Jackson, Senado e a palavra dada

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Quem leu a entrevista do secretário de Estado de Governo, Benedito Figueiredo ao Jornal da Cidade na edição do último fim de semana teve a compreensão de que em seu conteúdo estava presente a própria manifestação de vontade do Governador.

É que muito embora não conte com a simpatia dos seus colegas secretários de estado, da imprensa e de grande parte do meio político, por diversas razões, o fato é que Benedito parece se entender bem com Jackson, de quem é amigo de longa data.

Duas coisas chamaram mais a atenção da entrevista: a primeira, foi a inserção do nome de Garibalde como um pretenso candidato do PMDB. Note que até então o único nome que se divulgava era o de Zezinho Sobral. Sendo assim, parece que Zezinho Sobral pouco a pouco vem sendo rifado antecipadamente da disputa.

A segunda, é o desejo de Benedito de que Jackson avalie a possibilidade de disputar um mandato eletivo em 2018.

Sobre isso o blog tem posição definida: Não há argumento suficiente que justifique uma mudança de postura de Jackson em relação a essa questão. Ele foi enfático nas diversas entrevistas que concedeu – logo após a vitória de 2014 –  no sentido de que não mais disputaria eleição para cargo público eletivo algum. Aliás, ele recomendou a Valadares, a Albano e a João Alves Filho que fizessem a mesma coisa.

Não bastasse isso, em entrevista a Gilmar Carvalho disse que se ele mudasse de ideia que não votassem nele e que o chamassem de mentiroso.

E ai Jackson, vale a pena correr esse risco? Qual a mensagem que você quer deixar de legado para as novas gerações?

Adema e o tiro no pé. E a rede de proteção da Torre
Incrível como uma empresa presta serviços por mais de 20 anos numa cidade e com o “modus operandi” tão conhecido por muitos, inclusive com várias denúncias na imprensa ao longo dos anos, e agora, porque perdeu um contrato emergencial (e pode retornar ganhando a licitação) de alguns meses “ganha” uma rede de proteção nunca vista em Aracaju.

Lixo está sendo depositado no meio ambiente?
A Adema, de uma hora para outra resolveu fiscalizar os caminhões de lixo. Arrepare Almeida Lima. A pergunta é: e antes, não existia recolhimento de lixo. E mais: o lixo está sendo depositado em área ambiental ou corretamente num aterro sanitário? Se o lixo está  sendo depositado corretamente qual a razão do reboliço? Ou a Adema prefere que a população jogue o lixo nos canais e no mato?

Os arquivos implacáveis
E pelo jeito será preciso reviver o passado e começar a divulgar os “arquivos implacáveis” (como diz Gilmar Carvalho) do lixo em Aracaju. São relatos que viraram piada como os envelopes abertos no calor da chaleira na administração de um prefeito que hoje ainda é autoridade. Devagar, até porque em Sergipe, como diz Albano todo mundo se conhece. E a Torre, no Xadrez, vale mais do que o peão, mas não tem mais força do que o Rei.

Pergunta do lixo que fede
A quem interessa não economizar R$ 8 milhões em seis meses?

E João Alves, não vai ao Bom Dia, nem a TV Atalaia, nem aos programas de  rádios
Um detalhe: o prefeito João Ales Filho foi blindado quando o assunto é problema em Aracaju. E a imprensa parece que não insiste em chamá-lo. Até quando os aracajuanos ficarão sem a palavra do prefeito sobre diversos problemas. Ou só vai falar sobre o aniversário de Aracaju?

De pior a pior

E o advogado Clarkson Moura, mesmo se recuperando de uma intervenção cirúrgica não perde o bom humor e a sagacidade. Mais uma dele: Com a Torre, Aracaju já era uma "torre de babel" em termos de limpeza pública; imaginem com a tal Cavo: vai ser um buraco só, uma vala-comum!

Eduardo Matos continua na Sema. STF abriu prerrogativa para antes de 1988
O STF abriu uma prerrogativa para promotores que entraram no Ministério Público antes da Constituição de 1988, permitindo que possam exercer cargos de gestores no Executivo. Portanto, o secretário Eduardo Matos continua na Sema. Neste caso a sorte foi de João Alves que continuará com um dos melhores auxiliares.

Benefícios palacianos e a PM
O blog agradece a repercussão das notas de ontem sobre os benefícios palacianos e a PM e amanhã, 16, retorna o assunto com mais informações. O assunto não se limita apenas aos capitães, mas aos graduados de baixa patente também.  Detalhes amanhã.

Denúncia de agressão em Itabaiana
Do Facebook do jornalista Carlos Ferreira: “Em apenas uma semana, o mais importante cabo eleitoral do ex-prefeito de Itabaiana e atual deputado Luciano Bispo (PMDB), Carlito Ferreira, conhecido como "Galeguinho da Roupa" se envolveu em dois atos de violência. Depois da invasão a um posto de saúde, causando pânico entre os presentes e de ter saído escoltado pela PM, Galeguinho agrediu verbal e fisicamente o comerciante Eraldo Nascimento, popularmente chamado de ROJÃO, proprietário da DROGARIA PREFERENCIAL.”

Denúncia de agressão em Itabaiana II
E conclui:”Totalmente descontrolado, o cabo eleitoral parou o carro e partiu pra cima do empresário dentro do estabelecimento comercial, chegando a rasgar sua camisa. Após a agressão ainda o ameaçou dizendo: " Da próxima vez será diferente". Segundo o próprio Rojão, não houve motivo para a agressão a não ser o fato de ser aliado do atual prefeito Valmir de Francisquinho , por entender que ele mudou Itabaiana para melhor com obras e ações que beneficiam toda comunidade.Há pouco tempo atrás esse mesmo Galeguinho agrediu fisicamente o também empresário Aírton Maciel, conhecido como "Aírton Neguinho", também por motivação política.” Segundo Ferreira, após a agressão, Galeguinho foi tomar café da manhã, no povoado Queimadas, com o deputado Luciano Bispo.

Boquim
O deputado federal Fábio Reis (PMDB) participou  no último domingo (13) da entrega de mais uma obra realizada através de emenda parlamentar. O deputado inaugurou, ao lado do prefeito de Boquim, Jean Carlos, e do vice-prefeito Clovis Trindade, o calçamento da rua Everaldo Santos, localizada no povoado Olhos D'Água. Com investimento de R$ 255,000, a obra proporciona mobilidade e segurança para quem transita na região.

Boquim II
Durante a cerimônia, Fábio parabenizou toda a equipe da prefeitura pelo empenho e agilidade na execução do serviço. O parlamentar disse ainda que em breve voltará ao município para inaugurar obras nos povoados Muriçoca e Boa Vista. Marcaram presença no evento os vereadores, secretários municipais, o  presidente da Jucese, George Trindade, e o presidente da Funasa em Sergipe e ex-prefeito de Boquim, Pedro Barbosa.

Sobre a TV Cidade
A assessoria da TV Cidade (TV a cabo) informou ontem que a emissora não passa por problemas técnicos e que a Net fez uma mudança técnica e o sinal fixou menos de 48 horas fora do ar, mas continuou pela Internet e aplicativo.  E não tem também problemas com a estrutura de trabalho. A informação recebida pelo blog não foi apenas de um profissional, mas dois, e ambos têm credibilidade conquistada ao longo do tempo.  Então, e aguardar os acontecimentos.

Salgado recebe Brigada Itinerante da Funesa
Durante dois dias, o Governo de Sergipe vai manter a Brigada Itinerante da Fundação Estadual de Saúde (Funesa) no município de Salgado. E já na segunda-feira, 14, os agentes de endemias desembarcaram na cidade para o primeiro dia de conscientização e ação de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Febre Chikungunya e Zika Vírus.

Caminhada
A primeira etapa da ação foi uma caminhada pelas ruas da sede do município para orientação à população quanto aos riscos que possíveis criadouros de larvas do Aedes aegypti podem causar. Panfletos foram distribuídos em casas e a moradores que passavam no momento da caminhada.

Trabalho eficaz
O presidente da Funesa, Adriel Alcântara, acompanhou o início da ação da Brigada ao lado do prefeito de Salgado, Duílio Siqueira. “Dedicamos dois dias da semana para a realização das visitas às casas para podermos fazer um trabalho eficaz, como vem pedindo o governador Jackson Barreto. A Funesa está empenhada nessa luta contra o mosquito”, disse Adriel.

Continua hoje
Hoje, 15, a Brigada continua no município de Salgado. Já na próxima quarta e quinta, dias 16 e 17, os agentes serão enviados ao município de Maruim, a 30 km de distância de Aracaju. Atualmente a Brigada Itinerante da Funesa conta com 84 agentes de endemias, que trabalham na fiscalização de casas, identificando possíveis criadouros do Aedes aegypti e eliminando focos do mosquito.

Zezinho no PSDB
O deputado estadual Zezinho Guimarães esteve reunido com o presidente Estadual do PSDB de Sergipe, Pedrinho Barreto,  ontem, 14. Durante o encontro, Pedrinho convidou Zezinho Guimarães para retornar ao ninho tucano. O parlamentar ficou bastante feliz com o convite e deve ser o primeiro deputado estadual a se filiar no PSDB nos próximos dias.

Empobrecimento do país
O deputado estadual Luciano Pimentel, voltou a criticar  os desencontros da política econômica e desenvolvimentista que causam perdas perdas comprometedoras ao Brasil e os brasileiros. “Estamos assistindo hoje a um empobrecimento grave do nosso país. Foi divulgado na semana antepassada o resultado do PIB de 2015. Veja o perigo: nós saímos de um PIB em crescimento de 7,5% em 2010 e caímos para um de 3,9% em 2011, o que ainda foi positivo. Em 2012, caímos para 1,9%, também positivo. Em 2013, crescemos e fomos a 3%, chegando a 2014 com 0,1%. Mas em 2015, atingimos a 3,8% negativo. Passamos ser um país no vermelho”, disse o parlamentar.

Empobrecimento do país II
“Isso significa que o país empobreceu 32% de 2010 para 2015”, diz o deputado. Para Luciano Pimentel, os brasileiros, de um modo geral e em média estão muito mais pobres. “Saímos de um PIB per capto de US$ 11 mil em 2010 para um de US$ 7,5 mil em 2015. Aliado a esta queda do PIB, estamos acompanhando a quebra de empresas, o desemprego acelerado, um grande número de obras paralisadas e hoje, segundo a Folha de S. Paulo, já existem algumas instituições financeiras com grande dificuldade no seu caixa. Isso é péssimo para todos”, reitera o parlamentar.

Consumo despencou
Com uma economia assim, advertiu o parlamentar, o poder de consumo das pessoas despenca. “O consumo das famílias caiu de 3,5% positivo em 2013 para 4% negativo em 2015, reforçando aquilo que falamos antes: o sistema econômico não está sendo retroalimentando por questões favoráveis. A crise e o desemprego fazem com as famílias consumam menos e tenham mais restrições nas despesas. E isso gera um ciclo cada vez maior de estagnação econômica”, disse.

Audiência Pública
O Projeto Aracaju Acessível e o vereador Lucas Aribé convidam todos os interessados a participar de Audiência Pública com a finalidade de debater sobre as inovações advindas da Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, tendo como mediador o Secretário Nacional de Promoção dos Direitos das Pessoas com Deficiência, Senhor Antônio José Ferreira.O evento é aberto ao público e será realizado hoje, 15, das 8h às 11h no auditório do Palácio de Justiça, na Rua Pacatuba, 55, centro de Aracaju.  Inscrições podem ser feitas a partir das 7h30 no local do evento.

Gerentes do Banco do Brasil debatem com associados
A reunião da Associação Sergipana de Empresários de Obras Públicas e Privadas – ASEOPP desta semana contou com a participação do gerente de Negócios Imobiliários do Banco do Brasil em Sergipe, Cássio Rubens das Virgens e do gerente-geral da agência São José, José Carlos Ferreira. Os dois representaram a superintendente do Banco do Brasil em Sergipe, Eliane Moura Gascom, que por um imprevisto não teve como participar da reunião-almoço.

Relacionamento
O vice-presidente da ASEOPP, Francisco Costa, deu as boas vindas aos técnicos do Banco do Brasil, ressaltando que a Associação busca estreitar o relacionamento com o banco. “Somos empresários que estão estabilizados no mínimo em 10 anos,cumprindo suas obrigações e atendendo as exigências do mercado financeiro e, consequentemente do Banco do Brasil”.

Parceria
Os dois gerentes responderam diversas perguntas dos associados sobre créditos, programa “Minha Casa, Minha Vida”, financiamentos, linha de capital de giro e a carteira de produtos do banco. O gerente-geral da agência do São José, José Carlos disse que o banco tem o maior interesse em estreitar o relacionamento e respeitando a parceria que existe com outros bancos, quer apresentar alternativas para os empresários e por isso convidou a ASEOPP para uma exposição mais detalhada com a superintendência executiva com soluções especificas para a área.

Garota White esgota todos os setores. Competência comprovada
Mais uma vez um evento do Augustu´s Produções tem ingressos esgotados. Desta vez o Garota White Aracaju, que será realizado amanhã, 16. Os três setores da festa estão com as vendas encerradas. E quem não comprou o convite antecipado não poderá curtir a festa conceito de Wesley Safadão, que promete amanhecer o dia com muita música e energia. É a competência comprovada da equipe comandada por Fabiano Oliveira.

Arena de Eventos
O show do cantor cearense será na noite da próxima quarta-feira (16), véspera de feriado do aniversário de Aracaju, e tem como cenário a Arena de Eventos. No local, está sendo montada uma megaestrutura de palco, som e iluminação. A grande inovação será a interatividade do palco 360 graus (central) com o espaço vip, espaço prime e lounge open bar.A programação do Garota White também traz o show do cantor Gabriel Diniz e os hits eletrônicos de Thiago Mansur. O evento terá abertura dos portões às 21h e leva a assinatura local do Augustu’s Produções. O dresscode indicado é o branco.

Festa de São José
Festa do Povoado São José, em Japaratuba, será realizada nos próximos dias 19 e 20. Confira a programação : No sábado, 19, terá Eldinho é show, Galã do Brega, Julinho Porradão, Jeanny Lins, e Nego de Gileno e Forrozão Argolão de Ouro  . Já no domingo, 20, a folia começa pela tarde no encontro de blocos com Edcity e Swing Bamba e a noite show com Wendel Safadão , Gabriel Lacerda, Márcia Fellipe e o PM apaixonado.

Confiança inicia campanha em combate à violência contra a mulher
Sergipe ocupa o 18º lugar no ranking de violência contra a mulher e só em 2015 foram registrados 3065 casos. O tema faz parte do cotidiano da sociedade local e diversas campanhas são desenvolvidas visando à conscientização e a importância de denunciar o agressor. Porém, ao invés de diminuir, o número só cresce.

Realidade
Na próxima quarta-feira, 16, o Confiança entra na briga para mudar essa realidade. Na partida contra o Flamengo, válida pela

Campanha será lançada amanhã pelo Confiança

  Copa do Brasil, o clube sergipano lança uma campanha visando à violência contra a mulher. Jogadores, torcedores e imprensa serão envolvidos em um ato que chama atenção para histórias verídicas, números alarmantes e para atual realidade.

Mulheres vitimas da violencia
Os atletas do clube azulino entrarão em campo estampando nas suas camisas nomes de mulheres que foram vítimas de violência ao invés de terem seus nomes escritos. As histórias dessas mulheres estarão expostas no hotsite que leva o nome da campanha: http://www.naoquebreaconfiança.com.br através dos depoimentos delas. Além disso, ao perfilarem para a execução do hino nacional, os jogadores farão com as mãos o símbolo que representará essa ação. Eles irão segurar o punho com a mão.

Debate
O jogo será o primeiro momento de um movimento que promete tomar conta das mídias e levar o público amante do futebol à discussão. O ambiente onde ainda predomina o universo masculino foi o melhor espaço para se debater o tema que invade o cotidiano de milhares de mulheres diariamente.A partida entre Confiança e Flamengo será realizada no Estádio Lourival Baptista (Batistão) e transmitida por canais de televisões aberta e fechada na quarta, dia 16.

PELO TWITTER

www.twitter.com/joaocorrrea  O "mundo n é dos espertos" , é das pessoas honestas e verdadeiras. A esperteza um dia é descoberta e vira vergonha.

www.twitter.com/emirsader  Por que os negros, os jovens, os pobres, não foram à Av. Paulista?

www.twitter.com/roberto_jornal  O governo na berlinda, oposição vaiada. Nem PT, nem PSDB. Fora todos eles! Construir uma saída independente, organizada pelos trabalhadores.

www.twitter.com/dilsonramoslima  As manifestações de ontem não podem ser ignoradas. Até mesmo por quem as considera ilegítimas.

www.twitter.com/le_ordonez  A classe média alta nunca vai admitir que toda a vida usufruiu da pobreza alheia. Desigualdade é garantia de mão-de-obra barata.

ESPECIAL- EXPOSIÇÃO MARCELO DÉDA

Exposição Déda Presente, em Simão Dias, é marcada pela emoção
A última sexta-feira, dia 11, seria o dia de comemorar os 56 anos de vida do ex-governador Marcelo Déda. Com sua partida precoce, entretanto, a data tornou-se um símbolo para homenagear a história de um homem e gestor público que, em apenas 53 anos de vida, trouxe mudanças significativas para o estado de Sergipe e para a vida de milhares de sergipanos.

Terra Natal
Para marcar a data, teve início a fase itinerante da Exposição Fotográfica Déda Presente, que reúne imagens da fotógrafa Janaína Santos e registros feitos pelo próprio Marcelo Déda. O local escolhido foi sua terra natal: o município de Simão Dias, distante 110 km de Aracaju. Mais precisamente a sede da Escola Estadual Fausto Cardoso, onde Marcelo Déda estudou durante sua infância.

Sempre brincalhão
“Lembro de Marcelo Déda ainda do tempo de criança, sempre brincalhão. E quando ele vinha aqui, e me via, sempre fazia questão de me abraçar, com alegria, com entusiasmo, com aquela delicadeza que ele sempre teve com o povo de Simão Dias. Eu lamentei muito quando ele partiu. Sergipe não poderia ter sua história sem ele, que não ficou aqui o tempo que a gente queria, mas que ficou o tempo suficiente pra mudar muita coisa nesse estado”, contou emocionado o senhor Célio Costa, de 73 anos, morados de Simão Dias.

Poesias
A homenagem teve início com a interpretação do poema “O Lobo”, de autoria do ex-governador, pelo poeta Wilton Santos de Jesus, da Academia Estanciana de Letras, seguida da declamação de mais duas poesias de Marcelo Déda por alunos da escola estadual Fausto Cardoso e da apresentação musical dos adolescentes que integram a Orquestra Jovem de Sergipe. Projeto que leva formação musical e artística a adolescentes em situação de vulnerabilidade social do bairro Santa Maria, em Aracaju, e que teve como grande incentivador o ex-governador Marcelo Déda. A bela apresentação, que reuniu músicas clássicas e do cancioneiro popular, emocionou a todos os presentes.

Leitura
Falando diretamente à população, a presidente do Instituto Marcelo Déda, Eliane Aquino, fez questão de enaltecer aos presentes que “uma das maiores riquezas que Simão Dias deu a Marcelo foi o prazer da leitura. Ele teve o primeiro contato com a literatura através da biblioteca do avô Zeca Déda e carregou até seus  últimos dias de vida o prazer pela leitura e o domínio das palavras. Entre tantas coisas que ele amava, estava também escrever. Marcelo Déda foi uma figura tão ímpar e tão forte que temos trabalhado para levar sua obra adiante e organizar seu acervo para que as futuras gerações possam conhecer o seu pensamento, o maior legado que ele deixou.” Ela agradeceu ainda ao empenho de todos que tornaram o evento possível, especialmente à equipe da Secretaria de Estado da Educação e aos meninos que compõem a Orquestra Jovem e que, prontamente, se dispuseram a realizar a apresentação.

Histórias
Conterrâneo e amigo pessoal de Marcelo Déda, o vice-governador Belivaldo Chagas acompanhou a homenagem e relembrou histórias de infância que compartilharam nas ruas de Simão Dias. “Conversávamos sempre e ao falarmos de Simão Dias era incrível como Marcelo Déda vivia a cidade mesmo a tendo deixado aos 11 anos, quando foi viver com sua família em Aracaju, para se tornar o filho ilustre de Sergipe que se tornou. Mesmo tendo nos separado o destino, a política fez com que nos uníssemos novamente e nos tornássemos os amigos que nos tornamos”. Contando alguns causos e relembrando momentos de dificuldade superados, o vice-governador, visivelmente emocionado, convidou a todos para visitarem a Exposição Fotográfica e acompanhar os registros de diversas fases do ex-governador e finalizou afirmando: “A gente se emociona porque é bonito, é feliz, é gratificante poder está presente para dizer: Marcelo Déda, obrigado por você ter existido, obrigado por você ser um filho de Simão Dias, para nós é motivo de alegria e satisfação!”

NOTA CAVO/ESTRE LIXO ARACAJU

Em relação à operação de limpeza urbana no município de Aracaju, a Cavo esclarece que:

– Já tomou as medidas necessárias junto a Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) sobre as licenças ambientais de transporte e garagem para a liberação destes serviços no menor tempo possível.
– A empresa lamenta que estejam circulando boatos e informações inverídicas sobre os serviços de limpeza urbana na cidade de Aracaju. A companhia já tem 70 equipamentos disponíveis para a realização da operação, sendo que os demais estarão disponíveis nos próximos dias.
– A empresa ressalta que os serviços foram iniciados dentro do prazo contratual e, portanto, não há descumprimento.
– Vale lembrar que já havia acúmulo de resíduos nas ruas da cidade quando a empresa iniciou as operações na sexta (11). O serviço foi parcialmente prejudicado no último sábado (12), em virtude do bloqueio ilegal realizado na Estação de Transbordo, localizada em Nossa Senhora do Socorro, que impediu os caminhões utilizados na coleta de entrarem e saírem para descarregar os resíduos.
– Sobre o processo seletivo, a Cavo tem utilizado sua própria estrutura para tal finalidade. Para o cadastramento de currículos, a empresa está recebendo apoio da Fundação Municipal para o Trabalho (Fundat) em razão do grande volume de interessados. Só neste domingo (13), a empresa recebeu cerca de 2 mil currículos. Cabe ressaltar que a Cavo tem total interesse na contratação dos profissionais que já realizavam os serviços de limpeza na cidade e se comprometeu a priorizá-los no processo seletivo.

Por fim, a Cavo reitera que está empenhada em organizar o serviço de limpeza urbana da cidade, ajustando-o aos melhores padrões praticados no mercado nacional.

CAVO/ GRUPO ESTRE

MANIFESTO ADVOGADOS DE SERGIPE

Nós, advogados que atuamos em defesa dos movimentos sociais, da cidadania e das instituições democráticas que constituem fundamento da República Federativa do Brasil, externamos nossa preocupação com o momento histórico atualmente vivido, especialmente com o espezinhamento das garantias constitucionais conquistadas.

O Brasil vive um momento delicado. A pretexto da defesa de opinião política e do necessário combate à corrupção, na linguagem natural das fortes emoções, as construções jurídicas que garantem a Democracia e o Estado de Direito estão sendo atacadas e modificadas de maneira perigosa, sem amplo debate, sem crivo do processo legislativo, sem reflexão alguma sobre os efeitos desses precedentes altamente danosos para a segurança pessoal e a dignidade humana.

É verdade que a violação cotidiana dessas garantias em relação às camadas periféricas da população já ocorre há muito tempo (violação domiciliar sem ordem judicial, exposição de imagem como se culpados fossem sobre quem recai apenas suspeita e investigação, prisão cautelar sem presença dos pressupostos legais autorizadores, restrições indevidas ao direito de ir e vir), o que tem sido objeto de nossa atuação resistente; o que se assiste agora é a ampliação dessas violações, no contexto da luta política travada, sem qualquer reflexão crítica.

A história mostra lições de momentos semelhantes, quando aqueles que sabiam falar, calaram e os que gritavam o horror das suas crenças sombrias chegaram ao poder, passando por cima das instituições democráticas, da legislação e levando ao cúmulo da crueldade o desrespeito aos direitos humanos.

Nossa legislação possui instrumentos que asseguram a investigação criminal, o devido processo legal e a punição aos que, ao final, forem condenados. Qualquer cidadão que infringir a lei deve se submeter a ela, independente do cargo ou posição que ocupe. Contudo, a investigação deve ser conduzida dentro do devido processo legal, com garantias de defesa asseguradas, para se chegar a um justo veredicto.

Todas as manifestações para fins lícitos são louváveis e protegidas pela Constituição. Desse modo, externamos nossa solidariedade ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e à União Nacional do Estudantes, bem como repudiamos o projeto de lei “anti-terrorismo” que criminaliza os movimentos sociais e amordaça a democracia. Caso venha a ser sancionado, viveremos num estado sem direitos.

Destacamos também o repúdio às medidas de exceção e a justiça midiática das conduções coercitivas sem fundamento em recusa prévia a comparecimento; das prisões para forçar declarações; das petições sem nexo jurídico para pedidos de prisão movidos pela ignorância ou ódio; da relativização da presunção de inocência; do culto à delação como fonte única de prova; da repressão policial a manifestações legítimas; da invasão policial em assembleias democráticas e instituições sem mandado judicial coerente nem fundamentos; bem como de qualquer prática contrária às garantias individuais e coletivas ao exercício da cidadania.

Por defender uma sociedade justa e igualitária, levantamos nossa voz contra a fragilização da democracia, contra a relativização das instituições que asseguram nossa convivência pacífica, contra processos midiáticos de condenação prévia e contra qualquer medida que venha a colocar em risco a dignidade e os direitos e garantias fundamentais de qualquer cidadão brasileiro.

Britto, Inhaquite, Aragão, Andrade e Advogados Associados, escritório com atuação no ramo de Advocacia Operária.

Cezar Britto, advogado
Nilton Inhaquite, advogado
Rosa Helena Britto Aragão Andrade, advogada
Henri Clay Santos Andrade, advogado
Meirivone Ferreira de Aragão, advogada
Lana Iara Gois de Souza Ramos, advogada
Lucas Mendonça Rios, advogado
Fernanda Silva Sousa, advogada
Roberta Gois de Andrade Mendonça, advogada
Philipe Britto Resende, advogado
Maurício Gentil Monteiro, advogado e professor
José Carvalho Junior, advogado
Charles Robert Sobral Donald, advogado
Luciana Britto Aragão Nascimento, advogada
Evandro Galdino, advogado
Marcos Povoas, procurador do estado e professor
Pablo Andrade, advogado
José Gabriel Beltrão, advogado
Fabricio Barboza, advogado
Sílvio Eduardo Carvalho, acadêmico de Direito
Paulo Ralin, professor e conselheiro federal da OAB
Marcelo Aguiar Pereira, procurador do estado
Amanda Calazans, academica de direito
Mildes Francisco, advogado e professor
Raquel Britto, academica de direito
Felipe Pereira, advogado
Paula Prado, academica de direito
Renan Albuquerque, academico de direito
Ernesto de Melo Farias – Advogado
Melba Lorena Silva Rosa, advogada
Leilane Barbosa, advogada
Juliana Almeida, academica de direito
Ricardo Almeida, advogado
Manoel Pinto Dantas Neto, advogado
Breno Bergson Santos, advogado
Vítor Déda, acadêmico de direito
Thenisson Dória, advogado e professor
Aline Souza Prado, acadêmica de Direito
Vitor Oliveira, advogado
Joe Igor, advogado
Bruno Antunes, advogado
Airton Andrade, advogado
Fernando Luiz de Araujo Monteiro, advogado e professor
Saulo Aragão Santana, advogado
Ana Lúcia Aguiar, advogada
Ariane Salerno Lima, advogada
Camilla Maria Aguiar, advogada
José Leite dos Santos Neto, Procurador da Fazenda Nacional
Ilzver de Matos Oliveira, professor, advogado e militante do movimento negro e afrorreligioso
Carlos Eduardo Pereira Siqueira, advogado e professor
Jefferson Carvalho, advogado.
José Alvino Santos Filho, advogado, professor e brasileiro
Fabricio Meneses Santos, advogado
Pedro Paulo L. Lacerda da Silva, advogado
Yasmim Yogo Ferreira, advogada
Antônio Fraga, advogado
Ricardo Vasconcelos Silva, advogado
Cristiane de Albuquerque Ferro Cardoso, advogada
João Batista Advocacia & Justiça Social
Hildon Oliveira Rodrigues, advogado
Mário Amadeu Costa Nascimento, advogado
Liana Lima Santos Calazani, advogada
Andressa Correia de Melo, advogada
Cintia Oliveira Santos, advogada
Leila Cristina Calasans Barreto Santos, advogada
Carine Sousa Monteiro, advogada
Thiago Oliveira, advogado militante e atuante na defesa dos direitos humanos e movimentos sociais.
Tatiana Oliveira, advogada
Lucivanda Nunes Rodrigues, advogada

Blog no twitter: http://www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
“A coisa que eu mais odeio é a hipocrisia. É a mentira da mentira.” Tim Maia, músico brasileiro, morreu em 15 de Março de 1998 (nasceu em 28 de Setembro de 1942).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários