Nota Banese. Não fecha agências, mas terceiriza

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Ontem, 13, após a nota informando sobre o fechamento de agências do Banese, o blog recebeu o comunicado abaixo do banco. Após o comunicado, o blog firma sua posição sobre o assunto com dados enviados por vários baneseanos, inclusive telefonemas com relatos de bancários preocupados com o que ocorrerá em alguns municípios.

Comunicado Banese

Na contramão do que grandes bancos já anunciaram que farão até o final de 2020, o Banco do Estado de Sergipe (Banese) informa que não fechará nenhuma agência bancária no interior do Estado e nem demitirá nenhum funcionário. A partir do dia 13 de março, o banco realizará uma reestruturação de algumas unidades, transformando-as em Escritórios de Negócios, visando melhorar o atendimento, a experiência do cliente e a eficiência da instituição. Neste novo modelo, o atendimento aos clientes do BANESE não será prejudicado, pois as operações de negócios continuarão sendo realizadas na própria unidade e as transações de caixa poderão ser realizadas através dos Correspondentes Bancários, Caixas Eletrônicos, Aplicativo BANESE e Internet Banking, que hoje já representam mais de 97% do total das transações do banco. Por fim, o Banese reforça que continuará presente nos municípios sergipanos, investindo cada vez mais em tecnologia e qualidade, buscando cumprir a sua missão de simplificar a vida dos seus clientes através de soluções financeiras inovadoras.

Banco do Estado de Sergipe – Banese.

Do Blog: os escritórios de negócios atuam com correspondentes terceirizados próximos a eles.

O “escritório de negócio” criado pelo Banese não tem caixas para atendimento à população. Tem apenas atendimento gerencial para negócios como empréstimos. Se quiser pagar um boleto sem ser no cash eletrônico o cliente tem que procurar um “correspondente” bancário, ou seja um Ponto Banese, que é terceirizado. Aliás, a empresa que comanda esta terceirização a SE Promotora chega em muitos casos a quarteirizar os serviços. Estes “quarteirizados” recebem uma mixaria e o gordo fica com a empresa. Inclusive, pelo depoimento de um “quarteirizado”, a SE Promotora chega a atrasar o repasse do pagamento dos serviços muitas vezes.

Intenção da diretoria é vender a CASSE?

Alguns relatos recebidos pelo blog confirmam que já ocorreram até reuniões entre a diretoria com a superintendência da Caixa de Assistência dos funcionários do Banese – CASSE. A intenção, segundo vários baneseanos, é a venda da CASSE. O sindicato já tem conhecimento. O Banese é a Entidade Patrocinadora Instituidora da CASSE.

A  verdade é que o Banese está sendo cada dia mais terceirizado e quarteirizado. Enquanto os clientes são prejudicados, alguns poucos ganham muito com essa terceirização dos serviços.  A SE promotora (LY Promotora) teve um crescimento alto de empréstimos nos últimos anos. Esses números recebidos pelo blog será assunto após o Carnaval.

O volume de negócios do banco está sendo repassado para terceiros. Com todas estas ações que afastam a população carente do Banese ficam  algumas perguntas:

O Banese é realmente o banco do povo sergipano?

Ou estão fazendo tudo isso com o propósito do banco ser odiado pelos clientes, principalmente os mais carentes?

Será que os deputados teriam discernimento para ajudar os sergipanos criando uma CPI do Banese?

E a imprensa? Com certeza, a maioria não está atrelada aos gordos contratos publicitários. Colocarão em primeiro lugar os interesses dos sergipanos e defenderão uma profunda fiscalização em todo o banco. Ou não?

 BC autoriza Banese a injetar R$ 70 milhões em empresa de cartões para se tornar majoritário Deu no Money Times: O Banese (Banco do Estado de Sergipe – BGP4) informou que foi autorizado pelo Banco Central a prosseguir com o aporte de R$ 70 milhões na SEAC (Sergipe Administradora de Cartões e Serviços LTDA). A operação foi aprovada pelo conselho de administração do banco em junho de 2019.O aporte elevará a participação do Banese, no capital da SEAC, de 49,75% para 73%. Na prática, isso significa assumir a posição de acionista majoritário. Em paralelo ao aporte, o Banese transformará a SEAC de empresa “coligada” para “subsidiária”.

 Fatia Nos últimos dois anos, o banco sergipano tornou-se um acionista relevante na empresa sediada em Aracaju, por meio de dois aportes de capital. O primeiro, de R$ 22 milhões, foi anunciado em 03 de setembro de 2018 e elevou a fatia do banco na SEAC de 5% para os atuais 49,75%. Na prática, isso significa que a fatia do Banese, na SEAC, aumentou 14,6 vezes em dois anos, ao custo de quase R$ 100 milhões.

 Ajuda Na ocasião, o Banese justificou a operação, argumentando que necessitava reforçar o caixa da empresa. A SEAC atua, basicamente, em dois mercados: o de captação de pagamentos (as famosas maquininhas de cartões de débito e crédito) e o de emissão de cartões de crédito, débito e alimentação. A SEAC administra cerca de 1 milhão de plásticos com as bandeiras Banese Card e 22 mil cartões Banese Refeição e Alimentação. Na área de adquirência, a SEAC conta com uma rede de 42 mil estabelecimentos credenciados. O fato relevante divulgado pelo Banese não esclarece alguns pontos. O principal deles é quem são os outros cotistas da SEAC, e se eles foram diluídos nas injeções de capital de 2018 e 2020, ou deixaram o negócio (neste caso, caracterizando uma aquisição pelo banco). Procurado pela reportagem de Money Times, o Banese não havia se pronunciado até a publicação deste texto.

Relembrar é preciso porque muitos falam de boca para fora o nome de Marcelo Déda: “Esse é um boato que deve merecer todo o repúdio dos sergipanos de bom-senso. O Banese é coisa séria e não podemos admitir que queiram fazer política causando a instabilidade da instituição”, disse. Déda em Fevereiro de 2009.

Barragem do Poxim: qual a solução mais econômica para a Deso ligar a barragem a estação de tratamento? No último dia 07 de fevereiro, o blog publicou uma nota do informativo “Água Quente” do Sindisan/SE, informando que faltam apenas 2 quilômetros de adutora para a água chegar na estação de tratamento – ETA, localizada no Campus da UFS e baixar o custo, já que a Deso não precisará usar tanto produtos químicos. O assunto interessou alguns leitores. Três opções para passar a adutora para a ETA Pelo mapa no print ao lado dá para perceber três opções. A primeira seria pelo leito natural do rio Poxim, em verde. Em rosa a adutora em terreno privado. E a outra seria não cortar o terreno e sim a BR-101. Esta última opção parece ser a mais cara, segundo um técnico consultado. A verdade é que é preciso que os responsáveis façam uma análise criteriosa para que a opção mais barata e segura seja a escolhida. E não deixe dúvidas de favorecimento para ninguém, principalmente quem há anos tenta suprir sua demanda por água e não consegue.

Canindé do São Francisco: município em crise profunda com supersalários. 30 mil habitantes e cerca de 100 servidores levam quase 1,5 milhão É preciso chamar o feito à ordem em Canindé do São Francisco e colocar as finanças do município, principalmente os salários de alguns servidores dentro da realidade financeira. Tanto no Executivo, como no Legislativo. O blog recebeu as folha de pessoal do Executivo e do Legislativo. Tem assistente administrativo ganhando de R$ de 3 mil a R$ 8 mil; auxiliar administrativo, R$ 4,4 mil; professor R$ 15 mil; vigilante, mais de R$ 3 mil, entre outros. No legislativo a distorção é grande. Na folha tem até pré-candidato a prefeito que é diretor-administrativo ganhando R$ 6 mil, Erasmo Marinho.

Carros dos secretários sem plotagem Questionamentos de um leitor: “Gostaria de saber do governador porque os carros dos secretários não são plotados? O modelo Virtus utilizados pelos gestores não tem nenhum tipo de identificação, o que ajuda bastante a incentivar ao mau uso dos veículos. No complexo próximos ao Batistão na Rua Vila Cristina é fácil identificar os carros: Na Funcap o Virtus placa: QMF-6591, na SETC o Virtus placa: QMF-2341, na Adema, na Sedurbs e etc. Nenhum dos carros tem identificação oficial. Cadê as placas pretas dos carros oficiais que eram antigamente utilizados? Fiscaliza Belivas….”

Prefeitura de Lagarto impede assinatura de ordem de serviço pela Codevasf Deu no site “O Bolo é Grande” A gestão da Prefeita Hilda Ribeiro impediu a assinatura de uma ordem de serviço de obras de pavimentação de ruas da Colônia 13 pela Codevasf que aconteceria hoje. O motivo? As obras são frutos de recursos de emendas do deputado federal Fábio Reis, adversário político.

 Documento embargando A Prefeitura de Lagarto emitiu hoje mesmo – faltando poucas horas para a assinatura – um documento embargando a obra com a justificativa de que a gestão quer pavimentar com recursos que ainda não foram liberados, como consta no próprio documento enviado à Codevasf. “A guerra política e o uso da máquina pública para abuso de poder do grupo da prefeita Hilda, a mando do deputado Gustinho, é tanto que nem mesmo respeitou a alegria das famílias das ruas que a Codevasf iria pavimentar, já que o material das obras já havia chegado. Lamentável. Um crime contra o povo”, lamentou o deputado Fábio Reis, que comentou o ocorrido.

Biometria eletrônica E o DER/SE também está implantando a biometria eletrônica para entrada e saída dos servidores, comissionados e terceirizados. Se espera que sejam para todos, sem distinção, inclusive de sobrenome e parentesco. Alguns servidores estão de olho para denunciar ao blog.

Sebrae lança Programa de Pré-aceleração para Startups O Sebrae Sergipe quer ajudar os cidadãos a colocar suas ideias de negócio no mercado de forma rápida e consistente. Para isso lançou o Programa de Pré-aceleração para Startups. A proposta busca transformar ideias inovadoras em negócios de alto impacto por meio de uma metodologia de capacitação intensiva. Dessa forma, os empreendedores vivenciam as diversas fases de desenvolvimento de uma startup com a ajuda de um mentor e profissional especializado que irá compartilhar suas experiências em módulos práticos e mentorias.

Como participar Podem participar empreendedores (potenciais e ativos) com startups nas fases de ideação e operação, projetos de inovação tecnológica e economia criativa em desenvolvimento. A Ideação é quando o empreendedor já tem uma ideia e deseja transformá-la em um modelo de negócio sustentável, explorando assim uma oportunidade.*_As inscrições são online e devem ser realizadas de forma gratuita no site www.sebrae.se.com.br até às 23:59 do dia 28 de fevereiro de 2020. As atividades de capacitação acontecem em seis encontros presenciais, em Aracaju, nos meses de março, abril e maio, conforme cronograma pré-estabelecido.

Salários saúde estadual O Governo do Estado e a Secretaria de Estado da Saúde (SES) reuniram-se, na manhã de ontem, 13, na sede do Centro Administrativo da Saúde (CAS), com o Sindicato dos Condutores de Ambulância do Estado de Sergipe (Sindconam), a fim de deliberarem sobre Projetos de Lei que regularizem a carga horária dos condutores de ambulância e técnicos de enfermagem do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), bem como a unificação dos salários fixo e variável que, atualmente, aparecem separados no contracheque dos servidores.

Projetos De acordo com a superintendente executiva, Adriana Menezes, os dois projetos estão sendo pleiteados há algum tempo pela categoria e, no encontro de hoje, foram firmados e serão tramitados para a Procuradoria Geral do Estado (PGE). “O que decidimos aqui é que a Secretaria e o Governo do Estado pactuam que esses dois projetos estejam prontos para aprovação na Assembleia Legislativa na primeira semana de março”, explicou Adriana.

Redução O vice-presidente do Sindconam, Adilson Ferreira Melo, comentou a solicitação para a redução da carga horária foi feita em 2014, situação que já consta no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) desde 2016, mas que, para que o Governo possa cumprir, é necessário que haja um Projeto de Lei regulamentando tal decisão. Outra reinvindicação é a unificação salarial.

Composição “Nosso salário é composto de duas partes o que provoca algumas dificuldades, além disso, aparece abaixo do salário mínimo. Esse é um pedido velho da categoria, unir as duas partes em uma única, porque esse valor já é o que nos recebemos de fato, mas no contracheque aparecem separados. Então é preciso essa lei para unir o fixo ao variável deixando o salário uniforme. O que a gente conclui aqui é que será feita uma Ata e essas leis, na primeira semana de março irão para a Assembleia para aprovação e regularização”, disse Adilson.

Bloco Saudoso Tuca agitará o Bairro Siqueira Campos Acontece, neste domingo, 16, em Aracaju no Bairro Siqueira Campos, a 9º edição do Bloco “Saudoso Tuca”. O tradicional carnaval de rua já faz parte do calendário de eventos do município, além de continuar a memorar a tradição em homenagear o pai do vereador Anderson de Tuca, o saudoso Antônio Vieira – o Tuca, como era conhecido.

Camisas A distribuição de camisas começa hoje, 14, seguindo até acabar o quantitativo, que gira em torno de 3 mil e quinhentas unidades – que serão trocadas mediante a entrega de 2 quilos de alimento não perecível. Segundo o vereador, é importante frisar que a participação no bloquinho “Saudoso Tuca” 2020 não depende do uso da camisa. “Para o folião que não conseguir pegar a camisa, não há com o que se preocupar. Poderá curtir do mesmo jeito. E aos que quiserem colaborar com a causa, é só comparecer ao meu gabinete para a entrega dos alimentos”, frisou.

Segurança Segundo o vereador, para o ano de 2020, a segurança e atenção voltada aos foliões serão reforçadas, com a presença da Polícia Militar de Sergipe (PM/SE), da Guarda Municipal de Aracaju (GMA), além de 30 Bombeiros Civis. O “Saudoso Tuca” também contará com segurança privada e 70 pessoas envolvidas em sua organização.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Por: Geraldo dos Correios – Atuação Parlamentar “O senador Rogério Carvalho, pela experiência e capacidade, chega à liderança do PT no senado. Depois de uma longa trajetória no partido, o senador marca um gol de placa e orgulha os sergipanos. Médico por formação e político por vocação, Rogério está se destacando no senário político nacional, isso já estava previsto, só uma questão de tempo. Seu trabalho à frente da saúde de Aracaju/Sergipe, com construções, reformas e contratações de profissionais da área médica (um dos grandes exemplos é o Hospital Regional de Propriá), que o credenciou para altos voos, que a militância petista aguardava para aplaudir. Parabéns Rogério”.                                                                     

Qual o motivo da pequenina Prefeitura de Pedra Mole pagar mais de R$ 8 mil aos professores de nível superior por 200 horas em fim de carreira e o governador Belivaldo/Jackson não? Responda quem souber.

 

*Ateu e à-toa… Por Antônio Samarone: “*Itabaiana sempre foi uma terra de carolas, papa-hóstias, com poucos ateus declarados. O ateísmo era uma aposta arriscada. E se Deus existisse? Os descrentes preferiam a dúvida, ou até mesmo uma crença da boca para fora. Nesse campo dominava o oportunismo: é melhor acreditar, pois existindo a gente está coberto” A leitura continua aqui.

Este é o calendário para todos aqueles que desejam participar do pleito eleitoral de 2020, siga os prazos e evite qualquer tipo de problema. Ludwig Júnior Advocacia.

PELO E-MAIL E FACEBOOK

 

O Portal Infonet foi destaque na noite desta quarta-feira, 12, durante a solenidade do Prêmio Setransp de Jornalismo. O evento está em sua 9ª edição e trouxe o tema ‘Mobilidade Urbana: necessidade, desafios e alternativas’. Os jornalistas Ícaro Novaes, Igor Matheus e o cinegrafista Arthur Soares, venceram nas categorias Vídeorreportagem e Texto Reportagem.

A reportagem ‘Os caminhos para realçar o transporte público na era dos aplicativos’, do jornalista Ícaro Novaes e do cinegrafista Arthur Soares, recebeu a primeira colocação na categoria Vídeorreportagem. “Se propor a falar sobre transporte público exige muita responsabilidade. Sabemos que é um serviço essencial para uma grande parte da sociedade no seu dia-a-dia. A nossa reportagem mostra o gargalo que existe hoje no serviço e aponta soluções com base no que falaram os especialistas. É importante enaltecer a parceria de toda equipe que ajuda de alguma forma na construção da matéria, assim como do colega e cinegrafista Arthur Soares. O prêmio é um reconhecimento ao esforço diário que fazemos nas ruas para poder trazer um produto de qualidade e com o dever que o jornalismo pede”, ressalta Ícaro Novaes.

E o primeiro lugar da categoria Texto Reportagem ficou para a matéria ‘Pontos sem nós: ideias para agilizar o tempo do transporte público’. “É uma satisfação imensa conquistar esse primeiro lugar. Se criar uma reportagem especial já demanda muito mais de um jornalista, criar uma reportagem especial para um prêmio jornalístico faz um profissional de comunicação expandir um pouco mais seus limites, procurar ir mais fundo no assunto, ir atrás de todas as fontes possíveis, e esgotar possibilidades. Depois do segundo lugar do ano passado, que comemorei muito, esse primeiro lugar coroa um grande esforço de entregar o melhor material que pude reunir sobre mobilidade urbana em Aracaju”, diz o repórter premiado Igor Matheus.

Setransp

A superintendente do Setransp, Raíssa Cruz, elogiou o empenho dos profissionais de imprensa no Prêmio de Jornalismo. “Este é o 9º ano do prêmio, que novamente traz um tema de relevância para a sociedade, que é a mobilidade urbana. Presenciamos o empenho dos jornalistas em comunicar melhor essa tema para a população, fazendo repercussões aprofundadas, ouvindo diversas fontes e destacando temas que muitas vezes passavam despercebidos”, comenta.

Para Raíssa Cruz, os trabalhos produzidos pela imprensa também contribuem para a melhoria do setor. “No prêmio, a gente faz um ponderado das matérias. Forma 81 trabalhos com que retrataram as ações produtivas do setor e também os problemas. Isso contribui para o nosso feedback e nos dá um sinal que precisar ser melhorado e tratado com o setor público”, finaliza.

DEBATE

Advogada sergipana analisa o caso da herança do apresentador Gugu Liberato

Dra. Lorena Dayse esclarece dúvidas sobre partilha de bens e alerta para os perigos de um planejamento sucessório ruim.

A morte do apresentador Gugu Liberato chocou o país. Dois meses depois é a disputa da família do comunicador contra a ex-companheira, Rose Miriam di Matteo, que vem chamando a atenção. A fortuna está avaliada em R$1 bilhão de reais. O assunto também destacou a temática de como se deve proceder uma partilha de bens. De olho nas centenas de dúvidas que surgiram em todo o Brasil, a advogada sergipana, sócia do Escritório Ação Juris, Dra. Lorena Dayse analisa o caso e faz esclarecimentos.

A mídia tem veiculado muitas informações acerca da herança do apresentador Gugu Liberato, que deixou testamento beneficiando os filhos no total de 75% de todo patrimônio que tinha. Desde então a sociedade tem acreditado que é possível dispor da totalidade do patrimônio em vida em favor de quem aprouver o testador. No entanto essa não é realidade imposta pela legislação brasileira de acordo com a advogada.

“Diferentemente do que se veicula na mídia, Gugu não deixou através do testamento mais da metade dos seus. A lei veda a disposição testamentária de mais de 50% do patrimônio para preservação dos herdeiros necessários, de acordo com o art. 1.829 do CC, protegendo a legítima. A legítima constitui a metade da herança. A parte da herança chamada “legítima” se destina somente aos herdeiros necessários, previsão do Art. 1.789, que diz: havendo herdeiros necessários, o testador só poderá dispor da metade da herança”, explica Dra. Lorena Dayse.

Ainda de acordo ela, todos os herdeiros são legítimos, mas a recíproca não é verdadeira. Aos herdeiros necessários é assegurada a legítima, isto é, a metade da herança. Os herdeiros legítimos têm mera expectativa de direito. Herdam se não existirem herdeiros necessários nem testamento destinando os bens a terceiros.

A advogada também destacou outro ponto que deve ser analisado nessa situação. “Os parentes colaterais são herdeiros facultativos, ou seja, só recebem a herança se não existirem herdeiros necessários. São chamados na ausência de herdeiros preferentes. Também ficam afastados se o testador destina todos os seus bens disponíveis a herdeiros testamentários ou legatários. Mas podem ser simplesmente excluídos da sucessão sem qualquer justificativa (CC 1.850)”, afirma.

Desse modo, a ordem de vocação hereditária só existe na sucessão legítima. Na sucessão testamentária, não. O testador tem liberdade de brindar quem quiser com a metade de seu patrimônio: pessoas estranhas ou os próprios herdeiros necessários ou legítimos, o que não era o caso de Gugu que tinha os filhos como herdeiros necessários.

“Nesse caso, o apresentador não deixou a totalidade dos bens paras os filhos em testamente como veicula a mídia, mas conferiu o que pode dispôs, ou seja, 50% em favor dos sobrinhos e dos filhos. Os outros 50% restantes do patrimônio não se sabe até o presente momento entre quem será dividido, porque sendo a mãe dos herdeiros tida como companheira de Gugu, esta se enquadrará como herdeira necessária e portanto terá participação na herança”, enfatiza a advogada.

Se Gugu não obedeceu aos limites da disposição, ou se ultrapassou o limite da parte disponível é simples: O que exceder da parte disponível não tem eficácia. Precisa ser recortado (CC 1.967).

“Antes de qualquer cálculo, sempre há que se atentar ao estado civil do falecido. Caso seja julgada procedente a ação de reconhecimento de união estável é necessária, antes de mais nada, preservar a meação, além de assegurar o direito concorrente da viúva com os demais herdeiros, ou seja, os filhos. Moral da história, o mal planejamento sucessório pode desfazer as disposições de última vontade do falecido”, finaliza Dra. Lorena Dayse.

Fonte: Jornalista Rodrigo Alves.

PELO TWITTER

www.twitter.com/abraji  “Eu sempre peço que não seja tão violenta a minha morte, com tantos disparos de fuzil”, afirmou Léo Veras em documentário realizado pela Abraji em 2017. Jornalista foi assassinado na noite de quarta-feira (12/02).

www.twitter.com/AntonioSamarone Ódio aos pobres, herança escravocrata de uma elite desonesta e inculta.

www.twitter.com/Jabbnascimento Banese, uma caixa preta a serviço de poucos.
Grupo do presidente fez usucapião da instituição para projetos de manutenção do poder em detrimento de servir a recuperação da economia.

www.twitter.com/jorgearaujo55 Estou solidário com aqueles que estão preocupados com o fechamento de agências do BANESE em vários municípios. Particularmente com a agência em Poço Redondo. O que assistimos atualmente é o fortalecimento dos Pontos Banese.

www.twitter.com/iMarxiavelli ainda óleo em partes no mangue também q fácil de chegar (Av Beira Mar)

www.twitter.com/xicosa O jornalismo brasileiro não cobre a greve dos petroleiros. Então pra q existe o jornalismo brasileiro ?

www.twitter.com/EspacoMilitar “BELIVALDO FALA GROSSO COM SERVIDOR E FALA FINO COM O TRIBUNAIS DE CONTAS E O TRIBUNAL DE JUSTIÇA”, AFIRMA DELEGADO PAULO MÁRCIO. CONFIRAM O VÍDEO

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“Devo ensinar-lhe, Tzu-lu, no que consiste o conhecimento? Quando você sabe alguma coisa, reconhecer o que sabe; e, quando você não sabe alguma coisa, reconhecer que não sabe. Isso é conhecimento.” Confúcio, século IV A.C.

Inscreva-se www.abrhidro.org.br/xiiienrehse e participe.
Comentários