conhecia da vida desse político sergipano”, relembra a autora.  “Ao emergir no trabalho de pesquisa para organizar esta produção biográfica, fui surpreendida pela riqueza de vida familiar, social e política observada pela ótica da história com o reconhecimento dos feitos”, complementa.

Méritos Segundo Josevanda Mendonça Franco, além do filho, irmão, tio afetuoso, marido apaixonado, pai amoroso e presente, amigo fiel, Euvaldo Diniz tem os méritos reconhecidos por conta da sua atividade política, por buscar a melhoria da qualidade de vida dos sergipanos.   “Apesar da curta passagem, deixou-nos um legado de coragem e ousadia, marcas registradas da inquieta personalidade”, revela.

OAB-SE apoia lançamento de livro  A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Sergipe apoia o lançamento do livro: A cidade e o bloqueio judicial de matrícula”, do Juiz de direito substituto do TJDFT, mestrando em Direito Urbanístico pelo Centro Universitário de Brasília – UNICEUB, pós-graduado em Direito Notarial e Registral pelo Damásio Educacional – São Paulo e pela Escola da Magistratura de Sergipe, o sergipano José Gustavo Melo Andrade. O livro será lançado hoje, 29, a partir das 18h30 na Livraria Escariz da Avenida Jorge Amado.

Atuação Antes de ingressar na magistratura do DF, foi juiz de direito e juiz corregedor de cartórios extrajudiciais no Tribunal de Justiça de Rondônia, juiz eleitoral no Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia e advogado em Sergipe. No DF atuou também como examinador de provas orais do CEBRASPE – CESPE/UnB.                                                                                                                                                                   

 Abuso: Juizado de menores e conselho tutelar precisam atuarem E vários leitores já enviaram pedidos ao blog para alertarem o juizado de menores e o conselho tutelar da região para abordarem uma mulher que fica ao lado do estacionamento do supermercado Pão de Açúcar no Bairro Jardins em Aracaju, com uma criancinha. Como não pode entrar no estacionamento ela fica gritando do lado de fora pedindo doações e quando não recebe chega a xingar os clientes. A criança fica exposta durante todo o dia.

 

Conselho de Psicologia prorroga prazo de inscrição para PSS O Conselho Regional de Psicologia de Sergipe – 19ª região fez uma retificação do edital de Processo Seletivo Simplificado nº 001/2019 e entre as alterações prorrogou o prazo para realização das inscrições para o PSS.

Informações O prazo que começou em 15 de abril com término previsto para 30 deste mês, agora os interessados podem se candidatar até 10 de maio de 2019, no horário das 9 às 15 horas, na Rua Osvanda Oliveira Vieira, 128, Bairro Pereira Lobo, Aracaju, Sergipe. Todas as informações estão contidas no edital de retificação aqui.

Saúde em Aracaju Na última quinta-feira, 25, durante a realização do programa “Sergipe no Ar”, com apresentação do jornalista Carlos Batalha na Tv Atalaia, a Secretária Municipal da Saúde de Aracaju, Waneska Barbosa, concedeu entrevista. Na ocasião, a secretária falou sobre as ações desenvolvidas pela pasta na organização para o correto funcionamento, até o planejamento estratégico para o desenvolvimento de atividades.

Medidas A secretária lembrou que uma de suas primeiras medidas foi a realização de processo seletivo, que infelizmente, não teve adesão dos profissionais médicos. Diante disso, além da intervenção do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE) que considerou a contratação por Regime de Pagamento Autônomo (RPA) como modalidade ilegal de contratos com o poder público, provocando um movimento de abandono dos médicos das unidades de atendimento, abandono esse que de acordo com Waneska foi provocado pelo fato da categoria médica não ter aceitado participar do credenciamento para pessoas jurídicas, provocando com isso a desassistência do atendimento à população.

Contrato Mediante aquela situação, explicou a secretária durante entrevista, foi necessário realizar contrato emergencial com o Centro Médico de Trabalhador afim de que a empresa terceirizada realizasse os serviços de escala médica, administração e gerência do Hospital Nestor Piva, na zona norte da capital. “O atendimento na UPA Nestor Piva está funcionamento bem, com a população gostando da eficiência e do trabalho de humanização desenvolvido, além da ampliação do número de atendimentos”, salientou Waleska.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

 

Ricardo Marques no Cidadania Foi confirmada a informação de que o jornalista Ricardo Marques vai se filiar ao partido Cidadania. O profissional da comunicação chega para se somar ao time que quer mudar Sergipe. De saída do Progressistas, Marques contou com o apoio do senador Alessandro Vieira, e sinalizou sua intenção de trabalhar pela renovação política. Com uma forte atuação na Assembleia Legislativa de Sergipe – com quatro deputados estaduais – o Cidadania tem grandes nomes para concorrer já nas eleições de 2020. O grupo segue sob a liderança do senador Alessandro Vieira, atual presidente da sigla no Estado.

Medalha do mérito Diversos profissionais que integram a base da Polícia Civil do Estado de Sergipe foram agraciados com a medalha de Mérito Policial Civil em um evento promovido pela Superintendência da Polícia Civil na tarde desta sexta-feira, 26, no auditório do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe. Na oportunidade, Adriano Bandeira, presidente do Sinpol/SE, e

Um dos homenageados, o delegado André Baronto.

Ênio Nascimento, diretor Jurídico da entidade, também foram homenageados com a mais alta honraria da Polícia Civil aos profissionais que se destacam pelos trabalhos desenvolvidos na instituição.

 Medalha do mérito II Também entre os homenageados o delegado André Pinheiro Baronto. Com um currículo profissional excelente, André fez cursos do FBI em Sergipe  e Brasília, tendo sido o primeiro colocado no curso da Força Nacional de Segurança, realizado no Distrito Federal. Tendo já ocupado cargos de confiança importantes na área da Segurança, é hoje um dos Delegados do DENARC.

 

FNE Sol para Você – Energia sustentável também na sua residência Pelo zap: “Conte com o FNE Sol para o financiamento de projetos residenciais de geração de energia renovável. Dessa forma, você reduz custos com energia elétrica de forma sustentável para o planeta. Público-alvo: Micro e minigeradores de energia elétrica pessoa física, definidos nos termos da Resolução ANEEL nº 482/2012 e suas alterações. Itens financiáveis: Todos os componentes dos sistemas de micro e minigeração de energia elétrica fotovoltaica* ou eólica, bem como sua instalação. Prazos: Até 08 anos, já incluída carência de até 06 meses. Limites:Financiamento de até 100% do valor do investimento, a depender do porte e localização do cliente, com limite máximo de financiamento de R$ 100 mil. Juros e bônus de adimplência: Conforme Resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) nº 4.672, de 26/06/2018 e conforme Lei Federal nº 13.682, de 19/06/2018. Garantias: As garantias serão, cumulativa ou alternativamente: Hipoteca; Alienação fiduciária; Fiança ou aval. ate o limite de R$ 50.000,00. Acesso ao financiamento: Com cadastro e limite de crédito aprovados no Banco do Nordeste, basta apresentar à agência o Projeto de Financiamento ou a Proposta de Crédito.”

 

PELO E-MAIL E FACEBOOK

 Gente Sergipana – Professora Helena Meneses (89 anos). Por Antônio Samarone.

Dona Helena, filha de Dona Branquinha e Seu Zé Goioiô. Minha professora do primário, no Educandário Santa Terezinha, no Beco Novo.

Dona Helena era uma educadora austera, com a palmatória sempre à vista. Nos ditados, a gente tinha que perceber, pelo tom de voz e respiração da professora, se era ponto, dois pontos, exclamação, interjeição ou vírgula. E até ponto e vírgula.

Foi na escola de Dona Helena que aprendi a tabuada. Oito vezes nove, e nove vezes sete, foram os últimos que decorrei. E isso, cantado. Aos sábados, aula extra, era a temida sabatina. Errou, a palmatória cantava. Apesar de um excesso de rudeza, Dona Helena foi uma boa professora. Disciplinadora, só passava quem apreendia.

Na escola de dona Helena não tinha latrina. As necessidades eram feitas no quintal, num mata-pasto. Para evitar que saísse ao mesmo tempo um menino e uma menina, existia uma pedra na mesa dela. Quem saía levava a pedra. O curioso é que a gente chamava a pedra de licença. Professora cadê a licença? Se não está aqui é porque alguém está fazendo as necessidades, espere, respondia ela.

Quase que diariamente chegava uma mãe pedindo para Dona Helena liberar os alunos para acompanharem um enterro de anjo. Poucos meninos escapavam da mortalidade infantil. Só lá em casa foram três, dois do mal de sete dias.

Dona Helena morreu só, num abrigo em Itabaiana. Tentei visitá-la, mas não deu certo. Ao avistar-me, ela baixou a cabeça. Achei que ela ficou constrangida, e recuei. Fiquei de longe, pensando na dureza da vida.

Dona Helena de Branquinha, como era conhecida, foi uma católica praticante, fervorosa. Filha de Maria. Puxava os cantos das missas e organizava as procissões. Não merecia a solidão que teve na velhice. Morreu moça, nunca casou.

Cada um cumpre a sua sina. Foi a senhora que me ensinou a tabuada. Em reconhecimento estou indo ao seu sepultamento, no Cemitério de Santo Antônio e Almas, em Itabaiana.

Descanse em Paz!

PELO TWITTER

 www.twitter.com/ThalesBrandao Os jornalistas estão saindo tarde do meio de comunicação tradicional para se inserir nos espaços digitais. Alguns ainda estão achando que vão criar perfil no Orkut.

 www.twitter.com/ToniBulhoes Imaginem Leonardo Da Vinci, um dos maiores gênios da humanidade, que viveu na Idade Média, vivendo hoje no Brasil, sabendo-se que ele era ao mesmo tempo artista, gay, professor e cientista.

 www.twitter.com/ISMARVIANAPrimeiro, parametrizam investigações levando-se em conta qualidades pessoais de investigados.  Depois, julga-se com base em interesses extraprocessuais. Por último, a sociedade percebe os danos causados por instituições “ad hoc”.

 www.twitter.com/Antonio_Doria  Tem uns ditados populares que mim Lembro no tempo Antigo como esses, Quem se mistura com porcos, Farelos come.  Porco não lembra o tempo que foi Bacorinho.

 

Siga Blog Cláudio Nunes:

 

Instragram

 Facebook

 Twitter

 

Frase do Dia

“Nas pessoas de capacidade limitada, a modéstia não passa de mera honestidade, mas em quem possui grande talento, é hipocrisia.” Arthur Schopenhauer.

 

Comentários