Flor do recesso

0

O disse-me-disse sobre possíveis candidatos a prefeito de Aracaju não passa de uma flor do recesso, que vem a ser o estardalhaço dado à notícia sem muita relevância. Talvez por falta de assunto mais palpitante, a classe política e a imprensa não se cansam de lançar balões de ensaio. A oposição ao prefeito João Alves Filho (DEM) é a mais barulhenta, pois cada partido quer impor seu candidato. O apoio da direção do PSD aracajuano à pré-candidatura de Valadares Filho (PSB) provocou gritaria no PMDB. O PT se apressou em dizer que na disputa pela prefeitura da capital seguirá a orientação do governador Jackson Barreto (PMDB), enquanto o PCdoB abriu os braços para não ser engolido pelos aliados. João Alves segue sem querer falar sobre a própria sucessão, mas é quase certo que não abrirá mão do direito de disputar a reeleição. Quanto à flor do recesso, ela murchará depois do Carnaval, quando a classe política começará a ajustar os entendimentos visando definir as candidaturas majoritárias. Portanto, até bem próximo das convenções, o tom da prosa será o mesmo, embora todos saibam que esse zunzunzum não passa de blá-blá-blá.

Casa de condenados

O presidente da Assembleia, Luciano Bispo (PMDB), insiste em dizer que 16 deputados estaduais foram absolvidos das acusações de mau uso das verbas de subvenção. Foi exatamente o contrário: dos 24 deputados da legislatura passada, 18 foram condenados. Destes, 14 se reelegeram para o Legislativo estadual e dois à Câmara Federal. Ao escamotear a verdade, Luciano tenta esconder que preside uma casa de condenados.

Grana preta

E o Ministério Público Estadual pediu explicações à ex-presidente da Assembleia, Angélica Guimarães, sobre o milionário contrato feito pelo Legislativo com a Rede Ilha de Rádio. Relatório do Tribunal de Contas do Estado, do qual Angélica hoje é conselheira, mostra que, de janeiro de 2003 a julho de 2014, a Rede Ilha recebeu da Assembleia mais de R$ 1,3 milhão. Esta informação foi publicada no Jornal do Dia pelo jornalista Gilvan Manoel.

Olhe a tocha!

Nossa Senhora da Glória será a única cidade do interior sergipana a receber a Tocha Olímpica. A outra Aracaju. O revezamento da tocha na capital sergipana ocorrerá no final do mês de maio, com saída da Colina do Santo Antônio e chegada na Orla de Atalaia. Não é nada, não é nada, não é nada mesmo!

Pique de candidato

Embora já tenha jurado não pretender mais disputar eleições, o ex-governador Albano Franco (PSDB) não perde a pose de candidato. O tucano é presença garantida na maioria dos eventos, numa disposição de fazer inveja a muitos prefeituráveis. Além de ir à maioria dos atos religiosos realizados na capital, Albano prestigia posses e festas populares, como a feijoada promovida, sábado último, pelo Bloco Rasgadinho. Haja pique!

Conta gotas

A maioria dos servidores da saúde de Aracaju ainda não viu a cor do salário de dezembro. Na última sexta-feira, dia 15, a grana só entrou nas contas dos funcionários com nomes iniciados pela letra “F”. A seguir nessa “velocidade”, quem foi batizado com a inicial “W” só vai botar a mão no salário lá para o meio do ano. Uma lástima!

Em busca da cura

Por causa das declarações do prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), de que o BRT já está aí e só os cegos não veem, tem aumentado sensivelmente a procura por médicos oftalmologistas.  As pessoas querem ter certeza de que realmente estão cegas para iniciar o tratamento. Também estaria aumentando a procura pelo romance "Ensaio sobre a cegueira", do escritor português José Saramago, por pessoas que gostariam de saber como é ser cego. Esta espirituosa informação está no blog Primeira Mão.

Inversão de valores

O Sintese está alertando que, ao reajustar somente o salário inicial dos professores com Nível Médio, o governo de Sergipe criará uma situação surreal no magistério brasileiro. Com o reajuste de 11,36, o piso dos educadores de Nível Médio passará para R$2.135,64, portanto, R$ 10 a mais do que o vencimento inicial dos educadores com licenciatura plena, que é R$ 2.125,62.

Greve ilegal

A greve dos servidores do Detran foi considerada ilegal pela Justiça. A juíza Maria da Conceição Santos estipulou multa diária de R$ 5 mil caso a sua determinação não seja cumprida pelos grevistas. O Sindicato da categoria ainda não se manifestou sobre a decisão da magistrada, porém convocou uma assembleia extraordinária para sábado (23), na sede da CUT.

Chove chuva

Desde sábado, chove muito em praticamente todo o estado. As trovoadas encheram aguadas na maioria dos municípios do sertão sergipano. Para alegria dos sertanejos, riachos, como o Jacaré, transbordaram. Em Aracaju as chuvas são menos intensas, mas ajudam a reduzir o forte calor. Tomara que as torneiras do Céu continuem abertas.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã, de 24 de outubro de 1818

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais