Forças armadas defendem a democracia: desespero da família Bolsonaro

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

“Está chegando a hora de tudo ser colocado no seu devido lugar.” Pura verdade dita por Bolsonaro. Está na hora da Constituição ser respeitada e abrir o impeachment para quem defende o fechamento do Congresso, do STF e o retorno da ditadura.

A verdade é que Bolsonaro tocou fogo no Brasil com seus atos e ações insanas e e agora não tem como apagar o incêndio. Está desesperado, confundindo democracia e liberdade de expressão, porque dois filhos dele: Carlos e Eduardo estão com sérios problemas nos inquéritos abertos pelo STF.

É verdade que precisa acabar com essa brincadeira da família Bolsonaro. O Ministério Público Federal afirma que há fortes indícios do crime de lavagem de dinheiro pelo senador Flávio Bolsonaro no período em que era deputado estadual no Rio de Janeiro. Já outro filho, que é vereador no Rio de Janeiro, Carlos, está também com sérios problemas no inquérito da fake News. Sem contar o outro inquérito do STF que apura o financiamento de atos contra a democracia. Ou seja, chegou a hora de acabar com essa brincadeira de misturar liberdade de expressão e democracia com crimes. Lugar de criminosos é na cadeia.

Essa tentativa de aliados de Bolsonaro e dele próprio de intimidar o STF foi um tiro no pé. Os ministros ontem, ao reforçarem a legalidade do inquérito da fake News, mostraram quem realmente defende a democracia.

Bolsonaro está apoiando os transgressores, inclusive os filhos dele. A tábua de salvação da coptação do “Centrão” não resolveu o problema de Bolsonaro.

Bolsonaro tenta falar em democracia, mas queria mesmo que as forças armadas ficassem do lado dele. Caiu do cavalo, as forças armadas defendem e continuarão defendendo a democracia.

Esse é o desespero de Bolsonaro, que como incendiário provocou um incêndio que não tem como apagar mais.

A maioria esmagadora do povo brasileiro quer democracia, paz e liberdade. E todos os atos e ações de Bolsonaro não refletem os anseios do povo brasileiro.


Belivaldo acuado, recua Após forte pressão, nas redes sociais, de católicos de vários lugares do Brasil, o governador Belivaldo Chagas, do PSD, anunciou, no Facebook, através de nota do governo do estado de Sergipe, em resposta ao Instituto Jackson Figueiredo, que “para evitar interpretações divergentes, vai reeditar o decreto retirando a parte do texto que trata de  orientações sanitárias durante o ato de comunhão”.                         

Força dos católicos Os católicos demonstraram uma grande força na defesa do sacramento da Eucaristia, para evitar profanação. No entanto, mais uma vez a arquidiocese de Aracaju permaneceu em profundo silêncio, como sempre. “Onde estão os BISPOS??????”, questionou a leiga Regina Célia Costa. Até o fechamento da edição deste blog, a arquidiocese de Aracaju não havia emitido nenhum comunicado. Será que a arquidiocese está se tornando um puxadinho do governo do estado de Sergipe e da prefeitura de Aracaju em detrimento da defesa da fé católica?

Nota do governo de Sergipe E no Facebook do Instituto Jackson Figueiredo, o governo de Sergipe publicou a seguinte nota: “O Governo de Sergipe informa que as regras sanitárias segmentadas para a regulação das atividades religiosas serão, a partir do protocolo de biosseguranças produzido pela Secretaria de Estado da Saúde, ajustadas para respeito a todo tipo de credo e religião. Esclarece ainda que, para evitar interpretações divergentes, vai reeditar o decreto retirando a parte do texto que trata de orientações sanitárias durante o ato de comunhão.”

Fogo Amigo? E nos bastidores dos corredores do Centro Administrativo da Prefeitura de Aracaju o comentário é que a pré-candidatura de Zezinho Sobral a prefeito tem um mentor: Jackson Barreto que deseja indicar o vice de Belivaldo. Será o fogo amigo, Edvaldo?


Falta de energia em povoado de São Cristóvão Vários leitores enviaram mensagens pelo whatsApp reclamando da falta de energia elétrica por dois dias consecutivos no povoado Aldeia, em São Cristóvão. A reclamação é também porque os canais de atendimento da Energisa “brincam” de ineficiência com os contribuintes. Uma grande burla para o consumidor.

Lagarto: Vereador denuncia superfaturamento na compra de rosas pela prefeita Deu no Xexo Sergipano: Na sessão da Câmara de Vereadores de Lagarto da manhã da última terça-feira, 16, o vereador Alex Dentinho criticou o valor acima da média gasto em compra de flores pela prefeita Hilda Ribeiro para a distribuição no Dia Internacional da Mulher e denunciou um suposto superfaturamento. Alex Dentinho explicou que no dia 6 de março ocorreu uma homenagem às mulheres feita pela Prefeitura de Lagarto. De acordo com o parlamentar, as informações do portal da transparência afirmam que cada rosa distribuída pela prefeita neste dia custou R$ 10. “É a rosa mais cara do estado de Sergipe! Ontem eu pesquisei em algumas floriculturas e a mais cara que eu achei era R$ 7,50. Aqui em Lagarto foram: 16 mil reais, resultando em 1.600 rosas. Está aí no portal da transparência. Prefeita, é assim que a senhora trata o povo de Lagarto?”, questionou.

Itabaiana: obras públicas prosseguem em ritmo acelerado Em Itabaiana, as obras públicas não param, mesmo com todas as demandas a respeito da pandemia do novo coronavírus, que também têm sido atendidas. E a prova disso é que o cronograma de obras da Prefeitura de Itabaiana, através da sua secretaria de Obras, continua a pleno vapor. E como a preocupação com a saúde e a com dignidade do povo é marca da atual gestão, seja em qual for a localidade, o bairro Riacho Doce logo receberá a sua primeira UBS (Unidade Básica de Saúde). “Muito em breve os moradores do Riacho Doce poderão desfrutar de uma saúde de qualidade bem pertinho de suas casas”, destaca o prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho.

Saneamento básico E além da construção do posto de saúde, a comunidade ainda recebe toda uma reestruturação em seu saneamento básico, com a implementação de uma rede de esgoto, que será seguida de pavimentação e ainda a construção de uma avenida na entrada do bairro.Para o prefeito itabaianense, a realidade nas gestões passadas, que relegavam ao esquecimento os bairros mais carentes, já é passado, algo visto pela imensa lista de localidades que já receberam trabalhos efetivos e obras importantes por parte da administração

Combate à violência contra mulher Com o propósito de informar e conscientizar a população sergipana sobre a necessidade de unir forças no combate à violência de gênero, foi aprovado ontem, 17, o Projeto de Lei nº 294/2019, de autoria do deputado estadual Luciano Pimentel, que institui o Dia Estadual para Eliminação da Violência contra as Mulheres e insere a data (25 de novembro) no calendário de eventos do Estado.

Quebra de conceitos “O enfrentamento à violência contra mulher engloba a conscientização e a quebra dos conceitos de posse que fazem o homem acreditar ter direito sobre a vida da mulher. O rompimento dessa visão machista enraizada em nossa sociedade é fundamental no processo de transformação da realidade de tantas brasileiras que são vítimas de violência física, psicológica, moral, sexual e patrimonial”, considerou Luciano Pimentel.

Disque denúncia De acordo com o parlamentar, o crescimento das ligações para o 180 (disque denúncia) durante o período de distanciamento social, quando as pessoas estão passando mais tempo em casa em razão da pandemia novo coronavírus, é um dos indicadores que reforçam a importância do PL como ferramenta de ampliação do debate sobre a violência de gênero. O texto do PL determina ainda que caberá ao Poder Executivo intensificar o trabalho de difusão das informações sobre o tema, bem como as ações de mobilização da sociedade e de divulgação e promoção de campanhas de conscientização e eventos para discutir a Política Nacional de Combate à Violência Contra a Mulher.

15ª escola requalificada A Prefeitura de São Cristóvão, através da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizou na tarde  de ontem (17), uma cerimônia simbólica para entregar a requalificação da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Raimundo Francisco dos Santos. Com investimento de R$ 252 mil, a escola que fica no bairro Luiz Alves, foi a 15ª instituição de ensino do município a passar por readequação em sua estrutura física. As mudanças na estrutura ocorreram no período em que os alunos da rede estão sem as atividades presenciais, em decorrência da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). O evento de entrega, inclusive, foi realizado seguindo as recomendações das entidades de saúde.

Ensino qualificado Presente na cerimônia, o prefeito Marcos Santana destacou o trabalho que tem sido desenvolvido pela Secretaria de Educação nos últimos anos, através de ações que visam garantir aos alunos do município um ensino qualificado. “Essa escola foi totalmente repaginada. Com ela, são 15 escolas do município que nós investimos para que houvesse uma melhoria nas condições de trabalho dos profissionais, e para que os alunos pudessem ter as condições ambientais necessárias para estudar”, ressaltou o gestor.

Hospital de Cirurgia treina colaboradores com tecnologia para combater a COVID-19 Focado em utilizar as ferramentas necessárias de combate e prevenção a COVID-19, o Hospital de Cirurgia iniciou nesta segunda-feira, 15, treinamento com colaboradores da instituição que utilizarão um rodo de desinfecção de ambientes com tecnologia UVC (ultravioleta), desenvolvido e doado pelo Instituto Federal de Sergipe (IFS), que esteriliza pisos contra germes, bactérias e vírus como o novo coronavírus.

Germinicida Estudos comprovam que a radiação ultravioleta tipo C é um potente germicida no combate a microrganismos de vários tipos, contudo, é necessário usá-la de forma adequada – com os equipamentos de proteção individual recomendados, como luvas, óculos com filtro UV, aventais, calças compridas e botas – para obter o efeito esperado sem oferecer riscos. Por isso, a importância de realizar treinamento junto aos funcionários que irão usar o rodo.

Pandemia, Crise Sanitária e Serviço Social Com o tema “Pandemia, crise sanitária e Serviço Social: elementos para pensar a conjuntura brasileira, sergipana e o cotidiano do trabalho”, teve início na noite de terça-feira, 16, o 1º Módulo do Curso “Serviço Social e Crise Sanitária: os reflexos da pandemia no exercício profissional de assistentes sociais em Sergipe”, promovido pelo Conselho Regional de Serviço Social de Sergipe (CRESS Sergipe). O curso foi ministrado pela professora associada da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e coordenadora do Grupo de Estudos Gestão Democrática na Saúde e Serviço Social, Maria Inês Souza Bravo, e pela especialista em Desenvolvimento Econômico Local pela UFS, Ana Carla Andrade Ribeiro, com a mediação da presidente do Cress Sergipe, Dora Rosa.

Sobre o Curso O curso conta com mil inscritos e tem o objetivo de oferecer uma reflexão crítica sobre o exercício profissional do/da assistente social no contexto da pandemia e os principais desafios postos pela conjuntura brasileira. No total serão 5 módulos, realizados em uma plataforma online (Sympla/Zoom). Cada módulo contará com dois facilitadores e um mediador. O próximo módulo acontecerá no dia 25 de junho, com o tema “As implicações da pandemia e do trabalho remoto no exercício profissional em Sergipe”.


PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018                                                       

Curso Online: Direito Processual Civil e ajude o Projeto Somar Do professor Adir Machado: “Estude comigo o processo civil sob o ângulo constitucional e aproveite para ajudar o Projeto Somar, onde nós utilizarmos do Judô para levar esporte e cidadania para as crianças e adolescentes do Marivan, em nossa capital. Os recursos que arrecadarmos será utilizado para complementar os valores necessários à compra dos tatames. Já arrecadamos uma parte na primeira campanha, razão pela qual aproveito para agradecer os colaboradores. Queremos iniciar as atividades tão logo passe a pandemia.”


Servidores e o risco de contaminação De alguns servidores públicos: “Mesmo com a publicação do decreto governamental determinando o afastamento dos servidores dos serviços não essenciais, várias secretarias do governo do estado estão obrigando que os servidores compareçam a seus postos de trabalho, fazendo com que estes fiquem expostos a contaminação do novo coronavírus. A prova disso é o complexo de secretarias da Rua Vila Cristina (Adema, Seagri, Pronese, Cultura, Sedurbs, Setc). Diariamente servidores e terceirizados estão trabalhando no local sem nenhum tipo de prevenção por parte dos órgãos. Cada servidor que se previna, que leve seu álcool e sua máscara. Porque o governador não determina o cadastramento dos servidores do referido complexo para que efetuem os testes de Covid-19? Seria importante para saber quem está infectado e quem já está imune. Os servidores que estiverem imunes volta m aos seus postos de trabalho mais aliviados, e não ficam penando com o medo de pegar a doença e levar para suas casas. Fica a dica!”

Emurb precisa intervir na Avenida Confiança, no Bairro Industrial E o líder comunitário Marcos dos Anjos, do Bairro Industrial, em Aracaju, enviou diversas fotos da situação caótica da Avenida Confiança (trecho da travessa com o mesmo nome), que vem causando grande transtorno e insatisfação de que circula por essa via de grande fluxo. Com a palavra a Emurb. “Na realidade é preciso uma ação afirmativa da Emurb”, disse o líder comunitário.
                             
                                                                                                                                                 
LIVES SERGIPE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO                             

“Reflexões sobre o racismo estrutural” Este é o tema da live que será realizada hoje, 18, às 19h30, com o sociólogo e professor Alexandre de Jesus, convidado do vereador Elber Batalha Filho. Pode acompanhar pelo instragram: @elberbatalha ou pelo facebook: /elberbatalhafilho


 

 

                                                                                                                                                             
“Controle de Constitucionalidade”, live amanhã 19 O Programa “Ministério Público Acadêmico”, iniciativa da Procuradoria-Geral de Justiça, por intermédio da Coordenadoria de Ensino da Escola Superior do Ministério Público (ESMP), realizará amanhã, 19, a partir das 20h, Live com o tema “Controle de Constitucionalidade”. A sexta Live do programa terá a participação do procurador de Justiça, ouvidor do Ministério Público de Sergipe e professor de Direito Constitucional, Carlos Augusto Alcântara Machado.Transmissão nos Instagrams: @mpacademico / @profsandrocosta

                                                                                                                                                               

O WhatsApp Pagamentos é o novo serviço de transferências realizado pelo Facebook Pay Através do recurso, usuários poderão *receber e enviar dinheiro* para amigos e familiares, além de *efetuar pagamentos de produtos e serviços* de empresas no WhatsApp Business. A live desta *quinta-feira, dia 18/06, às 17h*, vai falar sobre o *WHATSAPP PAY*, esse novo recurso de transferência de valores. NÃO PERCA! http://www.instagram.com/sebraesergipe 

 

 

O candidato a presidente do Crea-SE, Abraão Vieira, participa às 19h, nesta quinta-feira, 18, da Live Conheça como funciona o CREA.

 

 

 

 

 

 

 

 



PELO E-MAIL E FACEBOOK

Bomba Banese – Do indicado que poderá ser reprovado pelo BC e uma análise das entranhas do banco através de depoimentos de baneseanos

O indicado à Presidência do Banco do Estado de Sergipe, o Sr. Ademário Alves de Jesus, certamente terá seu nome reprovado para assunção da função pelo Banco Central do Brasil por uma inobservância da Lei Federal nº 13.303/2016. Essa lei trata, inclusive, sob os impedimentos para ocupação em cargos, tal como o de Diretor Presidente do Banco do Estado de Sergipe. O Ex-Secretário da Fazenda, Sr. Ademário, filho do Vereador e Presidente da Câmara Municipal de Carira – o Sr. Valdemar Gomes Alves (Demar da Cutias) – fica impossibilitado de assumir a função de Diretor-Presidente nos seguintes termos da lei por apresentar parentesco em primeiro grau de dirigente estatutário de partido político e de titular de mandato no Poder Legislativo de qualquer ente da federação como contempla a lei:


Pela literalidade da norma legal, o impedimento é consequente sem que ocorra quaisquer possibilidades de que a indicação seja aprovada pelo Bacen. O nível de exigência do órgão fiscalizador aos ritos legais é elevado, o que certamente frustrará o Governador do Estado. O provável impedimento do indicado a presidência do Banco do Estado de Sergipe, traz à tona que o Governador está muito mais que mal assessorado. Várias pessoas com o olhar no próprio umbigo, colocam o nariz de palhaço em Belivaldo. Com a saída do Ex-Presidente Fernando Mota, assumiu o interino – como hoje está – o Diretor de Controle e Relações com Investidores, Sr. Helom Oliveira, onde acredito que uma das atribuições é primar pela obediência das legislações que conduzem a instituição bem como a comunicação com o mercado. Como pode o Presidente interino não aconselhar ao Governador ou aos seus assessores, representantes de Conselho de que o Sr. Ademário não poderia assumir a função de Presidente?

Coloca-se em suspeição a conduta do interino, ao menos que seja atribuída a displicência ao Sr. Ademário que desconhecia tal impedimento, o que enseja que não teria competência de assumir a cadeira. Deveras, não remete nenhuma credibilidade do interino ao Governador Belivaldo Chagas, tal como: ex-presidente Fernando Mota e outros diretores. Uma simples comunicação de cortesia evitaria o embaraço de uma indicação que possuiu repercussão nacional pois já foi veiculado em site de renome do segmento econômico. O sinal de alerta vermelho para o Governador acende, já que se omitiram tais informações, é admissível existir articulações internas ou de bastidores que devem contrariar os interesses do Chefe do Executivo.

O que se sabe é que há partidos dentro do Banco do Estado de Sergipe. Rivalidades que só retrocedem a Instituição. Antes ao ex-presidente Fernando Mota antagonizou a ex-presidente Vera Lúcia, pupila do também ex-presidente João Andrade. O que se comenta nos bastidores é que Fernando e o João são água e óleo. E olha que essa rivalidade não se trata de futebol. Desde o início da gestão de saudoso Déda em 2006, protagonizaram a presidência do Banese, efetivamente: Sr. João Andrade, Dr. Saumíneo Nascimento, Sra. Vera Lúcia e Sr. Fernando Mota. Apenas o segundo presidente tinha sua origem diversa do Banese.

Em se tratando dos caseiros a quem diga que o ex-presidente João Andrade exerce uma grande influência dentro da Instituição. Inclusive com agendas de almoço com alguns diretores do Banco, possivelmente desmontando a gestão de Fernando Mota. Atualmente está na Secretaria de Estado de Inclusão e Assistência Social. Seu vínculo com a Vice-Governadora é forte, Sra. Eliane Aquino (PT). A ex-presidente, Sra. Vera Lúcia, passou um período curto na presidência. Com a possível chancela do ex-presidente João Andrade e a nomeação do então governador Marcelo Déda. Realizou uma gestão conservadora sem muita expressividade.

O recente ex-presidente Fernando Mota é um caso a parte. Só na ultima gestão foram seis anos. Próximo de completar seus 75 anos de idade, pediu demissão, mas o que se sabe é que havia um descontentamento palaciano. As convocações passaram a ser habituais na Assembleia Estadual para explicar suas decisões mal estruturadas e de sua equipe que ainda se faz presente. Essa coluna denunciou várias possíveis ingerências daquela gestão.
Por ironia, o ex-presidente Dr. Saumíneo tem no seu curriculum o maior lucro histórico do banco. Com a origem do Banco do Nordeste, atualmente é Vice-Presidente Institucional da Unit. Tem um grande respaldo com a imprensa, acadêmicos e o empresariado. O fácil acesso ao mercado deve ter implicado nos bons resultados do Banese em sua gestão.

Com o objetivo de colocar alguém de seu quadro, indicou o jovem Sr. Ademário Alves. Com origem no Banco do Nordeste – uma formula que deu certo – contudo o impedimento frustraria o Palácio e o Governador haverá de buscar um nome elegível. Por toda exposição negativa e repercussão a ocorrer pela possível não aceitação do Bacen, só resta ter um nome que expresse uma imagem positiva para o banco frente ao mercado.


PELO TWITTER

www.twitter.com/enioverri Bolsonaro ofende o cargo, sua eleição direta e humilha a sociedade com constantes ameças de rompimento democrático. Definitivamente, sua postura é intolerável e deve ser rechaçada à altura do desprezo que ele tem pela democracia, com o seu definitivo impedimento. Fora, Bolsonaro!

www.twitter.com/renato_fume Bolsominion invadir hospital é fácil, quero ver invadir uma biblioteca…….

www.twitter.com/AntonioSamarone Precisamos encontrar os caminhos para enfrentarmos a pandemia, com informações, ações sanitárias e participação da Sociedade. A prefeitura de Aracaju nos meteu numa armadilha. Vamos sair!

www.twitter.com/alissonhcsouza Uma parte consciente da população foi jogada ao risco. Verdade! Já outra, não sabe que o que virá pela frente. Se o isolamento não funcionou, como a fiscalização dará conta da má conduta de profissionais, empresas e da própria população?


Siga Blog Cláudio Nunes:                 

Instragram

 Facebook

 Twitter



Frase do Dia
“Há muita diferenciação entre regras, que são para o bom funcionamento de um grupo e autoritarismo. Autoritarismo é quando a autoridade acha que o sistema serve à autoridade. Autoridade é um conjunto de regras que eu estabeleço para conviver em conjunto.” Leandro Karnal.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários