Gilmar Mendes mandou às favas os escrúpulos

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Daqui a 20 ou 30 anos uma nova geração de brasileiros deve se perguntar como o atual estágio institucional e deletério de coisas chegou a tal

 ponto. Como os nossos Tribunais Superiores foram tão permissivos e condescendentes com atos atentatórios à Constituição Federal.

Não irá compreender como Gilmar Mendes tornou redivivo o Poder Moderador, à guisa do Brasil Imperial, e virou uma espécie de Cardeal Mazzarino ou um Rasputin. Mas a história não há de reservar ao "Supremo Gilmar" encômios, longe disso.

O lugar de Gilmar é aquele reservado aos conspiradores da República e da Democracia. Seus livros de direito estarão fadados ao esquecimento, a exemplo dos livros de sociologia de FHC.

Talvez ainda repita o seu preceptor e diga: "esqueçam o que eu escrevi". Isso mesmo.  Ele, Gilmar, mandou às favas os escrúpulos.  Gilmar, ao fim e ao cabo, estará ladeado e à sombra de Joaquim Silvério dos Reis. (De um Internauta).

Jucá é um vidente
Gilmar disse com todas as letras que se o TSE tirasse Temer, o MPF produziria uma denúncia contra o Rodrigo Maia e na sequência contra o Presidente do Senado Eunício Oliveira, os dois que estão na linha sucessória da Presidência da República. Maia e Eunício estão encrencados com a lava jato. Noutras palavras, Romero Jucá estava certo: era preciso colocar Temer no poder, porque só assim essa p…. acabaria, com o STF e tudo. Jucá é um vidente. (De um Internauta)

Piada do fim de semana: Ladrão pego com porco nas costas. Tá pensando que isto aqui é o TSE seu merda?
E a piada do fim de semana: Um ladrão é preso com um porco nas costas ao sair do sítio da vítima.Ele perguntou ao policial: como foi que o senhor me prendeu tão depressa? O policial respondeu: o vizinho denunciou, ele viu quando você entrou no sítio da vítima.O ladrão respondeu: então eu tenho de ser solto imediatamente, porque o porco que eu roubei ainda não estava nas minhas costas quando entrei no sítio, portanto não era parte da denúncia quando ela foi apresentada. Então se desconsiderarmos o porco , não temos roubo nenhum.O policial deu uma porrada no meliante, enfiou ele no camburão e disse: tá pensando que isto aqui é o TSE seu merda?!!!

Mercado Albano Franco. Hospital José Franco Sobrinho. Os nomes mudarão?
E a Justiça de Sergipe determinou que sejam retirados os nomes de pessoas vivas em prédios públicos. E o Mercado Albano Franco, a Justiça de Sergipe vai deixar? E o Hospital Regional de Socorro José Franco Sobringo? Que decisão é essa? Dois pesos e duas medidas?

Hospital de Socorro: médicos pediatras pedem demissão. E o desmonte da saúde
E o desmonte da saúde continua na gestão Almeida Lima. No Hospital Regional de Socorro, sete médicos pediatras pediram demissão. Sem falar na falta de maqueiros e recepcionistas terceirizados. A administração foi trocada, com a nomeação de uma enfermeira por indicação política. 

Gilmar Carvalho perde a paciência
Até o deputado Gilmar Carvalho nos últimos dias perdeu a paciência com a gestão de Almeida Lima diante dos fatos. Almeida tentou calar o deputado colocando uma equipe para atender as demandas da saúde solicitadas pelos telespectadores dele no programa Cidade Alerta Sergipe. Em tempo, Gilmar sacou a jogada de Almeida Lima.

Governo entrega material forrageiro e sementes hoje,12
O governador Jackson Barreto dá continuidade às ações de combate aos efeitos da seca e fomento à atividade agrícola hoje, 12, quando visita os municípios de Aquidabã, Nossa Senhora de Lourdes e Itabi para entregar 516 toneladas de material forrageiro e 16,5 mil quilos de sementes, além de títulos de regularização fundiária e adesão ao garantia Sagra. As solenidades têm início às 11 horas, em Aquidabã.

Plano
Em Aquidabã, serão entregues 174,5 toneladas de forragem, que vão beneficiar a 224 produtores da agricultura familiar. O investimento é de R$ 130.679,69. A distribuição de material forrageiro resulta do Plano Detalhado de Resposta aos Efeitos da Seca elaborado pelo governo do Estado e apresentado ao Ministério da Integração Nacional, que destinou R$ 4,6 milhões à aquisição 6.142,5 toneladas de material forrageiro, que serão distribuídos a 7.484 produtores rurais, em 32 municípios.

Oposição à cidade?
Nos últimos tempos, com essa história de pós-verdade e fake News, é comum ver manifestações na internet que não condizem com a realidade. Nada contra a liberdade de expressão. Mas, em alguns casos, a coisa foge de controle e fica claro que é politicagem pura. Um exemplo nesse sentido é a insistência da oposição na Barra dos Coqueiros em atacar a gestão de Airton Martins (PMDB). Eles miram no prefeito, mas acertam o próprio pé.

Bom senso
Claro que não existe administração perfeita e a crítica é normal. Mas a oposição da Barra utiliza as redes sociais para “afirmar” que a prefeitura não faz nada. As urnas, no ano passado, disseram o contrário. O pior é que essa postura prejudica a cidade. Em meio à crise, a Barra dos Coqueiros é exceção, com investimentos e geração de empregos, caso da termoelétrica em construção. Por isso que usar a internet para depreciar a gestão com objetivos eleitorais é uma atitude egoísta dos opositores.

“Pensem na Barra”
O prefeito Airton Martins analisa a situação. “Respeito o papel da oposição, pois já fui oposição. Agora, usar a internet para agredir com mentiras? Dizer que nada funciona na Barra? Aí já é desequilíbrio. Só peço uma coisa: pensem mais na Barra do que em seus projetos eleitorais. Porque esses ataques não prejudicam nossa administração, nosso trabalho funciona na vida real. Mas para quem não conhece nosso município, ver a Barra sendo esculhambada na internet pode afastar investimentos e, com isso, prejudicar o nosso povo”.

Educação Popular em Saúde
O curso de Formação em Educação Popular em Saúde que tem estratégias prioritárias do plano operativo da PNEP-SUS, curso direcionado, sobretudo, à formação de agentes comunitários de saúde (ACS) e agentes de vigilância em saúde (AVS).Na sua 1ª edição, entre os anos de 2013 e 2014, o EdPopSUS1, teve uma duração de 53 horas, envolvendo 9 Unidades da Federação (Piauí, Pernambuco, Ceará, Sergipe, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e Distrito Federal), tendo aproximadamente 19 mil trabalhadores da saúde inscritos.

Apoio
A experiência positiva do curso indicou a importância de sua continuidade e aprofundamento. Tanto o Departamento de Apoio à Gestão Participativa/ Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde (DAGEP/SGEP) como a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio da Fundação Oswaldo Cruz (EPSJV/FIOCRUZ) reafirmaram parceria para a continuidade do processo.Em 2015 foi feito o planejamento da 2ª edição do curso, agora denominado EdPopSUS2, com carga horária de 160 horas, e 7 mil vagas orientadas, principalmente, a ACS e AVS, mas incluindo 30% de vagas para outros profissionais e lideranças comunitárias.

Direitos à saúde
O curso buscou favorecer a atuação dos trabalhadores nos processos de conquista de direitos à saúde da população e no fortalecimento da participação social e acontecerá inicialmente em 13 estados brasileiros: Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Sergipe.O objetivo do curso é o de contribuir com a implantação da PNEPS-SUS, promovendo a qualificação da prática educativa de profissionais e lideranças comunitárias que atuam em territórios com cobertura da Atenção Básica do SUS.

Em SE será finalizado dia 14, quarta-feira
Em Sergipe foi iniciado dezembro de 2016 com a capacitação de educadores e finalizado dia 14 de junho com a realização de uma MOSTRA DE EXPERIÊNCIA, com 300 educandos de diversos municípios do Estados,  momento que , além de propiciar a integração entre as nove turmas, educadores, educandos, gestores e demais parceiros.

Programação
Será realizada em dois momentos o encerramento:
– Dia 13 de junho as 15 horas acontecerá uma reunião com gestores, ministério da saúde e escola Joaquim Venâncio da Fio Crus, educadores e educandos onde discutiremos a continuidade do curso em Sergipe. Onde apresentaremos um plano de intervenção para fortalecer a educação popular me saúde  eo SUS.
– Dia 14 de junho das 9 as 16 horas acontecerá a Mostra na Vivência da UFS do Campus São Cristóvão.Estarão presente  a representante do Ministério da Saúde Sra. Simone Saad Machado Coordenadora-Geral de Apoio ao Controle Social, à Educação Popular em Saúde e às Políticas de Equidade do SUS e da coordenadora do Curso Sra. Vera Joana.

PELO TWITTER

www.twitter.com/BonifacioCartun   Seu grito de #ForaTemer foi prorrogado por tempo indeterminado pelo TSE.

www.twitter.com/diegoescosteguy   Hoje em dia não é mais novidade, mas não custa registrar: haverá fortes fatos nos próximos dias. A crise prossegue.

www.twitter.com/jrobertotgomes   O ser humano tem que acreditar em alguma coisa, nem que seja no horóscopo do jornal…

www.twitter.com/gdoweber   O povo parece que ainda está com ressaca do julgamento do TSE. O negócio parece ter sido bem feio mesmo…

www.twitter.com/LeonardoBoff   O câncer das instituições,da presidência ao TSE virou metástase;o único caminho está no 1ºart.da Const:"todo poder emana do povo."Diretas já.

DO LEITOR

VIATURA DA SEED ATROPELA TRANSEUNTES: A NOTÓRIA FARRA NO USO PARTICULAR DE VEÍCULOS OFICIAIS (VIATURAS)

Facebook de Antonio Moraes,  policial civil escrivão: Veículo Oficial (viatura) da Secretaria de Estado da Educação de Sergipe (SEED), conduzido por motorista embriagado atropelou jovens, na noite de ontem, 10/6, sábado. As informações preliminares foram obtidas através de fotos, áudios e vídeos de populares.
O uso particular de veículos oficiais é um mal em todos os órgãos públicos municipais e estadual. A principal razão disso é a notória existência de uma verdadeira máfia das locadoras. Estas, cujos donos são laranjas de políticos ou de servidores públicos do alto escalão.
Nos contratos de locação de veículos, são contratados um número de veículos bem maior que o necessário. Parte significativa desses veículos são empregados nas atividades particulares dos “servidores motoristas” que, em troca de ter a sua disposição o carro, faz as vezes de empregado doméstico de seu “chefe”.
Nesses contratos superfaturados, muitos veículos são utilizados “a paisana” nas campanhas eleitorais dos aliados da situação. É uma espécie de Caixa 2 de carros para campanhas.
Um influente membro desses (des)governos municipais e estadual confessou a este subscritor que um dos ralos mais eficientes para a corrupção são esses contratos de locação de veículos, pois não são fiscalizados, principalmente porque inclusive órgãos de fiscalização e controle participam dessa balbúrdia.
À disposição da Polícia Civil, por exemplo, que tem um efetivo de aproximadamente 1200 servidores policiais civis, estima-se haver 400 veículos locados permanentemente. É, em média, uma viatura para cada 03 servidores. Será que existem tantas investigações em andamento que exijam esse número gigante de locações. Ou será que tem viatura servindo a fazendas, empresas de segurança, motéis, restaurantes ‘fast food’, ou ainda levando filhos de chefes para escola, para o médico, para o dentista, ou transportando as compras do mês de certos chefes e seus bajuladores mais próximos?
Link do áudio de populares: https://1drv.ms/u/s!As3iD3pB9lq-g8ctZ05pesPkZPTxCw

Cláudio Nunes no Face e no twitter:

https://www.facebook.com/blogclaudionunes/

Frase do Dia
“A hora do encontro. É também, despedida. A plataforma dessa estação. É a vida…” Trecho música Encontros e Despedidas, de Fernando Brant e Milton Nascimento. Fernando Brant, compositor brasileiro, morreu em 12 de Junho de 2015. (n. 1946).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais