Faça a falha parecer fácil corrigir

0

                                                                              FAÇA A FALHA PARECER FÁCIL CORRIGIR.

                                                                              Preocupe-se em fazer a falha parecer fácil de corrigir, não destrua a possibilidade do acerto.

Você já pensou nisso? Você já imaginou que uma simples palavra de desaprovação pode matar uma ideia, encerrar uma carreira, frustrar um sonho e prejudicar um futuro…? Conta-se que Thomas Alva Edson, o maior inventor do mundo, passou apenas três meses na escola. Por ser uma criança hiperativa, foi de certa forma, devolvida aos seus pais com uma carta a qual ele, sem saber do que se tratava, entregou a sua mãe. Ao ler aquela carta, sua mãe, com lágrimas nos olhos, disse:
–      Meu filho, você não vai mais poder voltar à escola, seu professor diz aqui que você é muito inteligente, muito mais inteligente do que todos os outros alunos, portanto, não há como eles aceitarem mais você lá. A sua presença vai constranger os outros… Mas, como você sabe, eu sou professora, então eu mesma vou educar você. Vamos estudar juntos. Acredite! Vou me esforçar muito para tentar acompanhar o seu ritimo, viu?
Anos mais tarde, sua mãe faleceu e ele, ao arrumar a casa e os documentos da mãe querida, encontra, numa gavetinha, a carta que trouxera há alguns anos passados da escola e, ao lê-la, constatou que aquela história de que era o mais inteligente de todos fora inventada por sua mãe. Na verdade, o que dizia a carta era exatamente o contrário:
–      Minha senhora, seu filho não está acompanhando com atenção as aulas. A cada dia se distancia do resto da turma, é muito dispersivo e nós não temos como fazer para integrá-lo ao processo… Aconselhamos que a senhora mesma o eduque e não o envie mais para a nossa escola.
Pense comigo, com toda honestidade, como você agiria numa situação destas? Será que você seria capaz de, conscientemente, sem jogar a culpa na “zelite”, no sistema, na escola, no professor ou no Papa, fazer o que fez aquela mãe? Você saberia validar este momento, inverter a situação e construir, a partir daí, um novo caminho?
Se sim, parabéns. Se não, pense. Pense no que poderá acontecer.
Aquela mãe fez o certo e construiu o maior inventor que o mundo já conheceu. Foram mais de 1000 patentes registradas durante a sua vida.
Lembre-se: o medo de errar inibe a possibilidade de experimentar, e as grandes conquistas e as grandes invenções são resultantes de muitos experimentos, muitas tentativas, muitos erros e, também, de alguns acertos. É arriscando, falhando,  errando e acertando, que se cria o novo ou se inova o velho. É validando que se constrói e é criticando que se destrói a possibilidade.
PENSE NISSO!

Comentários