Figurinhas carimbadas

0

Os sergipanos já começam a torcer pelos pré-candidatos às eleições de outubro próximo. A grande maioria do eleitorado nem conhece ainda os postulantes, porém isso não será problema. No tempo certo, a propaganda eleitoral gratuita vai apresentá-los como verdadeiros santinhos, recheados de propostas para resolver todos os problemas de Sergipe, quiçá do Brasil. Durante a campanha, teremos um desfile de figurinhas carimbadas prometendo mundos e fundos no rádio e na televisão. E, novamente, os eleitores vão acreditar nas promessas, brigar pelos candidatos e votar neles, na esperança de ver o estado se transformar num paraíso aqui na terra. Nem precisa dizer que passado o pleito, os eleitos decepcionarão mais uma vez, enquanto o povo seguirá reclamando e prometendo se vingar dos demagogos e corruptos nas distantes eleições de 2020.

Trabalho forçado

Os simpatizantes do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) fizeram festa, ontem, para recebê-lo em Aracaju. Centenas de eleitores foram ao aeroporto e depois seguiram para o Iate Cube, onde o pré-candidato falou sobre suas propostas para governar o Brasil. Bolsonaro defende a redução da maior idade para 14 anos, discorda da ideologia de gêneros nas escolas e propõe o trabalho forçado nas penitenciárias: “O preso que não quiser trabalhar, come meio ovo e uma colher de arroz”. Misericórdia!

Faixa invisível

Em várias avenidas de Aracaju já não se vê mais a faixa exclusiva para ônibus. Pior é que, embora a tinta tenha desaparecido do asfalto, os agentes de trânsito seguem multando os motoristas que trafegam pela faixa invisível. Tá certo isso?

Luto

Morreu ontem, aos 91 anos, o médico e ex-prefeito de Aracaju, Cleovansostenes Pereira de Aguiar. O corpo está sendo velado no Cemitério Colina da Saudade, devendo o sepultamento ocorrer hoje à tarde. Médico da saúde pública e professor da Universidade Federal de Sergipe, doutor Cleovansostenes foi nomeado prefeito de Aracaju em 1971, tendo permanecido no cargo até 1975. Descanse em paz!

Banco dos réus

O Tribunal Superior Eleitoral julga, terça-feira que vem, recursos de 11 deputados estaduais, dois federais e nove ex-parlamentares, todos de Sergipe. Eles foram condenados sob a acusação de, entre outras irregularidades, terem se locupletado com as verbas de subvenção da Assembleia. Transformados em fichas sujas, todos tentam no TSE limpar os nomes para disputar as próximas eleições.

Os condenados

Terão os recursos julgados pelo TSE os seguintes deputados e ex-parlamentares sergipanos: Francisco Gualberto, Antônio Passos, Conceição Vieira, Arnaldo Bispo, Luiz Garibalde, Augusto Bezerra, Gilson Andrade, Zezinho Guimarães, Mundinho da Comase, Venâncio Fonseca, Gustinho Ribeiro, Jeferson Andrade, Angélica Guimarães, Susana Azevedo, Zeca da Silva, Adelson Barreto, Luiz Mitidieri, Paulinho das Varzinhas, Maria Mendonça, João Daniel, Capitão Samuel e José Franco.

Bloco nas ruas

O deputado federal Valadares Filho (PSB) oficializa nesta sexta-feira, a pré-candidatura ao governo de Sergipe. Será durante reunião na sede do partido, em Aracaju. No evento político também deverá ser anunciada a aliança com o PPL, que tem o advogado Henri Clay Andrade como pré-candidato a senador. Resta saber se o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) vai disputar a reeleição.

Chapa pronta

O PSTU já definiu a chapa para o governo de Sergipe. A petroleira e sindicalista Gilvani Alves é pré-candidata a governadora, tendo como vice o operário Djenal Prado. Anteriormente, o partido já havia indicado Vera Lúcia para disputar a presidência da República. Residindo em Sergipe desde criança, a presidenciável do PSTU já se candidatou sem sucesso a vereadora, vice e prefeita de Aracaju, vice e governadora de Sergipe, além de deputada federal. Quem sabe agora ela não se elege!

Carestia condenada

E a senadora Maria do Carmo Alves (DEM) anda preocupada com a carestia causada pelos constantes reajustes dos combustíveis: “Os aumentos desenfreados dos alimentos têm transtornado a vida dos brasileiros, atingindo particularmente os mais pobres”. Ela cobra deste governo temerário alternativas para conter os sucessivos reajustes nos preços dos combustíveis. Certíssima!

Cuspindo no prato

Desde que se mudou de mala e cuia para a oposição, o deputado estadual Gustinho Ribeiro (SD) só enxerga defeitos no governo. Agora deu pra criticar a incompetência do Executivo para conter a violência: “Quando se refere às políticas públicas de segurança e educação, Sergipe é o pior do Brasil”, discursa. Por que cargas d’água, Gustinho não denunciou estas e outras mazelas quando estava no bem bom do governo? Marminino!

Recorte de jornal

Publicado no jornal O Estado de Sergipe, em 31 de maio de 1933

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários