Investiguem Amorim

0

A denúncia feita pelo deputado federal Mendonça Prado (DEM) é muito séria para ficar por isso mesmo. Ele escreveu em seu twitter que não discute com o empresário Edvan Amorim porque não é policial, muito menos fiscal da Receita Federal e conclui perguntando “como esse moço se tornou milionário?” Em vez de processar seu detrator, Edvan Amorim foi à imprensa desqualificar Mendonça: “Para mim, ele não significa nada”. Como não? Trata-se de um parlamentar federal que, na condição de ex- concunhado, o conhece muito bem. Surpreendeu também o comportamento de vários deputados estaduais que, em vez de exigirem apuração dos fatos, se perfilaram para defender Amorim. Não tivessem interessados em serem ajudados eleitoralmente pelo acusado, esses parlamentares teriam sido mais cautelosos e cobrariam de Edvan que explicasse melhor a sua frase de que Prado “não tem mais o governo”. Ou, e Mendonça se beneficiou da máquina pública para se eleger? Espera-se que tanto a Receita, quanto a Polícia Federal chamem o feito a ordem e investiguem as entrelinhas das graves acusações feitas pelo deputado e se este mentiu que o empresário o processe.

 

Bem representado

 

O procurador da República Eduardo Pelella é o novo chefe do Ministério Público Federal em Sergipe. Ele ficará à frente do órgão pelos próximos dois anos e tem como substituto o procurador Sílvio Roberto Oliveira Amorim Júnior. A procuradora Eunice Dantas Carvalho continuará atuando nos ofícios de defesa do patrimônio público, voltados ao combate à corrupção e a outros atos de improbidade administrativa. Pelella é um velho conhecido dos sergipanos pela sua forma correta de agir e fidalguia no trato.

 

Viva a Vale

 

Diretores da Vale apresentaram ontem ao governador Marcelo Deda (PT) detalhes do chamado Projeto Carnalita, que prevê a expansão da prospecção de potássio na unidade já instalada da empresa em Sergipe. Os dados apresentados pela mineradora revelam a possibilidade de existência de uma reserva de aproximadamente um bilhão de toneladas de potássio em Rosário do Catete. A implantação desta nova planta de exploração estaria orçada em US$ 1,6 bilhão, com previsão de serem gerados cerca de quatro mil empregos durante o processo de implantação, até 2014. Quando entrar em operação, a nova planta vai garantir 1.100 empregos fixos. Bom demais!

 

Ônibus escolar

 

A secretária de Educação de Estância, Línia Carvalho, está tiririca com o Sindicato dos Professores Públicos porque este denunciou o uso irregular de ônibus escolares daquele município. Ela garante que a denúncia tem cunho político e que os coletivo visto em um shopping de Aracaju transporta estudantes para uma faculdade particular. Alguém precisa dizer à secretária que há uso irregular de ônibus escolar sim. Outro dia, o ônibus escolar cedido pelo governo federal – aquele amarelinho – transportou evangélicos de Estância para Aracaju, onde aconteceu um evento da Igreja Universal do Reino de Deus.

 

Discutindo o PAC

 

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, participa hoje em Brasília, da primeira reunião nacional de trabalho da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento. Ele levou projetos visando captar o maior volume possível de recursos para obras consideradas fundamentais à cidade. Juntas, as propostas que serão apresentadas estão orçadas em R$ 440 milhões. Segundo o prefeito, nesta segunda etapa do PAC, a prioridade será a Zona de Expansão da capital.

 

Ih, sujou!

 

Temendo a pressão popular, os deputados federais aprovaram ontem o  projeto Ficha Limpa, que pune com a inelegibilidade políticos com fichas sujas, aqueles que usam o poder para se locupletar e se esconder de todo tipo de crime. Agora, a matéria vai ao Senado e, pelo andar da carruagem, também será aprovada. Mesmo não valendo para as próximas eleições, o projeto servirá de estímulo para que o eleitor negue o voto aos trombadinhas do erário. Legal!

 

Nas nuvens

 

A demanda por voos domésticos no mês passado teve um crescimento de 23,48% comparado ao mês de abril de 2009. Segundo divulgação feita pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a empresa TAM continua na liderança dos voos domésticos, com 42,13%, seguida da Gol/Varig, que mantém 40,69%. A Webjet ocupa o posto de terceira maior empresa brasileira, com 5,89%, na frente da Azul, que tem 5,56% de participação nos voos domésticos. Em quinto lugar, ficou a empresa Avianca (2,45%) e em sexto, a Trip (2,29%). De acordo com a Anac, as empresas de pequeno porte representam, hoje, 17% do mercado.

Mais grana

 

Vem ai mais dinheiro para investimento. O governo federal prepara medidas para estimular a oferta de crédito de longo prazo na economia. O plano é incentivar o setor privado a atender parte da demanda que hoje é suprida quase que exclusivamente pelo BNDES. Entre as iniciativas avaliadas está a que reduz ou até isenta do pagamento de Imposto de Renda os investimentos em debêntures de prazo superior a cinco anos emitidas pelas empresas.

 

Credenciamento

A Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Aracaju está realizando o credenciamento dos veículos que irão realizar a cobertura do Forró Caju 2010. A solicitação deve ser enviada à Secom até o dia 1° de junho para o email jornalismo@aracaju.se.gov.br.

Dunga acertou

O treinador Dunga acertou na mosca ao não convocar o atacante Adriano para a Seleção Brasileira. Com as suas farras e confusões, o moço só pode jogar mesmo no nosso Flamengo que, em termos de organização, é uma bagunça generalizada. Questionado ontem se, em sendo Dunga, levaria o ‘Imperador” para a Copa, um cidadão saiu-se com essa: “Fosse para um festival de cachaça, eu ia pensar”. Ta certo.

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais