Gancho de direita

0

O tucano José Serra levou um gancho de direita no fígado da própria esposa, dona Mônica Serra. A dondoca afirmou que a presidenciável Dilma Rousseff (PT) é a favor de matar criancinhas. A acusação é tão leviana como a que faziam, no passado, contra os comunistas, acusando-os de comerem fígado de criancinha. Para azar da socialite paulista, estamos no século XXI e os brasileiros não se deixam mais iludir por calúnias preconceituosas. Só mesmo achando com o povo é tolo para insinuar que uma cidadã, mãe e avó seja a favor de matar criancinhas. Felizmente, o tiro saiu pela culatra. Para Serra, a reação contrária à infame afirmação de sua mulher pode significar a perda de preciosos pontos nessa reta final da campanha. Foi assim com Ciro Gomes que, ao destratar as mulheres, viu sua candidatura a presidente despencar como uma bola de chumbo.

Pró-Dilma

Os partidos que dão sustentação ao governador Marcelo Déda (PT) promovem hoje uma grande plenária para definir a mobilização em favor de Dilma Rousseff (PT) neste segundo turno. Será a partir as 16h, no Iate Clube de Aracaju. Os organizadores prometem um grande ato para mobilizar os sergipanos em favor da presidenciável petista.

Falta anunciada

O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, coordenador geral da campanha de Dilma Rousseff à Presidência, disse ao Portal IG que a candidata não vai participar de todos os seis debates para os quais foi convidada no segundo turno. “Vamos com certeza no da Globo e em mais alguns, mas ainda não sabemos quais”, disse Dutra. Segundo ele, a rotina de viagens e gravações diárias para o horário eleitoral na TV impede a participação em seis debates. “É impossível. Não tem jeito”, afirmou.

Juntando os cacos

O empresário Adierson Monteiro está tentando reaproximar o deputado federal Albano Franco (PSDB) e o ex-governador João Alves Filho (DEM). O objetivo é que os dois formem em Sergipe o mesmo grupo de apoio ao presidenciável José Serra (PSDB). Albano já disse ao candidato que, de sua parte, não tem problemas em subir no mesmo palanque do demista. Resta saber se os dois se entendem até as eleições.

Canindé na fita

Legal demais a reportagem sobre Canindé do São Francisco, exibida segunda última pelo programa global Ana Maria Braga. A equipe da loura mostrou a variedade da feira livre da cidade, degustou quiabada – que delícia – e fez um tradicional passeio pelo cânion do rio São Francisco, filmou até um casamento realizado na Gruta do Talhado. Vale a pena ver a matéria. O governador Marcelo Déda (PT) postou a seguinte mensagem no twitter: Meus parabéns ao povo de Canindé, ao prefeito Orlandinho e à amiga Silvinha. Mais uma vez a cidade é destaque nacional na Globo-Mais Você.

Morrendo na rua

Os moradores em situação de rua esperam que o próximo presidente aumente a proteção, promova o trabalho e possibilite a aquisição da casa própria para este segmento da população. Além disso, esperam que o futuro governante dê status de lei à política nacional para a população em situação de rua. Outro problema é o número dos assassinatos. Os moradores de rua garantem que “Muita gente faz uma higienização. O comércio não quer aquele morador na sua porta, então paga um segurança particular. E quando alguém vê um morador de rua na frente de casa, a primeira coisa que faz é ligar para a Polícia em vez de telefonar para o serviço social”. Desumano, não?

Votos nucleares

A defesa e o ataque à instalação de uma usina nuclear em Sergipe não renderam votos nas últimas eleições. Albano Franco (PSDB), o primeiro político a defender o investimento no Estado, perdeu a disputa para o Senado, ocorrendo o mesmo com o deputado estadual professor Wanderlê (PMDB) que, desde o princípio, se opôs à usina. Os eleitores preferiram eleger aqueles que apresentaram temas mais palatáveis, ou que distribuíram animais silvestres como araras, micos leão-dourado, onças e até a valiosa garoupa.

Seleção de nomes

Os nove possíveis candidatos para preencher as três vagas disponíveis no Superior Tribunal de Justiça (STJ) serão conhecidos no dia 9 de novembro. A expectativa dos sergipanos é que em uma delas esteja o nome do advogado Carlos Alberto Menezes. O presidente do STJ, ministro Ary Pargendler, marcou uma sessão com os 33 ministros para a escolha de três nomes de cada uma das três listas sêxtuplas enviadas pela Ordem dos Advogados do Brasil. Antes de serem nomeados, os escolhidos ainda passam por uma sabatina na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do  Senado Federal e pela votação do plenário.

Sopa de urubu

A coluna informa que dia 6 próximo acontecerá a feijoada do Botafogo. Vai ser no bar Última Sessão e o acesso ao rega-bofe custa R$ 30. Enquanto os botafoguenses se confraternizam, a torcida do Flamengo anda preocupada mesmo é com a situação do time, que quando não perde, empata. A continuar essa urucubaca, só servindo uma sopa de urubu aquele magote de jogadores come e dorme.

Do baú político

O texto que se segue é do amigo jornalista Luiz Eduardo Costa:

“Silva Lima foi, durante duas décadas, desde que entrou no ar a Rádio Liberdade, o repórter radiofônico e locutor mais popular e sensacionalista de Sergipe. Elegeu-se disparadamente vereador no bojo dessa popularidade.

Mantinha, além de outros, um programa jornalístico diário, o Informativo Cinzano, que era mesmo líder absoluto em audiência. Começava às doze e trinta. Caminhando pelas calçadas, as pessoas podiam acompanhar o informativo que durava menos de dez minutos, naquele estilo ágil do Repórter Esso. Em todas as casas os rádios estavam ligados, sintonizados na Liberdade, geralmente em volume alto.

Aerton Silva, procurador aposentado, pai e avô permanente, dínamo do esporte sergipano, hoje um tanto decepcionado com o nosso futebol, é quem conta: Um dia, estava na Liberdade conversando com o seu pai, o empresário Albino Silva, quando chegou, demonstrando muito nervosismo, o padre João de Deus.

– Seu Albino, o senhor precisa pôr um freio na boca suja de Silva Lima.

Albino Silva tranquiliza o padre puxando para ele uma cadeira, serve-lhe um copo da água mineral Itaperoá, um dos seus empreendimentos, manda buscar um cafezinho, e pede que ele explique melhor o que deseja.

– Seu Albino, Silva Lima falou assim no Informativo Cinzano: E atenção, atenção, muita atenção para esta notícia que chega do Vaticano. O Concílio Vaticano II, ontem reunido, decidiu que os padres vão em breve poder casar-se. Os sacerdotes da Igreja  Católica Apostólica Romana, sem os impedimentos do celibato, já podem então começar logo a namoricar, preparando-se para um futuro casamento.

Mas o pior seu Albino, é que ele terminou a notícia fazendo assim: Quá, quá, quá,..”

Resumo dos jornais

Clique aqui para ler os destaques de capa dos principais jornais do Brasil


 


 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários