MPF, Aruana e os Jardins suspensos

0

Ninguém pode reclamar. Se tiver um espaço que analisa tudo, mas tudo mesmo, antes de definir uma posição clara é este. Aliás, por conta disso as pressões são muitas, os interesses contrariados mais ainda, os processos nem se fala, mas o principal é que o leitor entende, compreende, analisa e tira suas conclusões. Este é o principal objetivo deste espaço: fazer com que o leitor não apenas assimile, mas reflita profundamente, concordando ou não com o autor.

Pois bem. Na semana passada, cumprindo uma decisão judicial alguns bares da praia de Aruana foram demolidos. Um processo iniciado pelo Ministério Público Federal há alguns anos, através do procurador Paulo Jacobina, hoje trabalhando em Brasília. Se aquele espaço for de preservação ambiental, imagine outros que foram aterrados aos olhos de todos aracajuanos e hoje moram diversas autoridades, inclusive do MPF.

 

Foram apenas alguns poucos, mas poucos mesmos, ambientalistas que se rebelaram quando o manguezal, onde fica hoje os jardins, começou a ser aterrado. Onde estava o MPF quando foram iniciadas as obras dos Jardins? Uma agressão a tudo: desde o meio ambiente até as normas de engenharia. Começou a nascer a maior aberração de Aracaju, que chegou na contramão da qualidade de vida. Seus moradores não têm culpa, mas será que dormem com a consciência tranqüila ao saber que os esgotos são jogados a céu aberto naquele canal que corta o bairro e de lá vai para o rio in natura?

 

Para enganar a comunidade deixaram uma pequena área de manguezal, denominada de “Parque Ecológico do Tramandai”. Nome pomposo para uma área cercada de fedentina por todos os lados e prestes a morrer com o tempo. É preciso lembrar: nos Jardins, existiam um manancial e diversas dunas. Isto mesmo: dunas. Ou o MPF não tinha poderes para coibir tal atentado ao meio ambiente? Quem deu as licenças naquele período? E o pior: nos bastidores contam uma história que uma construtora chegou a receber uma indenização por conta da área do “parque ecológico”, na época, de cerca de R$ 10 milhões. Até mesmo um Termo de Ajustamento de Conduta, feito já na segunda etapa do bairro, não foi respeitado e ninguém, ninguém mesmo foi punido.

O Ministério Público Estadual tentou, mas parece que esbarrou nos “tramites políticos” existentes neste pobre Estado. 

 

O bairro Jardins hoje é uma bomba prestes a explodir. Não tem condições de trânsito, principalmente de estacionamento e a rede de esgoto, anotem: é pequena para o grande número de prédios e vai estourar, literalmente a qualquer momento. Todos estão em cima de verdadeiro manancial de excrementos. É o verdadeiro Jardins suspenso. Ao contrário do que foi construído pelo rei Nabucodonosor, o nosso jardins suspenso não está nas nuvens, mas boiando.

 

 Por este e vários motivos a coluna entende que o MPF teria todo direito de lutar para preservação da “área ambiental “ da Aruana se estivesse feito algo de concreto, para barrar os Jardins, onde o manguezal, os caranguejos e toda fauna e flora não tiveram direito à vida. Foi um crime ambiental sem precedentes, com a conivência de todos, que hoje parecem que têm a consciência pesando e sabem que o Jardins poderia ter nascido de outra forma: ordenado, com uma rede de esgoto de verdade e com uma ampla área ambiental, bem mais do que os 25 mil metros quadrados  “existentes” atualmente. Que os jardins suspensos de Aracaju fiquem marcados na vida e na consciência dos que poderiam ter feito alguma coisa e ficaram cegos, mudos e surdos.

 

Crime nas lagoas de estabilização da Aruana

Um crime está sendo cometido diariamente no Aruana. O MPF tem que fazer algo, ainda é tempo. As lagoas de estabilização da área estão sumindo. Estão todas sendo aterradas. E o pior: o complexo residência do PAR tem um sistema de fossa e sumidouro, algo ultrapassado. Quando chove e enche tudo retorna. Sem as lagoas a situação é pior ainda. É preciso um sistema moderno, com estação de tratamento e tudo mais. A região está crescendo e nada é feito. Basta chegar no Hiper GBarbosa Zona Sul, no estacionamento e sentir o fedor que é exalado.

 

Edvaldo visita hoje o PSDB

Hoje, 04, a tarde, o prefeito Edvaldo Nogueira, do PCdoB, visita a sede do PSDB, onde conversará com as lideranças e pré-candidatos tucanos a Câmara Municipal. O PSDB tem 22 pré-candidatos e deve fazer uma coligação proporcional com o PDT. Os tucanos podem anunciar hoje o apoio a candidatura de Edvaldo à reeleição.

 

Lagarto: avaliação de uma mente brilhante

De uma mente brilhante: quem vem estimulando a candidatura de Luiza Ribeiro a prefeita de Lagarto é o próprio comandante do grupo de Walmir Monteiro, que também é pré-candidato. A mente brilhante lembra que se Walmir for eleito o comandante dele perde uma cadeira na AL, já que o suplente é Gorete Reis. Ou seja, deixa de ser o maior partido de “oposição”, ou melhor “neo-aliado”, perdendo fôlego para as pressões políticas. Como prefeito Walmir vai procurar quem em busca de ações para Lagarto?

 

Barra dos Coqueiros: imoralidade eleitoral

Será que o juiz eleitoral responsável pela 36ª Zona Eleitoral fará alguma coisa para barrar o absurdo que acontece na Barra dos Coqueiros? Pois bem! Pelo censo a Barra tem pouco mais de 19 mil habitantes. E sabem quantos eleitores? Cerca de 16 mil. É algo vergonhoso. O advogado José Carlos Montalvão, entende que é preciso rigor para que evitar que eleitores que não residem no município sejam usados para eleger candidatos, que transferiram estes títulos.

 

Em uma residência, cerca de 32 “eleitores”

Um dado. Especula-se que o TRE enviou uma correspondência para cerca de 6 mil eleitores que têm problemas na mudança do domicílio eleitoral. Em uma casa, foram entregues 32 cartas. E o mais grave: a dona da casa não conhecia nenhum dos destinatários. As correspondências foram devolvidas. É preciso não apenas cancelar estes títulos, mas punir os responsáveis.

 

Congresso Municipal do PPS em São Cristovão

No próximo sábado, 07, a tarde, na Câmara Municipal de São Cristovão será realizado o Congresso Municipal do PPS. O presidente do Diretório Municipal, Marcos Mangueira, informou que entre os assuntos abordados estará a eleição para a composição do novo Diretório Municipal, a reestruturação do partido no município e as diretrizes a serem seguidas no pleito eleitoral deste ano. O partido ainda não definiu se terá candidato próprio ou apoiará alguma candidatura.

 

Socorro: Aélio vai se rebelar

Anotem: quem conhece o estilo do jornalista Aélio Argolo ele não aceitará calado a imposição da direção do PSC em ficar do lado do prefeito José Franco nas eleições deste ano. Aélio, que é (ou era?) pré-candidato a prefeito faz uma oposição ferrenha ao prefeito José Franco.

 

PM: escalas apertas, mas jeitinho…

Neste período dos festejos juninos as escalas na Policia Militar de Sergipe ficam apertadas. Porém, o comando deu um jeito para que 20 policiais possam jogar vôlei e futebol no Espírito Santo. Nada contra o esporte, mas tudo contra os que ficam aqui, sacrificados. De 05 a 16 de junho, 20 policiais vão representar a PM nos III Jogos Brasileiro das Polícias e Bombeiros Militares do Brasil.

 

Jailton é candidato pelo PSC e não PSB

A coluna informou ontem que o radialista Jailton Santana seria candidato a vereador pelo PSB. Ele informou, através de e-mail, que está filiado ao PSC desde dezembro do ano passado, porque alguns amigos chegaram a conclusão que no PSB teria dificuldades de ser vitorioso.

 

Prefeito consolida apoio a PT em Umbaúba

Em Umbaúba foi selada o acordo entre o prefeito Zé de Francisquinho (PDT) com o PT e diversos partidos aliados. Vão apoiar a candidatura do professor Anderson (PT) a prefeito. Lá o ex-prefeito Benedito Barreto é candidato pelo PR e o empresário Jorge Rico pelo PSC.

 

Comemoração sim, abuso não

Um leitor enviou um e-mail indignado com o fechamento de um trecho da rua Guilhermino Resende com Moacir Rabelo Leite, no São José por conta da inauguração de um clinica. O trecho foi fechado logo pela manhã e até a noite ainda estava proibida a passagem com duas motos da SMTT e um veículo. Tudo para inaugurar uma clinica privada. Detalhe: por coincidência o superintendente da SMTT é médico. Será privilegio para algum amigo?

 

Ressarcimento do Desconto Previdenciário

De um servidor: “Venho a público, em nome dos servidores públicos estaduais que ainda têm a esperança de receber sua devolução cobrada indevidamente do IPES pelo governo. Um grupo que tinha direito até 300,00 recebeu, mas o q tem direito a mais q isso, ou seja, acima de 300,00 espera a mais de trinta dias. O prazo estipulado para o referido pagamento era dia 30 de abril e até agora, segundo informações do setor responsável da Secretaria de Administração muitos nem digitados foram (conversa antiga). Será que a SEAD, que se diz tão eficiente, não conta com profissionais suficientes para tal tarefa? Onde estão os tantos contratados, cargos comissionados, requisitados  e demais servidores lotados nesses órgãos que  numa hora desta não são convidados a “fazer alguma coisa útil”? As repartições públicas estaduais estão abarrotadas deles, tem aos montes. Segundo a SEAD, investe-se tanto em tecnologia. Cadê a utilidade? O que é feito dela?  Apresente-a, a hora é essa. Nós servidores públicos estamos aguardando!”.

 

Assaltos em Macambira

 A população de Macambira está assustada com a onda de assaltos que vem ocorrendo na cidade. Na tarde da última segunda feira, ás 16 h e as 18 h, dois assaltos seguidos a casas comerciais, com o povo na rua assistindo, mas sem nenhum policial. Já na madrugada de segunda para terça, outro assalto em Macambira, ao Ponto Banese, quando os assaltantes levaram cerca de vinte mil reais. Ontem, lideranças políticas e o Prefeito de Macambira Fabiano Alves, procuraram o Secretário Kércio Pinto solicitando previdências, principalmente a presença de policiais na delegacia da cidade.

 

Oposição unida em Riachão do Dantas

No último sábado, 31, foi realizada uma reunião em Riachão do Dantas para definir o candidato das oposições. A reunião foi realizada  na Fazenda Areias, de Zezé Rocha e contou com a presença dos prováveis candidatos em Riachão, Zé Lopes (PDT), Mi Fontes (PPS) – que já definiu apoio a Zé Lopes – e Gilton Freire (PT).Contou ainda com a presença de Antonio Guimarães ex-prefeito de Riachão (PSDB) e Roberto Góis.  Da reunião participou ainda o representante de Bosco França, o jovem Nelson França. A intenção é que a oposição marche unida. O atual prefeito, Laércio Menezes é candidato à reeleição.

 

São João da Roça

Começou domingo dia 01 de junho em Riachão do Dantas o “São João da Roça” que vai levar o autentico forró para os moradores da sede do município como também a diversos povoados. É o forro Pé de Serra que vai animar os finais de semana o município de Riachão. O evento é uma realização da Associação Otaviano Oliveira de Souza em parceria com o Governo de Sergipe, Petrobras, Cerveja Rica e Grupo Rocha.

 

Pré-candidatos absolvidos pelo TRE

De um leitor: “O vereador Neudo Freire popular Bidolo, PT, de Telha pré candidato a vice-prefeito, com o pré-candidato a prefeito Eris de Melo (genro do ex-prefeito Antonio Dias), PMDB,  foi absolvido ontem 03, pelo TRE, de sentença sobre infidelidade partidária. Para os seus adversários um banho de água fria, pois já estavam com cervejas e fogos prontos para comemorar a sua derrota”.

 

Organização dos festejos juninos

Do leitor João Batista Medeiros: “No domingo, 01, juntamente com a minha família, fui até a orla para assistir os festejos juninos. Para minha surpresa, grande parte do estacionamento de veículos situado na avenida da orla se encontra invadido por vendedores ambulantes. Há de se perguntar? Onde se encontra a Emsurb? E a SMTT? Quanto aos estacionamentos existentes próximos às barracas, não se vê nenhum policial por perto. A desorganização é total. Não existe mão e nem contra mão. Lá quem manda são os flanelinhas que ditam o preço de estacionamento e abusam da boa fé dos donos de veículos e, em especial, dos turistas. Até quando vai continuar esse abuso naquele local? Com a palavra os organizadores do evento”.

 

Transferência do Hospital da PM I

De uma assídua leitora desta coluna: “um sério golpe está sendo desferido contra  a Polícia Militar de Sergipe. Foi instaurada uma comissão para promover a transferência do hospital para a SEAD, para torná-lo um Hospital do Servidor, no entanto de acordo com a lei 3241 de 28 de outubro de 1992, o hospital órgão de apoio da PMSE, atuando como unidade da corporação para prestação de serviço a policiais militares, civis e servidores públicos estaduais.  Na verdade querem fazer uso do hospital para fins político eleitoreiro, visando os cargos de comissão que neste existem. O HPM pode ser um hospital de apoio ao HUSE que deveria ser construído até porque possui apenas 76 leitos, sendo um hospital de pequeno porte.  Porque fazer um hospital em detrimento do outro?  Em muitos estados coexistem o HSE e o HPM.  A existência de um hospital militar se faz necessário, pois a polícia militar é reserva da infantaria, o HPM, é na verdade um braço de apoio ao Corpo de Bombeiros, Marinha e Aeronáutica. É importante e necessário existir um hospital da polícia militar.

 

Transferência do Hospital da PM II

Continua a leitora: “É importante frisar que essa transferência esta sendo referendada pelo decreto nº 25.187 de 08 de abril de 2008 que constitui no âmbito da SEAD comissão especial de Trabalho Técnico para promover estudos e executar ações de preparação para realização da transferência de vinculação e estruturação administrativa do Hospital da Polícia Militar do Estado de Sergipe.  Meta da comissão realizar estudos para transformar o HPM em Hospital do Servidor, segundo o Decreto buscando atender a todos os funcionários públicos civis e militares do Estado de Sergipe, como se isso não fosse feito, o HPM atende todos os funcionários públicos do Estado sem distinção desde que haja leito disponível, por que querem tirar administração, o que entristece é que não há publicidade do fato, porque isso está tão escondido e ninguém quer falar, por quê? Espero que essa denúncia seja colocada de pronto, pois ninguém está se manifestando, e é algo que não pode acontecer”.

 

Últimas homenagens à Juíza Mirena Góes

Desembargadores, Juízes, servidores do Judiciário, parentes e amigos prestaram as últimas homenagens à Juíza Mirena Dantas Fontes Góes, no início da tarde de hoje, dia 3. O velório da Juíza, que faleceu nessa madrugada no hospital São Lucas, aconteceu no hall do anexo do Palácio da Justiça. A guarda fúnebre da Polícia Militar colocou o caixão no carro do Corpo de Bombeiros, que seguiu para Riachão do Dantas, cidade natal da Juíza, por volta das 14h30.Formada em Direito pela Universidade Federal de Sergipe, a juíza era mãe de quatro filhos. Ingressou na magistratura no dia 16 de fevereiro de 1984, assumindo a Comarca de Aquidabã. Em 1988, assumiu, pelo critério de merecimento, a 6ª Vara Criminal, onde permaneceu até adoecer. Também foi Procuradora do Estado e presidente do Conselho Estadual de Cultura, entre 1979 e 1981. Aos 59 anos, a magistrada morreu de falência múltipla dos órgãos, em decorrência de uma neoplasia, no Hospital São Lucas.

 

Nivaldo: tentativa de homicídio

O presidente do SEPUMA, Nivaldo Fernandes, disse que foi vítima, na última segunda-feira, 02, de tentativa de homicídio, através do deputado estadual Francisco Gualberto (PT). O sindicalista disse que o deputado tentou matá-lo ao empunhar um facão, ontem, nas imediações do SINDIPEMA – Sindicato dos Professores do Município de Aracaju, por volta do meio-dia.

 

Gualberto: Nivaldo ameaçou dizendo “você é safado e vai apanhar agora”

O deputado Francisco Gualberto disse que recorreu ao uso de um facão para se defender das ameaças do sindicalista. “Eu estava conversando com o professor Getúlio, pedindo para que não continuasse usando carro de som para agredir daquela forma dirigentes do sindicato, quando ouvi Nivaldo dizer exatamente o seguinte: você é safado e vai apanhar agora”, disse Gualberto, lembrando que tem 52 anos de idade e que não vai apanhar de ninguém. O deputado advertiu ao sindicalista: “Não tente mais me bater, não queira mais bater em homem nenhum”.

 

Agressões verbais X agressões físicas

Se o sindicalista Nivaldo Fernando agrediu verbalmente o deputado de nada justifica a utilização de um facão. Agressões verbais não acabam com agressões físicas. O melhor local para a disputa é a Justiça. Gualberto é experiente, é oriundo do movimento sindical, chegou a ser demitido da Petrobras por conta da greve e suas posições sempre radicais em defesa da empresa. Se Nivaldo errou primeiro, de nada justifica um facão. Mesmo a pessoa certa, com a agressão física perde a razão. Com um facão, nem falar…

 

País dos 171

De um leitor: “Nenhum homem em sã consciência pode admitir que alguém seja condenado sem poder defender-se. Somente nas ditaduras essas questões ocorrem.” Realmente em parte tem razão o conselheiro Flávio Conceição, se não vivêssemos no país do 171 onde dizer a verdade é mentir!… Sim, pois a depender de quem contrate o advogado vai acusar ou defender?… Hoje o simples ato de fumar é desrespeitosamente praticado mesmo com a Lei nº 9.294/96 estampada em um dos cafés do Shopping Jardins, Lula que tanto criticou a tão defendida; pelo PSDB CPMF, hoje inverteram os papeis; O PT quer e o PSDB não!… Geddel Vieira Lima, antes ferrenho opositor de Lula, hoje é petista de carteirinho com direito a ministério, nosso prefeito Edvaldo Nogueira, de pires na mão implorando o conhecido Albano Franco, que de tanto dizer: “que em Sergipe todos se conhecem”, se mantém no poder sem nada fazer. Como bem citou a frase de ontem: ““É! A gente não tem cara de panaca/ A gente não tem jeito de babaca/ A gente não está Com a bunda exposta na janela/ Prá passar a mão nela…/ É! A gente quer viver pleno direito/ A gente quer viver todo respeito/ A gente quer viver uma nação/ A gente quer é ser um cidadão/ A gente quer viver uma nação…” Gonzaguinha em “É”.

 

Consulta popular em Itabaiana

Amanhã, quinta-feira, 5, pela manhã, Itabaiana recebe o mediador do UNICEF, que participa do Fórum Comunitário sob a coordenação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente – CMDCA. A finalidade é por em prática uma consulta popular sobre a qualidade das políticas públicas voltadas para a infância e adolescência do município. O evento faz parte das ações municipais para a obtenção do Selo Unicef Município Aprovado/2008. Trata-se de uma reunião de pessoas representativas das diversas entidades da sociedade civil local, convidadas oficialmente pelo CMDCA, que serão consultadas sobre os serviços prestados à coletividade na área da infância e adolescência municipal. Estão convidados: lideranças religiosas; representantes da câmara de vereadores; da imprensa; do Conselho Tutelar; de família atendida pelo PSF ou PACS e um profissional da área; um Professor de cada rede de ensino; empresário; comerciante; um rezador ou uma parteira;  um líder comunitário; um artista; membro de sindicato e de associação comunitária; pai de criança com necessidade especial; professor de creche; representantes de famílias do programa Bolsa Família; adolescentes; membro da pastoral da criança, além de convidados especiais como: promotor público; representantes de conselho e grêmio escolar; delegado de polícia, dentre outros.

 

Fundos para o Viva Ará Point Cultural

Sábado dia 14, vai rolar a SÃOJOADA (feijoada em ritmo de São João com trios pé de serra, Coroné Vevé, Paulo Lobo e convidados) no antigo Al”Bar (Rua Américo Curvelo, 696 – Grageru, em Aracaju. O objetivo da festança é arrecadar fundos para a construção do “Viva Ará Point Cultural”, um espaço multimídia para teatro, cinema e shows musicais que funcionará no mesmo endereço acima. Se você quiser ajudar nessa campanha, compre seu Convite (20 reais, com direito a um livro “Cartas do Apolônio) pelo telefone 9994-0475. (Divulgação de Paulo Lobo).

 

Imprensa é constrangida e silencia

Coluna de Adiberto Souza: Aconteceu um fato surreal em Aracaju. Na última quinta-feira (29), jornalistas e radialistas foram impedidos de deixar as dependências do Complexo de Polícia Especializada (Cope) porque a cédula de identidade de um criminoso sumiu durante a entrevista coletiva. Os coleguinhas foram convidados pela SSP para a apresentação de uma quadrilha acusada por tráfico de drogas e seqüestros. Em vez dos bandidos, a Polícia apresentou armas, drogas e as identidades dos presos. Quando a coletiva estava terminando, um delegado deu pelo sumiço de uma cédula e levantou suspeita contra os 22 profissionais de imprensa, que foram impedidos de deixar o local e ameaçados de serem revistados. Sete minutos depois, um policial entra na sala para devolver o documento, que ele havia levado para xerocá-lo. Ai é que aconteceu o inusitado: os policiais, que antes suspeitavam dos profissionais, fizeram um pacto de silêncio com as vítimas e todas cumpriram fielmente. Nem mesmo os editores ficaram sabendo do constrangimento e do estranho acordo. No último sábado (31), porém, o motorista de uma das equipes de reportagem decidiu abrir a boca. A pergunta que se faz é: o que teria levado 22 jornalistas e radialistas a não denunciarem a violência sofrida?

 

MPF/SE denuncia aracajuanos por crime de pedofilia

Acabam de ser denunciados pelo Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE) na 3ª Vara da Justiça Federal um técnico em telecomunicações e um operador de poços, por crime de pedofilia. Os acusados asseguraram o acesso, na rede mundial de computadores (internet), de fotografias e imagens com pornografia ou cenas de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes, até de recém-nascidos, violando as disposições do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Eles são parentes e residem no bairro Grageru, considerado de classe média em Aracaju. Os procuradores da República que assinam a denúncia, Ruy Nestor Bastos Mello, Eduardo Botão Pelella e Bruno Calabrich, não divulgam os nomes dos denunciados e nem a íntegra da denúncia porque o caso está sob sigilo, em razão da proteção das crianças e adolescentes vítimas e das peculiaridades do crime. Há nessa ação, fotos com cenas muito fortes de abuso sexual e pornografia infanto-juvenil.Os denunciados foram descobertos porque em 2006 foi planejada na Espanha e deflagrada em mais de vinte países, inclusive no Brasil, a denominada Operação Azahar, que buscou investigar e punir responsáveis pela veiculação e divulgação, por meio da internet, de pornografia com crianças e adolescentes. O MPF/SE, ao final da denúncia, pede que os acusados sejam condenados pela prática do crime previsto no art. 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente (lei 8.069/90) e cada um pode pegar até seis anos de prisão, e multa. (ASCOM/MPF).

 

Agenda Cultural de Aracaju

A Agenda Cultural de Aracaju, surgiu a partir da iniciativa de se criar no site de relacionamentos, Orkut, uma comunidade dedicada a divulgação de eventos relacionadas à cultura da cidade de Aracaju, que tão logo se iniciou foi agregando membros, hoje contando com aproximadamente 800 membros, em sua maioria artistas da terra, bem como artistas de outras regiões do país. Os membros da comunidade participam ativamente dos espaços, a saber, do fórum, das enquetes e dos eventos, tornando-a dinâmica e atualizada, bem como promovendo a interação entre os diversos segmentos da cultura da nossa cidade.As diversas manifestações culturais são vistas na comunidade Agenda cultural de Aracaju, como literatura, teatro, pintura, música, dança,  fotografia, cinema, moda, alimentação, esporte, artesanato, turismo, meio ambiente, entre outras formas de expressão cultural, e são representadas através de seus membros, cujo perfil se enquadra desde artistas com carreiras consolidadas, a exemplo da cantora Amorosa e do grup o de teatro Imbuaça, as artistas que ora iniciam sua trajetória no cenário cultural aracajuano. Está segunda categoria abriga pessoas que lidam com as mais diversas atividades relacionadas à cultura e suas interfaces e tem na Agenda um meio de se fazer aparecer, atitude inerente a quem busca se colocar no mundo do trabalho através da arte. Cultura como qualidade de vida é o lema da comunidade, que tem como moderador o jornalista Abrahão Crispim de Souza Filho. Em breve será lançado um site.

 

Frase do Dia

“Tem três tipos de pessoas das quais quero distância. E uma quarta de que desejo ficar longe: Gente que pretende negar em público o que diz em particular… (MALEDICENTE) Gente que deprecia na ausência e elogia na presença… (FINGIDO) Gente que não dá ao acusado chance de se defender… (INJUSTO) E gente que observa tudo isso como se fosse a coisa mais normal do mundo! (CONIVENTE)” J.I.Packer – Teólogo Britânico.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários