Guarajuba (BA) – Águas tranqüilas e boa infraestrutura

0

Guarajuba está situada no litoral baiano, na região denominada Costa dos Coqueiros, a 48 km de Salvador e 262 km de Aracaju. Com suas águas esverdeadas, que em determinadas faixas é um convite ao surf e em outras faixas, ao banho tranqüilo; possui águas esverdeadas, áreas de preservação ambiental e boa infraestrura.

Logo que o visitante entra no vilarejo pelo acesso principal, depara-se com condomínios residências fechados, de um lado e de outro da avenida. Percorrendo mais e mais, tem-se a impressão que o local é um grande condomínio limitado à veranistas, mas chega-se a orla principal. O mar esverdeado dar as boas-vindas e logo um garçom convida para se sentar em uma das barracas de praia do calçadão.

É a partir daí que se conhece o melhor de Guarajuba, com sua gente hospitaleira, bom atendimento nas barracas de praia e uma beleza natural que sentencia a contemplação. A praia foi abençoada devido à proteção das barreiras de arrecifes, proporcionando águas cristalinas e mar calmo, que formam piscinas naturais de águas tranqüilas, ideais para o banho de crianças, natação e admiração da fauna marinha nas paredes de corais.

 

Do lado esquerdo do calçadão principal está instalado o tradicional bar do Prefeitinho onde é servido desde moqueca de peixes a acarajés. Há uma boa infraestrura para receber o visitante e a concentração de gente bonita anima os solteiros a ficarem mais um pouquinho. Mas se preferir ficar na faixa de areia, as barracas disponibilizam espreguiçadeiras.

 

O nome do povoado é originário de uma antiga vila de pescadores e no principal ponto da praia, conhecido como Porto de Guarajuba, há uma concentração de pescadores, onde existe um local de beneficiamento de pescado e área de lazer. A concentração de barcos de pesca ancorados nesta áreas cria uma atmosfera poética de vila, principalmente no entardecer e quando a maré está baixa.

 

Mais adiante há uma continuidade do calçadão que corta a faixa litorânea entre as mansões de condomínios e o mar, mas não se acanhe em percorrê-lo. O balneário é bem estruturado e o calçadão vai até o Vila Gale Mares Resort, hoje fechado para reforma, mas que irá abrir a partir de agosto.

 

Em trecho mais adiante da sua orla, situa-se uma praia excelente para a prática de esportes náuticos como surf e windsurf, permitindo ainda a pesca e mergulho, em companhia de pescadores locais, É a conhecida Praia do Surf, muito procurada pelos jovens aficionados desses esportes.

 

Fora do percurso do calçadão, a avenida principal de acesso a orla possui armazéns e lojas de apoio, além de bons restaurantes e a cadeia de lanchonetes Bob’s. Como a palavra Guarajuba vem do tupi-guarani e significa Garça Dourada, referenciando a ave muito comum na região das lagoas, há uma Área de Proteção Ambiental denominada Lagoas de Guarajuba.

 

A região da APA propicia abrigo e alimento à fauna, em especial, a essas aves aquáticas. Por muitas vezes, na orla da praia passa-se bandos de ararinhas e outras aves da região, contribuindo ainda mais para desenhar uma atmosfera contemplativa. 

 

Como o vilarejo é cortado por condomínios residenciais, o acesso aos principais hotéis é feito por guaritas de segurança em áreas bem urbanizadas, com várias praças, bem como ruas largas e pavimentadas, dotadas de muita arborização. Além dos complexos hoteleiros, o acesso se dar também às casas de praia, muitas delas destinadas ao aluguel que variam de R$ 1 mil a R$ 5 mil em baixa temporada até R$ 4 mil a R$ 15 mil em alta temporada.

 

Na estadia no vilarejo, não falta ambulantes vendendo desde cocada baiana a lagostas fresquinhas pescadas na hora. Mas o bom mesmo é sentar em um dos bares da praia e contemplar o mar, pedir uma bebida bem gelada e esperar o tempo passar sem ter pressa. O relógio é utensílio dispensável no vilarejo. Em Guarajuba o bom mesmo é se render ao ócio.

 

Como chegar

 

Guarajuba possui acesso por uma moderna rodovia de quatro pistas conhecida como Estrada do Coco (BA 099). Chegando de avião através do Aeroporto Internacional Deputado Luis Eduardo Magalhães, em Salvador, o visitante tem a opção de alugar um carro ou contratar um dos diferentes serviços de transfers e táxis oferecidos por empresas e meios de hospedagem .

 

Uma empresa oferece linha regular de ônibus seletivo partindo da Estação Rodoviária de Salvador, com escala em pontos do trajeto. Por sua localização estratégica, Guarajuba oferece acesso fácil e seguro a várias outras praias do Litoral Norte baiano, como Arembepe, Itacimirim, Imbassaí, Sauípe, Massarandupió, Conde, Subaúma e o famoso Parque Nacional de Mangue Seco.

 

Partindo de Aracaju de transporte terrestre, há duas opções ou pela Rodovia José Sarney no sentido Salvador, com travessia de balsa, ou pela BR 101 sentido Estância. Se for pela BR 101, percorre-a até Estância e segue pela rodovia Eduardo Magalhães, sentido Linha Verde. Não tem errada.

 

Dicas de Viagem

 

Muitas residências são alugadas nessa temporada do ano por bom preço. Pesquisar na internet é uma boa pedida;

 

Visitar as praias vizinhas também vale a pena.  Em praia do Forte, a apenas 14 Km de Guarajuba, encontra-se o conhecido Projeto Tamar, que luta pela preservação das tartarugas marinhas. Imbassaí, distante 20 Km de Guarajuba, oferece o encontro do rio com o mar formando um cenário incrível. Em Sauípe foi construído o maior empreendimento turístico da Améria Latina, distante 32 Km de Guarajuba.

 

Fotos: Silvio Oliveira

 

Na bagagem

 

Cruzeiro Rodoviário é a nova aposta do Ministério do Turismo para os turistas que gostam de viagens rodoviárias. O primeiro ônibus começa a circular no segundo semestre do ano e circulará pela região Sudeste e visa resgatar o transporte turístico rodoviário.

 

Cada vez mais freqüente restaurantes, pousadas e hotéis do Brasil afixarem a bandeira do arco-íris em suas portas, sinalizando que a galera GLS é sempre bem-vinda. Florianópolis está num dos principais roteiros.

 

Com foco no turismo regional, a 4ª edição do Salão do Turismo começou nesta quarta-feira (1), no Anhembi, em São Paulo, e mantém suas atividades em torno da divulgação e comercialização de roteiros brasileiros até domingo (5).

 

Turistas que procuram conhecer a cidade de Pequim optam utilizar os “rickshaws”, os tradicionais triciclos puxados por uma bicicleta. O passeio, bem popular na cidade, é considerado ideal para explorar os antigos becos pequineses, os “hutongs”.

 

Pelorinho, em Salvador (BA), ganhou iluminação nova, o que redunda em melhores condições do passeio a noite. A renovação da iluminação faz parte revitalização do centro histórico da capital baiana.

 

Gravatá (PE) está sendo um dos destinos procurado nessa temporada de inverno, por apresentar temperaturas amenas e bons restaurantes. Faz parte do roteiro de frio de Pernambuco junto com Garanhuns.

 

 

 Passaporte

 

Praça de São Pedro, no Vaticano – Itália.

 

Suas 284 colunas e 140 estátuas arquitetadas por Benini, que circundam a praça, encontram-se em restauração e vai durar mais de três anos. A obra custará nada mais que US$ 15 milhões.

 

Foto: Silvio Oliveira

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais