Golpe no governo

0

A orientação da Controladoria Geral da União para que as universidades federais não cedam aos executivos professores com dedicação exclusiva foi um duro golpe contra os governos estaduais. Há anos, educadores renomados são requisitados para atuar como secretários e dirigentes de órgãos públicos tendo, a maioria, prestado relevantes serviços aos executivos. Com o impedimento, os governos não poderão mais dispor desta colaboração. Este é o caso do governo de Sergipe, que conta com quase uma dezena de professores, número que certamente cresceria a partir de janeiro. Sem poder dispor mais desse pessoal qualificado, o governador Marcelo Déda (PT) precisará bater em outras portas visando atrair técnicos competentes para o seu próximo secretariado. Convenhamos, não será tarefa fácil, principalmente num Estado onde o conhecimento científico se concentra justamente na Universidade Federal de Sergipe.

 

Título regular

 

Os eleitores que justificaram a ausência de votação nas eleições deste ano têm 60 dias, após o pleito, para regularizar a sua situação no cartório da zona eleitoral em que estão inscrito. É preciso apresentar seu requerimento de justificativa eleitoral pessoalmente ou pelos Correios. O endereço dos cartórios eleitorais pode ser obtido nas páginas dos tribunais regionais eleitorais na internet (www.tre-uf.jus.br).

Figurino certo

 

A Assembléia criou uma comissão temática que é a cara do deputado eleito capitão Samuel, pois vai tratar justamente de segurança. Criada por proposta do deputado André Moura, a nova comissão foi instalada ontem, com a eleição de Mardoqueu Bodano como presidente e Conceição Vieira como vice. Caberá aos seus integrantes discutir sobre os projetos e as demandas relacionadas à segurança pública. Aposta quanto como na próxima legislatura a presidência da Comissão será do capitão Samuel?

 

Batendo palmas

 

Até dezembro próximo, terão passado pelo Aeroporto de Aracaju cerca de 1 milhão de passageiros desde janeiro deste ano. Isso significa um aumento de 33% em relação a 2009. Segundo o presidente da Emsetur, José Roberto, o crescimento do setor este ano em Sergipe foi de 13%, sendo que, em setembro último, o turismo sergipano foi o que mais cresceu no Nordeste. “Nosso grau de satisfação (bom e ótimo) é em torno de 95%. Somos um dos cinco melhores destinos avaliados pelos turistas da TAM Viagens”, festeja o dirigente.

Feira do Sertão

 

Começa hoje e prossegue até domingo em Nossa Senhora da Glória a 6ª edição da Feira do Alto Sertão. Os empreendedores da região terão quatro dias para fazer negócios e conquistar novas parcerias comerciais. Quem visitar a feira terá acesso a 48 estandes, que estarão expondo móveis, jóias, bijuterias, colchões, laticínios, farmácia de manipulação, materiais de esportes, confecções adulto e infantil, celular, moda íntima, motos, cosméticos e perfumaria. O evento é promovido pelo Sebrae Sergipe.

 

Na pindaíba

 

O prefeito de Itabaiana, Luciano Bispo (PMDB), contou à jornalista Aldaci de Souza que é periclitante a situação das finanças municipais. Desde que deixou de receber os repasses do FPM por não ter certidões negativas, a Prefeitura já registra um buraco de R$ 6 milhões. Bispo garantiu que a dívida com a Previdência já foi sanada, mas deixou no ar uma preocupação: a possibilidade de não pagar o 13º dos servidores em dezembro. Isso quer dizer que, ao não honrar seus compromissos, a administração de Luciano pode terminar colocando os coitados dos servidores no SPC.

 

Vendendo mais

 

As vendas de combustíveis em Sergipe (álcool, gasolina comum, GLP, e óleo diesel) tiveram um aumento de 1,92% em setembro último, ante agosto, tendo sido vendidos 64,62 mil metros cúbicos. Em relação ao mesmo mês do ano passado, houve um crescimento de 12%. No acumulado de janeiro a setembro deste ano, comparado com o mesmo período do ano passado, as vendas de combustíveis em Sergipe cresceram 11,05%.

 

Feliz da vida

 

Engana-se quem pensa que o médico Djenal Gonçalves (DEM) está choramingando pelos cantos por ter perdido a disputa para a Câmara Federal. Ele diz que, diferentemente, está muito feliz pelos mais de 7 mil votos. “Fui votado pelos amigos, verdadeiros amigos, que resistiram a todo tipo de promessas e digitaram meu número na urna”, festeja. Cidadão honrado, o médico e ex-deputado federal Djenal Gonçalves foi derrotado pela força das campanhas milionárias.

 

Tá nas ruas

 

Quem passa pela avenida Gonçalo Rollemberg, ali próximo ao GBarbosa, vê logo o outdoor da professora Avilete Cruz, que disputou sem sucesso o governo do Estado. A mensagem é de quem pretende participar de novas disputas: “4.330 votos conscientes e de qualidade. Valeu Sergipe. A luta continua”. Falar na professora, o PSOL a expulsou como havia prometido dias antes das eleições?

 

Acontece!

 

Viu que não é só o Flamengo que perde? O Brasil, com Ronaldinho e companhia, também perdeu ontem para a Argentina. Tudo bem que não foi de goleada, mas perdeu!

 

Do baú político

 

Em Sergipe, a relação entre igrejas católicas, evangélicas, terreiros de candomblé e centros espíritas sempre foi conflituosa obrigando, muitas vezes, o governo a intervir para serenar os ânimos. Em seu livro “História Política de Sergipe”, o professor Ariosvaldo Figueiredo conta que, entre 1927 e1930, o presidente do Estado, Manoel Dantas, fez das tripas coração para não criar problemas com os religiosos. Um exemplo desse clima acirrado ocorreu em 1920. Segundo Ariosvaldo, quando o evangélico Samuel de Oliveira se mudou de Laranjeiras, os católicos fizeram na praça uma enorme fogueira com bíblias protestantes. “Ante ao clarão sacrílego, Fausto Cardoso ironiza, brinca com Samuel: Os padres são teus amigos, quiseram iluminar-te a partida”, relata o professor. 

 

Resumo dos jornais 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais