Menino de Déda derrota Amorim & Cia

0

Este jornalista pede licença aos leitores para analisar uma campanha eleitoral em especial: a do município de Umbaúba. Lá aconteceram coisas que daria para escrever um livro. Foram ações de todos os tipos na tentativa de derrotar, professor Anderson Farias, candidato do PT. Um jovem que tem em suas mãos a possibilidade de melhorar a qualidade de vida de uma população, que na sua maioria é carente, mas é lutadora e não foge à luta.

 

No dia 03 de outubro este espaço denunciou a manipulação de uma pesquisa, do Instituto Soma. A denúncia estava correta. O Instituto deu que Jorge Rico, do PSC, ganharia com 54,2% dos votos e Anderson, o eleito, teria apenas, 40,3%.  O blog mostrou toda manipulação feita através dos percentuais nos povoados. Não deu outra a pesquisa estava errada e os mais de 10% do eleitorado não tem margem de erro que explique. Foi uma somação de vários fatores.

 

Porém Umbaúba foi especial nesta eleição. O candidato Jorge Rico gastou muito e, segundo os amigos dele, vendeu até fazenda, mas não teve jeito. Foi um consórcio de aproximadamente R$ 3 milhões. Sem falar na ajuda de Amorim (leia-se os dois) que esteve no município por várias vezes ao lado de Augusto Bezerra, outros políticos e até Gilmar Carvalho. Um palanque eclético e pesado que teve como um dos cabos eleitorais o ex-prefeito Benedito Barreto, famoso pelas manchetes de jornais com processos de todos os tipos.

 

Lá a ordem do grupo de Amorim era derrotar o “menino de Déda”. Ou seja, derrotar o PT. Se fosse de um adversário tudo bem, mas de um neo-aliado é algo para se analisar friamente. Aliás, algumas lideranças dos outros partidos aliados estão contrariadas com algumas posturas radicais e arbitrárias praticadas em vários municípios. Em Umbaúba, um assessor de Amorim se mudou de “mala e cuia” para o município e a ordem era mudar o quadro de todas as formas. Um município que não tem uma grande densidade eleitoral, mas a ordem era a desmoralização total.

 

Lá a compra de votos foi grande. O eleitor recebeu dinheiro para entregar seu titulo eleitoral e sua carteira de identidade e não votar. Foram mais de mil eleitores que aceitaram essa barganha. Quase dois mil não foram votar. O número de abstenção praticamente dobrou. Por pouco o quadro não mudou. Já tinha um trio elétrico e um caminhão de cerveja estacionados num posto próximo a entrada de umbaúba. A festa de Jorge Rico está pronta. Anderson Farias ganhou, com o apoio do atual prefeito Zé de Francisquinho, e esse espaço acredita que ele pode fazer muito pelo município. Se errar esse espaço será o primeiro a cobrar e denunciar.


A vitória de Anderson não foi apenas uma vitória do PT ou de qualquer outro partido, foi a vitória contra a corrupção, contra a compra de votos, contra aqueles que acham que podem tudo, inclusive comprar a consciência do povo. Mesmo com todo derrame de dinheiro a maioria do eleitorado não se curvou. Esse estilo arcaico e ultrapassado de fazer política deve ser banida da política de Sergipe.

 

Onda de violência em Umbaúba

A polícia de choque teve que ir para Umbaúba nos últimos dias acalmar os ânimos de partidários de Jorge Rico & Cia. São ameaças e violências de todos os tipos por não aceitarem a derrota. Não estão acostumados com a democracia. A prepotência é maior. Tem jeito não, é preciso muito lexotan…

 

Dois mais votados do PSB

Ao destacar ontem o crescimento do PSB nas eleições municipais deste ano o presidente estadual, Valadares Filho, lembrou que o partido elegeu os dois prefeitos mais votados proporcionalmente do Estado: Sukita em Capela e Denisson Déda em Simão Dias. Ele lembrou que o mais importante foi o fortalecimento do grupo político comandado pelo governador Marcelo Déda que certamente será vitorioso em 2010.

 

Fortalecimento do grupo

O parlamentar socialista lembrou que o principal objetivo do PSB foi ajudar a fortalecer o grupo político comandando pelo governador Marcelo Déda. “Saímos destas eleições satisfeitos porque o nosso intuito era fortalecer o bloco comandado por Marcelo Déda que certamente estará unido e conquistará mais uma vitória significativa em 2010”, frisou.

 

Ponto para a Deso

Como este espaço sempre critica os serviços prestados por várias empresas públicas, inclusive a Deso, fará hoje o devido reconhecimento. A Deso já iniciou o serviço na rua ao lado do posto de gasolina na Atalaia (próximo ao restaurante Miguel), onde um afundamento do asfalto ao lado do canal poderia causar um grave acidente. É um serviço delicado já que deve estar ocorrendo um carreamento abaixo do asfalto.

 

Rede sucateada

A verdade é que a rede de abastecimento e a rede de esgoto estão sucateadas por conta de um descaso ao longo dos anos. A rede de abastecimento é uma verdadeira peneira e o percentual de água desperdiçada é grande. A Deso Vem atuando em pontos críticos da rede de colega de esgotos. Alguns desses vazamentos existiam há anos e a Deso não fazia intervenções para realmente resolver o problema, mas sim ações paliativas, ou mesmo inócua. Alguns destes vazamentos na rede coletora de esgotos que foram resolvidos: do Mercado Municipal; da rua de São Cristóvão (próxima a antiga Transbrasil) e na avenida da fabrica Confiança depois do acesso a ponte Construtor João Alves.

 

Problemas são muitos

É certo também que os problemas são muitos por conta da falta de manutenção das duas redes. Pelo menos a atual direção mostra que está no caminho certo, é preciso aumentar os passos, para isso é necessário recursos para melhorar a rede. O serviço prestado pela Deso tem melhorado bastante, parece que a empresa já está equilibrando o caixa, já que no início do governo existia um déficit. É claro que a Deso precisa melhorar muito a qualidade dos serviços prestados. É uma dívida que o governo Marcelo Déda terá que saldar com a sociedade sergipana.

 

Concursados de Estância

Desde o dia 05 de agosto os concursados da Prefeitura de Estância entregaram os exames de saúde e os documentos necessários. Até agora nenhuma informação sobre a nomeação e a posse. O prefeito Ivan Leite, reeleito, precisa anunciar quando vai dar posse aos concursados.

 

Seleção de Tobias Barreto

Os nove vereadores eleitos de Tobias Barreto formam um time de primeira: “Gal de Filó, Junior de Diógenes, Montival da Qualhada, Tatu, Nailson, Pinheirinho na Moral, Vardinho de Roma, Careca e Luiz de Água Boa”.

 

Violência no trânsito: alerta a SMTT

O blog vem recebendo muitas reclamações sobre os acidentes na Avenida Silvio Teixeira  (Av. que passa em frente ao Parque da Sementeira). Acontece que na via é comum os veículos trafegarem aos 70 km, 80 km/hs. Já ocorreram atropelamentos com morte no local. Seria bom que a SMTT (parece que Samarone mora próximo e deve conhecer o problema), colocasse um fotosensor (o da rotula do Orlando Dantas, que será retirado), na altura do Edf. Gentil Barbosa ou Park Lane, para evitar que os acidentes continue. Recentemente aconteceu um acidente grave nas imediações do parque.

 

Energisa: antecipação de cobrança e ameaça de corte

Um leitor da rua Neópolis em Aracaju está indignado com a Energisa. A empresa

antecipou a data de vencimento da conta  dele do dia 27 para o dia 16 de setembro sem ao menos informar antecipadamente. E pasmem para o acontecido! Ao fazer a coleta das correspondências no dia 24/09, o consumidor encontrou a conta de energia vencida e uma cobrança de reaviso com ameaça de corte pelo vencimento da mesma no dia 16/09/2008. Realmente é uma eficiência para cobrança e um total desrespeito ao consumidor. Enquanto isso a queda de energia na rua Neópolis é constante. A quem recorrer?

 

Bancários de Sergipe estão em greve por tempo indeterminado

Com o auditório do Sindicato dos Bancários lotado, a categoria decidiu parar suas atividades. A partir da zero hora de hoje,  8, os bancários estarão em greve por tempo indeterminado. A aprovação aconteceu hoje à noite, em assembléia que teve a participação de quase 250 pessoas. Apesar da greve de advertência, ocorrida na última quinta-feira, dia 2, os banqueiros não se manifestaram para mudar o quadro. Continuam insistindo em oferecer apenas 7,5% para uma reivindicação de 13,23, que visa garantir à categoria um aumento real de 5%. Diante disso, os bancários de Sergipe mostraram disposição de lutar e deflagraram a greve, que é uma indicação do Comando Nacional da categoria. Os bancários deram prova de que não vão aceitar esses salários rebaixados, a exemplo de outros Estados que emendaram à paralisação a greve por tempo indeterminado.

 

Curiosidade: Prefeito mais velho tem 90 anos

90 anos, o tucano Susumo Itimura é o prefeito mais velho eleito no Brasil. Este é o seu quinto mandato em Uraí, cidade de 11 mil habitantes no norte do Paraná. Japonês de nascimento, chegou ao Brasil com um ano de idade. Itimura mantém filhos em secretarias e foi condenado em julho, junto com um ex-secretário, a ressarcir verbas que foram usadas de forma irregular. Reeleito, ele conta que vai à prefeitura todos os dias e diz que a idade não atrapalha. “Às vezes, o velho tem a cabeça melhor do que o novo.” Itimura diz que conseguirá manter o ritmo por mais quatro anos, “se Deus der saúde”. Para este mandato, o seu maior projeto é estruturar indústrias no município. Afirma também que, apesar da longa experiência no cargo, tem “prazer” e “ânimo” ao exercer a função. E que estava confiante na vitória. Susumo concorreu com outros três rivais que são até 54 anos mais jovens do que ele. E venceu com exatos 2.222 votos (49,29%), enquanto o segundo colocado, Donizete do Posto de Saúde, do PTC, teve 559 votos (12,40%).

 

Fechamento de jornal no Rio é ataque à democracia, diz ANJ

Deu na FSP, de hoje, 8: A ANJ (Associação Nacional de Jornais) criticou a decisão do juiz Flávio Silveira Quaresma, da 28ª Zona Eleitoral do Rio, que mandou fechar o periódico “Entre-Rios Jornal”, do município de Três Rios (a 120 km do Rio). Em nota divulgada ontem, a entidade caracterizou o episódio como um atentado à liberdade de imprensa cometido por alguns magistrados eleitorais de primeira instância. “É lamentável que, atendendo a pedidos de políticos, eles (juízes eleitorais) venham exercendo a censura e até determinando a ocupação de jornais. Em lugar de fazer justiça, estão atacando a democracia”, diz a nota assinada pelo vice-presidente Júlio César Mesquita. O jornal foi fechado na última sexta-feira e seus funcionários foram expulsos do prédio por policiais. O motivo foi a não-publicação de um direito de resposta do prefeito de Paraíba do Sul, Gil Leal. O periódico foi reaberto no sábado após obter uma liminar.

 

DO LEITOR

 

Lagarto: votos foram computados

Do leitor José Anderson, de Lagarto: Alguns jornalistas tentam confundir a opinião pública no tocante ao resultado da eleição para prefeito de Lagarto. A coluna política do principal jornal diário de Aracaju publicou a seguinte nota:” Novo Pleito – Em Lagarto e Moita Bonita é provável que haja nova eleição. É que nos dois municípios o número de votos brancos e nulos supera o número de votos conquistados pelos candidatos do pleito. Em ambos, também, os principais candidatos, estão sub-júdice: Lila Fraga (PSDB) e Graziele Costa (PDT), por conta de irregularidades no processo. Os votos dos dois foram cumputados, mas não divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral.”

 

Lagarto: Valmir teve 931 votos a mais do que Lila

Continua o leitor: Se o jornalista que fez a nota tivesse consultado o Tribunal Regional Eleitoral ficaria sabendo que os votos,  do que ele chama de ‘principal candidato’, foram contados, estão nos boletins emitidos. Caso esses votos sejam validados, após decisão da justiça eleitoral, não haverá alteração de resultado. O prefeito eleito Valmir Monteiro teve exatos 931 votos a mais que Lila Fraga. Por outro lado, para evitar a desinformação, seria oportuno que o TRE se pronunciasse a respeito.  Caso contrário, os jornalistas simpatizantes do ‘principal candidato’ vão continuar plantando notas, até o TRE dizer chega.

 

Desabafo de uma trabalhadora e mãe I

De uma trabalhadora e mãe: “Tenho 45 anos, sou dentista há 23 anos e servidora pública estadual há 21 anos. Tenho 3 filhos: uma enfermeira, um estudante no último ano de medicina e um estudante de educação física. Todos criados e encaminhados na vida pela dedicação de uma mãe que além do amor pelos filhos, zela e pratica os princípios da moralidade, ética, cidadania. Sou militante do Partido dos Trabalhadores desde seus primórdios e manifesto esta militância desde sempre. Na primeira carreata do candidato a prefeito Mendonça Prado, quando passaram pela Av. Nova Saneamento, fui para a janela de meu apartamento junto com meus filhos explicitar minha opção de voto, desfraldando a bandeira de meu candidato Edvaldo Nogueira. Na ocasião o candidato a vice, Pedrinho Valadares pegou o microfone e exclamou: “Essa aí é um CC com medo de perder o emprego… esta mamata vai acabar”, e fazendo gestos com as mãos simbolizando roubo, atribuindo-me a pecha de ladra”.

 

Desabafo de uma trabalhadora e mãe II

Continua a leitora: “Na carreata seguinte, dia 04, estava só no apartamento e me dirigi á janela com minha bandeira do PT. Novamente o candidato a vice Pedrinho Valadares repetiu o gesto afirmando: “é o fim da mamata,…. ela está desesperada”. Vencemos as eleições, mas o mundo gira, dá voltas e os políticos pulam de galho em galho. Este mesmo ofensor já esteve em outro lado. Eu, meus filhos, minha família, amigos e leitores deste blog sabem os motivos pelos quais 80% dos eleitores de Aracaju rejeitaram as práticas políticas e administrativas do grupo encabeçado pelo partido Democratas. Sabem também que agressões de qualquer natureza aos cidadãos e eleitores e o não reconhecimento de suas preferências ideológicas só fazem aumentar a antipatia por quem as pratica. O resultado das urnas é a minha doce vingança e a certeza que o desespero estava em outra janela”.

 

Políticos são reflexos daqueles que os elegem I

De uma leitora: “O povo reclama dos políticos, mas estes são reflexos daqueles que os elegem. Em todos os cantos e por todos os lados, houve compra de votos e, tirando raras exceções, se é que existiram, só vai sentar na cadeira principal das prefeituras, aqueles que tiveram recursos para gastar e fazer uma rica campanha. Grande parte dos eleitores desse pleito vendeu seus votos e ajudaram a eleger candidatos que começaram mal, dando exemplo de corrupção antes mesmo de serem eleitos, e não terão legitimidade para cobrar nada deles depois. Muitos não elegeram aquele que era o melhor; o critério de decisão era quem tinha sido capaz de pagar-lhe R$50,00 ou R$100,00. Em muitas cidades os títulos eram recolhidos para os eleitores não irem votar. Esse fato pode ser comprovado pelo número incomum de abstenções no interior do Estado, onde normalmente há uma divisão partidária entre dois grupos e as pessoas costumam levantar bandeiras”.

 

Políticos são reflexos daqueles que os elegem II

Continua a leitora: “Tudo isso mostra que o eleitorado de hoje ainda não se encontra preparado para eleger seus governantes, o que é, no mínimo, lamentável. Infelizmente, a nossa democracia ainda é frágil e as pessoas não se deram conta que têm o poder na mão de decidir o futuro do seu município, do seu país; que não se trata de quem pode lhes dar mais benesses pessoais, mas quem pode administrar melhor. Mesmo com toda a campanha da Justiça Eleitoral nos meios de comunicação, o povo ainda se vende. O problema é educacional e cultural, não tenho esperanças que isso mude tão cedo!!! Como se vê, o destino de um povo custa muito pouco!! Uma vergonha!! É verdade a máxima que diz que “cada povo tem o governo que merece”.  

 

Eleições Gararu

E-mail recebido: “É com profunda revolta e indignação que envio este e-mail para o amigo jornalista, relatando o que aconteceu nas Eleições do município de Gararu. Primeiramente queria registrar que no domingo da eleição o candidato Chico fez uma manobra suja ao comprar os motoristas de ônibus para que este não rodassem onde havia eleitores do seu lado contrário. Os ônibus no Povoado São Mateus onde a candidata Zete e Luciene obtiveram uma diferença de mais de 600 votos, não rodaram. Os motoristas já se encontram presos. Houve uma abstenção de mais de 500 eleitores, um número exageradamente grande,ou seja a grande maioria desses eleitores  que não votaram eram do lado de Zete, não houve transporte para eles. Chico se sagrou ganhador com aproximadamente 240 votos. Foi registrado em várias ocasiões que algumas pessoas iam votar e outras já tinham votado no lugar delas, uma vergonha, show de títulos falsos. Inclusive os advogados do lado de Zete já tem as provas.  E outra, a compra de votos por parte de Chico foi demasiadamente vista pela população, até o juiz recebeu várias denúncias, mas não as investigou. Será que vai ficar desse jeito, que não existe justiça”.

 

 

Frase do Dia

“No início dos tempos era a fome que trazia a morte; agora, ao contrário, é a abundância que nos destrói. Naquela época, os homens muitas vezes ingeriam veneno por ignorância; hoje em dia, mais bem instruídos, eles se envenenam uns aos outros”. Lucrécio, século I A.C.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários