Maceió (AL): um passeio pelos sabores ítalo-alagoanos do Daveneto

0
A boa mesa do Daveneto Trattoria, em Maceió.

Ao primeiro momento, difícil vai ser escolher qual mesa ficar por conta dos seis ambientes do Daveneto Trattoria. Cada espaço é ambientado para acolher e proporcionar um brinde às sensações da boa mesa, que variam entre eles em decorações da arte alagoana, luzes indiretas, cores frias e quentes, uma moderna sala de jantar ou o disputado jardim com paisagismo entre bananeiras e arbustos naturais com flores comestíveis. O segundo tempo completa o primeiro: escolher no cardápio uma das delícias da casa, rigorosamente preparadas pelo chef Thiago Brandão.

Seis ambientes compõem o Daveneto Trattoria. Nas fotos, a direita, o disputado Jardim das Delícias

Com quatro anos de mercado, o Daveneto Trattoria traz a técnica ítalo-brasileira contemporânea com a pitada dos ingredientes alagoanos. O passeio sensitivo em cores, cheiros, sabores inicia com a protagonista das entradas, a Sfoglia de Brie, uma massa folhada recheada de queijo Brie coberta com cebolas glaceadas com mel de engenho.

Composições dão um toque especial ao sabor

O chef Thiago Brandão conta que em cada ambiente tem uma composição de louças próprias para servir os pratos. Por exemplo, no ambiente com a arte alagoana, as delícias são preparadas e servidas em louças mais artesanais, a exemplo das cerâmicas modernas. Tudo isso para causar acolhimento e uma viagem as sensações da boa mesa.

Uma fina massa recheada de queijo brie e cebola glaceada no mel de engenho como entrada

Os pratos principais do cardápio variam entre massas da casa regadas à especiarias e molhos, por vezes, italianos. A dica de ouro são os frutos do mar adquiridos fresquinhos em fornecedores alagoanos. Os condimentos, as especiarias, os temperos também são devidamente cuidados por mãos alagoanas, mas quando os pratos exigem a experiência internacional, Thiago Brandão faz perfeita combinação ítalo-brasileira. “O queijo tento produzir aqui, mas há algumas receitas que não devemos modificar, como a produção do Parmesão. Tenho um conceito italiano”, disse.

Risoto de polvo

O Risoto al Polpo é rigorosamente preparado com arroz arbório e traz o polvo alagoano preparado no forno com especiarias e bisque de frutos do mar. Como complemento, a delícia acompanha o alho confitado. “A gastronomia é um hobby passional”, conta Thiago Brandão, que primeiro militou na advocacia e viu na cozinha uma paixão e o conforto de manipular os alimentos com a fortaleza de quem prepara para satisfazer os mais exigentes paladares.

Se foi difícil escolher um dos ambientes ao primeiro momento; no segundo, as delícias do cardápio; o terceiro com certeza será o momento fácil para agendar o retorno.

 

Linguine de camarão

 

 

Dicas de viagem

O chef Thiago Brandão no disputado jardim do Daveneto
  • O Daveneto Trattoria funciona das terças a sextas, das 11h30 às 15h, das 18h às 22h; aos sábados até às 20h; e domingos, das 11h30 às 15h. Fica na rua José Freire Moura, 255, Ponta Verde, Maceió. O cliente poderá reservar através do telefone (82) 99997 9263 ou Instagram @davenetotrattoria
  • As massas variam entre o spagheti, linguini, gnochi, rigatone, penne, raviole e os risotos. Há um filé Parmeggiana que serve duas pessoas. O cardápio é dividido em “Bem-Vindo”, com Focaccini ou Panes; as “Entradas “, o “Prato Principal” e “Infantil”.
  • É interessante o custo/benefício do cardápio Daveneto, variando os pratos principais entre R$38 a R$86.
  • Quanto à pandemia,  a casa segue todas as orientações dos decretos governamentais, principalmente o distanciamento social e das mesas. É obrigatório o uso de máscaras em todos os ambientes. O chef disse ter sido um desafio adaptar o cardápio destinado ao jantar para almoço, já que a casa antes da pandemia só abria a noite. Também ressalta que de 15 em 15 dias as delícias do cardápio Daveneto passam por modificações.

*Convite feito pela jornalista e especialista em gastronomia alagoana Nide Lins.

Fotos: Silvio Oliveira. Siga o Instagram @silviotonomundo

Leia mais

Penedo (AL): arquitetura e rio São Francisco

Marechal Deodoro (AL): um cristo jansenista, praias e história

Praia do Francês (AL): um novo tempo

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais