O Brasil de Hoje

0

Hoje ainda existem problemas na educação, na saúde, com a segurança, com a falta de moradia e de emprego.

No campo econômico, a baixa competitividade de alguns setores industriais, a concentração de renda e de terras, os setores oligopolizados ou monopolizados, alguns vícios ainda vivos de uma remanescente economia indexada e o Estado sem recursos para atender a todas suas necessidades são os maiores problemas.

No campo político o problema maior é a falta de ética e de patriotismo da maioria de nossos políticos. Aí estão os casos de corrupção e de uso indevido dos bens públicos. Aí está o descompromisso dos políticos para com o povo. Aí estão os parlamentares ausentes do Congresso e das Câmaras e aí está o descrédito da população para com eles.

Estes problemas se refletem na sociedade da seguinte forma: aí estão milhões de brasileiros marginalizados; aí está a crescente violência em nossas cidades; aí estão as crianças nas ruas ao invés de estarem na escola; aí estão brasileiros e mais brasileiros que, por não possuírem emprego nem moradia, vivem nas ruas e praças de nossas cidades.

Por outro lado, no campo econômico, apesar de estarmos em melhores condições do que ontem, é necessário continuar com a atual política econômica para podermos conviver com um desenvolvimento sustentável.

Importante também será avaliar o momento que vive nossa sociedade. Hoje estamos tendo sinais de que o povo brasileiro está assumindo uma nova postura: maior participação e maior independência.

O diagnóstico seguinte será conhecer as causas:

Corrupção – Tendo em vista o que pregavam enquanto oposição, jamais se imaginaria que os políticos filiados ao PT se envolvessem em tanta corrupção.

Burocracia – responsável pelo emperramento da máquina administrativa, pelo encarecimento de bens e serviços e pelo estímulo a prática de atos lesivos ao patrimônio público e a sociedade.

Centralização administrativa – responsável pela ineficácia de bens e serviços públicos colocados à disposição da sociedade.

Falta de vontade política – faz com que nossos líderes políticos se preocupem unicamente com os resultados pessoais, deixando de lado o patrocínio de mudanças que melhorariam a qualidade de vida dos brasileiros.

Concentração de terras – provoca migração para os grandes centros e mantém terras improdutivas.

Educação deficiente – impede o exercício da cidadania.

Este quadro somente será mudado se houver uma participação e vigilância constante de todos nós, para que nossos políticos esqueçam a luta pelo poder e interesses pessoais para que possam dar condições ao país para crescer, aprovando rapidamente projetos de interesse do país, tais como Reformas Política, Tributária e outros.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários