Laranjal milionário

0

O dublê de político e empresário Edvan Amorim (PR) está sendo acusado de usar ‘laranjas’ para contrair no Banco do Nordeste um mega empréstimo superior a R$ 55 milhões. Segundo denuncia no Jornal do Dia o jornalista Luiz Eduardo Costa, a empresa usada para a transação só existe no papel, porém, mesmo assim, o banco não apenas emprestou a ‘grana’, como fez uma renegociação, prorrogando o pagamento de 2013 para o distante 2024. Seria bom que tanto o candidato a deputado estadual Edvan Amorim, quanto o BNB viessem a público esclarecer tão grave denúncia, pois não se concebe que, conforme acusa Luiz Eduardo, uma instituição financeira oficial empreste capital tão volumoso a uma empresa de fachada e dirigida por “laranjas”. Aguardemos, portanto, o desdobramento deste rumoroso caso.

Batata quente

O PSB sergipano tem até quarta-feira para acatar ou não o pedido de candidatura a deputado estadual do filiado e ex-presidiário Menoel Messias Santos, vulgo “Sukita”. Depois do estágio de 40 dias no presídio, o moço se acha gabaritado para disputar uma cadeira na Assembleia e até faz ameaça: “Jamais cederemos às pressões dos poderosos”, diz “Sukita” em nota, na qual afirma ter certeza que o senador Antônio Carlos Valadares vai lhe garantir o registro. Será?

Prazo final

Os partidos políticos ou as coligações podem substituir candidatos em caso de registro indeferido, inclusive por inelegibilidade, cancelado, ou cassado, ou, ainda, que renunciar ou falecer após o final do prazo do registro. A regra vale também para candidatos que tenham sido expulsos dos partidos a que pertençam. Nas eleições proporcionais a substituição só será efetivada se o novo pedido for apresentado até 60 dias antes do pleito, ou seja, até a próxima quarta-feira.

Novas culturas

Orientados por engenheiros agrônomos da Embrapa e Emdagro, produtores rurais de Sergipe estão substituindo gradativamente a cultura da laranja pelas de açaí, cacau, abacaxi e caqui. Segundo publica Eugênio Nascimento, no blog Primeira Mão, as novas culturas já estão presentes em Pedrinhas, Lagarto e adjacências. Na semana passada, técnicos da Emdagro promoveram seminário em Boquim para discutir a cultura da laranja, numa tentativa de evitar que o quadro piore ainda mais.

Folha vendida

A Prefeitura de Aracaju vai embolsar R$ 30 milhões referente à venda de suas contas, incluindo a folha dos servidores, à Caixa Econômica Federal. Segundo publica hoje o semanário Cinform, o negócio já vale para o próximo mês e vai injetar na Caixa mensalmente algo em torno de R$ 120 milhões. O grande prejudicado com essa milionária transação é o Banco do Estado de Sergipe. Entre outros prejuízos, o Banese pode perder para a Caixa as contas dos 13 mil servidores municipais.

Nova fábrica

A empresa West Cost já apresentou proposta para iniciar a produção de calçados em Ribeirópolis. A nova fábrica será instalada no galpão que foi utilizado até maio passado pela Vulcabrás/Azaléia. Diretores da West Cost informaram ao prefeito daquele município, João de Nega (PSB), que inicialmente serão contratados 100 operários. A indústria calçadista já produz seis mil pares de calçados por dia nas fábricas de Salgado, Aparecida e Glória.

Dor de cabeça

A Lei 12.305 instituindo a política nacional de resíduos sólidos entrou em vigor no último sábado e está tirando o sono de muitos gestores municipais, que não resolveram a grave questão dos lixões a céu aberto. Somente em Sergipe existem 129 deles. Atualmente, apenas nove dos 75 municípios sergipanos encaminham o lixo urbano para o Centro de Gerenciamento de Resíduos da Estre Ambiental em Rosário do Catete. São Aracaju, Rosário do Catete, Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão, Divina Pastora, Siriri, Carmópolis, Barra dos Coqueiros e Riachuelo.

Guerra fiscal

Sergipe está entre os 21 estados que decidiram elaborar uma proposta para acabar com a chamada guerra fiscal. Por meio do Convênio ICMS nº 70, firmado perante o Confaz, eles se comprometem em retirar os benefícios fiscais concedidos sem aprovação do órgão, assim como conceder uma anistia a todos os contribuintes que foram autuados por terem utilizado tais incentivos. Segundo o secretário da Fazenda, Jeferson Passos, com a proposta os 21 estados querem tranquilizar os empresários, sinalizando com a garantia de que os incentivos fiscais já existentes não serão retirados de uma hora para outra.

Buracaju

Enquanto a Prefeitura divulga o programa ‘Rodando no Macio’, os aracajuanos sofrem com o grande número de buracos nas vias públicas. Têm ruas e avenidas praticamente intransitáveis devido as enormes crateras abertas no asfalto. Só quem está gostando do abandonado em que se encontra a capital são os donos de oficinas e borracharias. Doutora Socorro, socorro!

Loura suada

Não será este ano que Nossa Senhora do Socorro ganhará uma fábrica de cerveja e chopp artesanais. O empresário paulista Filipe Pedrini teve que adiar a instalação de seu projeto naquele município por conta das dificuldades em obter o financiamento. Mas, enquanto a fábrica de Filipe não sai do papel, os sergipanos já podem se deliciar com a pequena produção da artesanal Cerveja 13, feita em Aracaju desde 2012 pelo casal Ítalo Cezar Carvalho e Natália Shanches. Produzida com receita própria, a Cerveja 13 tem teor alcoólico que varia de 3% a 9% e uma garrafa de 600 mililitros custa R$ 15,00.

Maracutaia

Veja o que disse o governador e candidato à reeleição Jackson Barreto (PMDB): “Não quero ser um governante manipulado por um irmão e fazer negociatas”. O peemedebista garante que esta “é a campanha do bem contra o mal. O palanque do lado de lá quer negociar Sergipe e a honra dos sergipanos”. Misericórdia!

Chapecada

Viram que ousadia do Chapecoense? "Chapecou" um a zero no Menguinho e ainda lhe devolveu a lanterna pra alumiar o caminho até a segundona. É, nosso Urubu tá mesmo com a asa quebrada.

Recorte de jornal

Publicado na Folha de Sergipe em 6 de junho de 1907

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais