João Alves é sujeira

0

Aracaju fede. O forte mau cheiro que exala das ruas, praças e avenidas é culpa exclusiva do prefeito João Alves Filho (DEM) que nos últimos quatro anos só aprontou sujeiras contra a população. As primeiras delas foram o absurdo aumento do IPTU, a criação da Taxa de Iluminação Pública e os exagerados reajustes nos preços das passagens de ônibus. João também jogou sujo com o meio ambiente, ao aterrar criminosamente parte do Rio Sergipe para fazer uma cara obra de fachada. E o que dizer do prometido BRT que ninguém vê? Nem mesmo o vice José Carlos Machado (PSDB) suportou o mau cheiro da calamitosa administração do aliado e soltou o verbo: “A equipe de João só quer roubar e ele está cagando pra tudo isso”. Mas, se antes das eleições o prefeito já não se importava com a administração, depois da surra nas urnas ele simplesmente jogou a tolha, deixando a capital repleta de lixo, os postos de saúde fechados, salários atrasados e fornecedores sem receber. Resta saber quais as próximas cagadas do sujismundo João Alves, que ainda tem dois meses para emporcalhar Aracaju.

Boca de siri

Por que será que entidades sérias como a OAB, sindicatos e até a Igreja nada dizem ou fazem sobre a liminar garantindo a posse de 10 suplentes na Câmara Municipal de Aracaju? Além de ferir de morte a Constituição, o remédio jurídico permitindo que 10 felizardos brinquem de ser vereador, causará um enorme prejuízo aos contribuintes. Lastimável!

Vida mansa

Lembrete a quem amanheceu nesta sexta-feira na maior pindaíba: cada vereador de Aracaju custa anualmente aos contribuintes a bagatela de R$ 1,4 milhão. Pior é que, diferente de quem trabalhada de sol a sol para ganhar um minguado salário mínimo, os marajás da Câmara Municipal quase nada fazem para justificar as mordomias a que têm direito. Pior é que, além dos 24 eleitos em 2012, o povo vai pagar mordomias para 34 felizardos. Durma com um barulho desses!

Furando a fila

Na tentativa de normalizar a coleta de lixo e o serviço de saúde municipal, a Prefeitura de Aracaju prometeu pagar parte do que deve as empresas Cavo e MultServ, responsáveis pela coleta de lixo e a higienização dos postos de saúde. Diante desta decisão, como fica a recomendação do Tribunal de Contas de Sergipe para que a Prefeitura siga uma ordem cronológica de pagamentos aos fornecedores? Pelo visto, o pitaco do TCE acabou no lixo. Misericórdia!

Abaixo o churrasco

A picanha, a fraldinha e a maminha feitas na brasa, símbolos de um bom churrasco, estão se tornando inimigas do clima. É que a carne, desde a criação do gado até a mesa, é responsável pela liberação de grande quantidade de gases que causam o aquecimento global. Segundo o Observatório do Clima, os impactos provocados pela agropecuária são responsáveis por 69% das emissões de gases de efeito estufa do Brasil. Diante disso, a recomendação é que o consumo de carne de boi seja menor e a produção mais eficiente.

Vavazinho inocente

E o Supremo Tribunal Federal arquivou a investigação contra 12 deputados acusados de participarem da chamada farra das passagens. Entre os inocentados está o sergipano Valadares Filho (PSB), que era suspeito de usar parte da cota de passagens aéreas para fins particulares. Também acusados de participarem da mesma farra, outros 443 ex-deputados federais correm o risco de serem processados por crime de peculato. Entre eles, estão os sergipanos Albano Franco, Jerônimo Reis, João Fontes, José Carlos Machado, Mendonça Prado, Heleno Silva e Iran Barbosa.

Dívida eleitoral

A fracassada campanha eleitoral do prefeito João Alves Filho (DEM) deixou na praça uma dívida superior a R$ 900 mil. Esta informação é do jornal Folha de São Paulo. Segundo o levantamento, os maiores déficits são os de João e do prefeiturável curitibano Gustavo Fruet (PDT), também derrotado no 1º turno. Aff Maria!

Aqui não, violão!

Foi abortada a entrevista que o radialista Gilmar Carvalho faria hoje cedo com o dublê de político e empresário Edvan Amorim. No entender do empresário Walter Franco, não compete à sua rádio Mix FM abrir espaços para Edvan responder aos ataques feitos a ele pelo governador Jackson Barreto (PMDB). Segundo Walter, o endereço apropriado para Amorim rebater as críticas é a rádio Liberdade FM, particularmente o programa de George Magalhães, onde JB rasgou o verbo. Então, tá!

Mãos ao alto

E o governador Jackson Barreto (PMDB) quer respostas rápidas contra a violência em Sergipe. Após a divulgação que o estado é campeão nacional em homicídios, JB reuniu a cúpula da Segurança Pública para exigir um combate mais rigoroso contra os criminosos. Jackson não escondeu a indignação com os resultados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública colocando Sergipe como o mais violento do país. Só Jesus na causa!

Confia mais

O consumidor está mais seguro em relação às compras pela internet. De acordo com pesquisa do SPC Brasil, 93% dos entrevistados, ou nove entre 10 consumidores, estão satisfeitos com esse tipo de compra. Os produtos mais comprados na internet são livros (52%), eletrodomésticos (47%), passagens aéreas, de ônibus, de trem ou de navio (47%), reservas em hotéis ou pousadas (41%) e ingressos (40%).

Recorte de jornal

 Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 21 de dezembro de 1923.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários