Não ao 3º mandato

0

Por melhor que seja a administração do presidente Lula (PT), não é correto defender um terceiro mandato seguido para ele. Em assim fazendo, estamos ferindo de morte a alternância do Poder prevista no regime democrático. É claro que milhões de brasileiros simpáticos ao petista e beneficiados com os programas sociais do governo torcem para que o país continue trilhando o caminho do desenvolvimento, porém isto pode ser feito com a eleição de um candidato que se comprometa a seguir o projeto lulista. Permitir que se mude a regra do jogo em pleno andamento da partida é abrir um sério precedente jurídico, é fragilizar a democracia. Longe de pensar que o autor da proposta do 3º mandato, deputado federal Jackson Barreto (PMDB/SE), é um golpista, mas se não queremos um ditador eternamente no Poder, não poderemos incentivar o continuísmo Lula, até por respeito à sua história de luta pela democracia.

Não há tempo

Mesmo que a maioria do Senado queira e o governo seja a favor, não há tempo hábil para votar até o fim de setembro a proposta que abre caminho para o terceiro mandato do presidente Lula (PT). De autoria do deputado federal Jackson Barreto (PMDB/SE), a PEC terá que percorrer um longo caminho no Congresso, isso se a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovar a sua admissibilidade, o que deverá ocorrer esta semana.

Itabaiana na Playboy

O título acima não tem nada a ver com mulheres bonitas e nuas. Trata-se de um anúncio do sapato Calvest wave publicado na última edição da principal revista masculina do país. O reclame publicitário mostra que Aracaju é a única capital do Nordeste sem ponto de venda do charmoso “pisante”. Curiosamente, é a nossa Itabaiana que representa Sergipe, aparecendo entre as cidades brasileiras onde o produto pode ser encontrado: na Modinha Calçados. É por essa e por outras, que a “capital do agreste” se destaca quando o assunto é negócio.

Apagão postal

O Brasil vive a ameaça de um “apagão postal” com data marcada: 19 de junho. Esse é o prazo dado pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região para que a Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) conclua o processo de licitação de 1.471 agências franqueadas, responsáveis por 30% da receita da estatal. Segundo o jornal Valor Econômico desta segunda-feira, se a ECT não acolher a demanda, as agências franqueadas deverão ser fechadas no dia 19. O descumprimento da decisão implica em multa diária de R$ 2 mil por agência.

Solução interna

Deverá ser interna a solução para a substituição de José Eduardo Dutra, que deve deixar a presidência da BR Distribuidora para concorrer à presidência do PT. A idéia é repetir o que aconteceu quando ele deixou a presidência da Petrobras para disputar uma cadeira no Senado. Dutra, que deve enfrentar resistências dentro do partido, acha difícil acumular o cargo na BR por causa das exigências de uma campanha no PT. “Sendo candidato, embora não haja nenhum impeditivo, vou sair da BR em julho”, afirma Zé Eduardo.

Aposta no amor

O Dia dos Namorados, sexta-feira próxima, deverá aquecer as vendas do comércio varejista sergipano entre 3% a 5%. A previsão é do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Gilson Figueiredo. Segundo ele, as lojas mais procuradas pelos namorados serão as que oferecem produtos a preços que variam entre R$ 30 e R$ 50. “Essa é uma data interessante porque geralmente se vende dois presentes para um casal. Por isso mesmo, se compra produtos nessa faixa de preço”, explica.

Carira de luto

Os carirenses estão de luto pela morte da ex-prefeita do município, Maria Neuza Chagas. Ela faleceu ontem, em sua residência, e será sepultada às 15 horas desta segunda-feira no cemitério de Carira. Bastante conhecida em toda a região, dona Neuza era esposa do ex-prefeito Aroaldo Chagas – morto em acidente automobilístico – mãe do ex-prefeito Arodoaldo Chagas e sogra da atua prefeita Gilma Chagas (PSC). Dona Neuza governou Carira de 1977 a 1983, tendo feito uma administração pacífica e progressista.

Hoteleiros preocupados

A redução da programação do Forró Caju deste ano – a festa será de 19 a 28 – está preocupando a rede hoteleira de Aracaju. “O nosso temor é que os turistas resolvam procurar outros destinos onde os festejos vão começar mais cedo e terminar depois dos de Aracaju”, afirma o empresário Manoel Liboa Barbosa, presidente da seccional sergipana da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) e do Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes. Apesar disso, ele espera que este mês repita o sucesso do ano passado, quando a ocupação hoteleira chegou a 85% entre os dias 20 e 24 de junho.

Buscando solução

A procuradora da República, Lívia Tinoco, será visitada nesta segunda-feira pelos diretores da Ademi/SE e do Sinduscon/SE. Eles vão explicar os impactos negativos que serão criados caso a Justiça acate a Ação Civil Pública proibindo o licenciamento, construção e inauguração de novos empreendimentos na área que abrande os limites do Aeroporto de Aracaju até o Mosqueiro. Segundo o presidente eleito do Sinduscon/SE, Tarcísio Teixeira, a medida desempregaria cerca de 3 mil pessoas em Aracaju.

Parada Gay

A TAM firmou parceria com os bancos do Grupo Santander visando oferecer aos clientes do Santander e do banco Real condições especiais de pacotes de viagens para a Parada do Orgulho GLBT de São Paulo. Os interessados em participar do evento, que começa quinta próxima, contam com descontos e opções de parcelamento especiais. Pagamentos realizados à vista com cartão de crédito têm redução de 10% no valor total da passagem. Quem optar por parcelar tem duas escolhas: em cinco vezes, com 5% de desconto, ou em até 10 vezes sem juros. Tá nessa?

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários