Mais sobre o Código Florestal

0

Foto: André Borges/Folhapress

As ministras Izabella Teixeira (Meio Ambiente) e Ideli Salvatti (Relações Institucionais) receberam, nesta quinta-feira (30), durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, um bilhetinho da presidente Dilma Rousseff cobrando as duas sobre a aprovação do Código Florestal e a participação do governo nela.

"Por que os jornais estão dizendo que houve um acordo ontem no Congresso sobre o Código Florestal e eu não sei de nada?", escreveu a presidente em bilhete flagrado pelas câmeras.

A resposta veio em seguida: "Não houve acordo com o governo. A posição do governo era de defesa da MP [medida provisória], com foco especial na 'escadinha'".

A proposta defendida pelo governo determina que a recomposição de APPs (áreas de proteção ambiental) seja proporcional à largura do rio e à área da propriedade, a chamada 'escadinha' citada na resposta à presidente. Depois da troca de mensagens, já em seu discurso, a presidente Dilma afirmou que "o governo está aberto a negociações, mas não assume responsabilidade por negociações que não foram feitas com a presença dele".

Na quarta-feira (29), a comissão mista do Congresso votou o relatório da medida provisória que altera o Código Florestal. A comissão reduziu as distâncias mínimas de recuperação da preservação nas margens dos rios, escalonadas a depender do tamanho da propriedade. Nesta quinta, após evento com a presidente, a ministra Izabella Teixeira afirmou que a mudança no texto original é "um retrocesso do ponto de vista de recuperação ambiental" e não foi pactuada com o governo.
Fonte: Folhapress

Bairro Rosa Elze – Arquivo pessoal

Ação ecológica pela limpeza no rio Poxim

O Programa de Voluntariado da Petrobras iniciou no último dia 26 o projeto Lixo Zero no Poxim. O mutirão em favor da limpeza do rio foi realizado nos bairros Inácio Barbosa, São Conrado e Roza Elze, em Aracaju (SE) até hoje, 31 de agosto. Nessa sexta-feira, os voluntários da Petrobras, com apoio da Federação Sergipana de Remo, Grupo Jufra e Serviços Urbanos da Prefeitura de Aracaju, farão a coleta de resíduos no trecho que vai do Pier do Parque dos Cajueiros à ponte do São Conrado.

Durante a ação serão distribuídos materiais informativos e feita a coleta do lixo. O projeto Lixo Zero no Poxim pretende chamar a atenção da sociedade sergipana e dos órgãos governamentais para a necessidade de ações e políticas públicas voltadas para a conscientização ecológica da população, e evitar o descarte de lixo no rio.

Durante a ação foi realizado um pedágio ecológico em Aracaju com entrega de uma sacola de lixo e folder para conscientização de motoristas. Participam desta ação as instituições Ordem Franciscana Secular (OFS), Santa Maria dos Anjos e a Juventude Franciscana do Eduardo Gomes.

Sobre o Rio Poxim
O Estado de Sergipe conta com seis bacias hidrográficas, sendo três federais: rio São Francisco, rio Vaza Barris e rio Real; e três estaduais: rio Japaratuba, rio Sergipe e rio Piauí. A bacia hidrográfica do rio Sergipe é considerada a principal, já que a população residente em seu território compreende o equivalente a 56,6% do total do Estado. O rio Poxim, grande fonte de abastecimento de água do Estado, é um dos principais afluentes da margem direita da bacia do rio Sergipe, e abrange parte dos municípios de Itaporanga D’Ajuda, Areia branca, Laranjeiras, Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Aracaju.

Dia Nacional do Voluntariado

O movimento integrou as comemorações do Dia do Voluntariado, celebrado no dia 28 de agosto, e foi proposta pelo Conselho Brasileiro de Voluntariado Empresarial (CBVE). O Programa de Voluntariado, através dos Comitês Locais, aderiu à proposta do Conselho Brasileiro de Voluntariado Empresar (CBVE), formando
uma ação conjunta das empresas que o integram.

O CBVE é uma rede de empresas, institutos e fundações empresariais que desenvolvem ou pretendem desenvolver programas de voluntariado empresarial. O Programa Corporativo conta com comitês locais em 14 estados. Em Sergipe, o comitê local “Consciência e Ação” foi iniciado em agosto de 2010, e além do “Lixo Zero Rio Poxim”, conta com seis ações de mobilização social. O comitê local conta com 35 voluntários da força de trabalho da UO-SEAL. (Fonte: Agência Petrobras).

Só faltou o engajamento com as entidades locais para fortalecer a ação. Exemplo disso seria a participação direta do Movimento Ambientalista “Jabotiana Viva” que mantém um trabalho já conhecido localmente de defesa não apenas do Rio Poxim, mas de toda a área verde do bairro Jabotiana.

Campanha Desmatamento Zero

Com mais de 435 mil assinaturas, o apoio à campanha do Desmatamento Zero não para de crescer. Ainda temos um longo caminho até atingir os 1,4 milhão de assinaturas necessárias para levar ao Congresso Nacional um projeto de lei para proteger as florestas. Queremos desde já agradecer o apoio de pessoas como você, que espalhou esta ideia, mas não podemos esmorecer. A campanha continua e contamos com sua ajuda para seguir conosco até a vitória.

A competição Liga das Florestas entra agora em uma nova fase. Os primeiros cinquenta jogadores do ranking foram premiados com recompensas do Greenpeace e tiveram seus pontos zerados. Enquanto isso, você permanece com sua pontuação. Agora é o momento ideal para você começar a divulgar a petição e convidar seus amigos e familiares a assinarem também.
Se você quiser ajudar ainda mais as campanhas de proteção à natureza, junte-se a nós e torne-se um colaborador do Greenpeace. Com isso podemos manter nossa independência para confrontar alvos, expor crimes ambientais e propor soluções para um futuro mais verde.
(Por Tatiana de Carvalho – Coordenadora da Campanha da Amazônia/Greenpeace)

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais