O carnaval de antigamente tinha encantos

0

Se fosse possível ter congelado um sergipano há quarenta anos atrás e o trouxesse à vida agora, nesta semana de pré-carnaval, certamente ele ficaria surpresa com as transformações da nossa maior festa popular. Aí por volta dos anos 80, só havia carnaval em clubes – praticamente na antiga Associação Atlética, que ficava ali na rua Vila Cristina (o prédio da AAS já foi derrubado), e no Iate Clube de Aracaju, na praia 13 de julho. Também havia festa nos salões do Vasco Esporte Clube, no bairro Industrial, e em outros clubes menores localizados em bairros como Siqueira Campos. O Zé Povão que não podia comprar mesas em clubes sofisticados ia para a praça Fausto Cardoso, notadamente em dias de desfile, no que se chamava de “escola de samba” – ou um arremedo delas. Quem tinha posses, como ainda hoje, se mandava para Salvador, onde o carnaval sempre foi uma delícia. Em bairros, como Siqueira Campos, havia sempre o desfile de blocos, composto por pelo menos sessenta pessoas. Quando os relógios marcavam 10, 11 horas da noite, os observadores iam logo embora. Ou seja, não era um carnaval que atraísse a atenção popular. Por isso, Aracaju ganhou a fama de “cemitério do carnaval”: ele atraia muitos baianos que vinham para Aracaju, a fim de descansar. O carnaval deste ano promete repetir o do ano passado, ou seja, com poucas atrações. Nã9 haverá sequer passagem de blocos pela praça Fausto Cardoso. Quem quiser brincar é melhor ir para a Atalaia – não que lá vá ter alguma coisa, mas é melhor do que ficar no centro da cidade, onde não ocorre nada.

Dicas para brincar com tranquilidade

De qualquer forma seguem algumas dicas para quem vai brincar o carnaval. 1) Se possível não leve o celular. 2) Se levar o celular e for fazer uma selfie durante o desfile de blocos, onde se encontram alguns amigos, muito cuidado. Certifique-se se não há alguém observando sua ação e seja rápido. 3) Se optar pelo uso do transporte coletivo para ir e voltar, não exiba jóias, celulares, câmeras digitais ou dinheiro. Seja discreto. 4) Não saia com grandes quantias de dinheiro ou cartões de crédito se não houver necessidade. 5) Não abra a cart eira ou a bolsa na frente de estranhos. 6) Não deixe sua carteira no bolso de trás, pois a mesma pode ser alvo de ladrões, durante a aglomeração de pessoas. 7) Ao retornar, evite transitar em ruas ou praças mal iluminada s. 8) Se sentir que está sendo seguido, entre em algum estabelecimento comercial ou atravesse a rua. 9) Ao sair sozinho, procure sempre ficar no centro da calçada e na direção contrária ao trânsito. Fica mais fácil perceber a aproximação de um suspeito. 10) No caso de furto ou qualquer ocorrência policial, não perca tempo, comunique imediatamente à Delegacia de Polícia mais próxima da área.

Legislativos funcionam até amanhã

Os Legislativos do Estado e da Capital só funcionam até amanhã, quinta-feira. Ainda não foi definido se haverá sessão na quinta-feira, depois da quarta-feira de cinza. É bem provável que também na quinta-feira não haverá sessão, ficando tudo para a segunda-feira seguinte. No dia 6 de março, as 17h, a Assembleia realiza sessão solene para comemorar os 182 anos da Polícia Militar. A sessão foi requerida pela Comissão de Segurança Pública, presidida pelo deputado Capitão Samuel. O folião deve ficar atento para o que abre e o que fecha durante o carnaval. É só consultar a sessão Abre e Fecha aqui no Portal Infonet.

Fuga para Salvador e Recife

Um costume dos “bons tempos”: a fuga para as capitais da Bahia e Pernambuco – Salvador e Recife, respectivamente – onde ocorrem as melhores festas de carnaval do País são os locais procurados por aqueles que não podem ficar longe da folia. Em compensação, destas duas cidades chegam gente a Aracaju e outras cidades praianas que procuram uma cidade tranquila para descansar. Mais das vezes, não procuram nem hotel, ficam na casa de parentes. Por isso, nessa época do ano, a ocupação dos hotéis realmente é muito baixa.                                                                                                                                                                                                                                    

    …e para encerrar…

REPERCUSSÃO – A notícia aqui divulgada do fechamento do restaurante de comida a quilo “Com Fluência” repercutiu em toda a sociedade sergipana. Muitos telefonaram ao escriba para dar informações sobre o proprietário do local, Sr. José Nilton de Souza, que por mais de 20 anos trabalhou na Sergipe Industrial com o dr. Augusto Franco. Foi também gerente de agencias bancarias na cidade. Ao enveredar pelo ramo de restaurantes populares, contou com a ajuda da própria mulher para instalá-lo. Agora a idade pesou um pouco e ele entregou os pontos, encerrando as atividades do “Com Fluência” de uma vez.
     ***
CARETAS – Entra na pauta para votação na Assembleia projeto de lei que declara a Festa o Cortejo dos Caretas, ocorrida anualmente no sábado de Aleluia, no município de São Miguel do Aleixo, como patrimônio cultural e Imaterial do Estado de Sergipe e a inclui no calendário oficial de eventos deste Estado. O projeto é da  autoria do deputado Luciano Bispo que apresentou um outro projeto concedendo título de Cidadania ao Prefeito de Socorro, Padre Inaldo.
     ***
BLOCO PARLAMENTAR – A Assembleia Legislativa conta agora com um bloco parlamentar formado  pelos partidos PSC, PTC, PSB e PP. Integram  o bloco dos deputados Georgeo Passos, Luciano Pimentel, Pastor Antônio, Maria Mendonça, Venâncio Fonseca e Wanderbal Marinho.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários