Julgamento de Déda

0

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve julgar,  nos próximos dias, o processo de cassação do governador do Sergipe, Marcelo Déda (PT). A informação é do Blog Poder Online, do Portal IG, que enviou ontem a Aracaju o jornalista Jorge Félix para ouvir o petista. “Acredito que o TSE vá decidir com Justiça e a decisão justa é o arquivamento”, afirmou Déda ao Blog. Na matéria, Félix explica que “esse é o último processo na lista de governadores que foram julgados pelo TSE”. E prossegue o Poder Online: “A acusação feita a Déda é de ter inaugurado obras em março de 2006, quando era prefeito da capital. O PAN (que hoje está unido ao PTB) entendeu que o processo da eleição de 2006 já havia se iniciado, embora o prazo legal ainda permitisse a presença do prefeito – candidato ao governo – em cerimônias de inauguração”. A expectativa é que o TSE arquive o processo ou, no máximo, puna o governador com uma multa.

Cabeças cortadas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) guilhotinou as candidaturas dos demistas Eduardo Marques (federal) e Mário César (estadual). O primeiro teve o registro negado por ter sido condenado pelo Tribunal de Contas da União, que encontrou irregularidades na aplicação de verbas federais no município de Pinhão. Já César não pode concorrer a uma cadeira na Assembléia porque não comprovou o pagamento de multa eleitoral no momento de registrar a candidatura.

O céu é o limite

A campanha eleitoral é uma grande caixa de surpresas. Todos os dias surgem fatos novos, como a informação de bens daquele candidato, que todos sabem ser milionário, mas declarou possuir patrimônio menor que servidor público. Verificando os registros dos candidatos junto à Justiça Eleitoral, a coluna ficou extasiada com a profissão do pretendente a uma cadeira no Senado, Antônio Leite (PV). Você sabia que o homem é astrônomo? Pois é o que tá lá no documento. Home vôte!

Com empresários

O candidato à reeleição Marcelo Déda (PT) almoçou ontem com empresários da construção civil no Celi Praia Hotel. Atendeu convite da Associação dos Dirigentes de Empresas da Indústria Imobiliária de Sergipe (Ademi/SE). Por mais de uma hora, o petista falou sobre as ações desenvolvidas por seu governo e apresentou as propostas que, se reeleito, pretende desenvolver no Estado até 2014. “O nosso grande desafio é impedir que Sergipe perca o bonde histórico. Precisamos prepará-lo para a grande oportunidade que o novo Brasil oferecerá”, afirmou Déda.

Agora vai!

Ao ser entrevistado ontem pela Rádiop Cultura/AM, o candidato a governador João Alves Filho (DEM) prometeu reconstruir Sergipe que, segundo ele, está completamente desarrumado. O demista garantiu que seu adversário deixou o Estado de ponta à cabeça em todos os setores. João disse que foi essa desarrumação que o levou a concorrer ao governo, mesmo sabendo que tinha eleição garantida para o Senado.

Jantar de adesão

E a candidata a deputada estadual Gilza Costa (PRP) promove hoje um jantar de adesão intitulado “Eu apoio Gilza”. Marcado para as 20 horas, o evento será realizado no Espaço Sônia Lima, na Atalaia, e terá cardápio do Armazém Bacco. A candidata é presidente da Associação dos Lojistas do Shopping Jardins e diretora do Conselho Consultivo de Negócios de Shopping Center e Lojistas em Geral, além de ocupar uma cadeira no Conselho Nacional de Entidades do Comércio de Shopping Center.

Contra a corrupção

O presidente da Comissão de Combate à Corrupção da OAB Nacional, Paulo Henrique Falcão Brêda, fez palestra ontem no 28º Batalhão de Caçadores sobre ‘o papel da OAB no combate à corrupção eleitoral e em face dos crimes eleitorais’. Foi auxiliado pelo presidente da seccional sergipana da Ordem, Carlos Augusto Monteiro Nascimento. Os dois também discutiram com advogados e representantes de entidades civis sobre as ações tomadas pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, lançado o mês passado em Sergipe.

Palco democrático

O Iate Clube de Sergipe é o espaço preferido por todas as facções para realizar atos políticos. Quase todos os dias, partidos e candidatos utilizam o enorme salão do tradicional clube para reunir a militância. A preferência pelo Iate justifica-se pelo bom espaço, localização privilegiada e principalmente porque o comodoro Fernando Sobral sabe separar as coisas. Para ele, o que interessa é o partido ou candidato honrar o contrato de aluguel feito com o clube. Tá certíssimo!

Visita à ponte 

E quem chega hoje a Sergipe é o ministro do Turismo, Luiz Barreto Filho. Vem visitar as obras de construção da ponte Gilberto Amado sobre o rio Piauí, que vai reduzir consideravelmente a distância entre Aracaju e Salvador pela Linha Verde. Barreto Filho chegará às 14 horas e, depois de visitar a obra d’arte, concederá entrevista coletiva às 16h no Aeroporto de Aracaju.

Do baú político

Fundada em setembro de 1953 pelo empresário udenista Albino Silva da Fonseca, a Rádio Liberdade AM era a voz da oposição. Quando Leandro Maciel se elege governador em 1955, a UDN passou a fazer uma cadeia estadual de rádio com a Liberdade e a Aperipê de Sergipe para amplificar o discurso contra o PSD. Aliado político de Leandro, Seixas Dória tinha espaço garantido nesse palanque radiofônico. Todos os dias, ficava o tempo que queria enaltecendo as ações do governo udenista e fazendo criticas contundentes ao PSD. Nem precisa dizer que a eloqüência de Seixas garantia ao programa uma audiência fenomenal e o cacifava para disputar o governo, que viria a ser em 1962 contra o próprio Leandro Maciel. Certo dia, segundo conta o professor e radialista Alceu Monteiro, Seixas Dória chega ao estúdio da rádio Liberdade para o ‘discurso’ habitual. Tudo pronto, microfone aberto, alguém desavisado grita: “Estamos em cadeia?”. Ao ouvir aquilo, Seixas assusta-se e responde: “Não amigo, estamos em Liberdade!”. 

Resumo dos jornais
Clique aqui para ler os destaques de capa dos principais jornais do Brasil

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais