Isso é uma guerra

0

Apesar do elevado número de mortos e contaminados pela Covid-19, ainda tem muita gente achando que essa doença não passa de uma gripezinha. Há os que até entendem a gravidade da pandemia, porém se rebelam contra a necessária quarentena por motivos vários: uns precisam ir às ruas buscar o pão de cada dia, outros estão ficando loucos na clausura forçada e muitos só pensam em salvar os próprios negócios. Estes, em sua maioria, concordam com as ideias malucas do presidente Jair Bolsonaro, para quem a economia deles é mais importante do que a vida dos outros. Por causa dessa falta de consenso, o coronavírus vai ampliando seu raio de ação, fazendo cada vez mais vítimas e provocando o caos na rede hospitalar. O pior é que não conseguiremos vencer essa guerra enquanto o país permanecer tão dividido. Lamentavelmente, vamos continuar chorando as cerca de mil mortes diárias, quando muitas poderiam ser evitadas se o apelo para ficar em casa fosse atendido pela maioria do povo. Só Jesus na causa!

Matando saudades

E quem andava com saudade de Lula da Silva (PT) pôde ouvi-lo, ontem, na rádio Jovem Pan de Aracaju. O “Barba” levantou a bola do prefeiturável petista Márcio Macedo e se queixou do ex-aliado Edvaldo Nogueira (PDT). Lembrou que o pedetista foi eleito prefeito de Aracaju graças ao prestígio do saudoso ex-governador Marcelo Déda (PT) e lamentou que Edvaldo tenha se bandeado para o lado oposto do PT. Lula fez questão de frisar, no entanto, que Nogueira não é um inimigo, mas um adversário. Vixe!

Tá no páreo

O delegado de Polícia Paulo Márcio (DC) não gostou de ter sido comparado a um candidato de mentirinha. Em nota, o homem disse que a sua pré-candidatura a prefeito de Aracaju é pra valer e que não aceita a desconstrução do seu projeto político. Segundo Márcio, quem afirma que ele vai para a disputa municipal pensando em voos futuros “presta um enorme desserviço à democracia”, ao desinformar e confundir o eleitorado”. Então, tá!

Daqui não saiu

Quer ver a vice-governadora Eliane Aquino (PT) injuriada? Pois insinue que ela deseja se mudar para Brasília, onde morava antes de se casar com o saudoso ex-governador Marcelo Déda (PT). A petista afirma acreditar que quem propaga tal insinuação faz isso para, de algum modo, queimá-la. E Eliana põe um ponto final nessa história ao afirmar que “se estou em Sergipe é por escolha minha e do meu filho mais velho”. Ela lembra que hoje, inclusive, já tem um núcleo familiar maior em Aracaju, com a vinda de seus familiares para a capital sergipana. Ah, bom!

Testou positivo

Depois do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), agora foi a vez de a secretária da Saúde de Aracaju, Waneska Barboza, testar positivo para a Covid-19. Em vídeo, ela informou que está assintomática e que fez o exame por uma questão de responsabilidade, pois se encontra à frente do combate ao coronavírus na capital. Mesmo em isolamento social, Waneska permanece comandando as ações desenvolvidas contra a doença na capital. A Secretária aproveitou para pedir às pessoas que fiquem em casa e, se precisar sair, usem máscaras. Certíssima!

Desemprego só cresce

Sergipe chegou ao fim do mês de abril contabilizando grandes estragos provocados pela pandemia do novo coronavírus no mercado de trabalho formal. Segundo os dados do Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged), o estado encerrou os primeiros quatro meses deste ano com um saldo negativo de -9.486 postos de trabalho. Foram 22.445 admissões contra 31.931 demissões. Os números do quadrimestre foram inflados pela Covid-19, que passou a pressionar os resultados econômicos e do mercado de trabalho nos meses de março e, principalmente, abril passado. Misericórdia!

Vade-retro

Dependesse do senador Rogério Carvalho (PT), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já estava do inferno pra dentro. Sempre que pode, o petista desce a madeira no lombo do capitão de pijama fantasiado de soldadinho de chumbo. Segundo o petista, Bolsonaro “sabotou o combate à pandemia desde o início, incentivou pessoas a boicotarem o isolamento social, defendeu a contaminação em massa e ainda ignorou as orientações dos cientistas e da Organização Mundial de Saúde”. Homem, vôte!

Conta gotas

O governo de Sergipe começa a pagar, amanhã, os salários deste mês. A partir das 13h, recebem a grana os servidores com vínculo efetivo ativos, aposentados e pensionistas com vencimentos de até R$ 3 mil. Também bota o salário no bolso o pessoal efetivo do Sergipeprevidência, Ipesaúde, Segrase, Agrese, e todos os servidores da Secretaria da Educação. Quem ganha mais de três “pilas” – dinheirão! – só verá a cor da bufunfa no distante dia 12 de junho. Danôsse!

Mentira deslavada

E o governo de Sergipe desmentiu que pretenda antecipar para junho próximo, os feriados da Independência do Brasil (7 de setembro) e de Nossa Senhora Aparecida (12 de outubro). Espalhada em grupos do aplicativo WhatsApp, a fake news fala de um novo feriadão no estado. E a lorota ainda revela que, como o feriado de Corpus Christi (11 de junho) cairá numa quinta, o governo teria antecipado o 7 de setembro e o 12 de outubro para sexta (12) e segunda (15) do mês que vem visando garantir o feriadão. Marminino!

Cavalo manco

O astrólogo fracassado Olavo de Cavalo Manco está tiririca com o senador Alessandro Vieira (Cidadania). A raiva do mequetrefe é porque o cidadanista apresentou um projeto propondo punição para quem propaga fake news na internet. Por causa disso, o filho de uma égua decrepito gravou um vídeo e distribuiu com seus asseclas chamando Alessandro de comunista. Taí uma coisa que o senador nunca foi, nem jamais será! Aqui pra nós, alguém sabe por que tanta gente que se diz séria defende a divulgação de fake news, mesmo sabendo que isso é crime? Mistééério!

Recorte de jornal

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários