Má vontade de prefeito é punida

0

Má vontade de prefeito é punida

 

E o prefeito de Pacatuba, Luiz Carlos (DEM), tem apenas seis dias para pagar os salários de maio e junho de 56 professores municipais que foram punidos pelo democrata porque fizeram greve. A determinação é do juiz Marcelo Maia Montalvão. Caso o prefeito não pague aos educadores em 10 dias, será punido com multa diária de R$ 1 mil. “A Justiça mostrou que a decisão do prefeito em cortar os vencimentos dos professores não condiz com o regime democrático em que vivemos”, disse o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, Carlos Sérgio Lobão. Tomara que o prefeito Luiz Carlos não resolva afrontar também o Poder Judiciário.

 

Contas bloqueadas

 

As contas da Prefeitura de Gararu (SE) foram bloqueadas ontem (23) por determinação do juiz da Comarca daquele município, Marcelo Cerveira Gurgel, para garantir o pagamento dos salários dos servidores. Ficam excluídos do bloqueio os repasses para saúde, educação e Câmara de Vereadores. O magistrado atendeu a uma ação movida pelo Ministério Público do Estado. O bloqueio das contas vai perdurar até que todos os servidores tenham recebido os salários atrasados.

 

Descentralização defendida


Em audiência com o presidente Lula (PT), o governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), sugeriu a implantação de um escritório do Ibama no Nordeste para cuidar especificamente dos processos de licenciamento ambiental nas áreas de petróleo e gás. Déda explicou que a demora nos licenciamentos tem prejudicado Sergipe. Segundo ele, atualmente a Petrobras aguarda até cinco anos pela autorização do Ibama para pesquisar os campos de petróleo recentemente descobertos. Parte dessa demora se deve a centralização da análise das licenças ambientais no escritório do Rio de Janeiro. Com um novo escritório, as demandas do Norte e Nordeste poderiam ser atendidas com mais agilidade e eficiência, sempre respeitando o meio ambiente.

 

Turismo criticado

 

O candidato a vice-prefeito de Aracaju, Pedrinho Valadares (DEM), criticou os rumos do turismo em Sergipe, sobretudo diante dos últimos acontecimentos com o cancelamento de três vôos da empresa Gol Linhas Aéreas. O democrata disse que as ações no turismo do governo sergipano são desencontradas e não têm planejamento. “Em menos de dois anos de governo, a empresa Ocean Air desistiu de Sergipe e agora a Gol resolve cancelar os vôos de madrugada, trazendo enormes prejuízos a todos os segmentos do turismo sergipano”, fustiga Pedrinho, que está coberto de razão.

 

Não fez o beabá

 

O prefeito de Poço Verde (SE), Toinho de Dorinha (PSB), terá que encontrar um novo candidato a vice para a sua chapa. É que o postulante ao cargo, Germano Chagas (PSB), foi reprovado no teste a que foi submetido ontem (23) para provar que sabe ler e escrever. O homem não conseguiu “escrever de carreirinha” nem ler o “beabá” apresentado pela Justiça Eleitoral. Aliás, Germano Chagas também deixou de disputar uma cadeira na Câmara de Vereadores em 2004 por ser analfabeto. “Vixe”!

 

A rapadura é nossa

 

Uma excelente notícia para o Nordeste: A empresa alemã Rapunzel Naturkost vai desistir do registro da marca “rapadura” fora do Brasil O registro tinha sido feito nos escritórios de marcas e patentes dos Estados Unidos e Alemanha. Tão logo soube do absurdo, a OAB nacional alertou o Itamaraty que, após um longo tempo de negociações, conseguiu convencer os donos da Rapunzel a voltar atrás. Portanto, a nossa velha, dura e doce rapadura continuará sendo um produto genuinamente brasileiro. Legal sô!

 

Incentivo ao professor

 

Os professores da rede estadual que trabalham no interior de Sergipe passam a ter direito a gratificação de interiorização do magistério. O Decreto assinado pelo governador Marcelo Déda (PT) determina que os educadores que lecionam no interior vão receber de 10% a 50% a mais em seus vencimentos. A gratificação objetiva a expansão e manutenção da oferta regular da educação básica nos municípios interioranos, onde se verifica carência de pessoal devidamente habilitado.

 

Seguros em alta

 

Os ramos do mercado de seguro que vêm apresentando maior crescimento em 2008 são o seguro de pessoas e o de automóveis. Nos últimos anos, as seguradoras e resseguradoras passaram a oferecer diversos pacotes associados com previdência,  aposentadorias, e tudo aquilo que protege as pessoas. Os seguros do tipo Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL), que são planos de previdência privada que funcionam como um fundo de investimentos, crescem 30% ao ano. No ramo de automóveis, o potencial de crescimento é cada vez maior.

 

Feirão de imóveis

Será realizado de amanhã até sexta-feira da próxima semana, inclusive nos próximos sábado e domingo, mais um evento imobiliário em Aracaju com o apoio da Caixa Econômica Federal: o Feirão de Imóveis da Barão. O evento colocará à venda sete empreendimentos habitacionais localizados na capital e na Barra dos Coqueiros. O Feirão vai acontecer na área de estacionamento da agência Augusto Leite da Caixa, localizada na avenida Barão de Maruim, em Aracaju. Estarão à venda mais de mil apartamentos de dois e três quartos com preços que variam de R$ 47 mil a R$ 90 mil, com entrada a partir de R$ 500.

OAB lança plano

Na quarta-feira da próxima semana, a seccional sergipana da OAB lançará o Plano de Previdência Complementar para os advogados. A solenidade de lançamento vai acontecer às 19 horas, na sede da entidade, oportunidade em que a OAB se incorpora ao sistema de  Previdência Complementar Fechado da OABPrev de São Paulo. O plano será exclusivo para os advogados inscritos na Ordem.

Usina de asfalto

Ainda não está definida a compra de uma nova usina de asfalto pela Emurb, mas o presidente da empresa, engenheiro Valmor Barbosa Bezerra, tem intenção de comprá-la para ampliar a produção. Além do uso nas obras realizadas pela Prefeitura de Aracaju, a Emurb também pode comercializar a massa asfáltica para qualquer empresa, pessoa física ou ente público. A usina de asfalto que a empresa municipal já possui produz hoje cerca de 80 toneladas/hora de asfalto, tendo uma produção média diária entre 250 e 300 toneladas.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários